SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Concurso                                         7ª Edição
           nacional de leitura                                     2012 - 2013




                                       REGULAMENTO
 I. Anúncio público

    A 22 de Outubro de 2012, o Plano Nacional de Leitura declara oficialmente aberto o
    Concurso Nacional de Leitura (CNL) 2012 - 2013.
    As escolas concorrentes devem fazer a sua inscrição entre esta data e 11 de Janeiro de
    2013, através do Sistema de Informação (SIPNL) em formulário próprio.

    Tal como em anos anteriores e levando em conta a intenção de promover a leitura nas escolas,
    o Plano Nacional de Leitura (PNL) – em articulação com a Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos
    e das Bibliotecas (DGLAB) e com a Rede das Bibliotecas Escolares (RBE) – promove, no ano
    letivo de 2012 / 2013, a 7ª Edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL).

II. Objetivos

    O objetivo central deste concurso é estimular o treino da leitura e desenvolver competências
    de expressão escrita e oral junto dos alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino
    Secundário.

III. Calendarização

    O Concurso Nacional de Leitura decorrerá em três fases diferentes:

    1ª Fase – Eliminatórias a realizar nas escolas

    A 1ª Fase do CNL decorrerá ao longo do 1º período escolar e nas duas primeiras semanas do 2º
    período, sendo organizada de modo descentralizado, em cada uma das escolas do Continente e
    do Arquipélago dos Açores que aderirem a esta iniciativa.
    Embora na maioria dos casos a coordenação seja assegurada por docentes da área do Português
    ou pelo Professor Bibliotecário que coordena a Biblioteca Escolar, qualquer professor da escola
    poderá aderir ao CNL com alunos das suas turmas.




                                                                                          1
Concurso                                                7ª Edição
              nacional de leitura                                            2012 - 2013




 2ª Fase – Finais Distritais a realizar nas Bibliotecas Municipais (DGLAB)

 A 2ª Fase do Concurso Nacional de Leitura consiste nas Finais Distritais que são organizadas e
 realizadas pelas Bibliotecas Municipais designadas pela DGLAB e consistem numa prova pública
 para todos os apurados na fase eliminatória das escolas (1ª Fase). Tal prova, concebida e
 organizada pelo respetivo Júri Distrital, selecionará um (1) vencedor, em cada uma das duas
 categorias - 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário - que estarão presentes na Final
 Nacional.

 3ª Fase – Final Nacional

 A 3ª Fase do CNL corresponde à Final Nacional. Trata-se de uma prova pública, na qual
 participarão os dois concorrentes apurados nas Finais Distritais (por distrito, um de cada ciclo).


         FASES DO CNL                             TAREFAS                         Início         Fim
                    CONCURSO                Informação às escolas            7ª EDIÇÃO
              Abertura            email – Regulamento e Perguntas Frequentes        22.10. 2012
       NACIONAL DE LEITURA          blogue PNL - portal PNL - portal DGLAB   2012 - 2013
                                        Preenchimento de formulário
              Inscrição
                                      até à data limite da 1ª fase – SIPNL
                                             Provas nas escolas                 22.10. 2012   11.01.2013
    1ª Fase       Eliminatória               3º Ciclo - 3 finalistas
                                            Ens. Sec. – 3 finalistas
                                               Provas distritais
                                                                                               Final de
                    Finais              Bibliotecas Municipais - DGLB
                                                                                 2º Período    Abril de
    2ª Fase        Distritais                 3º Ciclo - 1 finalista
                                                                                                 2013
                                             Ens. Sec. - 1 finalista
                                                Prova nacional
                                              [local e data a fixar]
    3ª Fase      Final Nacional                                                   Final de Maio de 2013
                                                   PNL / RTP
                                        [modelo de prova a determinar]

Nota: As listas de vencedores em cada fase bem como as listas de livros recomendados para cada uma delas,
serão publicadas na página de Concursos e no Blogue do PNL.




                                                                                                    2
Concurso                                          7ª Edição
            nacional de leitura                                      2012 - 2013



IV. Condições gerais de participação

       A participação no concurso está aberta às escolas das redes pública e privada do
        Continente e do Arquipélago dos Açores que a ele aderirem, através da inscrição de alunos
        do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário, qualquer que seja a sua
        nacionalidade.

       A inscrição dos alunos deverá ser feita através do Sistema de Informação do PNL (SIPNL),
        em formulário próprio.

       No caso de serem selecionados para as Finais Distritais ou para a Final Nacional, os
        candidatos menores de 16 anos não poderão participar sem a autorização expressa dos
        encarregados de educação.

       É interdita a participação a familiares diretos dos membros dos Júris de cada uma das três
        fases do concurso.

