Projeto final presentation

297 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
297
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto final presentation

  1. 1. Ciência da Computação Instituto de Computação Universidade Federal do AmazonasCASE INGRESSE: UM ESTUDO SOBRE ASTÉCNICAS DE MEDIÇÃO DE USABILIDADE
  2. 2. Ciência da Computação Instituto de Computação Universidade Federal do AmazonasCASE INGRESSE: UM ESTUDO SOBRE ASTÉCNICAS DE MEDIÇÃO DE USABILIDADE Aluno Profa. OrientadoraMarcelo Henrique Silva Tayana Contemhss@dcc.ufam.edu.br tayana@dcc.ufam.edu.br
  3. 3. Em 2011 no Brasil45% população possui computadores59% desse total procura preços na internet e29% fizeram ao menos 1 compra no anofonte: CETIC, 2011$10,2 bilhões $684 bilhõesmovimentação financeira na internet em movimentação financeirano primeiro semestre 2012 pela internet nos EUA em 2010fonte: Camara-e.net, 2012 fonte: CNN, 2013 3
  4. 4. Conceito IConversão - activationMomento em que o usuário faz uso do seu produto ou serviço 4
  5. 5. Investimento em usabilidade é essencial para a disputa de atenção do usuário. - Sutcliffe et al, 2002Métricas de usabilidade divididas em trêsgrupos: efetividade, eficiência e satisfação.- ANSI 2001, ISO 1998 5
  6. 6. As métricas para usabilidade não descrevem o comportamento do usuário como de fato é - Ivory et al, 2001Aumentar a significância de dados deusabilidade, é preciso usar uma únicamétrica- Sauro et al, 2005 6
  7. 7. Conceito IIEfetividade - effectivenessDentro da usabilidade, define-se como 7
  8. 8. ObjetivoRealizar um estudo preliminar para encontrar métodos deavaliação de usabilidade com foco em eficiência e pré-desenvolvimentoeEncontrar padrões de comportamento de usuários, com fundamentovisual, através do case Ingresse 8
  9. 9. Revisão Sistemática - preliminarQue métodos ou ferramentas de avaliação de usabilidadetem sido utilizados para calcular a eficácia de interfaces? 9
  10. 10. Extração de conteúdo1. Boas práticas para a criação de interfaces eficazes2. Campos de estudo sobre eficácia de interfaces web3. Tipos de técnicas de avaliação de interfaces4. Modelos de medição de usabilidade 10
  11. 11. Pesquisa realizada para o período1996 ~ 2012Início das fortes publicações sobreweb engeneering até o ano correntefonte: Fernandez et al, 2010Google Schoolarfoi a máquina de busca utilizada, dentreas fontes, destacam-se ACM DigitalLibrary e Science Direct 11
  12. 12. Query stringWEB (web OR website OR internet OR e-commerce OR mail-marketing) ANDUSABILITY (usability OR usable) ANDEVALUATION (evalu* OR measur* OR stud* OR method* OR techin*) ANDEFFECTIVENESS (effect* OR convert*) 12
  13. 13. Critérios de inclusãoArtigos que- apresentavam definições do conceito de eficácia dentro da usabilidade- descreviam técnicas ou ferramentas de avaliação de interfaces- apresentavam formas de medir usabilidade- apresentavam cases de aplicação de técnicas de avaliação de interfaces 13
  14. 14. Critérios de exclusãoArtigos- apresentando somente definições gerais de usabilidade- apresentando somente técnicas de acessibilidade- introdutórios aos conceitos de usabilidade- não escritos em inglês- com técnicas de medidas de usabilidade feitas especificamente para umtipo de ferramenta 14
  15. 15. Critérios de qualidadeordenar os resultados para concentrar nos artigos mais relevantes 15
  16. 16. Tabela de pontos (-1) não O estudo apresenta/descreve uma ferramenta ou técnica para avaliação dea (0) descreve usabilidade de uma interface (+1) Descreve bem (-1) nãob O estudo descreve boas práticas de usabilidade para o campo de eficácia (0) descreve (+1) descreve bem (-1) nãoc O estudo possui resultados claros ao final (0) parcialmente (+1) possui (-1) até 2000d O estudo possui publicação recente (0) 2000 até 2003 (+1) de 2003 em diante (-1) Nãoe O estudo define métricas quantitativas de usabilidade (0) Descreve (+1) Descreve bem 16
