Vascularização mmii

22.566 visualizações

Publicada em

0 comentários
15 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
22.566
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
788
Comentários
0
Gostaram
15
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vascularização mmii

  1. 1. Vascularização deMembros Inferiores
  2. 2. Vascularização de Membros Inferiores A principal artéria que supre o membro inferior é a a. Femoral. Esta é a continuação da artéria ilíaca externa , que torna-se artéria femoral durante a passagem sob o ligamento inguinal, para entrar no Trígono Femoral , na face anterior da coxa. Ramos desta suprem a maior parte da coxa e toda a perna e pé. Ramos da A. Ilíaca Interna- Artérias Glúteas Superior, Inferior e Obturatória
  3. 3. Vascularização de Membros Inferiores-> a. Glútea superior deixa a cavidade pélvica através do Forame Isquiático Maior (acima do Piriforme);- Na região glútea divide-se em um ramo superficial (passa pelo glúteo máximo) e Ramo profundo (passa entre os músculos glúteos médio e mínimo);- a. Glútea superior também irriga a articulação do quadril;- a. Glútea Superior faz anastomoses com as artérias circunflexas Femoral lateral e medial, oriundas da artéria femoral profunda na coxa e, com a artéria glútea inferior.
  4. 4. Vascularização de Membros Inferiores-> a. Glútea Inferior deixa a pelve através do mesmo forame, porém abaixo do m. Piriforme e desce pela região glútea e face posterior da coxa e faz anastomoses com ramos perfurantes da artéria femoral profunda.=> a. Obturatória- Ramo da a. ilíaca interna e passa pelo Canal Obturatório, para suprir o compartimento medial da coxa.
  5. 5. Vascularização de Membros Inferiores=> Ramos da a. Femoral Profunda, Glútea Inferior, Glútea superior e Obturatória, juntamente com ramos da a. Pudenda interna (irriga o períneo e sai abaixo do m. piriforme; forame isquiático maior, depois forame isquiático menor e Períneo) => fazem interconecções para formar a rede anastomótica, na região superior da coxa e na região glútea;=> A presença destas anastomoses pode promover uma circulação colateral quando um dos vasos é interrompido.
  6. 6. Veias As veias que drenam os Membros inferiores formam grupos superficiais e profundos; As veias profundas geralmente acompanham as artérias (femoral, glútea superior, glútea inferior e obturatória); A principal veia profunda que drena o membro inferior é a veia Femoral -> torna-se veia Ilíaca externa ao passar pelo ligamento inguinal; As veias superficiais se localizam no tecido subcutâneo e são interconectadas com as veias profundas, drenando seu conteúdo para estas veias; As veias Superficiais formam 2 grandes canais: Veia Safena Magna e Veia Safena Parva (ambas se originam do Arco venoso Dorsal do pé);
  7. 7. Veias Veia Safena Magna: origina-se na face medial do arco venoso dorsal, ascendendo pela face medial da perna, joelho e coxa para fazer uma conexão com a veia femoral em uma região imediatamente inferior ao ligamento inguinal (através do Hiato Safeno ); Veia Safena Parva: origina-se na face lateral do arco dorsal venoso, ascende pela superfície posterior da perna e penetra na fáscia da perna (região poplítea) para se unir com a veia poplítea, na face posterior do joelho (proximal ao joelho), -> Veia Femoral;
  8. 8. Artérias 3 artérias entram na coxa: a. Femoral, a. Obturatória e a. Glútea inferior. A a. Femoral é a maior e supre a maior parte do membro inferior; As 3 artérias contribuem para a rede anastomótica de vasos ao redor da articulação do quadril. Artéria Femoral:- Continuação da a. Ilíaca externa, passando sob o ligamento inguinal para entrar no Trígono Femoral, na face anterior da região superior da coxa.- É palpável no trígono femoral , imediatamente abaixo do ligamento inguinal, a meio caminho entre a EIAS e a Sínfise púbica.- Ela passa verticalmente através do trígono femoral, continuando pela coxa, passando pelo Hiato dos adutores (Músculo Adutor Magno), tornando-se artéria Poplítea , na face posterior do joelho (Fossa Poplítea).