       Para efeito da participação no CNL, os concorrentes devem submeter-se ao presente
        Regulamento e às decisões dos júris constituídos para as diferentes fases.

V. Categorização dos concorrentes

       Os concorrentes serão repartidos em duas categorias:

       alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico (7º,8º e 9º anos de escolaridade)
       alunos do Ensino Secundário (10º, 11º e 12º anos de escolaridade)

VI. Inscrições

    a) As inscrições no CNL são efetuadas através de um formulário disponível na página da
         Internet do PNL – http://www.sipnl.planonacionaldeleitura.gov.pt/login.jsp

    b) No menu de entrada, as escolas devem introduzir o Código de Utilizador (8 dígitos) e a
         Palavra-passe (4 dígitos).




                                                                                          3
Concurso                                         7ª Edição
           nacional de leitura                                     2012 - 2013




    c) Os dígitos atrás referidos, correspondem aos códigos PNL e são do conhecimento das escolas.
    Nas situações em que esses códigos não sejam localizados, devem as escolas solicitá-los ao PNL
    a partir do endereço eletrónico da própria escola.

    d) As inscrições deverão ser feitas entre a data de abertura do CNL, 22 de Outubro de 2012 e 11
    de Janeiro de 2013, data limite para a inscrição dos alunos apurados na 1ª Fase, em cada escola
    concorrente. A 1ª Fase do CNL decorre em coincidência com o período de inscrições.

    e)        Não serão admitidos às Finais Distritais, 2ª Fase, alunos que não estejam inscritos.

VII. Coordenadores e Júris - Constituição / coordenação e competências

    Eliminatórias de Escola

    Coordenação - Embora na maioria dos casos a coordenação seja assegurada por
    docentes da área do Português ou pelo Professor Bibliotecário que coordena a
    Biblioteca Escolar, qualquer professor da escola poderá aderir com alunos das suas
    turmas ao CNL.

    Competências - Cada escola selecionará um máximo de três vencedores, em cada uma
    das duas categorias – 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário – que estarão
    presentes na respetiva Final Distrital.

    Júris Distritais

    Constituição

    Os Júris Distritais integrarão três membros. O seu presidente será o bibliotecário
    responsável pela Biblioteca Municipal do concelho onde tiver lugar a Final Distrital. Este
    nomeará dois vogais, que poderão incluir um professor de reconhecido mérito e uma
    personalidade, desse distrito, ligada à cultura.




                                                                                          4
Concurso                                        7ª Edição
             nacional de leitura                                  2012 - 2013



Competências - Cabe aos Júris Distritais a organização das Finais Distritais, na localidade
a selecionar para o efeito, bem como a elaboração da respetiva prova, em cada distrito.

Aos Júris Distritais cabe, igualmente, a fixação da lista de obras tomadas como referência
para as Finais Distritais.

É da responsabilidade dos Júris Distritais a supervisão de todo o processo relacionado com o
Concurso Nacional de Leitura, ao nível distrital.

Compete aos Júris Distritais a indicação da lista dos concorrentes vencedores de cada Final
Distrital.

Júri Nacional

Constituição

O Júri Nacional é presidido por Fernando Pinto do Amaral (Comissário do PNL) e constituído ainda
por Manuel Fernando Gonçalves (PNL); Ana Bela Martins (RBE); Maria Carlos Loureiro (DGLAB) e
Vera Oliveira (DGLAB).


Competências

Cabe ao Júri Nacional a organização geral do CNL e o controlo do seu desenvolvimento, ao longo
das diversas fases enunciadas em III - Calendarização.

Cabe-lhe, ainda, a seleção da lista de obras tomadas como referência para a Final Nacional.


O Júri Nacional reserva-se o direito de intervir em quaisquer questões relativas ao número,
conteúdo, forma e correção das provas, bem como o de tomar qualquer decisão de supressão,
modificação ou manutenção de tais provas.




                                                                                        5
Concurso                                          7ª Edição
               nacional de leitura                                      2012 - 2013



    O Júri Nacional é soberano, não sendo possível, em circunstância alguma, recorrer das suas
    decisões.
    Compete, ao Júri Nacional, decidir sobre quaisquer matérias omissas neste Regulamento.

VIII.               Cláusula de exceção

        Em caso de modificação, suspensão ou interrupção do CNL, por qualquer motivo imprevisto,
        não serão imputadas responsabilidades à Organização nem aos membros do Júri Nacional, dos
        Júris Distritais ou dos professores coordenadores ao nível de cada escola.

