SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
Avaliar a Biblioteca Escolar:áreas de intervenção Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil / Escola E.B. 2,3/Sec de Baião Novembro/2009
Domínios de avaliação da Biblioteca Escolar
Domínio/Subdomínios e Indicadores a desenvolver em 2009/10
Domínio/Subdomínios e Indicadores a desenvolver em 2009/10
Instrumentos de recolha de evidências Planificações; Estatísticas; Materiais de apoio produzidos; Outros registos…
Perfil de desempenho da BE (…)
Calendarização do processo de avaliação da BE
Século XXI: Sociedade da Informação e Conhecimento Trabalho colaborativo Construção de equipas e parcerias Prática baseada em evidências Web2.0 Integração curricular Confluência de diferentes conhecimentos e competências Mudanças nas práticas
“A Biblioteca não é um fim em si mesmo, justifica-se pela comunidade que serve. Constitui um equipamento educativo e cultural que, na articulação com os professores, se afirma um agente dinâmico do desenvolvimento individual, colectivo e apoio às práticas lectivas e de leitura.” Biblioteca, parceira do professor
Dificuldades Envolver todo o Agrupamento
“You begin the road by walking it”  (Ross Todd)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

RBST.Boa pratica: Espaço de Troca
RBST.Boa pratica: Espaço de TrocaRBST.Boa pratica: Espaço de Troca
RBST.Boa pratica: Espaço de TrocaINAbiblioteca
 
Literacia Emergente e Aprendizagem: os Caminhos Cruzados da Escola e das Bibl...
Literacia Emergente e Aprendizagem: os Caminhos Cruzados da Escola e das Bibl...Literacia Emergente e Aprendizagem: os Caminhos Cruzados da Escola e das Bibl...
Literacia Emergente e Aprendizagem: os Caminhos Cruzados da Escola e das Bibl...Sofia Pinto
 
Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22
Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22
Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22INABiblioteca1
 
Apresentação pbe 2012 implantação da rede
Apresentação pbe 2012 implantação da redeApresentação pbe 2012 implantação da rede
Apresentação pbe 2012 implantação da redelabteotonio
 
A biblioteca escolar – organização
A biblioteca escolar – organizaçãoA biblioteca escolar – organização
A biblioteca escolar – organizaçãoAna Soares
 
Evidência_1º período_2011.12
Evidência_1º período_2011.12Evidência_1º período_2011.12
Evidência_1º período_2011.12INAbiblioteca
 
Apresentação gbe pina martins
Apresentação gbe pina martinsApresentação gbe pina martins
Apresentação gbe pina martinslurdesfigueiredo
 
Apresentação gbe pina martins
Apresentação gbe pina martinsApresentação gbe pina martins
Apresentação gbe pina martinslurdesfigueiredo
 
12 passos para organizar
12 passos para organizar12 passos para organizar
12 passos para organizarpoletef
 
BE_Evidências_ 2ºP_2011.12
BE_Evidências_ 2ºP_2011.12BE_Evidências_ 2ºP_2011.12
BE_Evidências_ 2ºP_2011.12INAbiblioteca
 
Apresentação Grupo de trabalho das Bibliotecas de Ensino Superior 2014 na re...
Apresentação Grupo de trabalho das Bibliotecas de  Ensino Superior 2014 na re...Apresentação Grupo de trabalho das Bibliotecas de  Ensino Superior 2014 na re...
Apresentação Grupo de trabalho das Bibliotecas de Ensino Superior 2014 na re...Pedro Príncipe
 
Bibliotecas Lagoa - EBEAlgarve2009
Bibliotecas Lagoa - EBEAlgarve2009Bibliotecas Lagoa - EBEAlgarve2009
Bibliotecas Lagoa - EBEAlgarve2009RBE Algarve
 
Bibliotecas Faro - EBEAlgarve2009
Bibliotecas Faro - EBEAlgarve2009Bibliotecas Faro - EBEAlgarve2009
Bibliotecas Faro - EBEAlgarve2009RBE Algarve
 
Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12
Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12
Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12INAbiblioteca
 
Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres_ plano atividades.2013.14
Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres_ plano atividades.2013.14Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres_ plano atividades.2013.14
Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres_ plano atividades.2013.14INAbiblioteca
 

Mais procurados (17)

RBST.Boa pratica: Espaço de Troca
RBST.Boa pratica: Espaço de TrocaRBST.Boa pratica: Espaço de Troca
RBST.Boa pratica: Espaço de Troca
 
Literacia Emergente e Aprendizagem: os Caminhos Cruzados da Escola e das Bibl...
Literacia Emergente e Aprendizagem: os Caminhos Cruzados da Escola e das Bibl...Literacia Emergente e Aprendizagem: os Caminhos Cruzados da Escola e das Bibl...
Literacia Emergente e Aprendizagem: os Caminhos Cruzados da Escola e das Bibl...
 
