Gabarito de história

947 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
947
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
119
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gabarito de história

  1. 1. Gabarito de História: Capítulo1 Conexões/exercícioscomplementares e tarefa proposta.
  2. 2. ConexõesEspera-se uma pesquisa histórica arespeito da influência socialexercida pelos movimentosheréticos da Alta Idade Média. Asheresias pesquisadas podem ser,entre outras, as citadas na teoria dadisciplina: arianismo, monofisismo,iconoclastia e nestorianismo.
  3. 3. Exercícios complementares 5. a • As Cruzadas e o período clássico do feudalismo são posteriores ao reino franco (b e c); no período do reino franco, não houve centralização política (d); o helenismo (que serviu de inspiração ao renascimento cultural do século XIV) foi desenvolvido durante o Império Macedônico (e). • 6. dAs três personagens fizeram parte da corte carolíngia,contribuindo para seu refinamento (a). Os missi dominicifiscalizavam o cumprimento das leis chamadas capitulares (b).Embora não fosse destinada a todas as crianças, apenas aosmembros da nobreza, a Escola Palatina oferecia instruçãoàqueles que serviriam a administração régia ou a vidaeclesiástica (c).
  4. 4. • 11. c• A expressão “vínculo humano” remete ao ato de autoentrega do vassalo ao suserano, ocasião em que ele declara ser “seu homem”. Ao ato de juramento seguia-se a investidura, na qual o vassalo recebia um feudo (terra). Quem dispunha de terras para ceder para usufruto do vassalo tinha mais homens armados à sua disposição.• 12. a• As manifestações de medo alcançaram igualmente todos os segmentos sociais (b); a tomada da Argélia ocorreu em 1054 (c); a religiosidade não era um traço exclusivo dos clérigos, o medo do fim do mundo era generalizado. Basta recordar as vultosas doações dos laicos aos mosteiros (d); as monarquias nacionais são um fenômeno da época moderna (e).
  5. 5. Tarefa Proposta• 1. F – F – F – V• I. De acordo com o texto, a sociedade da Europa medieval foi responsável pela criação de estruturas sociais e mentais que contribuíram para a formação da sociedade moderna; entre essas criações, está o espaço urbano.• II. Durante a Idade Média europeia foram elaborados diversos avanços tecnológicos relacionados à produção agrícola, como a fabricação de arados de metal, que possibilitaram a ampliação da área agriculturável.• III. No texto citado, o historiador Jacques le Goff afirma claramente que considera a Idade Média um período de relevante produção de estruturas sociais e mentais.
  6. 6. • 2. cOs germanos passaram ao impérioprimeiramente com oconsentimento dos imperadores(século III) e depois invadiram seuslimites (século V).
  7. 7. 3. V – V – F – F• III. A primeira e a segunda leva de invasões levaram o Ocidente à ruralização e à atrofia das relações comerciais. As villae romanas nunca foram autossuficientes, pois eram voltadas para o mercado externo.• IV. A Idade Média é a síntese de três matrizes culturais: a greco--romana; a céltico-germânica e a judaico-cristã.
  8. 8. • 4. cApós as invasões do século V, a ruralização da economia, iniciadaainda no Baixo Império Romano, impõe-se de vez. As demaisalternativas são incongruentes.
  9. 9. • 5. bAs Cruzadas são um movimento do século XI (a); os cincoprimeiro séculos da Idade Média são marcados peloaparecimento de reinos germânicos, mas que são efêmeros.Mesmo a mais ambiciosa e bem-sucedida experiência, a doreino franco, foi comprometida pelo fortalecimento delideranças locais (c); o renascimento comercial é umfenômeno do século XII (d); os reinos germânicos nãodesapareceram do Ocidente medieval (e).
  10. 10. • 6. dOs francos fizeram aliança com a Igreja de Roma e não com a Igrejabizantina; as primeiras tentativas para recuperar a península Ibérica dodomínio árabe são iniciadas, sem sucesso, pelos visigodos. Apenas noséculo XI, com as Cruzadas, as casas senhoriais da Europa além-Pireneus se envolverão nessa ofensiva.
  11. 11. • 7. cDe acordo com o que se conhece, as disciplinas eram gramática,retórica e dialética.
  12. 12. • 8. aA afirmativa correta está diretamente relacionada ao texto, quefundamenta a fragilização do poder central e a consolidação dadescentralização política e administrativa feudal.
  13. 13. • 9. 1-a; 2-b; 3-cA corveia era um tributo medieval; os benefícios e homenagens eramrituais jurídicos que regulavam e organizavam a vida social medieval;o colonato foi criado durante o Império Romano para substituir aescravidão.
  14. 14. • 10. bA afirmativa a é falsa porque distingue, erroneamente, a aristocraciaguerreira dos senhores feudais. Além disso, o texto que precede aquestão descreve um juramento de vassalagem, e não relaçõescomerciais; as afirmativas c e d são falsas porque, em troca defidelidade e serviço militar, o senhor transferia para seu vassalo umfeudo; a alternativa e está errada porque um vassalo é sempre umguerreiro, nunca um camponês.
  15. 15. • 11. V – F – VII. As relações servis eram a base da economia feudal.
  16. 16. 12. O esquema das três ordens, concebido pela Igreja, justificavaassim a posição social da grande massa de camponeses. Enquanto àelite religiosa e militar cabiam os serviços religiosos, intelectuais emilitares, aos servos cabia a expiação do pecado original por meio dotrabalho braçal. Os servos estavam submetidos a uma pesada carga detributos paga em gêneros (formariage, mão-morta, banalidades,capitação) ou em trabalho braçal (corveia). Caso não cumprissemessas obrigações, estavam sujeitos à justiça do senhor feudal quedetinha o direito de ban em seus domínios.
  17. 17. • 13. eO dízimo equivalia a 10% da produção em gêneros pagos à Igreja; atalha era tributo em gêneros pago pela utilização do manso servil; amão-morta era o tributo pago pela família do servo defunto paraherdar seus bens; a corveia eram os três dias de trabalho semanal que oservo era obrigado a cumprir no manso senhorial.
  18. 18. • 14. dEmbora a multiplicação dos pactos de vassalagem tenha conduzido àfragmentação política, a figura do rei não desapareceu. O monarca eraconsiderado o primus inter paris, isto é, o primeiro entre os pares.
  19. 19. • 15. dAo contrário do que afirma a sentença, a Igreja católicaprocurou justificar a submissão camponesa, até porque eraela mesma grande proprietária de terras e seus senhoriosfuncionavam com mão de obra servil. Vale lembrartambém que o alto clero provinha da nobreza e que oesquema das três ordens foi concebido por clérigos noséculo X.
  20. 20. • 16. a) Regime do colonato; difusão e intensificação dos laços de dependência pessoal; crise econômica.b) A Igreja foi a grande guardiã da cultura antiga e do modeloadministrativo adotado por Roma. Conservou igualmente a noção deimpério e adaptou certos ritos de origem romana. Garantiu, assim,certa unidade cultural.
  21. 21. 17. A grande intérprete da realidade medieval era a Igreja católica, quedetinha o monopólio do sagrado e das letras. Por isso, os motivosreligiosos eram tão frequentes nas iluminuras, desenhos e esculturas daépoca.
  22. 22. • 18. aEsta questão envolve uma mistura de debate filosófico, discussãosobre o tempo na história e um pouco de cálculo matemático. Váriastentativas de inserir fatos históricos numa cronologia horária já foramfeitas e esta é apenas mais uma na lista. Seguindo a progressãomatemática lógica, chegamos ao resultado desta questão.

×