Devolutivas, combinados e convergência

433 visualizações

Publicada em

Aula da disciplina Novas Tecnologias da Comunicação do curso de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, ministrada pelas professoras Bianca Santana e Michelle Prazeres.
Programa disponível em: http://pt.wikiversity.org/wiki/Novas_Tecnologias_da_Comunica%C3%A7%C3%A3o

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Devolutivas, combinados e convergência

  1. 1. devolutivas, combinados e Convergência novas tecnologias da comunicação Bianca Santana bsantana@casperlibero.edu.br Michelle Prazeres mprazeres@casperlibero.edu.br
  2. 2. - Identificação: muitas sem turma! - Referências: já devem estar na pauta. - Não necessariamente ao final, como em um trabalho acadêmico, mas ao longo da pauta, como informação, como fonte. - Termos e expressões “lugar-comum”: “grande maioria”; “velha conhecida”, “selva de concreto”. - Pesquisa: A pauta deve ter bastante ‘pré-apuração’ e ‘pré-produção’; - No geral, estão muito genéricas e cheias de “suposições” (impressões ou dados?) que já deveriam estar “testadas”.na pauta, para dar um caminho para a apuração. - Dúvida: não está claro que não precisa ser um site? Pautas
  3. 3. Ensaios ● Referências: “Segundo André”; “Andre Lemos afirma…”, “no livro de Andre lemos…”; “ao ver o texto do André, tive de pensar que...” ● Escreveram ensaios ou provas? Referências ao livro, como se estivesse dado. ● Linguagem: “este ensaio pretende…”; “a tese apresentada”. ● Pouquissimo usaram imagens ou diversificaram os recursos. Apenas texto. ● Expressões lugar-comum = “bengalas”, que não ajudam na reflexão: “algo tão corriqueiro quanto acordar de manhã”. “A cibercultura revolucionou o mundo”; “A tecnologia é tão humana que as vezes se torna imperceptível”; “inimaginável em um passado bastante próximo”; “Assim como todos os outros meios de comunicação, o jornalismo vem se adaptando... ”; “ Durante o livro…” (durante é expressão de tempo…); “A cibercultura é muito fácil de elogiar, como também de criticar”.
  4. 4. Ensaios determinismo “A tecnologia, que corre sem qualquer obstáculo parece arrastar as notícias tão rapidamente quanto sua evolução, deixando para trás a arte de se contar um fato com exatidão. “ “Portanto, tomar uma posição e dizer que a cibercultura tem influenciado na queda de qualidade do jornalismo seria culpá-la por seu mau uso em alguns casos.” real x virtual
  5. 5. Língua Portuguesa ● o travessão (—) é maior que o hífen (-) e que o meia-risca (–). Não os use no lugar do travessão; ● ao invés de é diferente de em vez de; ● a cerca é diferente de acerca; ● não se separa sujeito do verbo com virgula; ● crase; ● concordância verbal.
  6. 6. Novos combinados AVALIAÇÃO 1: ENSAIO TEÓRICO INDIVIDUAL ENTREGUE IMPRESSO ou PROVA — vale 5 AVALIAÇÃO 2: APURAÇÃO (na rua, com registros em vídeo, áudio, foto e texto) — vale 5
  7. 7. Sobre a prova SEM CONSULTA!!!! Bibliografia indicada: BOUNEGRU, Liliana. CHAMBERS, Lucy. GRAY, Jonathan. Manual de Jornalismo de Dados, 2012. Disponível em:http: //datajournalismhandbook.org/pt/index.html JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. Editora Aleph, 2008. MARTÍN-BARBERO, Jesús. Diversidad en convergencia. Ministério da Cultura do Brasil. Seminário Internacional sobre diversidade Cultural. Brasília, 27 a 29 de junho de 2007. Disponível em <http://web.archive.org/web/20071206014601/http://www. cultura.gov.br/blogs/diversidade_cultural/wp-content/uploads/2007/07/diversidadenconvergencia_barbero.pdf>. Acesso em: 20/04/2009
  8. 8. introdução
  9. 9. relação entre três conceitos Convergência Cultura Participativa Inteligência Coletiva https://encrypted-tbn2.gstatic.com/images?q=tbn: ANd9GcQzYo8bTle-7ntDf-pZWkR0H3pHr07bgEjZU-wXIjUGBG35Z- ZH
  10. 10. “Meu objetivo aqui é documentar, e não criticar, perspectivas conflitantes sobre a transformação das mídias” (p. 40)
  11. 11. Acesso Participação Experimentações Estágios Transformações Inteligência coletiva Apropriação Explicita a organicidade das dimensões cultural política conteúdos tecnologias
  12. 12. Convergência “1. fluxo de conteúdos através de múltiplas plataformas de mídia; 2. cooperação entre múltiplos mercados midiáticos; 3. comportamento migratório (ou nômade) dos públicos dos meios de comunicação, que vão a quase qualquer parte em busca de experiências de entretenimento que desejam” (p. 29)
  13. 13. Convergência Nao é um fenômeno apenas tecnológico, mas um fenômeno também, e essencialmente, cultural. http://www.podemosteajudar.com/web/convergencia-digital-o-que-e/
  14. 14. Cultura Participativa Em vez de produtores e consumidores em papéis separados, “participantes INTERAGINDO de acordo com um conjunto de regras, que nenhum de nós entende por completo”. http://farm9.staticflickr. com/8067/8257278626_0876f8504b_z.jpg
  15. 15. Inteligência Coletiva “Nenhum de nós pode saber tudo; cada um de nós sabe alguma coisa; e podemos juntar as peças, se associarmos nosso recursos e unirmos nossas habilidades.”
  16. 16. “No futuro próximo, a convergência será uma espécie de gambiarra — em vez de um sistema completamente integrado” (p. 45) http://upload.wikimedia. org/wikipedia/commons/thumb/f/fa/Jugaad.jpg/800px-Jugaad. jpg
  17. 17. “A convergência, como podemos ver, é tanto um processo corporativo, de cima pra baixo, quanto um processo de consumidor, de baixo para cima. A convergência corporativa COEXISTE com a convergência alternativa.” (p. 46)
  18. 18. “Este livro é sobre o trabalho — e as brincadeiras — que os espectadores realizam no novo sistema de mídia.” (p. 30)

×