Ciencia em linha
Ciencia em linhaCiencia em linha
Ciencia em linha
 
Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22
Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22
Biblioteca Geral. Plano de Atividades.2021.22
 
Apresentação pbe 2012 implantação da rede
Apresentação pbe 2012 implantação da redeApresentação pbe 2012 implantação da rede
Apresentação pbe 2012 implantação da rede
 
A biblioteca escolar – organização
A biblioteca escolar – organizaçãoA biblioteca escolar – organização
A biblioteca escolar – organização
 
Evidência_1º período_2011.12
Evidência_1º período_2011.12Evidência_1º período_2011.12
Evidência_1º período_2011.12
 
Apresentação gbe pina martins
Apresentação gbe pina martinsApresentação gbe pina martins
Apresentação gbe pina martins
 
Apresentação gbe pina martins
Apresentação gbe pina martinsApresentação gbe pina martins
Apresentação gbe pina martins
 
12 passos para organizar
12 passos para organizar12 passos para organizar
12 passos para organizar
 
BE_Evidências_ 2ºP_2011.12
BE_Evidências_ 2ºP_2011.12BE_Evidências_ 2ºP_2011.12
BE_Evidências_ 2ºP_2011.12
 
Apresentação Grupo de trabalho das Bibliotecas de Ensino Superior 2014 na re...
Apresentação Grupo de trabalho das Bibliotecas de  Ensino Superior 2014 na re...Apresentação Grupo de trabalho das Bibliotecas de  Ensino Superior 2014 na re...
Apresentação Grupo de trabalho das Bibliotecas de Ensino Superior 2014 na re...
 
Bibliotecas Lagoa - EBEAlgarve2009
Bibliotecas Lagoa - EBEAlgarve2009Bibliotecas Lagoa - EBEAlgarve2009
Bibliotecas Lagoa - EBEAlgarve2009
 
Bibliotecas Faro - EBEAlgarve2009
Bibliotecas Faro - EBEAlgarve2009Bibliotecas Faro - EBEAlgarve2009
Bibliotecas Faro - EBEAlgarve2009
 
Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12
Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12
Biblioteca institutonun'alvres projecto de actividades 2011-12
 
Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres_ plano atividades.2013.14
Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres_ plano atividades.2013.14Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres_ plano atividades.2013.14
Biblioteca Geral_Instituto NunAlvres_ plano atividades.2013.14
 
Paa b es_15_16
Paa b es_15_16Paa b es_15_16
Paa b es_15_16
 

Destaque

Para ser feliz
Para ser felizPara ser feliz
Para ser felizElvisAlej
 
Presentació
PresentacióPresentació
Presentacióxribera
 
De Norte a Sul Digital - Edição 001 - Agosto/2010
De Norte a Sul Digital - Edição 001 - Agosto/2010De Norte a Sul Digital - Edição 001 - Agosto/2010
De Norte a Sul Digital - Edição 001 - Agosto/2010Reinaldo Caravante Junior
 
Modulo construccion del_conocimiento
Modulo construccion del_conocimientoModulo construccion del_conocimiento
Modulo construccion del_conocimientoedwalegase
 
Base de datos
Base de datosBase de datos
Base de datoscarmenza
 
comercio eletronico-cresce_mas_esbarra_na-3.pdf
comercio eletronico-cresce_mas_esbarra_na-3.pdfcomercio eletronico-cresce_mas_esbarra_na-3.pdf
comercio eletronico-cresce_mas_esbarra_na-3.pdfRicardo Pastore
 
Ayudantia contabilidad i
Ayudantia contabilidad iAyudantia contabilidad i
Ayudantia contabilidad iartwo
 
Nativos e inmigrantes digitales
Nativos e inmigrantes digitalesNativos e inmigrantes digitales
Nativos e inmigrantes digitaleslauti93
 
Pharmeando.com gerencia empresarial
Pharmeando.com   gerencia empresarialPharmeando.com   gerencia empresarial
Pharmeando.com gerencia empresarialChristel
 
