SlideShare uma empresa Scribd logo

Programação Medição de Vazão pelo método acústico Doppler (Adcp) avancado

Programação do curso de Medição de Vazão pelo método acústico Doppler.

1 de 1
Baixar para ler offline
CURSO – MEDIÇÃO DE VAZÃO PELO MÉTODO ACÚSTICO DOPPLER 
(ADCP) - AVANÇADO 
Carga Horária: 52h 
(12h EAD + 40h Presencial) 
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 
UNIDADE 1: Operações Básicas do ADCP com Fundo Móvel 
1.1 Modos de operação do ADCP. 
1.2 Medições em seção com Fundo Móvel. 
1.3 Procedimentos de campo para operação de medidores Doppler na presença de fundo 
móvel. 
1.4 Procedimentos para medição acústica utilizando-se do método seção por seção. 
UNIDADE 2: Prática de Campo e Análise 
2.1 Práticas de campo em rios de grande e pequeno porte para correção do fundo móvel;. 
2.2 Aplicação dos métodos de correção (subseção e seção por seção, loop e azimute). 
2.3 Integração dos equipamentos DGPS e Ecobatímetro. 
2.4 Uso dos diversos softwares. 
2.5 Apresentação dos dados coletados em campo. 
2.6 Revisão das medições de campo: avaliação de testes de fundo móvel e coeficiente de 
relevância. 
2.7 Método para avaliação e correção de uma medição (subseção, seção por seção, loop 
e azimute). 
2.8 Thresholds (filtros) e suas aplicações.

Recomendados

Posicionamento absoluto; Os 4 métodos de existentes
Posicionamento absoluto; Os 4 métodos de existentesPosicionamento absoluto; Os 4 métodos de existentes
Posicionamento absoluto; Os 4 métodos de existentesAdenilson Giovanini
 
Metodologias y técnicas para llegar al ciudadano
Metodologias y técnicas para llegar al ciudadanoMetodologias y técnicas para llegar al ciudadano
Metodologias y técnicas para llegar al ciudadanoLuis Carlos Aceves
 
Descritivo de custos anuais
Descritivo de custos anuaisDescritivo de custos anuais
Descritivo de custos anuaisSílvia Sousa
 
Ejemplos para tesis de pedagogía en física
Ejemplos para tesis de pedagogía en física Ejemplos para tesis de pedagogía en física
Ejemplos para tesis de pedagogía en física bastiano10
 
TJ concede liminar e libera vencimentos de secretário de Educação de Rondônia
TJ concede liminar e libera vencimentos de secretário de Educação de RondôniaTJ concede liminar e libera vencimentos de secretário de Educação de Rondônia
TJ concede liminar e libera vencimentos de secretário de Educação de RondôniaRondoniadinamica Jornal Eletrônico
 
Ubiquiti antena airgrid m5 agm5
Ubiquiti antena airgrid m5 agm5Ubiquiti antena airgrid m5 agm5
Ubiquiti antena airgrid m5 agm5Murilo Monteiro
 

Mais conteúdo relacionado

Destaque

O que esperar do amanhã
O que esperar do amanhãO que esperar do amanhã
O que esperar do amanhãIderaldo Catini
 
CV - Lilla Oliver December 2016
CV - Lilla Oliver  December 2016CV - Lilla Oliver  December 2016
CV - Lilla Oliver December 2016Lilla Oliver
 
Regulamento 24HORAS AEISCAC
Regulamento 24HORAS AEISCACRegulamento 24HORAS AEISCAC
Regulamento 24HORAS AEISCACRuben Brito
 
Comentário: Domingo de Pentecostes - Ano B
Comentário: Domingo de Pentecostes - Ano BComentário: Domingo de Pentecostes - Ano B
Comentário: Domingo de Pentecostes - Ano BJosé Lima
 
Venganzadelasrubias
VenganzadelasrubiasVenganzadelasrubias
Venganzadelasrubiastamahomex
 
Calendário equivalência frequência_3ºciclo_1ªfase
Calendário equivalência frequência_3ºciclo_1ªfaseCalendário equivalência frequência_3ºciclo_1ªfase
Calendário equivalência frequência_3ºciclo_1ªfasePedro França
 
Duas Palestras magicas para sua empresa
Duas Palestras magicas para sua empresaDuas Palestras magicas para sua empresa
Duas Palestras magicas para sua empresaAndré Hypolito
 
