ISSD 3

321 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

ISSD 3

  1. 1. 29 a 30 Setembro U F P E Recife 2011 The development of a domestica composter BENTO G. S. PIMENTEL NÚBIA S. SANTOS MANOEL A. S. RODRIGUES
  2. 2. recorrência do tema  2009: Menção Honrosa no Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio América Latina e Caribe, Alcoa;  2009: PIMENTEL, B. G. S. . Ressignificações em Design. In: II International Symposium on Sustainable Design , 2009, São Paulo. Especial Mundo Sustentável, 2009;  2009: FURTADO, E. J. C. ; LAGO, D. M. ; PIMENTEL, B. G. S. ; SILVA, T. M. L. . Diálogos. 2009 (Video);  2010: BRASIL, É. C. ; MATOS, F. O. ; PIMENTEL, B. G. S. ; REZENDE NETO, P. C. ; RODRIGUES, M. A. S. ; SANDRES, H. G. . Estudo sobre o processo de construção de um protótipo de uma composteira eletrodoméstica em alumínio. In: II CICEA - Congresso de Iniciação Científica de Engenharia Ambiental, 2010, Foz do Iguaçu. 2010;  2011: 63ª Reunião Anual da SBPC.STUDY ON THE PROCESS OF BUILDING A PROTOTYPE OF AN ALUMINUM APPLIANCE COMPOSTERS. 2011. (Congresso).
  3. 3. design  Segundo o referencial pesquisado, Eco-Design abrange dado um sistema-produto, as seguintes atividades: o Redesign ambiental do existente; o Projeto de novos produtos ou serviços que substituam os atuais; o Projeto de novos produtos-serviços intrinsecamente sustentáveis; a Proposta de novos cenários que correspondam ao estilo de vida sustentável.
  4. 4. equilíbrio Fonte: Acervo do autor
  5. 5. crescimento das economias de serviço no Brasil Fonte: Deborah Lago, 2009
  6. 6. tendências perenes  ‘Moda e Mercado depois da Modernidade’ Sétimo Colóquio Nacional de Moda, 2011. Induzir a Acervo do autor humificação (humus); Fonte: Fonte: http:/ourworld.unu.edu/en/farming-in-the-concrete-jungle  Compostagem: Urban Farms # Farm Lands desta Indução, organização e expansão atividade extendendo-a as zonas urbanas
  7. 7.    Lixo dentro e fora do ciclo de vida do produto; Hábito como força condutora de um resultado, dada uma variabilidade em uma ocasião social, política e cultural; Configuração ameaçadora diante de uma nova configuração econômica em países como o Brasil;
  8. 8. ?
  9. 9.  Em KAZAZIAN (2003) são apresentadas e comentadas as contribuições de valor intangível aos consumidores e a comunidade produtiva, e as necessidades para o programa de viabilização propício ao desenvolvimento de produtos sustentáveis. Dentro do raciocínio exposto pelo autor, a atividade projectual entendida aqui em sua forma ampliada, produz objetivando ao Desenvolvimento Sustentável uma nova visão global de benefícios, tendo como objetivo final a Sustentabilidade Ambiental. Tal meta se concretizaria através de uma percepção mirada em conceber para um novo modelo de sociedade (Eco-concepção) e mercados sensibilizados, guiados por um objetivo ambiental. O sucesso de tal mudança seria dado por um conjunto de fatores, abrangidos pelo termo ‘Eficácia’.
  10. 10.  Em MANZINI., et al. (2008) são apontadas contribuições para a visualização efetiva dos problemas acerca da atividade projectual em design com objetivo mirado na Sustentabilidade Ambiental.  Os autores oferecem uma visão sistêmica da atividade projectual para ações prospectivas e gestoras, capazes de lidar com as variáveis do cenário produtivo focado no papel do designer. Para isso, são conceituadas no intuito de lidar com problemas sistêmicos, ações sinérgicas e inovadoras, portadoras de inúmeras boas práticas e valores de afinidade para este fim. Sendo assim, em contrapartida a uma produção e sociedade insustentável, é alinhada uma concepção de que a atividade projectual do designer é um ‘Sistema-produto’ ou de cunho ‘Estratégico’, dado por duas necessidades basilares: a Desmaterialização Econômica e a Ecoeficiência.