  17. 17. Extração de dados Concepção1 Boas práticas para criação de interfaces eficazes Desenvolvimento Teste Técnico2 Campos de estudo sobre eficácia de interfaces web Subjetivo Conceitual3 Tipos de técnica de avaliação de interface Desenvolvimento Empírica Quantitativos4 Modelos de medição de usabilidade de interfaces Qualitativos 17
  18. 18. Revisão sistemáticaResultados encontrados 18
  19. 19. Em números a pesquisa automática encontrou100 Artigos lidos para o primeiro filtro 38 (descartou-se repetições) Artigos selecionados no primeiro filtro -1 0 1 a 13 12 13 b 28 4 6 c 4 14 20 d 2 14 22 e 28 4 6 19
  20. 20. -1 0 113 12 13 Rica base de estudos com técnicas de avaliação de usabilidades Poucos estudos com objetivo de apontar boas práticas28 4 6 estabelecidas Qualidade alta de resultados encontrados, com sólidos testes4 14 20 dos mesmos2 14 22 Material com bom índice de atualização.28 4 6 Quase nenhum estudo apresenta métricas de usabilidade 20
  21. 21. Usuários Ingresse.comEstudo de caso comportamental 21
  22. 22. Coleta realizada no período de FEV ~ MAR com o site e seus usuários reais remotamente Manaus São Paulo são as duas cidades com maior quantidade de pessoas KISS Metrics Crazy Egg Foram as duas ferramentas utilizadas para coleta de dados remotamente22
  23. 23. Concentração no objetivo Elemento de seleção para selecionar Palavra de ação para o que deseja fazer23
  24. 24. Comportamentos interessantes Cliques no ícone de mapa Cliques no ícone de descrição do evento24
  25. 25. 25
  26. 26. Antes A/B Teste Compra com 1 clique Taxa de aceitação antes 20/semana Taxa de aceitação depois 20/semana Somente as mudanças visuais não foram suficientes para aumentar conversão neste caso.Depois 26
  27. 27. ManausPesquisa realizada no período de é a cidade com maior predominânciaFEV ~ MAR nas pesquisascom os usuários do site 180 pessoas responderam a pesquisa 27
  28. 28. 66,84 %Disseram considerar o pôster do Co-founding factorevento, ou a marca do organizador marca reconhecida pode ser entendidacomo item relevante para julgar um tanto como logotipo ou renomeevento como bom 28
  29. 29. 92.6 % 92.6 %Afirmam que o visual é o Afirmam que o visual é oprimeiro fator de influência primeiro fator de influênciafonte: Loyalty Square fonte: Loyalty Square26 é a porcentagem a mais 26 de reconhecimento de é a porcentagem a mais % propagandas coloridas de reconhecimento de % propagandas coloridas fonte: Hermie, P. Stop/watch: everything on the impact of advertisements in magazines. fonte: Hermie, P. Stop/watch: everything on the Medialogue; 2005 impact of advertisements in magazines. Medialogue; 2005 29
  30. 30. Completeness meterA presença de barras de progresso- Melhoram resultados de pesquisa desatisfação To Dos- Aumentam engajamento It turns out that when you finish a75 das pessoas preferem a presença complex task, your brain releases % de uma barra de progresso massive quantities of endorphins. _ Hugo Liu, MITfonte: Lightspeed Research and Kantar; 2012 30
  31. 31. Trabalhos futurosMapeamento de elementos visuaise o comportamento aferido a estes 31
  32. 32. Trabalhos futurosResultado que deverá ser entreguecomo parte do Projeto Final II 32
  33. 33. Ciência da Computação Instituto de Computação Universidade Federal do AmazonasCASE INGRESSE: UM ESTUDO SOBRE ASTÉCNICAS DE MEDIÇÃO DE USABILIDADE 33

×