Texto instrumentalizacao
Texto instrumentalizacaoTexto instrumentalizacao
Texto instrumentalizacaoCarlos Roza
 
Como podemos andar com deus
Como podemos andar com deusComo podemos andar com deus
Como podemos andar com deusIderaldo Catini
 
Patinho Feio Jornal O Ilhavense
Patinho Feio Jornal O IlhavensePatinho Feio Jornal O Ilhavense
Patinho Feio Jornal O IlhavenseFilipe Pires
 

Destaque (17)

Comodo
ComodoComodo
Comodo
 
O que esperar do amanhã
O que esperar do amanhãO que esperar do amanhã
O que esperar do amanhã
 
Bodas de oro
Bodas de oroBodas de oro
Bodas de oro
 
CV - Lilla Oliver December 2016
CV - Lilla Oliver  December 2016CV - Lilla Oliver  December 2016
CV - Lilla Oliver December 2016
 
Regulamento 24HORAS AEISCAC
Regulamento 24HORAS AEISCACRegulamento 24HORAS AEISCAC
Regulamento 24HORAS AEISCAC
 
Comentário: Domingo de Pentecostes - Ano B
Comentário: Domingo de Pentecostes - Ano BComentário: Domingo de Pentecostes - Ano B
Comentário: Domingo de Pentecostes - Ano B
 
Venganzadelasrubias
VenganzadelasrubiasVenganzadelasrubias
Venganzadelasrubias
 
Calendário equivalência frequência_3ºciclo_1ªfase
Calendário equivalência frequência_3ºciclo_1ªfaseCalendário equivalência frequência_3ºciclo_1ªfase
Calendário equivalência frequência_3ºciclo_1ªfase
 
Web 2.0
Web 2.0Web 2.0
Web 2.0
 
Duas Palestras magicas para sua empresa
Duas Palestras magicas para sua empresaDuas Palestras magicas para sua empresa
Duas Palestras magicas para sua empresa
 
Texto instrumentalizacao
Texto instrumentalizacaoTexto instrumentalizacao
Texto instrumentalizacao
 
A universidade gratuita
A universidade gratuitaA universidade gratuita
A universidade gratuita
 
Que es ava
Que es avaQue es ava
Que es ava
 
Como podemos andar com deus
Como podemos andar com deusComo podemos andar com deus
Como podemos andar com deus
 
Patinho Feio Jornal O Ilhavense
Patinho Feio Jornal O IlhavensePatinho Feio Jornal O Ilhavense
Patinho Feio Jornal O Ilhavense
 
Que es ava
Que es avaQue es ava
Que es ava
 
Reas educacionais
Reas educacionaisReas educacionais
Reas educacionais
 

Semelhante a Programação Medição de Vazão pelo método acústico Doppler (Adcp) avancado

2015 aula 6g monitoramento
2015 aula 6g monitoramento2015 aula 6g monitoramento
2015 aula 6g monitoramentoIPEN - CNEN / SP
 
Calibração de medidores de PKA - José Neres Jr (1).pdf
Calibração de medidores de PKA - José Neres Jr (1).pdfCalibração de medidores de PKA - José Neres Jr (1).pdf
Calibração de medidores de PKA - José Neres Jr (1).pdfJosNeresdeAlmeidaJun
 
Sensor para monitoramento de umidade do solo utilizando energia solar
Sensor para monitoramento de umidade do solo utilizando energia solarSensor para monitoramento de umidade do solo utilizando energia solar
Sensor para monitoramento de umidade do solo utilizando energia solarMatheus Souza
 
Redução do Consumo de energia elétrica para Lagoa Aerada
Redução do Consumo de energia elétrica para Lagoa Aerada Redução do Consumo de energia elétrica para Lagoa Aerada
Redução do Consumo de energia elétrica para Lagoa Aerada Equilibrium Soluções
 
Sistema de gestao ambiental para uma casa de shows
Sistema de gestao ambiental para uma casa de showsSistema de gestao ambiental para uma casa de shows
Sistema de gestao ambiental para uma casa de showsmonica silva
 

Semelhante a Programação Medição de Vazão pelo método acústico Doppler (Adcp) avancado (7)

