Estágio aplicado em psicologia organizacional
Professora Maracy.
• Nosso projeto abordará o estudo do sofrimento psíquico ...
Proclamação da República. O social estudaria quais os fatos que levaram a
ela. Como eles se ligaram de forma que chegasse ...
impresso oficialmente, pode ser no caderno, depois será definido a estrutura
formalizada.
Deverá conter: introdução, objet...
Zero - sem menção a aspecto negativo – sem sofrimento psíquico para aquela
pergunta.
01 – quando há um aspecto negativo le...
Confluência de familiaridade intraindividual
De que forma introjeta algo. O que o sujeito pensa de si próprio e sua ocupaç...
A primeira pergunta vai dar o tom do que precisamos. Dá margem para respostas
positivas, negativas ou as duas.
Quando é ze...
O interpessoal envolve muito trabalho em equipe. Superar diferença porque
depende do outro quando é da mesma ocupação.
Imp...
Societal – tem sempre um estereótipo estabelecidos.
Estereótipo - aquilo que nos é dado sobre cognições que vêm prontas e
...
Percepção do sujeito do grau de autonomia para tomar decisões no nível da
tarefa.
Existe macro atribuição que são dividida...
Usar pacientes para nortear a pergunta. Em emergência ocorre muita
interferência da família.
Grau de autonomia no nível da...
Essa decisão pode ser fácil ou não. Depende de como a pessoa vai interpretar a
situação que esta relatando. Dependendo dis...
Interpessoal:
Com relação a colegas de trabalho.
Pergunta:
Conte uma situação que ocorreu com você e seus colegas de traba...
3- Como é a atuação entre equipes dentro desta unidade?
Societal
4- Como você acredita que a sociedade vê a sua profissão?...
12- Qual a ideia que a sociedade tem sobre as situações que envolvem a gestão
do cuidado?
Rio, 10 de setembro de 2013
Títu...
poder e limite subjetivo e os níveis interindividual, interpessoal, intergrupal e
societal.
Não há riscos e inconveniência...
Maracy atual 09 10 13
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Maracy atual 09 10 13

220 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Maracy atual 09 10 13

  1. 1. Estágio aplicado em psicologia organizacional Professora Maracy. • Nosso projeto abordará o estudo do sofrimento psíquico no trabalho, com indicadores quantitativos ( levantamento de dados) • Como medir a insalubridade? Ela pode ser grande ou pequena. Essa graduação, hoje em dia, está de forma geral, bem trabalhada e mensurada. Essa medida também é feita pelo PPRA ( programa de proteção de riscos ambientais). • Como uma situação exemplo pode-se pensar em um professor que utiliza giz. Nesse caso, ele tem menos insalubridade do que os profissionais que trabalham trocando fios nas ruas da cidade. • PCMSO ( descreve os cargos da empresa. Têm que ser feitos exames periódicos). • Em 1961 , foi criado, pelo Ministério da Previdência, a periculosidade, penosidade e insalubridade. • Um bom texto para aprofundar o tema é “ Representação Social do Trabalho Penoso” do livro “ O conhecimento no cotidiano” de Lunse. A autora desse capítulo é Leny Sato. Ela fez uma pesquisa com motoristas de ônibus da cidade de São Paulo. • O método usado no nosso projeto será baseado nas representações sociais e na psicodinâmica do trabalho. • Em todo estudo da história existe o factual e o social. O factual trabalha com fatos concretos como por exemplo, quem descobriu o Brasil e em que data. • Já o social, estuda a ideologia das mentalidades, estuda os valores de uma época. Fica o que significa. Como por exemplo, tomemos o caso da
  2. 2. Proclamação da República. O social estudaria quais os fatos que levaram a ela. Como eles se ligaram de forma que chegasse até aí. Qual a mentalidade que agia dentro desse contexto que levou a esse fato. • As RS estudam a relação do sujeito com o meio, com o coletivo, essa intersecção. O sujeito que constrói e é construído. • A RS estuda as mentalidades e sua intersecção com o sujeito. • Nas RS temos um núcleo e suas áreas periféricas que também precisam ser entendidas. O central é mais individual e a periférica é mais coletiva. • Dissenções e consenso (livro do Moscovici) • Crsthophe Bijon ( psicodinâmica) . Procurar no Scielo. Ele também escreveu o livro “ Banalização da injustiça