Aula 2.1 - web 2.0

465 visualizações

Publicada em

Por Lucas Waltenberg

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
465
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 2.1 - web 2.0

  1. 1. Interações Sociais no Ciberespaço Unidade 2 Aula 2.1 – Web 2.0
  2. 3. Web 2.0 <ul><li>I – Introdução </li></ul><ul><li>II – “Web 1.0” -> “Web 2.0” </li></ul><ul><li>III – Interações na Web 2.0 </li></ul><ul><li>IV – Críticas à Web 2.0 </li></ul>
  3. 4. I - Introdução <ul><li>O que é a Web 2.0? </li></ul><ul><li>-> 2a geração de serviços online </li></ul><ul><li>-> Conjunto de práticas e princípios </li></ul><ul><li>-> Ênfase na participação </li></ul><ul><li>-> A Web como plataforma </li></ul>
  4. 5. I - Introdução <ul><li>Repercussões sociais </li></ul><ul><li>-> Potencializam processos de trabalho coletivo </li></ul><ul><li>-> Troca afetiva </li></ul><ul><li>-> Produção e circulação de conhecimento apoiada pela informática </li></ul>
  5. 6. II – Web 1.0 -> Web 2.0 <ul><li>Web 1.0 </li></ul><ul><li>mp3.com </li></ul><ul><li>Britannica Online </li></ul><ul><li>Sites pessoais </li></ul><ul><li>Publicação </li></ul><ul><li>Diretórios (taxonomia) </li></ul><ul><li>Web 2.0 </li></ul><ul><li>Napster </li></ul><ul><li>Wikipedia </li></ul><ul><li>Blogs </li></ul><ul><li>Participação </li></ul><ul><li>Tagging (folksonomia) </li></ul>
  6. 7. II – Web 1.0 -> Web 2.0 <ul><li>“ Uma atitude, não uma tecnologia” </li></ul><ul><li>Cauda longa </li></ul><ul><li>Beta perpétuo </li></ul><ul><li>O direito ao remix </li></ul><ul><li>Programas melhoram quanto mais as pessoas os usam </li></ul><ul><li>Confiança nos usuários </li></ul>
  7. 8. II – Web 1.0 -> Web 2.0 <ul><li>Características e Desdobramentos </li></ul><ul><li>-> Arquitetura de Participação </li></ul><ul><li>-> Forma híbrida dos modelos push e pull </li></ul><ul><li>-> Social bookmarking </li></ul><ul><li>-> Consumer-Generated Media (CGM) </li></ul><ul><li>-> Jornalismo Participativo: Digg, OhMyNews, Rec6 </li></ul><ul><li>-> Publicidade: mudanças </li></ul>
  8. 9. II – Web 1.0 -> Web 2.0 <ul><li>Arquitetura de Participação </li></ul><ul><li>-> Encoraja a participação </li></ul><ul><li>-> Melhora o desempenho do próprio programa </li></ul><ul><li>-> Os programas da Web 2.0 são construídos para a participação e só acontecem por causa dela </li></ul>
  9. 10. II – Web 1.0 -> Web 2.0 <ul><li>Modelos push e pull </li></ul><ul><li>-> Meios de comunicação de massa tradicionais: Push : Empurram a informação até o público </li></ul><ul><li>-> Web 1.0: Pull : O público “puxa” a informação </li></ul><ul><li>-> Web 2.0: Push e Pull : </li></ul>
  10. 11. II – Web 1.0 -> Web 2.0 <ul><li>Social bookmarking </li></ul><ul><li>-> Social tagging : Folksonomia </li></ul><ul><li>-> Recuperação de informação </li></ul><ul><li>-> Ferramentas de busca </li></ul><ul><li>-> del.icio.us, last.fm, etc </li></ul>
  11. 12. II – Web 1.0 -> Web 2.0 <ul><li>Consumer-Generated Media (CGM) </li></ul><ul><li>-> “ Mídia gerada pelo consumidor” </li></ul><ul><li>-> “ boca a boca” </li></ul><ul><li>-> Espontânea </li></ul><ul><li>-> Credibilidade </li></ul>
  12. 13. II – Web 1.0 -> Web 2.0 <ul><li>Jornalismo Participativo </li></ul><ul><li>-> Envio e avaliação de notícias por usuários em determinadas plataformas </li></ul><ul><li>-> Usuários: de leitores a “editores” </li></ul><ul><li>-> Sensação de comunidade/coletividade </li></ul>
  13. 14. II – Web 1.0 -> Web 2.0 <ul><li>Publicidade </li></ul><ul><li>-> Comunicação -> Interação </li></ul><ul><li>-> Marketing viral </li></ul><ul><li>-> Publicidade de nicho/Comunidades de gosto </li></ul>
  14. 15. III - Interações <ul><li>Sensíveis a condicionamentos trazidos pelo aparato tecnológico </li></ul><ul><li>“ Interagentes”: membros (humanos e eletrônicos) do processo interativo </li></ul><ul><li>Interações mútuas e reativas </li></ul><ul><li>Anônimos, lurkers e fakes </li></ul><ul><li>Relacionamento (reciprocidade, intensidade e intimidade) e recursividade </li></ul><ul><li>“ Amigo” </li></ul><ul><li>A coletividade </li></ul>
  15. 16. III – Interações <ul><li>“ Amigos” </li></ul><ul><li>-> Trivialização do “amigo” </li></ul><ul><li>-> Não comprova um relacionamento íntimo </li></ul><ul><li>-> Privilégios </li></ul><ul><li>-> Outros interesses </li></ul>
  16. 17. III – Interações <ul><li>A “coletividade” </li></ul><ul><li>-> Não existe rigorosamente um processo conversional </li></ul><ul><li>-> Recursos e bens produzidos públicos, compartilhado por todos os membros </li></ul><ul><li>-> Participação num processo social </li></ul>
  17. 18. IV - Críticas <ul><li>“ A Internet está mudando a lógica do trabalho criativo – ou, para ser mais generalista, a lógica da própria cultura – e está fazendo isso de uma forma que poderá mais restringir do que expandir nossas escolhas. (…) Goste ou não, a Web 2.0, assim como a Web 1.0, é imoral. É um conjunto de tecnologias que altera as formas e lógicas de produção e consumo. E, pra ela, pouco importa se as consequências serão boas ou ruins. Pouco importa se nos dará um maior nível de consciência ou não. Pouco importa se enriquecerá ou emprocerá nossa cultura. Pouco importa se nos levará a uma era dourada ou escura.” </li></ul><ul><li>- Nicholas Carr </li></ul>
  18. 19. IV - Críticas <ul><li>Buzzword ou Revolução? </li></ul><ul><li>“ O culto do amador” e “desprezo pelo profissional” </li></ul><ul><li>Blogs: superficialidade, ênfase na opinião, tendência em reforçar extremismos ideológicos e segregações. </li></ul><ul><li>O “fim” do Jornalismo </li></ul><ul><li>Wikipedia </li></ul>
  19. 20. Fontes <ul><li>What Is Web 2.0 http://oreilly.com/pub/a/web2/archive/what-is-web-20.html </li></ul><ul><li>The Amorality of Web 2.0 http://roughtype.com/archives/2005/10/the_amorality_o.php </li></ul><ul><li>Web 2.0: Buzzword, or Internet Revolution http://www.networkworld.com/news/2007/012407-web-20.html?page=2 </li></ul><ul><li>O aspecto relacional das interações na Web 2.0 </li></ul>

×