 IX.                Provas de seleção

    Como princípio geral orientador do CNL está o prazer de ler, pretendendo-se estimular nos
    concorrentes o gosto pela leitura e o contacto com os livros.
    As provas deverão, assim, avaliar os conhecimentos dos alunos sobre as obras lidas, podendo
    constar de questionários de escolha           múltipla, comentários pessoais redigidos        pelos
    participantes ou outras sugestões dos materiais disponibilizados no sítio do PNL.

    As provas poderão ser escritas ou orais.

    As provas da 1ª Fase do CNL serão elaboradas nas diversas escolas que aderirem ao projeto, de
    modo descentralizado e com inteira autonomia, podendo, naturalmente, apresentar modelos e
    estruturas diferentes entre si.

    Nas Finais Distritais, a elaboração das provas fica ao critério de cada Júri Distrital.

    As provas da Final Nacional, serão elaboradas pelo respetivo Júri Nacional tomando em
    consideração a leitura das obras selecionadas para esta fase em coordenação com o formato de
    Concurso proposto pela RTP1 e a anunciar em fase posterior do CNL.

    As eventuais situações de ex aequo serão resolvidas mediante provas adicionais e não através
    de sorteio.




                                                                                              6
Concurso                                           7ª Edição
            nacional de leitura                                       2012 - 2013

  V.          Obras selecionadas para as provas
X. Obras selecionadas para as provas
     As obras tomadas como referência para as provas do CNL serão selecionadas como a
   As seguir tomadas como referência para as provas do CNL serão selecionadas como a seguir se
      obras se indica:
   indica:
      Na 1ª Fase - a seleção dos livros a ler cabe aos professores que, em cada
   1ª Agrupamento / Escola, foremler cabe aos professores que, em cada Agrupamento / Escola,
      Fase - a seleção dos livros a responsáveis pela organização do concurso.
   forem responsáveis pela organização do concurso.O número de obras a ler deve situar-se
      Nota: 4 obras por deve ser comunicada à Biblioteca Municipal organizadora da Final
   entre 2 a Esta escolha nível de ensino.
       Distrital.
   Nota: Esta escolha deve ser comunicada, pelo PNL, à DGLAB que a divulgará junto da Biblioteca
   Municipal organizadora da Final Distrital.
       Na 2ª Fase - a lista das obras será elaborada pelos Júris Distritais que poderão

   2ª propor até um máximo deserá elaborada pelos Júris Distritais que poderão propor até um
      Fase - a lista das obras três obras para cada nível de ensino.
   máximo de três obras para cada nível de ensino.
   Nota: O sítio do PNL tem uma lista de livros recomendados para todos os graus de ensino que pode ser
   utilizada como referência.


   3ª Fase - a seleção de livros a concurso cabe ao Júri Nacional que elaborará duas listas
   paralelas de obras para o 3º Ciclo e para o Ensino Secundário. O total de obras selecionadas
   para a Final Nacional não excederá três títulos por nível de ensino.

XI. Prémios

   a) 1ª Fase

   Os prémios a atribuir aos vencedores, em cada escola, deverão ser decididos a nível local,
   variando consoante o que for determinado pelos professores organizadores do concurso.


   b) Finais Distritais

   Os prémios a atribuir aos vencedores, nas Finais Distritais, deverão ser decididos a nível
   distrital, de acordo com os respetivos Júris Distritais e desejavelmente com o apoio de
   parceiros e / ou patrocinadores locais.




                                                                                              7
Concurso                                         7ª Edição
             nacional de leitura                                    2012 - 2013



     c) Final Nacional

       Cada participante na Final Nacional receberá um prémio de presença, bem como um
       certificado nominal de participação.

       Todos os concorrentes à Final Nacional receberão um apoio monetário, a título de reembolso
       de despesas de deslocação, de acordo com a distância percorrida.

       Os três primeiros classificados de cada uma das duas categorias – 3º Ciclo do Ensino Básico e
       Ensino Secundário – serão os grandes vencedores e receberão prémios a anunciar.


V.     Consultas e apoios

      www.planonacionaldeleitura.gov.pt

      concursonacionaldeleitura@planonacionaldeleitura.gov.pt

      www.rbe.min-edu.pt/

      www.dglb.pt




                                                                                          8

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012
Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012
Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012
bibliotecaprado
 
Reg a cantar_tambem_se_aprende_2018_19_final (1)
Reg a cantar_tambem_se_aprende_2018_19_final (1)Reg a cantar_tambem_se_aprende_2018_19_final (1)
Reg a cantar_tambem_se_aprende_2018_19_final (1)
lourde cruz
 

Mais procurados (11)

Regulamento cnl 2015_2016
Regulamento cnl 2015_2016Regulamento cnl 2015_2016
Regulamento cnl 2015_2016
 
Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012
Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012
Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012
 