Social”. • Antonius voluntários – quer fazer algo contra a injustiça mas não faz por medo ou por falta de condições. • Cinicus viris- pode fazer algo contra a injustiça mas não faz porque não quer. • Nesse projeto usaremos os seguintes conceitos: Familiaridade, poder, limite subjetivo. . Familiaridade: qual a percepção que o sujeito tem em relação ao seu trabalho. O quanto ele se sente capaz de fazer escolhas. . Poder : percepção do sujeito quanto ao seu grau de autonomia em seu trabalho. O quanto ele acha que pode decidir. . Limite subjetivo: percepção do sujeito quanto ao que ele acha que pode suportar de adversidade em seu trabalho. Professora Maracy, solicitou escolher um texto na parte de "emergências" no Scielo e realizar resenha crítica, para socializar o conhecimento, não precisa ser
  3. 3. impresso oficialmente, pode ser no caderno, depois será definido a estrutura formalizada. Deverá conter: introdução, objetivo dos autores ao escrever o texto, o que pretendiam dizer...a partir da apresentação dos objetivos dos autores, o por que nós escolhemos o texto em questão, deste estado de arte, que eles apresentaram, quais os autores foram referenciados no texto ou pesquisa? Como por exemplo, foi citado Watson, no texto de "Emergências na Enfermagem", sintetizar as ideias dos autores sobre o tema, realizar o "digesto", que seria digerir as ideias dos autores, visão principal deles, o que os autores queriam dizer, um apanhado geral, que dá no ponto central, do que os autores diz e tem objetivos. Realizar a análise crítica - nossa análise crítica sobre o texto, de forma direta e sucinta, destaque: a elegância no trabalho científico, com a crítica premial (quais as ideias que nós premiamos, partilhamos a mesma opinião e concordamos), intercepção do objetivo do autor e nosso, ressaltar o que concordamos com eles. Crítica penal - são as ideias que nós penalizamos, que os autores mencionam, algum tema que trataram....que discordamos. Rio, 18 de setembro de 2013 PERGUNTAS Familiaridade Intraindividual: O que significa ser socorrista na emergência para você? – substituindo as profissões Pontuações:
  4. 4. Zero - sem menção a aspecto negativo – sem sofrimento psíquico para aquela pergunta. 01 – quando há um aspecto negativo leve, com compensação, aspecto positivo na mesma resposta. 02 – quando há um aspecto negativo forte, com positivo. 03 – aspecto negativo leve, sem compensação. 04 – aspecto negativo forte, sem compensação. 05 – Insuportabilidade máxima, todos os adjetivos no superlativo, ou sofre muito, ou chora. Familiaridade Interpessoal: Como você acredita que as pessoas do seu convívio, percebem sua atividade profissional? Familiaridade Intergrupal: Referente a outros grupos que participam, podem ser também dentro do próprio local de trabalho, em emergência outras ocupações que atuem na emergência. Como é a atuação em equipes dentro desta unidade? 18 de setembro - Maracy
  5. 5. Confluência de familiaridade intraindividual De que forma introjeta algo. O que o sujeito pensa de si próprio e sua ocupação. Quantas vezes você lembra do seu trabalho quando está fora dele? Que situações de sua vida te lembram do seu trabalho? Familiaridade intraindividual ( pergunta sobre) Como você se sente? Dissonância cognitiva. A pessoa vai tender a mostrar cognições positivas. Deixamos de pegar o não realizado. Perguntas o mais neutras possíveis em relação a julgamentos. Dissonância cognitiva: exemplo – mudar um caminho e encontrar engarrafamento. A escolha levou a um mal estar. Tenta-se criar um novo elemento para compensar esse mal estar. O que significa ser enfermeiro( ou qualquer ocupação) em uma emergência ? O que vc sente traz emoção. O que significa traz pensamento mais isento de emoção. Akxe psi@gmail.com Senha akxe1234 Usaremos dois tipos de perguntas um com uma subdivisão . Perguntas simples ou compostas Perguntas com porque ou descreva uma situação. Faz a primeira pergunta espera a pergunta e complementa com outra ( composta) Não usaremos muito deste tipo. Vamos preferir as simples. Mas se percebermos que veio uma resposta com pouco conteúdo podemos fazer uma pergunta de segmento. No improviso. Tem que ter treino para não tendenciar.