2015 aula 6g monitoramento
2015 aula 6g monitoramento2015 aula 6g monitoramento
2015 aula 6g monitoramento
 
nbr-15215-4-2004
nbr-15215-4-2004nbr-15215-4-2004
nbr-15215-4-2004
 
Calibração de medidores de PKA - José Neres Jr (1).pdf
Calibração de medidores de PKA - José Neres Jr (1).pdfCalibração de medidores de PKA - José Neres Jr (1).pdf
Calibração de medidores de PKA - José Neres Jr (1).pdf
 
Sensor para monitoramento de umidade do solo utilizando energia solar
Sensor para monitoramento de umidade do solo utilizando energia solarSensor para monitoramento de umidade do solo utilizando energia solar
Sensor para monitoramento de umidade do solo utilizando energia solar
 
Redução do Consumo de energia elétrica para Lagoa Aerada
Redução do Consumo de energia elétrica para Lagoa Aerada Redução do Consumo de energia elétrica para Lagoa Aerada
Redução do Consumo de energia elétrica para Lagoa Aerada
 
Projetos de pesquisa – FAPERJ
Projetos de pesquisa – FAPERJProjetos de pesquisa – FAPERJ
Projetos de pesquisa – FAPERJ
 
Sistema de gestao ambiental para uma casa de shows
Sistema de gestao ambiental para uma casa de showsSistema de gestao ambiental para uma casa de shows
Sistema de gestao ambiental para uma casa de shows
 

Mais de biocenose_consultoria

SEMINÁRIO DE ARBORIZAÇÃO URBANA E CONFORTO AMBIENTAL
SEMINÁRIO DE ARBORIZAÇÃO URBANA E CONFORTO AMBIENTALSEMINÁRIO DE ARBORIZAÇÃO URBANA E CONFORTO AMBIENTAL
SEMINÁRIO DE ARBORIZAÇÃO URBANA E CONFORTO AMBIENTALbiocenose_consultoria
 
Fibrous Dysplasia in a 120.000+ year old Neandertal from Krapina
Fibrous Dysplasia in a 120.000+ year old Neandertal from KrapinaFibrous Dysplasia in a 120.000+ year old Neandertal from Krapina
Fibrous Dysplasia in a 120.000+ year old Neandertal from Krapinabiocenose_consultoria
 
Synthesis of customized petroleum-replica fuel molecules by targeted modifica...
Synthesis of customized petroleum-replica fuel molecules by targeted modifica...Synthesis of customized petroleum-replica fuel molecules by targeted modifica...
Synthesis of customized petroleum-replica fuel molecules by targeted modifica...biocenose_consultoria
 
A New species of skin-feeding Caecilian
A New species of skin-feeding CaecilianA New species of skin-feeding Caecilian
A New species of skin-feeding Caecilianbiocenose_consultoria
 
Cartaz v encontro de arqueologia de ms
Cartaz v encontro de arqueologia de msCartaz v encontro de arqueologia de ms
Cartaz v encontro de arqueologia de msbiocenose_consultoria
 
Seminario internacional 2013 arqueologia
Seminario internacional 2013   arqueologiaSeminario internacional 2013   arqueologia
Seminario internacional 2013 arqueologiabiocenose_consultoria
 
Ficha de inscricao curso espeleoresgate 2012
Ficha de inscricao curso espeleoresgate 2012Ficha de inscricao curso espeleoresgate 2012
Ficha de inscricao curso espeleoresgate 2012biocenose_consultoria
 
ICMBIO - PORTARIA N°32, DE 2 DE MARÇO DE 2012
ICMBIO - PORTARIA N°32, DE 2 DE MARÇO DE 2012ICMBIO - PORTARIA N°32, DE 2 DE MARÇO DE 2012
ICMBIO - PORTARIA N°32, DE 2 DE MARÇO DE 2012biocenose_consultoria
 
INSTRUÇÃO NORMATIVA N°25, DE 12 DE ABRIL DE 2012
INSTRUÇÃO NORMATIVA N°25, DE 12 DE ABRIL DE 2012INSTRUÇÃO NORMATIVA N°25, DE 12 DE ABRIL DE 2012
INSTRUÇÃO NORMATIVA N°25, DE 12 DE ABRIL DE 2012biocenose_consultoria
 

Mais de biocenose_consultoria (13)