Regulamento literacia3di 5edicao
Regulamento literacia3di 5edicaoRegulamento literacia3di 5edicao
Regulamento literacia3di 5edicao
 
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
 
Iv concurso regulamento 1º
Iv concurso  regulamento 1ºIv concurso  regulamento 1º
Iv concurso regulamento 1º
 
Alfândega: Normas do CNL distrital 2016
Alfândega: Normas do CNL distrital 2016Alfândega: Normas do CNL distrital 2016
Alfândega: Normas do CNL distrital 2016
 
Cnl 2015 normas de participação - bm carrazeda
Cnl 2015  normas de participação - bm carrazedaCnl 2015  normas de participação - bm carrazeda
Cnl 2015 normas de participação - bm carrazeda
 
Cnl 2020 normas de part nv
Cnl 2020   normas de part nvCnl 2020   normas de part nv
Cnl 2020 normas de part nv
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
Reg a cantar_tambem_se_aprende_2018_19_final (1)
Reg a cantar_tambem_se_aprende_2018_19_final (1)Reg a cantar_tambem_se_aprende_2018_19_final (1)
Reg a cantar_tambem_se_aprende_2018_19_final (1)
 
Normas de participação CNL - 2.ª fase 2014, distrito de Bragança
Normas de participação CNL - 2.ª fase 2014, distrito de BragançaNormas de participação CNL - 2.ª fase 2014, distrito de Bragança
Normas de participação CNL - 2.ª fase 2014, distrito de Bragança
 

Destaque

76064 4c Hills Jewelers 3x3
76064 4c Hills Jewelers 3x376064 4c Hills Jewelers 3x3
76064 4c Hills Jewelers 3x3
Trish Irwin
 
Aycil Poster with Text Revised 2
Aycil Poster with Text Revised 2Aycil Poster with Text Revised 2
Aycil Poster with Text Revised 2
aYcil yeLtaN
 
79862 Laurel Yamaha 2x6
79862 Laurel Yamaha 2x679862 Laurel Yamaha 2x6
79862 Laurel Yamaha 2x6
Trish Irwin
 
Mapa conceptual rosario parra
Mapa conceptual rosario parraMapa conceptual rosario parra
Mapa conceptual rosario parra
Charo Parra
 
Estatuto da criança e do adolescente
Estatuto da criança e do adolescenteEstatuto da criança e do adolescente
Estatuto da criança e do adolescente
ACS PM RN
 
BCS Open House 2016
BCS Open House 2016BCS Open House 2016
BCS Open House 2016
BCS1991
 

Destaque (20)

Pop rock brasil
Pop rock brasilPop rock brasil
Pop rock brasil
 
Les guerres del segle xx
Les guerres del segle xx Les guerres del segle xx
Les guerres del segle xx
 
Juan soto
Juan sotoJuan soto
Juan soto
 
76064 4c Hills Jewelers 3x3
76064 4c Hills Jewelers 3x376064 4c Hills Jewelers 3x3
76064 4c Hills Jewelers 3x3
 
Evan J. Zimmer MD Website Preview
Evan J. Zimmer MD Website PreviewEvan J. Zimmer MD Website Preview
Evan J. Zimmer MD Website Preview
 
Presentation6
Presentation6Presentation6
Presentation6
 
Tipos de s.o 2013 upt
Tipos de s.o 2013 uptTipos de s.o 2013 upt
Tipos de s.o 2013 upt
 
Alternativas de uso del plastico
Alternativas de uso del plasticoAlternativas de uso del plastico
Alternativas de uso del plastico
 
Aycil Poster with Text Revised 2
Aycil Poster with Text Revised 2Aycil Poster with Text Revised 2
Aycil Poster with Text Revised 2
 
Prime Residences
Prime ResidencesPrime Residences
Prime Residences
 
79862 Laurel Yamaha 2x6
79862 Laurel Yamaha 2x679862 Laurel Yamaha 2x6
79862 Laurel Yamaha 2x6
 
Perfil Profissional - Rafael Stefano
Perfil Profissional - Rafael StefanoPerfil Profissional - Rafael Stefano
Perfil Profissional - Rafael Stefano
 
Estudo: Alegria de Carnaval - O que todo consumidor quer e algumas empresas p...
Estudo: Alegria de Carnaval - O que todo consumidor quer e algumas empresas p...Estudo: Alegria de Carnaval - O que todo consumidor quer e algumas empresas p...
Estudo: Alegria de Carnaval - O que todo consumidor quer e algumas empresas p...
 
Ii plano de aula
Ii plano de aulaIi plano de aula
Ii plano de aula
 
Tema Blog: O Desafiao de Aprender.
Tema Blog: O Desafiao de Aprender.Tema Blog: O Desafiao de Aprender.
Tema Blog: O Desafiao de Aprender.
 