Tortugart
TortugartTortugart
TortugartNokia
 
Inmigrantes y nativos digitales
Inmigrantes y nativos digitales Inmigrantes y nativos digitales
Inmigrantes y nativos digitales lauti93
 
Capacitacion ppt
Capacitacion pptCapacitacion ppt
Capacitacion pptdavidisaias
 
Plan operativo migración ciudad real v 1 0
Plan operativo migración ciudad real v 1 0Plan operativo migración ciudad real v 1 0
Plan operativo migración ciudad real v 1 0OficinaJudicial
 
Linha 3 do Metrô - Rio de Janeiro a Niterói, São Gonçalo e Itaboraí
Linha 3 do Metrô - Rio de Janeiro a Niterói, São Gonçalo e ItaboraíLinha 3 do Metrô - Rio de Janeiro a Niterói, São Gonçalo e Itaboraí
Linha 3 do Metrô - Rio de Janeiro a Niterói, São Gonçalo e ItaboraíFelipe Peixoto
 

Destaque (20)

Para ser feliz
Para ser felizPara ser feliz
Para ser feliz
 
Transpower nuevo[1]
Transpower nuevo[1]Transpower nuevo[1]
Transpower nuevo[1]
 
Presentació
PresentacióPresentació
Presentació
 
De Norte a Sul Digital - Edição 001 - Agosto/2010
De Norte a Sul Digital - Edição 001 - Agosto/2010De Norte a Sul Digital - Edição 001 - Agosto/2010
De Norte a Sul Digital - Edição 001 - Agosto/2010
 
Elife - SocialCRM
Elife - SocialCRMElife - SocialCRM
Elife - SocialCRM
 
Modulo construccion del_conocimiento
Modulo construccion del_conocimientoModulo construccion del_conocimiento
Modulo construccion del_conocimiento
 
Base de datos
Base de datosBase de datos
Base de datos
 
comercio eletronico-cresce_mas_esbarra_na-3.pdf
comercio eletronico-cresce_mas_esbarra_na-3.pdfcomercio eletronico-cresce_mas_esbarra_na-3.pdf
comercio eletronico-cresce_mas_esbarra_na-3.pdf
 
Ayudantia contabilidad i
Ayudantia contabilidad iAyudantia contabilidad i
Ayudantia contabilidad i
 
Nativos e inmigrantes digitales
Nativos e inmigrantes digitalesNativos e inmigrantes digitales
Nativos e inmigrantes digitales
 
La investigacion como ep lina 10 082010
La investigacion como ep lina 10 082010La investigacion como ep lina 10 082010
La investigacion como ep lina 10 082010
 
Pharmeando.com gerencia empresarial
Pharmeando.com   gerencia empresarialPharmeando.com   gerencia empresarial
Pharmeando.com gerencia empresarial
 
Tortugart
TortugartTortugart
Tortugart
 
Pp6 jessica escobar[1]
Pp6 jessica escobar[1]Pp6 jessica escobar[1]
Pp6 jessica escobar[1]
 
Inmigrantes y nativos digitales
Inmigrantes y nativos digitales Inmigrantes y nativos digitales
Inmigrantes y nativos digitales
 
Capacitacion ppt
Capacitacion pptCapacitacion ppt
Capacitacion ppt
 
Plan operativo migración ciudad real v 1 0
Plan operativo migración ciudad real v 1 0Plan operativo migración ciudad real v 1 0
Plan operativo migración ciudad real v 1 0
 
Linha 3 do Metrô - Rio de Janeiro a Niterói, São Gonçalo e Itaboraí
Linha 3 do Metrô - Rio de Janeiro a Niterói, São Gonçalo e ItaboraíLinha 3 do Metrô - Rio de Janeiro a Niterói, São Gonçalo e Itaboraí
Linha 3 do Metrô - Rio de Janeiro a Niterói, São Gonçalo e Itaboraí
 
Clipping Abril 2010 1
Clipping Abril 2010 1Clipping Abril 2010 1
Clipping Abril 2010 1
 
Plano de midia
Plano de midiaPlano de midia
Plano de midia
 

Semelhante a Avaliar a Biblioteca Escolar: áreas de intervenção

Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...
Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...
Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...Isabel Nina
 
Plano de auto avaliação def20nov2
Plano de auto  avaliação def20nov2Plano de auto  avaliação def20nov2
Plano de auto avaliação def20nov2culturalmente
 
