Desdobrável concurso de taramelas

518 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
518
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
326
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desdobrável concurso de taramelas

  1. 1. Concurso de Taramelas Regulamento Introdução: A ASSOPS – Associação de Passos de Silgueiros, através do seu Centro de Documentação constituído pelo Museu e pela Biblioteca Etnográfica, acompanhada pelos seus quatro grupos culturais desenvolve muitas iniciativas que procuram a defesa e divulgação da cultura tradicional dos nossos meios rurais. Desta vez, chamamos a atenção para a taramela também conhecida pelos nomes de caravela, tarabela, catramela, cacarela, batedor, corta-vento, bata-bate, ratatau, ralhadeira, rigibó ou ruge-ruge. Trata-se de uma engenhoca batedoira, que, colocada no meio dos milheirais, cumpria com eficiência a tarefa de afugentar, com o seu barulho infernal (uma ou duas peças metálicas batendo no fundo de tacho ou penico de esmalte), a passarada que, sem qualquer cerimónia, ao mesmo tempo que enchia o papo, desgraçava as searas e outras culturas granívoras indispensáveis à vida árdua dos lavradores. Objetivos: O concurso tem como objetivos: a) Divulgar uma tradição que teve grande significado e que por força do modo de vida da sociedade moderna, tem perdido expressão. b) Sensibilizar a comunidade para esta tradição e promover o seu conhecimento e, se possível, a sua construção. d) Desenvolver uma consciência ecológica, através do incentivo à reutilização de materiais. e) Enriquecer a nossa 8.ª Semana Cultural a levar a efeito entre 17 e 25 de julho de 2015. Destinatários: Alunos das escolas, jovens e comunidade em geral. Modalidades 1. Taramelas que funcionam ou sua representação em três dimensões, utilizando os mais diversos materiais, incluindo os reciclados. Podem concorrer todos os destinatários atrás referidos. 2. Texto escrito, ilustrado ou não, sobre a taramela, sua história, e seu significado. Podem concorrer todas as crianças que frequentem o 1.º e o 2.º ciclos do ensino básico. Prazo de entrega dos trabalhos: 6 a 13 de julho de 2015. Local de entrega: Os trabalhos, devidamente identificados, devem ser entregues na Biblioteca etnográfica do Museu – ASSOPS-Associação de Passos de Silgueiros. Informações: Serão dadas pessoalmente ou através do telefone 232 952001 ou ainda, através do endereço de email: museudesilgueiros@gmail.com Prémios Serão atribuídos prémios aos três melhores trabalhos de cada modalidade: Modalidade A: 1.º - Sessão fotográfica na Foto Clik, do Palácio do Gelo e oferta de uma tela de 40x50. 2.º - Kit de primeiros socorros. 3.º - CD da Tunanova. Modalidade B: 1.º - Sessão fotográfica na Foto Clik, do Palácio do Gelo e oferta de uma tela de 40x50. 2.º - Mala escolar com recheio. 3.º - Livros infantis. Todos os concorrentes receberão um certificado de participação. Critérios de Seleção: Os trabalhos a concurso serão avaliados pelo Júri, tendo em conta os seguintes critérios: a) Originalidade e criatividade; b) Estética e harmonia; c) Cores, formas e materiais utilizados. A taramela deverá obedecer às seguintes características: a. Se funciona, deve ser equipada com um pé não superior a 2 metros nem inferior a um, que permita espetá-la no chão, em situação de funcionamento. b. Se for uma representação, não deverá medir menos de 30 centímetros de altura e 40 de largura. O seu suporte não poderá medir menos de um metro. c. O texto pode ser manuscrito ou impresso e o seu tamanho depende do gosto do concorrente. Júri: O júri é da responsabilidade da ASSOPS e as suas decisões são irrevogáveis. Data da divulgação dos premiados: Os resultados do concurso serão divulgados no último dia da Semana Cultural.

×