Mapa conceptual rosario parra
Mapa conceptual rosario parraMapa conceptual rosario parra
Mapa conceptual rosario parra
 
Análise: Google vs Facebook
Análise: Google vs FacebookAnálise: Google vs Facebook
Análise: Google vs Facebook
 
Social media – um meio para o sucesso
Social media – um meio para o sucessoSocial media – um meio para o sucesso
Social media – um meio para o sucesso
 
Estatuto da criança e do adolescente
Estatuto da criança e do adolescenteEstatuto da criança e do adolescente
Estatuto da criança e do adolescente
 
BCS Open House 2016
BCS Open House 2016BCS Open House 2016
BCS Open House 2016
 

Semelhante a Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)

Concurso nacional de leitura
Concurso nacional de leituraConcurso nacional de leitura
Concurso nacional de leitura
becreebsr2
 
Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10
bibliomag
 
Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10
bibliomag
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv
Cnl regulamento 2012-2013_nvCnl regulamento 2012-2013_nv
Cnl regulamento 2012-2013_nv
Be Aeagranjo
 
Cnl regulamento 2014 2015
Cnl regulamento 2014 2015Cnl regulamento 2014 2015
Cnl regulamento 2014 2015
marta.medeiro
 
Regulamento cnl definitivo
Regulamento cnl definitivoRegulamento cnl definitivo
Regulamento cnl definitivo
Teresa Maia
 
Cartaz regulamento cnl2011 2012
Cartaz regulamento cnl2011  2012Cartaz regulamento cnl2011  2012
Cartaz regulamento cnl2011 2012
bibdjosei2006
 
Normas de participação cnl - 2ª fase 2014 (1)
Normas de participação   cnl - 2ª fase 2014 (1)Normas de participação   cnl - 2ª fase 2014 (1)
Normas de participação cnl - 2ª fase 2014 (1)
Dulce Correia Correia
 

Semelhante a Cnl regulamento 2012-2013_nv (6) (20)

Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014
 
Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014
 
Concurso nacional de leitura
Concurso nacional de leituraConcurso nacional de leitura
Concurso nacional de leitura
 
Regulamento cnl 2015_2016
Regulamento cnl 2015_2016Regulamento cnl 2015_2016
Regulamento cnl 2015_2016
 
Regulamento cnl 21 22 prado
Regulamento cnl 21 22 pradoRegulamento cnl 21 22 prado
Regulamento cnl 21 22 prado
 
Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10
 
Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10
 
Regulamento cnl 2013
Regulamento cnl 2013Regulamento cnl 2013
Regulamento cnl 2013
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv
Cnl regulamento 2012-2013_nvCnl regulamento 2012-2013_nv
Cnl regulamento 2012-2013_nv
 
Cnl regulamento 2014 2015
Cnl regulamento 2014 2015Cnl regulamento 2014 2015
Cnl regulamento 2014 2015
 
Regulamento cnl definitivo
Regulamento cnl definitivoRegulamento cnl definitivo
Regulamento cnl definitivo
 
Cn leitura 12ed_regulamento_e_calendario
Cn leitura 12ed_regulamento_e_calendarioCn leitura 12ed_regulamento_e_calendario
Cn leitura 12ed_regulamento_e_calendario
 
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendarioCnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
 
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendarioCnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
 
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
 
Cartaz regulamento cnl2011 2012
Cartaz regulamento cnl2011  2012Cartaz regulamento cnl2011  2012
Cartaz regulamento cnl2011 2012
 
Concurso nacional de leitura
Concurso nacional de leituraConcurso nacional de leitura
Concurso nacional de leitura
 
Normas de participação cnl - 2ª fase 2014 (1)
Normas de participação   cnl - 2ª fase 2014 (1)Normas de participação   cnl - 2ª fase 2014 (1)
Normas de participação cnl - 2ª fase 2014 (1)
 
Cnl regulamento2017.18
Cnl regulamento2017.18Cnl regulamento2017.18
Cnl regulamento2017.18
 
Regulamento Concurso Nacional de Leitura _prova concelhia 2020_2021
Regulamento Concurso Nacional de Leitura _prova concelhia 2020_2021Regulamento Concurso Nacional de Leitura _prova concelhia 2020_2021
Regulamento Concurso Nacional de Leitura _prova concelhia 2020_2021
 

Mais de bibdjosei

Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
bibdjosei
 
Historia " Os nossos amigos animais"
Historia " Os nossos amigos animais"Historia " Os nossos amigos animais"
Historia " Os nossos amigos animais"
bibdjosei
 
