IN TE LIG ÊN C IA ...S   ?
H oward G ard ne r (1 973 e 2000)“[...] p ote ncial b iop sicol                             ógico p ara p roce ssar inform...
GARDNER, H. Inteligência: um conceito reformulado. Rio de Janeiro: Objetiva, 2000.__________. Inteligências Múltiplas: a t...
(BRASIL, Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Especial. Diretrizes gerais para oatendimento educac...
Dr. Joseph S. Renzulli
C AP AC ID AD E           E N VO LVIM E N TO                               AC IM A D A             C O M A TAR E F A      ...
(Renzulli, Joseph S; REIS, Sally M. The Three-ring conception of giftedness: A DevelopmentalModel for Creative Productivit...
a) capacidade acima da média:   habilidade geral: capacidade de processar as informações,  integrar experiências que resul...
b) Envolvimento /comprometimento com a tarefa
c) Criatividade
• R ap id e z e facilid ad e p ara ap re nd e r;• F acilid ad e p ara ab s tração, as s ociaçõe s ,  an ális e e s ínte s ...
• C ap acid ad e d e j lgam e nto;                      u• H ab ilid ad e p ara re s olve r p rob le m as ;• M e m ória e ...
MI CO    C A DÊA
Agora não é            Ele não pode saber                       mais do que eu !?!a tua vez!Depois tu memostra isso!Deixa ...
A C A DÊ MIC O
A C A DÊ MIC O
PsiuComo esse            !!               Ficamenino é       Cadêquiematéria no                        a todistraído!     ...
Segregação
AceleraçãoAcelerar não implica somente pular anos e, isto, nem sempre, é suficiente para      desenvolver o seu potencial.
AceleraçãoÉ baseada no desempenho já reconhecidamente avançado                     da criança.
Ace le ração
Enriquecimento
EnriquecimentoDeve ter a finalidade de:
Renzulli e Reis (1997)
C ada criança é diferente
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Curso educar na diversidade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Curso educar na diversidade

296 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Curso educar na diversidade

  1. 1. IN TE LIG ÊN C IA ...S ?
  2. 2. H oward G ard ne r (1 973 e 2000)“[...] p ote ncial b iop sicol ógico p ara p roce ssar inform açõe s quep od e se r ativad o num ce nário cul tural p ara sol ucionarp rob l m as ou criar p rod utos que se j e am val orizad os num acul tura” (G AR D N E R , 2000, p . 47).
  3. 3. GARDNER, H. Inteligência: um conceito reformulado. Rio de Janeiro: Objetiva, 2000.__________. Inteligências Múltiplas: a teoria na prática. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.
  4. 4. (BRASIL, Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Especial. Diretrizes gerais para oatendimento educacional aos alunos portadores de altas habilidades/superdotação e talentos. Brasília:MEC/SEESP, 1995).
  5. 5. Dr. Joseph S. Renzulli
  6. 6. C AP AC ID AD E E N VO LVIM E N TO AC IM A D A C O M A TAR E F A M ÉD IA P AHFonte: Renzulli, Joseph S;REIS, Sally M. The Three-ring conception ofgiftedness: A C R IATIVID AD EDevelopmental Model forCreative Productivity. TheTriad Reader. Connecticut: Creative Learning Press,1986
  7. 7. (Renzulli, Joseph S; REIS, Sally M. The Three-ring conception of giftedness: A DevelopmentalModel for Creative Productivity. The Triad Reader. Connecticut: Creative Learning Press, 1986p. 11/12)
  8. 8. a) capacidade acima da média: habilidade geral: capacidade de processar as informações, integrar experiências que resultem em respostas adequadas e adaptadas a novas situações e a capacidade de envolver-se no pensamento abstrato. habilidades específicas: que consistem nas habilidades de adquirir conhecimento e destreza numa ou mais áreas específicas.
  9. 9. b) Envolvimento /comprometimento com a tarefa
  10. 10. c) Criatividade
  11. 11. • R ap id e z e facilid ad e p ara ap re nd e r;• F acilid ad e p ara ab s tração, as s ociaçõe s , an ális e e s ínte s e , ge ne ralizaçõe s ;• F le xib ilid ad e d e p e ns am e nto;• P rod u ção criativa;
  12. 12. • C ap acid ad e d e j lgam e nto; u• H ab ilid ad e p ara re s olve r p rob le m as ;• M e m ória e com p re e ns ão incom u ns d as s itu açõe s vive nciad as ;• Ind e p e nd ência d e p e ns am e nto;• Tale ntos e s p e c íficos , com o e s p orte s , m ús ica, arte s , d an ça, inform ática;
  13. 13. MI CO C A DÊA
  14. 14. Agora não é Ele não pode saber mais do que eu !?!a tua vez!Depois tu memostra isso!Deixa teu colegafalar! Isso não é o que estamos estudando agora! A C A DÊ MIC O
  15. 15. A C A DÊ MIC O
  16. 16. A C A DÊ MIC O
  17. 17. PsiuComo esse !! Ficamenino é Cadêquiematéria no a todistraído! ! no teu caderno,ive E la v da menino? undo Par a de , m a, mãe! sar lu co nver men ina!
  18. 18. Segregação
  19. 19. AceleraçãoAcelerar não implica somente pular anos e, isto, nem sempre, é suficiente para desenvolver o seu potencial.
  20. 20. AceleraçãoÉ baseada no desempenho já reconhecidamente avançado da criança.
  21. 21. Ace le ração
  22. 22. Enriquecimento
  23. 23. EnriquecimentoDeve ter a finalidade de:
  24. 24. Renzulli e Reis (1997)
  25. 25. C ada criança é diferente

×