Cibercultura
histórico, características e valores
Bianca Santana
bsantana@casperlibero.edu.br
Michelle Prazeres
mprazeres@...
Aula de hoje
15 min
1h
15 min
como foi a
semana?
cultura
contemporânea
relações entre as tecnologias
informacionais de comunicação e
informação e a cultura, emergentes
a p...
Antes de nos aprofundarmos
no campoda cibercultura,
o que é campo
mesmo?
Campo...Lira… Bourdieu!
Campo, Pierre Bourdieu
Espaço estruturado de posições, com valorese
regras em que agentes e instituições
travam lutas a pa...
A ciberculturacomo campo
Quem são as
instituições? Quais são
os valores?
Quem são os
agentes?
agenteque utilizamos como referência no
campo da Cibercultura neste curso
André Lemos
Professor da Universidade Federal da...
Bibliografia Básica
Adaptação da tese de doutorado.
“Este livro é fruto de um incômodo pessoal que se
traduz pela necessid...
cultura
contemporânea
relações entre as tecnologias
informacionais de comunicação e
informação e a cultura, emergentes
a p...
relações entre tecnológico e social!
Determinismo
tecnológico
sem dilema Tostines...
tecnologia = técnica?
Técnica, diferentes perspectivas:
- conceito filosófico que diz respeito às artes práticas (do
grego...
Tecnologia, diferentes perspectivas:
- do grego (τεχνη — arte + λογια — estudo):estudo da técnica;
- a técnica se transfor...
Fenômeno tecnológico na história
Neolítico: idade da pedra polida
Egito Antigo
Grécia Clássica
Fenômeno tecnológico na história
Império Romano
Renascimento
Idade Média
Fenômeno tecnológico na história
Revolução Industrial
Fenômeno tecnológico na história
A partir da segunda metade do
século XX:
Informática
Cibernética
Microeletrônica
Redes de...
Desenvolvimento tecnológico
no imaginário social
- fase da indiferença (até a Idade Média);
- fase do conforto (modernidad...
Cibernética
“um campo mais vasto que inclui não apenas o
estudo da linguagem mas também o estudo das
mensagens como meios ...
Cibernética
Wiener afirmou que o dispositivo de controle de
máquinas - de transmissão de mensagens e
feedback - era idênti...
“Um dos resíduos mais importantes que a cibernética legou à cibercultura
foi a visão de que os seres vivos e as máquinas n...
Tentando fazer uma síntese...
- Perspectiva histórica: contexto;
- Usos (o que se faz? como são significadas /
apropriadas...
Ciber-cultura-remix
Artigo escrito para apresentação no seminário “Sentidos e Processos” dentro da
mostra “Cinético Digita...
Tópicos para reflexão
● Quebra de paradigmas. Reconfiguração de espaço (o
“a distância”) e tempo (o “online”);
● Emergênci...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cibercultura - histórico, características e valores

637 visualizações

Publicada em

Aula 4 da disciplina Novas Tecnologias da Comunicação do curso de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, ministrada pelas professoras Bianca Santana e Michelle Prazeres.
Programa disponível em: http://pt.wikiversity.org/wiki/Novas_Tecnologias_da_Comunica%C3%A7%C3%A3o

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
637
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cibercultura - histórico, características e valores