O Modelo de Auto-Avaliação das bibliotecas escolares no contexto da Escola / ...
O Modelo de Auto-Avaliação das bibliotecas escolares no contexto da Escola / ...O Modelo de Auto-Avaliação das bibliotecas escolares no contexto da Escola / ...
O Modelo de Auto-Avaliação das bibliotecas escolares no contexto da Escola / ...subranco
 
Maabe tarefa 7ª sessão 2
Maabe  tarefa 7ª sessão 2Maabe  tarefa 7ª sessão 2
Maabe tarefa 7ª sessão 2sandraazevedo
 
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispo
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispoPlano de acção ave leça-santa cruz do bispo
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispoBiblioleca
 
Plano De Avaliacao Be Bairro Da Ponte
Plano De Avaliacao   Be Bairro Da PontePlano De Avaliacao   Be Bairro Da Ponte
Plano De Avaliacao Be Bairro Da PonteHélia Jacob
 
1º trabalho
1º trabalho1º trabalho
1º trabalhoDeco10
 
Ses6apresentaavaliaçãO Be
Ses6apresentaavaliaçãO BeSes6apresentaavaliaçãO Be
Ses6apresentaavaliaçãO BeNatalia Pina
 
Metodologias De OperacionalizaçãO Do M.A.A.B.E.(I)
Metodologias De OperacionalizaçãO Do M.A.A.B.E.(I)Metodologias De OperacionalizaçãO Do M.A.A.B.E.(I)
Metodologias De OperacionalizaçãO Do M.A.A.B.E.(I)Isabel Pinheiro
 
Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...
Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...
Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...anabelavalentim
 
Apresentação final mac
Apresentação final macApresentação final mac
Apresentação final macpapacas
 

Semelhante a Avaliar a Biblioteca Escolar: áreas de intervenção (20)

avaliacao_esffl_BE_2009-2010
avaliacao_esffl_BE_2009-2010avaliacao_esffl_BE_2009-2010
avaliacao_esffl_BE_2009-2010
 
Workshop Apresentação MABE
Workshop Apresentação MABEWorkshop Apresentação MABE
Workshop Apresentação MABE
 
Workshop Apresentação MABE
Workshop Apresentação MABEWorkshop Apresentação MABE
Workshop Apresentação MABE
 
Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...
Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...
Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...
 
Plano de auto avaliação def20nov2
Plano de auto  avaliação def20nov2Plano de auto  avaliação def20nov2
Plano de auto avaliação def20nov2
 
O Modelo de Auto-Avaliação das bibliotecas escolares no contexto da Escola / ...
O Modelo de Auto-Avaliação das bibliotecas escolares no contexto da Escola / ...O Modelo de Auto-Avaliação das bibliotecas escolares no contexto da Escola / ...
O Modelo de Auto-Avaliação das bibliotecas escolares no contexto da Escola / ...
 
Maabe tarefa 7ª sessão 2
Maabe  tarefa 7ª sessão 2Maabe  tarefa 7ª sessão 2
Maabe tarefa 7ª sessão 2
 
4ª tarefa
4ª tarefa4ª tarefa
4ª tarefa
 
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispo
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispoPlano de acção ave leça-santa cruz do bispo
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispo
 
Plano de ação da biblioteca escolar 2009(2013
Plano de ação da biblioteca escolar 2009(2013Plano de ação da biblioteca escolar 2009(2013
Plano de ação da biblioteca escolar 2009(2013
 
Plano De Avaliacao Be Bairro Da Ponte
Plano De Avaliacao   Be Bairro Da PontePlano De Avaliacao   Be Bairro Da Ponte
Plano De Avaliacao Be Bairro Da Ponte
 
1º trabalho
1º trabalho1º trabalho
1º trabalho
 
A C
A CA C
A C
 
Autoavaliacao da biblioteca escolar 2009/2010
Autoavaliacao da biblioteca escolar 2009/2010Autoavaliacao da biblioteca escolar 2009/2010
Autoavaliacao da biblioteca escolar 2009/2010
 
Ses6apresentaavaliaçãO Be
Ses6apresentaavaliaçãO BeSes6apresentaavaliaçãO Be
Ses6apresentaavaliaçãO Be
 
Metodologias De OperacionalizaçãO Do M.A.A.B.E.(I)
Metodologias De OperacionalizaçãO Do M.A.A.B.E.(I)Metodologias De OperacionalizaçãO Do M.A.A.B.E.(I)
Metodologias De OperacionalizaçãO Do M.A.A.B.E.(I)
 
Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...
Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...
Modelo de auto-avaliacao_das_bibliotecas_escolares_metodologias_de_operaciona...
 