  9. 9. Artéria Femoral A a. Femoral origina um grupo de 4 pequenas artérias no Trígono Femoral :=> Irrigam Regiões cutâneas da região superior da coxa, abdome inferior e períneo.- Artéria Epigástrica Superficial;- Ramo Circunflexo Ilíaco Superficial;- Artéria Pudenda Externa superficial;- Artéria Pudenda externa profunda. Artéria Femoral Profunda- O maior ramo da artéria femoral, na coxa, é a artéria Femoral Profunda, que se origina na face lateral da artéria femoral , no Trígono Femoral, sendo a principal fonte de suprimento sangüíneo para a coxa;
  10. 10. Artérias Artéria Femoral Profunda:- A artéria Femoral Profunda passa posteriormente entre os músculos Pectíneo e Adutor Longo e entre os músculos Adutor Longo e o Adutor Curto;- Depois, cursa inferiormente entre o Adutor Longo e o Adutor Magno, eventualmente penetrando através do Adutor Magno para fazer conexões com ramos da artéria poplítea, atrás do joelho.=> A artéria Femoral Profunda possui ramos:- Ramos Circunflexo Femoral Lateral e Medial;- 3 ramos perfurantes;
  11. 11. Artérias=> Ramos da Artéria Femoral Profunda: 1. Artéria Circunflexa Femoral Lateral:- Normalmente se origina proximalmente na face lateral da artéria femoral profunda, mas pode se originar diretamente da artéria femoral.-> Passa profundamente ao Sartório e Reto Femoral;
  12. 12. Artérias=> Ramos da Artéria Femoral Profunda: 2. Artéria Circunflexa Femoral Medial:- Normalmente se origina proximalmente na face póstero-medial da artéria femoral profunda , mas pode se originar da artéria femoral;- Ela passa medialmente ao redor do colo do fêmur, entre o pectíneo e iliopsoas e, depois entre o obturador externo e adutor curto. 3. Artérias Perfurantes (3 ramos, a partir da a. Femoral profunda)- Durante seu curso para baixo e anteriormente ao músculo Adutor Curto, origina-se a 1ª. Artéria, ACIMA do músculo;- A 2ª. Origina-se A FRENTE (anteriormente) ao músculo (Adutor Curto) e,- a 3ª artéria perfurante. Abaixo do músculo;- Todas 3 artérias perfurantes penetram através do adutor magno, próximo à sua inserção na linha áspera, para entrar e suprir o compartimento posterior da coxa.
  13. 13. Veias- As veias da coxa consistem de veias superficiais e profundas;- As veias profundas geralmente acompanham as artérias e possuem nomes similares.- As veias superficiais localizadas na Tela subcutânea, fazem conexões com as veias profundas e geralmente não acompanham as artérias.-> A maior das veias superficiais é a Veia Safena Magna.- Origina-se de Arco Venoso na face dorsal do pé e ascende ao longo da face medial do membro inferior para a região proximal da coxa.- Passa através do Hiato Safeno na Fáscia Lata para fazer conexão com a veia Femoral, no Trígono Femoral.
  14. 14. Suprimento Vascular do Joelho O suprimento vascular do joelho é feito predominantemente através dos seguintes ramos:-> Ramo descendente da a. Circunflexa Femoral lateral (coxa);-> Ramos para o joelho da artéria Femoral:- Artéria descendente do joelho;-> Ramos da a. Poplítea- Artéria Superior Medial do Joelho;- Artéria Superior Lateral do joelho;- Artéria Média do joelho;- Artéria Inferior Medial do joelho;- Artéria Inferior Lateral do Joelho.-> Ramo Circunflexo Fibular (Ramo da a. Tibial Posterior).-> Ramos Recorrentes da Artéria Tibial anterior (perna);---> Estes vasos formam uma rede anastomótica ao redor da articulação do joelho.
