BIBSOBREIRA                                                  Ano 09/10
                              Dezembro 2009        ...
Curiosidade Matemática                  - Número capicua

Número capicua
Um número é capicua quando lido da esquerda para ...
Dezembro 2009
Boletim Dezembro
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Boletim Dezembro

386 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
386
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boletim Dezembro

  1. 1. BIBSOBREIRA Ano 09/10 Dezembro 2009 Edição 3 Quando o Homem quiser NOVIDADES Tu que dormes a noite na calçada de relento Numa cama de chuva com lençóis feitos de vento Tu que tens o Natal da solidão, do sofrimento És meu irmão amigo És meu irmão E tu que dormes só no pesadelo do ciúme Numa cama de raiva com lençóis feitos de lume E sofres o Natal da solidão sem um queixume És meu irmão amigo És meu irmão Natal é em Dezembro Romanceiro de Natal, Natal Mas em Maio pode ser João Manuel Ribeiro e Ver- Natal é em Setembro gílio Alberto Vieira É quando um homem quiser Natal é quando nasce uma vida a amanhecer Natal é sempre o fruto que há no ventre da Mulher Tu que inventas ternura e brinquedos para dar Tu que inventas bonecas e comboios de luar E mentes ao teu filho por não os poderes comprar És meu irmão amigo És meu irmão E tu que vês na montra a tua fome que eu não sei Fatias de tristeza em cada alegre bolo-rei Pões um sabor amargo em cada doce que eu comprei Coloridas, Lágrimas Coloridas És meu irmão amigo Ana Macedo És meu irmão Natal é em Dezembro “O que anda(s) a ler?” Mas em Maio pode ser Natal é em Setembro Ary dos Santos É quando um homem quiser Professora Cecília Natal é quando nasce uma vida a amanhecer Ferreira (CN/Mat, 2º Natal é sempre o fruto que há no ventre da Mulher. ciclo): Adivinhas Um dia, andando na rua, vi um homem fazendo Quem é que no Natal anda um presépio e eu lhe perguntei qual era o de casa em casa com um saco cheio nas costas? seu nome, e ele me respondeu que o nome dele era o que ele estava fazendo. Qual é o nome do homem? (resposta atrás) Ana Catarina Rita e Cláudia Catarina, Cláudia, (resposta atrás) 7ºD
  2. 2. Curiosidade Matemática - Número capicua Número capicua Um número é capicua quando lido da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda representa sempre o mesmo valor, como por exemplo 77, 434, 6446, 82328. Para obter um número capicua a partir de outro, inverte-se a ordem dos algarismos e soma-se com o número dado, um número de vezes até que se encontre um número capicua, como por exemplo: Partindo do número 84: 84+48=132;132+231=363, que é um número capicua. Provérbios A árvore de Natal Ande o frio por onde andar, pelo Natal há Um símbolo da vida, a árvore de natal é uma tradição muito mais antiga do que o Cristianis- -de chegar. mo e não é um costume exclusivo de nenhuma religião em particular. Dos Santos ao Natal é Inverno Natural. Muito antes da tradição de comemorar o Natal, os egípcios já levavam galhos de palmeiras para dentro de suas casas no dia mais curto do ano, em Dezembro, simbolizando o triunfo da vida sobre a morte. Os romanos já enfeitavam suas casas com pinheiros durante a Satur- Nuvens em Setembro, chuva em Novembro nália, um festival de inverno em homenagem a Saturno, o deus da agricultura. Nesta época, e neve em Dezembro. os religiosos também enfeitavam árvores de carvalho com maçãs douradas para as festivi- dades do Solstício de Inverno. Nem em Agosto caminhar, nem em Dezembro marear. As árvores de Natal da BE Curiosidade A equipa da Apollo 8 ficará na História pelo facto de ter sido o primeiro Podes colorir a imagem. grupo de humanos a passar o Natal fora do planeta Terra. Página 2 Ano 09/10 Respostas das adivinhas: o carteiro; Armando Nascimento de Jesus.
  3. 3. Dezembro 2009

×