SEMINÁRIO DE ARBORIZAÇÃO URBANA E CONFORTO AMBIENTAL
SEMINÁRIO DE ARBORIZAÇÃO URBANA E CONFORTO AMBIENTALSEMINÁRIO DE ARBORIZAÇÃO URBANA E CONFORTO AMBIENTAL
SEMINÁRIO DE ARBORIZAÇÃO URBANA E CONFORTO AMBIENTAL
 
Fibrous Dysplasia in a 120.000+ year old Neandertal from Krapina
Fibrous Dysplasia in a 120.000+ year old Neandertal from KrapinaFibrous Dysplasia in a 120.000+ year old Neandertal from Krapina
Fibrous Dysplasia in a 120.000+ year old Neandertal from Krapina
 
Synthesis of customized petroleum-replica fuel molecules by targeted modifica...
Synthesis of customized petroleum-replica fuel molecules by targeted modifica...Synthesis of customized petroleum-replica fuel molecules by targeted modifica...
Synthesis of customized petroleum-replica fuel molecules by targeted modifica...
 
Sbe noticias 260
Sbe noticias 260Sbe noticias 260
Sbe noticias 260
 
A New species of skin-feeding Caecilian
A New species of skin-feeding CaecilianA New species of skin-feeding Caecilian
A New species of skin-feeding Caecilian
 
Cartaz v encontro de arqueologia de ms
Cartaz v encontro de arqueologia de msCartaz v encontro de arqueologia de ms
Cartaz v encontro de arqueologia de ms
 
In situ 3 original
In situ 3 originalIn situ 3 original
In situ 3 original
 
Sbe noticias 257
Sbe noticias 257Sbe noticias 257
Sbe noticias 257
 
Seminario internacional 2013 arqueologia
Seminario internacional 2013   arqueologiaSeminario internacional 2013   arqueologia
Seminario internacional 2013 arqueologia
 
Curso de espeleo resgate egb 2012
Curso de espeleo resgate egb 2012Curso de espeleo resgate egb 2012
Curso de espeleo resgate egb 2012
 
Ficha de inscricao curso espeleoresgate 2012
Ficha de inscricao curso espeleoresgate 2012Ficha de inscricao curso espeleoresgate 2012
Ficha de inscricao curso espeleoresgate 2012
 
ICMBIO - PORTARIA N°32, DE 2 DE MARÇO DE 2012
ICMBIO - PORTARIA N°32, DE 2 DE MARÇO DE 2012ICMBIO - PORTARIA N°32, DE 2 DE MARÇO DE 2012
ICMBIO - PORTARIA N°32, DE 2 DE MARÇO DE 2012
 
INSTRUÇÃO NORMATIVA N°25, DE 12 DE ABRIL DE 2012
INSTRUÇÃO NORMATIVA N°25, DE 12 DE ABRIL DE 2012INSTRUÇÃO NORMATIVA N°25, DE 12 DE ABRIL DE 2012
INSTRUÇÃO NORMATIVA N°25, DE 12 DE ABRIL DE 2012
 

Último

Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...apoioacademicoead
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...leitev350
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...azulassessoriaacadem3
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024excellenceeducaciona
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 

Último (20)

Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 

Programação Medição de Vazão pelo método acústico Doppler (Adcp) avancado

  • 1. CURSO – MEDIÇÃO DE VAZÃO PELO MÉTODO ACÚSTICO DOPPLER (ADCP) - AVANÇADO Carga Horária: 52h (12h EAD + 40h Presencial) CONTEÚDO PROGRAMÁTICO UNIDADE 1: Operações Básicas do ADCP com Fundo Móvel 1.1 Modos de operação do ADCP. 1.2 Medições em seção com Fundo Móvel. 1.3 Procedimentos de campo para operação de medidores Doppler na presença de fundo móvel. 1.4 Procedimentos para medição acústica utilizando-se do método seção por seção. UNIDADE 2: Prática de Campo e Análise 2.1 Práticas de campo em rios de grande e pequeno porte para correção do fundo móvel;. 2.2 Aplicação dos métodos de correção (subseção e seção por seção, loop e azimute). 2.3 Integração dos equipamentos DGPS e Ecobatímetro. 2.4 Uso dos diversos softwares. 2.5 Apresentação dos dados coletados em campo. 2.6 Revisão das medições de campo: avaliação de testes de fundo móvel e coeficiente de relevância. 2.7 Método para avaliação e correção de uma medição (subseção, seção por seção, loop e azimute). 2.8 Thresholds (filtros) e suas aplicações.