  15. 15. Artéria e Veias Poplíteas Artéria Poplítea- A artéria Poplítea é a continuação da artéria femoral no compartimento anterior da coxa, começando conforme a artéria femoral passa através do Hiato dos Adutores.- A artéria Poplítea aparece na fossa poplítea na face medial superior, sob a margem do músculo semimembranoso.- Ela desce obliquamente através da fossa com o nervo Tibial e entra no compartimento posterior da perna , onde termina lateralmente à linha média da perna, dividindo-se em: artérias Tibiais anterior e posterior;- A artéria poplítea dá origem a ramos que suprem os músculos adjacentes e a uma série de artérias do joelho, que contribuem para as anastomoses vasculares ao redor do joelho. Veia Poplítea:- É lateral à artéria poplítea, saindo para a fossa poplítea, superiormente, para se tornar a veia Femoral (após passar pelo Hiato dos Adutores).
  16. 16. Artérias A artéria poplítea é o principal suprimento sangüíneo para a perna -> Artérias Tibial Anterior e Posterior; A artéria Tibial anterior passa anteriormente, através da abertura na parte superior da membrana interóssea, suprindo o compartimento anterior da perna. A artéria Tibial anterior -> origina a artéria Dorsal do Pé, que entra na Planta do pé como artéria Plantar Profunda. A artéria Tibial Posterior-> supre os compartimentos posterior e lateral da perna -> continua na planta do pé. A artéria Tibial posterior -> Origina 2 ramos: 1. Ramo Circunflexo Fibular (ao redor do colo da fíbula, participando da rede anastomótica do joelho) e 2. Artéria Fibular (desce na face lateral do compartimento posterior da perna). Veias: As veias profundas no compartimento posterior geralmente acompanham as artérias.
  17. 17. Artérias Artéria tibial Anterior: Associada ao compartimento anterior da perna, originando-se da artéria Poplítea (compartimento posterior da perna) e, passando para o compartimento anterior através da membrana interóssea. Da extremidade distal da perna vai ao dorso do pé -> artéria Dorsal do pé. Suprimento do Pé:-> Ocorre por ramos das artérias Tibial Posterior e Artéria Dorsal do Pé.-> Artéria Tibial Posterior (Planta do pé) -> origina as artérias Plantares Medial e Lateral;- A artéria Plantar Lateral + a extremidade terminal da artéria dorsal do pé (artéria plantar profunda) => formar o Arco Plantar profundo -> ramos do arco suprem os dedos.... -> Arco Plantar Profundo -> Origina as artérias Metatarsais Plantares (4) 1 ramo digital para o dedo mínimo artérias Digitais Plantares.
  18. 18. Irrigação dos Membros Inferiores=> a. Ilíaca Externa -> a. Femoral -> a. Femoral Profunda e a. poplítea -> a. Tibial anterior e Tibial Posterior; a. Tibial anterior-> a. Dorsal do pé-> a. arqueada -> a. metatarsal dorsal-> a. Digital dorsal; a. Tibial Posterior -> a. Fibular e a. circunflexa fibular A. Tibial Posterior-> a. Plantar Medial e Plantar Lateral -> a. Plantar Lateral + ramo da a. Dorsal do pé- > Arco Plantar -> a.a Metatarsais Plantares -> a.a. Digitais Plantares.
  19. 19. Artéria Dorsal do Pé Continuação da artéria Tibial anterior (quando cruza o tornozelo)-> vai para a face plantar onde origina -> artéria plantar profunda e no Dorso do pé -> Artéria Dorsal do pé. Ramos da artéria Dorsal do pé:-> Artérias Tarsais lateral e medial (sobre os ossos tarsais);-> Artéria arqueada -> origina as artérias metatarsais dorsais (3) -->artérias digitais dorsais;-> a 1ª. Artéria metatarsal dorsal -> fornece ramos digitais para os lados do Hálux e 2º. Dedo.=> As artérias Metatarsais Dorsais fazem conexões com Ramos do Arco plantar profundo e artérias metatarsais Plantares.
  20. 20. VEIAS Existem redes interconectadas de veias superficiais e profundas no pé. As veias profundas acompanham as artérias; As veias superficiais drenam para um Arco venoso dorsal (região metatarsal). A veia safena magna -> origina-se na face medial do arco , passando anteriormente ao maléolo medial, em direção à face medial da perna. A veia Safena Parva -> origina-se na face lateral do Arco, passando posteriormente ao maléolo lateral, na direção da face posterior da perna.

×