  1. 1. Cibercultura histórico, características e valores Bianca Santana bsantana@casperlibero.edu.br Michelle Prazeres mprazeres@casperlibero.edu.br
  2. 2. Aula de hoje 15 min 1h 15 min
  3. 3. como foi a semana?
  4. 4. cultura contemporânea relações entre as tecnologias informacionais de comunicação e informação e a cultura, emergentes a partir da convergência informática/ telecomunicações na década de 1970 Cibercultura:
  5. 5. Antes de nos aprofundarmos no campoda cibercultura, o que é campo mesmo?
  6. 6. Campo...Lira… Bourdieu!
  7. 7. Campo, Pierre Bourdieu Espaço estruturado de posições, com valorese regras em que agentes e instituições travam lutas a partir de suas posições e das relações dinâmicas que estabelecem entre si.
  8. 8. A ciberculturacomo campo Quem são as instituições? Quais são os valores? Quem são os agentes?
  9. 9. agenteque utilizamos como referência no campo da Cibercultura neste curso André Lemos Professor da Universidade Federal da Bahia, na Faculdade de Comunicação. Engenheiro (1984), Mestre em Política de Ciência e Tecnologia pela COPPE/UFRJ (1991) e Doutor em Sociologia pela Université René Descartes, Paris V, Sorbonne (1995). http://andrelemos.info
  10. 10. Bibliografia Básica Adaptação da tese de doutorado. “Este livro é fruto de um incômodo pessoal que se traduz pela necessidade de compreender o fenômeno técnico. Este incômodo vem da mistura de medo e fascinação que as novas tecnologias exercem sobre as pessoas. André Lemos analisa os impactos das novas tecnologias na sociedade contemporânea, através da descrição da nova cultura tecnológica planetária: a cibercultura.” http://www.editorasulina.com.br/detalhes.php?id=289
  11. 11. cultura contemporânea relações entre as tecnologias informacionais de comunicação e informação e a cultura, emergentes a partir da convergência informática/ telecomunicações na década de 1970 Cibercultura: Retomando...
  12. 12. relações entre tecnológico e social! Determinismo tecnológico sem dilema Tostines...
  13. 13. tecnologia = técnica? Técnica, diferentes perspectivas: - conceito filosófico que diz respeito às artes práticas (do grego, τεχνη= arte); - relação com a natureza mediada por artefatos como instinto humano; - forma particular que surge do conflito entre o homem e o mundo; - para Heidegger é um modo de existência no mundo.
  14. 14. Tecnologia, diferentes perspectivas: - do grego (τεχνη — arte + λογια — estudo):estudo da técnica; - a técnica se transforma em tecnologia quando máquinas tomam o lugar do homem como manipulador de instrumentos na perspectiva genealógica-gestática; - para Heidegger, é o processo de cientifização da técnica e tecnização da ciência, fruto da Modernidade. tecnologia = técnica?
  15. 15. Fenômeno tecnológico na história Neolítico: idade da pedra polida Egito Antigo Grécia Clássica
  16. 16. Fenômeno tecnológico na história Império Romano Renascimento Idade Média
  17. 17. Fenômeno tecnológico na história Revolução Industrial
  18. 18. Fenômeno tecnológico na história A partir da segunda metade do século XX: Informática Cibernética Microeletrônica Redes de Comunicação Novas Tecnologias Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) Tecnologias Digitais
  19. 19. Desenvolvimento tecnológico no imaginário social - fase da indiferença (até a Idade Média); - fase do conforto (modernidade); - fase da ubiquidade.
  20. 20. Cibernética “um campo mais vasto que inclui não apenas o estudo da linguagem mas também o estudo das mensagens como meios de dirigir a maquinaria e a sociedade, o desenvolvimento de máquinas computadoras e outros autômatos [...], certas reflexões acerca da psicologia e do sistema nervoso, e uma nova teoria conjetural do método científico. Norbert Wiener
  21. 21. Cibernética Wiener afirmou que o dispositivo de controle de máquinas - de transmissão de mensagens e feedback - era idêntico ao princípio do corpo humano “emergindo do sistema nervoso para os músculos, e reentrando ao sistema nervoso pelos órgãos dos sentidos”.
  22. 22. “Um dos resíduos mais importantes que a cibernética legou à cibercultura foi a visão de que os seres vivos e as máquinas não são essencialmente diferentes. Essa noção se manifesta, em especial, nas tecnologias especializadas em mimetizar a vida (tecnologia da informação, robótica, biônica e nanotecnologia) e nas tecnologias especializadas em manipular a vida (as biotecnologias), onde a relação entre organismo e máquina depende intrin- secamente do texto, não só na forma de narrativa científica, mas também na forma dos códigos que determinam o funcionamento tanto das máquinas (softwares) como dos seres vivos (o código genético).” KIM, 2004, p. 206.
  23. 23. Tentando fazer uma síntese... - Perspectiva histórica: contexto; - Usos (o que se faz? como são significadas / apropriadas?); - Perspectiva relacional.
  24. 24. Ciber-cultura-remix Artigo escrito para apresentação no seminário “Sentidos e Processos” dentro da mostra “Cinético Digital’, no Centro Itaú Cultural. A mesa tinha como tema: “Redes: criação e e configuração”, São Paulo, Itaú Cultural, agosto de 2005. (referência completa na bibliografia complementar do curso) Conceitos-chave da obra de André Lemos explicitados de forma simplificada. Leitura para a próxima aula
  25. 25. Tópicos para reflexão ● Quebra de paradigmas. Reconfiguração de espaço (o “a distância”) e tempo (o “online”); ● Emergência de novos valores e práticas; ● Espaço para anacronia? ● Instituições “tradicionais” agonizam? ● Todos podem (cidadãos digitais)? ● Rede mediada por corporações; ● Nem tudo na cibercultura é o ciberespaço.

×