Duas Coisas
Duas CoisasDuas Coisas
Duas Coisas
 
Apresentação final mac
Apresentação final macApresentação final mac
Apresentação final mac
 
Paa global
Paa   globalPaa   global
Paa global
 

Mais de Biblioteca da Escola E.B. 2,3/Secundária de Baião - Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil

Mais de Biblioteca da Escola E.B. 2,3/Secundária de Baião - Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil (20)

Calendário escolar : Aulas previstas para 2019/2020
Calendário escolar : Aulas previstas para 2019/2020Calendário escolar : Aulas previstas para 2019/2020
Calendário escolar : Aulas previstas para 2019/2020
 
Calendário escolar 2019/2020
Calendário escolar 2019/2020Calendário escolar 2019/2020
Calendário escolar 2019/2020
 
Ficha de exploração de um livro de banda desenhada
Ficha de exploração de um livro de banda desenhadaFicha de exploração de um livro de banda desenhada
Ficha de exploração de um livro de banda desenhada
 
Calendário escolar 2018/2019
Calendário escolar 2018/2019Calendário escolar 2018/2019
Calendário escolar 2018/2019
 
Resultados do 1º teste de qualificação no Campeonato de Língua Portuguesa
 Resultados do 1º teste de qualificação no Campeonato de Língua Portuguesa  Resultados do 1º teste de qualificação no Campeonato de Língua Portuguesa
Resultados do 1º teste de qualificação no Campeonato de Língua Portuguesa
 
Metas 11 ano
Metas 11 anoMetas 11 ano
Metas 11 ano
 
Metas 10 ano
Metas 10 anoMetas 10 ano
Metas 10 ano
 
Aulas previstas para o ano letivo 2017/2018
Aulas previstas para o ano letivo 2017/2018Aulas previstas para o ano letivo 2017/2018
Aulas previstas para o ano letivo 2017/2018
 
Calendário escolar 2017/2018
Calendário escolar 2017/2018Calendário escolar 2017/2018
Calendário escolar 2017/2018
 
Programa da Semana da Leitura 2017
Programa da Semana da Leitura 2017Programa da Semana da Leitura 2017
Programa da Semana da Leitura 2017
 
Clube do Espaço e do Tempo
Clube do Espaço e do TempoClube do Espaço e do Tempo
Clube do Espaço e do Tempo
 
Plano Anual de Atividades do Agrupamento
Plano Anual de Atividades do AgrupamentoPlano Anual de Atividades do Agrupamento
Plano Anual de Atividades do Agrupamento
 
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
 
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca EscolarPlano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
 
Resultados do 2º desafio do Clube do Espaço e do Tempo
Resultados do 2º desafio do Clube do Espaço e do TempoResultados do 2º desafio do Clube do Espaço e do Tempo
Resultados do 2º desafio do Clube do Espaço e do Tempo
 
Resultados do 1º desafio do Clube do Espaço e do Tempo
Resultados do 1º desafio do Clube do Espaço e do TempoResultados do 1º desafio do Clube do Espaço e do Tempo
Resultados do 1º desafio do Clube do Espaço e do Tempo
 
Programa Jornadas Europeias do Patrimonio Cultural
Programa Jornadas Europeias do Patrimonio CulturalPrograma Jornadas Europeias do Patrimonio Cultural
Programa Jornadas Europeias do Patrimonio Cultural
 
Calendário escolar 2016/2017
Calendário escolar 2016/2017Calendário escolar 2016/2017
Calendário escolar 2016/2017
 
Resumo do projeto GAME - Gerar Aprendizagem, Motivação e Empenho
Resumo do projeto GAME - Gerar Aprendizagem, Motivação e EmpenhoResumo do projeto GAME - Gerar Aprendizagem, Motivação e Empenho
Resumo do projeto GAME - Gerar Aprendizagem, Motivação e Empenho
 
Voki - tutorial
Voki - tutorialVoki - tutorial
Voki - tutorial
 

Último

Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxLuisCarlosAlves10
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfWALDIRENEPINTODEMACE
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfaulasgege
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 

Último (20)

Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 

Avaliar a Biblioteca Escolar: áreas de intervenção