Árvore de Natal
Árvore de NatalÁrvore de Natal
Árvore de Natal
bibdjosei
 
Cnl cartaz 2
Cnl cartaz 2Cnl cartaz 2
Cnl cartaz 2
bibdjosei
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
bibdjosei
 
Cartaz ativ. pre escolar setembro 2011-12
Cartaz ativ. pre  escolar setembro 2011-12Cartaz ativ. pre  escolar setembro 2011-12
Cartaz ativ. pre escolar setembro 2011-12
bibdjosei
 
5.ª edição do concurso nacional de leitura 2010 2011
5.ª edição do concurso nacional de leitura 2010 20115.ª edição do concurso nacional de leitura 2010 2011
5.ª edição do concurso nacional de leitura 2010 2011
bibdjosei
 

Mais de bibdjosei (9)

Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
 
Historia " Os nossos amigos animais"
Historia " Os nossos amigos animais"Historia " Os nossos amigos animais"
Historia " Os nossos amigos animais"
 
Árvore de Natal
Árvore de NatalÁrvore de Natal
Árvore de Natal
 
Letria
LetriaLetria
Letria
 
Cnl cartaz 2
Cnl cartaz 2Cnl cartaz 2
Cnl cartaz 2
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
 
Cnl inf1
Cnl  inf1Cnl  inf1
Cnl inf1
 
Cartaz ativ. pre escolar setembro 2011-12
Cartaz ativ. pre  escolar setembro 2011-12Cartaz ativ. pre  escolar setembro 2011-12
Cartaz ativ. pre escolar setembro 2011-12
 
5.ª edição do concurso nacional de leitura 2010 2011
5.ª edição do concurso nacional de leitura 2010 20115.ª edição do concurso nacional de leitura 2010 2011
5.ª edição do concurso nacional de leitura 2010 2011
 

Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)

