O romantismo em portugal

1.650 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.650
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O romantismo em portugal

  1. 1. O Romantismo em Portugal teve dois momentos significativos em sua evolução.
  2. 2.  O primeiro deles representa o esforço de se firmar como movimentos literário apoiado na cultura popular, no nacionalismo, na busca das origens medievais do país, enquanto o segundo corresponde a um momento de maturidade e de transição para o Realismo.
  3. 3.  O Romantismo em Portugal surgiu no século XIX. Nas artes plásticas o Romantismo é normalmente encarado como um movimento oposto ao Neoclassicismo, por ser uma reação à excessiva racionalidade clássica, negando os princípios de harmonia, ordem e proporção.
  4. 4.  Como no resto da Europa, o Romantismo surgiu em Portugal num período de efervescência política – alguns anos após a revolução de 1820, que levou os liberais portugueses ao poder.
  5. 5.  Participaram dessa revolução vários setores da burguesia portuguesa. Nos quais se incluíram magistrados, comerciantes, militares, professores. Influenciados pelos ideais da Revolução Francesa, esses setores defendiam a reforma das instituições, a elaboração de uma Constituição, a liberdade de comércio, o direito de participação política do cidadão. Lutavam, enfim, pela modernização de Portugal.
  6. 6.  Como coincide com uma época de grandes modificações sociais, políticas e econômicas, assume forte carga ideológica, sustentada pelo surgimento dos movimentos de caráter nacionalista, como a guerra de independência da Grécia.
  7. 7.  A escultura romântica é dominada, tal como todo o estilo, pelo sentimento. Para conseguir transmitir essa ideia recorre efeitos expressivos como o dinamismo, acabamento bruto e a utilização do grupo escultórico. Os temas assumem-se como parte fundamental da estratégia de exaltar os sentimentos, representando o dramatismo da ação, o lado sentimental ou acontecimentos heróicos
  8. 8.  A transição do Neoclassicismo para o Romantismo, em sintonia com o que de mais moderno se fazia no continente, inicia relativamente cedo um percurso romântico, simbolizado pela desaparecida pintura "Morte de Camões" exposta em 1824, interrompido com a sua morte em 1837. Ainda no Neoclassicismo, explora várias temáticas, mostrando-se genial em todas, desde a alegoria à pintura de história, religiosa e pitoresca (cenas da vida local). No retrato também mostra uma qualidade e uma evolução notáveis, desde o primeiro classicismo até a um romantismo assumido e de grande qualidade.
  9. 9.  Amanda Felix  Bárbara Fernanda  Paulo Henrique  Thais Cristina  Vitor França  Professora: Hélida  Série: 2ºano B

×