  11. 11.  Tal quadro propiciaria um cenário fértil para ações sinérgicas em prol de Inovações sistêmicas, cuja atividade empresarial é extremamente importante. Sinergia aqui se trata de um cenário ' catalisador de recursos sociais e energias projectuais e criativas ' (MANZINI et al, 2008p: 43) nas quais a inovação se orientaria a atividade empresarial para melhores soluções em âmbito econômico-ecológico.  A Inovação seria a matriz destes novos signos, podendo ser concebida por um cenário minuciosamente planejado, um posicionamento estratégico e ecologicamente orientado contendo a escolha das Best Pratices e Best Technologies para uma nova businesses idea, direcionadas a um green consumerism, que em MANZINI (2008) é mostrado como fenômeno consolidado.
  12. 12.  Neste presente estudo realizado, o objetivo da atividade da compostagem será o de conduzir matérias-primas orgânicas residuais de seu estado sólido ao estado parcial ou total de humificação (estado de húmus) (KIEHL, 1986).  Percebe-se também neste aparato que leva consigo a descontinuidade e a desmaterialização, a mudança no estereótipo do trabalho e a modalidade da vigilância desenvolvidos em locais, funções e tempos antes bemdefinidos, sólidos, que dão lugar agora a outras formas de compreensão da atividade produtiva mediada por relações contratuais, e portanto, exercício do poder SARAIVA et al. 2009). Em contrapartida, fortalecem-se a Microeconomia e Economia Solidária galgadas em bens de serviços e filantropia institucional. Portanto, 'o caráter projectual da transição para a Sustentabilidade não deve ser visto como a atualização do delírio de potência projectual (…) mas um (...) conjunto de contributos parciais a um grande, complexo e, provavelmente, contraditório fenômeno de inovação social (…)' (p. 64).
  13. 13. Bases admitidas para a realização do estudo: 1.Sustentabilidade como objetivo # Naturalismo; # Democracia; # Metafísica/Mística; 2.Eco-concepção como idéia (processos de decisão) 3.Inovação como programa #Biociclos e Biônica; #Intrísecamente Sustentável; #Ecoeficiência; #Implantação/Ativação/Análise de desempenho (desdobramento da função qualidade)
  14. 14. sustentabilidade Objetivo ao qual quer-se atingir e não o processo em si; (Problemas sistêmicos dados pela Tripolaridade); Caráter de coletividade que aceita os entes de seu meio em disposição horizontal cíclica, equivalendo-os na importância de seus direitos e deveres, um atributo da processualidade objetivada à Sustentabilidade Ambiental, que seria levada a cabo por esta Eficácia de um sincronismo entre ciclos, como resultado interacional diacrônico em um período de transição, e não fruto de um determinismo apocalíptico ou cataclísmico;
  15. 15. eco-concepção neste recorte teórico  Eficácia;  Ecoeficiência;  Produtos Intrisecamente Sustentáveis;
  16. 16. inovação  Inovação técnica, a criatividade e ação empresarial não seriam orientadas para o aumento do consumo de materiais, mas iriam dirigir-se para a proposta de melhores resultados num quadro econômico-ecológico;
  17. 17. método, síntese  Design de produto:  QFD--PInf+PPrel+PDet--Mercado sg sg sg sg sg Com resguardo à: -Esboços; -Análise de casos similares; -Design Emocional; - ‘Green Consumerism’, ‘Green Market’; - CAD/CAM tools; - Estudo de aproximação, porém com resguardo a resultados de eficácia;
  18. 18. efqm Fundação Européia da Gestão da Qualidade  Conversão:  Casa da Excelência: Fonte: CORTÈS,. et al (2005) Fonte: MOHAMMADI., et al (2011)
  19. 19. imagen s Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio América Latina e Caribe – Categoria Gestão da Qualidade – Modalidade Estudante Fonte: Hernan Sandres (2009) Imagens fotorrealistas geradas por software CAD/CAM de renderização digital
  20. 20. sketches Fonte: Acervo do autor
  21. 21. imagens Imagens fotorrealistas geradas por software CAD/CAM de renderização digital Fonte: Acervo do autor
  22. 22. imagens Imagens fotorrealistas geradas por software CAD/CAM de renderização digital Fonte: Acervo do autor
  23. 23. imagens Imagens fotorrealistas geradas por software CAD/CAM de renderização digital Fonte: Acervo do autor
  24. 24. imagens Imagens fotorrealistas geradas por software CAD/CAM de renderização digital Fonte: Acervo do autor
  25. 25. imagens Imagens fotorrealistas geradas por software CAD/CAM de renderização digital Fonte: Acervo do autor Fonte: Acervo do autor
  26. 26. imagens Fonte: Marcel Gentil Coimbra Fonte: Marcel Gentil Coimbra
  27. 27. http://www.wix.com/gportfolio/whiteportfolio

×