  • 1. Concurso 7ª Edição nacional de leitura 2012 - 2013 REGULAMENTO I. Anúncio público A 22 de Outubro de 2012, o Plano Nacional de Leitura declara oficialmente aberto o Concurso Nacional de Leitura (CNL) 2012 - 2013. As escolas concorrentes devem fazer a sua inscrição entre esta data e 11 de Janeiro de 2013, através do Sistema de Informação (SIPNL) em formulário próprio. Tal como em anos anteriores e levando em conta a intenção de promover a leitura nas escolas, o Plano Nacional de Leitura (PNL) – em articulação com a Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB) e com a Rede das Bibliotecas Escolares (RBE) – promove, no ano letivo de 2012 / 2013, a 7ª Edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL). II. Objetivos O objetivo central deste concurso é estimular o treino da leitura e desenvolver competências de expressão escrita e oral junto dos alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário. III. Calendarização O Concurso Nacional de Leitura decorrerá em três fases diferentes: 1ª Fase – Eliminatórias a realizar nas escolas A 1ª Fase do CNL decorrerá ao longo do 1º período escolar e nas duas primeiras semanas do 2º período, sendo organizada de modo descentralizado, em cada uma das escolas do Continente e do Arquipélago dos Açores que aderirem a esta iniciativa. Embora na maioria dos casos a coordenação seja assegurada por docentes da área do Português ou pelo Professor Bibliotecário que coordena a Biblioteca Escolar, qualquer professor da escola poderá aderir ao CNL com alunos das suas turmas. 1
  • 2. Concurso 7ª Edição nacional de leitura 2012 - 2013 2ª Fase – Finais Distritais a realizar nas Bibliotecas Municipais (DGLAB) A 2ª Fase do Concurso Nacional de Leitura consiste nas Finais Distritais que são organizadas e realizadas pelas Bibliotecas Municipais designadas pela DGLAB e consistem numa prova pública para todos os apurados na fase eliminatória das escolas (1ª Fase). Tal prova, concebida e organizada pelo respetivo Júri Distrital, selecionará um (1) vencedor, em cada uma das duas categorias - 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário - que estarão presentes na Final Nacional. 3ª Fase – Final Nacional A 3ª Fase do CNL corresponde à Final Nacional. Trata-se de uma prova pública, na qual participarão os dois concorrentes apurados nas Finais Distritais (por distrito, um de cada ciclo). FASES DO CNL TAREFAS Início Fim CONCURSO Informação às escolas 7ª EDIÇÃO Abertura email – Regulamento e Perguntas Frequentes 22.10. 2012 NACIONAL DE LEITURA blogue PNL - portal PNL - portal DGLAB 2012 - 2013 Preenchimento de formulário Inscrição até à data limite da 1ª fase – SIPNL Provas nas escolas 22.10. 2012 11.01.2013 1ª Fase Eliminatória 3º Ciclo - 3 finalistas Ens. Sec. – 3 finalistas Provas distritais Final de Finais Bibliotecas Municipais - DGLB 2º Período Abril de 2ª Fase Distritais 3º Ciclo - 1 finalista 2013 Ens. Sec. - 1 finalista Prova nacional [local e data a fixar] 3ª Fase Final Nacional Final de Maio de 2013 PNL / RTP [modelo de prova a determinar] Nota: As listas de vencedores em cada fase bem como as listas de livros recomendados para cada uma delas, serão publicadas na página de Concursos e no Blogue do PNL. 2
  • 3. Concurso 7ª Edição nacional de leitura 2012 - 2013 IV. Condições gerais de participação  A participação no concurso está aberta às escolas das redes pública e privada do Continente e do Arquipélago dos Açores que a ele aderirem, através da inscrição de alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário, qualquer que seja a sua nacionalidade.  A inscrição dos alunos deverá ser feita através do Sistema de Informação do PNL (SIPNL), em formulário próprio.  No caso de serem selecionados para as Finais Distritais ou para a Final Nacional, os candidatos menores de 16 anos não poderão participar sem a autorização expressa dos encarregados de educação.  É interdita a participação a familiares diretos dos membros dos Júris de cada uma das três fases do concurso.  Para efeito da participação no CNL, os concorrentes devem submeter-se ao presente Regulamento e às decisões dos júris constituídos para as diferentes fases. V. Categorização dos concorrentes Os concorrentes serão repartidos em duas categorias:  alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico (7º,8º e 9º anos de escolaridade)  alunos do Ensino Secundário (10º, 11º e 12º anos de escolaridade) VI. Inscrições a) As inscrições no CNL são efetuadas através de um formulário disponível na página da Internet do PNL – http://www.sipnl.planonacionaldeleitura.gov.pt/login.jsp b) No menu de entrada, as escolas devem introduzir o Código de Utilizador (8 dígitos) e a Palavra-passe (4 dígitos). 3
  • 4. Concurso 7ª Edição nacional de leitura 2012 - 2013 c) Os dígitos atrás referidos, correspondem aos códigos PNL e são do conhecimento das escolas. Nas situações em que esses códigos não sejam localizados, devem as escolas solicitá-los ao PNL a partir do endereço eletrónico da própria escola. d) As inscrições deverão ser feitas entre a data de abertura do CNL, 22 de Outubro de 2012 e 11 de Janeiro de 2013, data limite para a inscrição dos alunos apurados na 1ª Fase, em cada escola concorrente. A 1ª Fase do CNL decorre em coincidência com o período de inscrições. e) Não serão admitidos às Finais Distritais, 2ª Fase, alunos que não estejam inscritos. VII. Coordenadores e Júris - Constituição / coordenação e competências Eliminatórias de Escola Coordenação - Embora na maioria dos casos a coordenação seja assegurada por docentes da área do Português ou pelo Professor Bibliotecário que coordena a Biblioteca Escolar, qualquer professor da escola poderá aderir com alunos das suas turmas ao CNL. Competências - Cada escola selecionará um máximo de três vencedores, em cada uma das duas categorias – 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário – que estarão presentes na respetiva Final Distrital. Júris Distritais Constituição Os Júris Distritais integrarão três membros. O seu presidente será o bibliotecário responsável pela Biblioteca Municipal do concelho onde tiver lugar a Final Distrital. Este nomeará dois vogais, que poderão incluir um professor de reconhecido mérito e uma personalidade, desse distrito, ligada à cultura. 4
  • 5. Concurso 7ª Edição nacional de leitura 2012 - 2013 Competências - Cabe aos Júris Distritais a organização das Finais Distritais, na localidade a selecionar para o efeito, bem como a elaboração da respetiva prova, em cada distrito. Aos Júris Distritais cabe, igualmente, a fixação da lista de obras tomadas como referência para as Finais Distritais. É da responsabilidade dos Júris Distritais a supervisão de todo o processo relacionado com o Concurso Nacional de Leitura, ao nível distrital. Compete aos Júris Distritais a indicação da lista dos concorrentes vencedores de cada Final Distrital. Júri Nacional Constituição O Júri Nacional é presidido por Fernando Pinto do Amaral (Comissário do PNL) e constituído ainda por Manuel Fernando Gonçalves (PNL); Ana Bela Martins (RBE); Maria Carlos Loureiro (DGLAB) e Vera Oliveira (DGLAB). Competências Cabe ao Júri Nacional a organização geral do CNL e o controlo do seu desenvolvimento, ao longo das diversas fases enunciadas em III - Calendarização. Cabe-lhe, ainda, a seleção da lista de obras tomadas como referência para a Final Nacional. O Júri Nacional reserva-se o direito de intervir em quaisquer questões relativas ao número, conteúdo, forma e correção das provas, bem como o de tomar qualquer decisão de supressão, modificação ou manutenção de tais provas. 5
  • 6. Concurso 7ª Edição nacional de leitura 2012 - 2013 O Júri Nacional é soberano, não sendo possível, em circunstância alguma, recorrer das suas decisões. Compete, ao Júri Nacional, decidir sobre quaisquer matérias omissas neste Regulamento. VIII. Cláusula de exceção Em caso de modificação, suspensão ou interrupção do CNL, por qualquer motivo imprevisto, não serão imputadas responsabilidades à Organização nem aos membros do Júri Nacional, dos Júris Distritais ou dos professores coordenadores ao nível de cada escola. IX. Provas de seleção Como princípio geral orientador do CNL está o prazer de ler, pretendendo-se estimular nos concorrentes o gosto pela leitura e o contacto com os livros. As provas deverão, assim, avaliar os conhecimentos dos alunos sobre as obras lidas, podendo constar de questionários de escolha múltipla, comentários pessoais redigidos pelos participantes ou outras sugestões dos materiais disponibilizados no sítio do PNL. As provas poderão ser escritas ou orais. As provas da 1ª Fase do CNL serão elaboradas nas diversas escolas que aderirem ao projeto, de modo descentralizado e com inteira autonomia, podendo, naturalmente, apresentar modelos e estruturas diferentes entre si. Nas Finais Distritais, a elaboração das provas fica ao critério de cada Júri Distrital. As provas da Final Nacional, serão elaboradas pelo respetivo Júri Nacional tomando em consideração a leitura das obras selecionadas para esta fase em coordenação com o formato de Concurso proposto pela RTP1 e a anunciar em fase posterior do CNL. As eventuais situações de ex aequo serão resolvidas mediante provas adicionais e não através de sorteio. 6
  • 7. Concurso 7ª Edição nacional de leitura 2012 - 2013 V. Obras selecionadas para as provas X. Obras selecionadas para as provas As obras tomadas como referência para as provas do CNL serão selecionadas como a As seguir tomadas como referência para as provas do CNL serão selecionadas como a seguir se obras se indica: indica: Na 1ª Fase - a seleção dos livros a ler cabe aos professores que, em cada 1ª Agrupamento / Escola, foremler cabe aos professores que, em cada Agrupamento / Escola, Fase - a seleção dos livros a responsáveis pela organização do concurso. forem responsáveis pela organização do concurso.O número de obras a ler deve situar-se Nota: 4 obras por deve ser comunicada à Biblioteca Municipal organizadora da Final entre 2 a Esta escolha nível de ensino. Distrital. Nota: Esta escolha deve ser comunicada, pelo PNL, à DGLAB que a divulgará junto da Biblioteca Municipal organizadora da Final Distrital. Na 2ª Fase - a lista das obras será elaborada pelos Júris Distritais que poderão 2ª propor até um máximo deserá elaborada pelos Júris Distritais que poderão propor até um Fase - a lista das obras três obras para cada nível de ensino. máximo de três obras para cada nível de ensino. Nota: O sítio do PNL tem uma lista de livros recomendados para todos os graus de ensino que pode ser utilizada como referência. 3ª Fase - a seleção de livros a concurso cabe ao Júri Nacional que elaborará duas listas paralelas de obras para o 3º Ciclo e para o Ensino Secundário. O total de obras selecionadas para a Final Nacional não excederá três títulos por nível de ensino. XI. Prémios a) 1ª Fase Os prémios a atribuir aos vencedores, em cada escola, deverão ser decididos a nível local, variando consoante o que for determinado pelos professores organizadores do concurso. b) Finais Distritais Os prémios a atribuir aos vencedores, nas Finais Distritais, deverão ser decididos a nível distrital, de acordo com os respetivos Júris Distritais e desejavelmente com o apoio de parceiros e / ou patrocinadores locais. 7
  • 8. Concurso 7ª Edição nacional de leitura 2012 - 2013 c) Final Nacional Cada participante na Final Nacional receberá um prémio de presença, bem como um certificado nominal de participação. Todos os concorrentes à Final Nacional receberão um apoio monetário, a título de reembolso de despesas de deslocação, de acordo com a distância percorrida. Os três primeiros classificados de cada uma das duas categorias – 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário – serão os grandes vencedores e receberão prémios a anunciar. V. Consultas e apoios www.planonacionaldeleitura.gov.pt concursonacionaldeleitura@planonacionaldeleitura.gov.pt www.rbe.min-edu.pt/ www.dglb.pt 8