  6. 6. A primeira pergunta vai dar o tom do que precisamos. Dá margem para respostas positivas, negativas ou as duas. Quando é zero a pontuação da resposta? Quando a resposta não traz menção a nenhum aspecto negativo. Sem sofrimento psíquico. Um – a um aspecto negativo leve e mesmo assim há um aspecto positivo que compensa o negativo. Dois – tem um aspecto negativo e é forte. E mesmo assim tem uma compensação com um aspecto positivo. Três – negativo leve. Sem positivo. Água mole em pedra dura. Sem compensação. A pessoa vai engolindo até que não aguenta mais. Quatro – negativo forte sem compensação. Cinco – insuportabilidade máxima. A pessoa usa superlativo, usa sinônimos negativos, muitos adjetivos negativos para reforçar, chora. Colocar a palavra muito traz para forte o que fala. Raramente precisamos de uma pergunta complementar. Teremos informações junto com as perguntas. Continuando em familiaridade agora interpessoal. Não o que pensa de si. Tem outro envolvido. Ex : o que as pessoas pensam do seu trabalho. Sendo essas pessoas os colegas de trabalho da mesma categoria pode ser interpessoal mas se colocar colegas que envolvam outras ocupações já entra no intergrupal. Têm cognições diferentes e hierarquias diferentes , se colocar população entra no societal. Interpessoal tem que ser nas relações pessoas ou de trabalho que sejam voltados para o outro.
  7. 7. O interpessoal envolve muito trabalho em equipe. Superar diferença porque depende do outro quando é da mesma ocupação. Impacta o relacionamento com a família. Estamos ainda na mesma dimensão. Como você acredita que as pessoas do seu convívio percebem sua atividade profissional? Com preconceito por trabalhar em hospital público e atender pessoas com grau de stress algo e muito sofrimento. Essa resposta seria grau quatro. Negativa sem compensação. Familiaridade intergrupal – em relação a grupos. Como participação em igreja, time de futebol ou dentro do próprio local de trabalho. Dentro da emergência são outras ocupações que atuam na emergência. Formar perguntas que não levem a falar de colegas da mesma ocupação e sim do outras ocupações como enfermeiros e médicos, nutricionistas e maqueiros. Por isso ser intergrupal. Se for médico com médico, por exemplo, seria intragrupal. Ex: como é a atuação em equipes dentro dessa unidade? A pessoa pode falar como se vê ou como os outros a veem. Interpessoal – relação com o outro. Intergrupal – relação entre grupos. Em grupos pertencemos a vários diferentes de onde surgem nossas identidades. Por exemplo: existem os torcedores do Fluminense , os vascaínos, flamenguistas, etc... Interpessoal – colegas de trabalho independente do grupo . Relação com o outro.
  8. 8. Societal – tem sempre um estereótipo estabelecidos. Estereótipo - aquilo que nos é dado sobre cognições que vêm prontas e automáticas. A primeira imagem que vem quando se pensa em um grupo. Preconceito – o que sentimos, pensamos e julgamos. Como refletimos sobre o estereótipo. O preconceito é uma atitude. Como nível societal vamos identificar o estereótipo. O que a pessoa pensa automaticamente. Familiaridade societal : sempre existe o estereótipo: Como vc acredita que a sociedade vê a sua profissão? Perguntas sobre societal: Como você acredita que a sociedade vê a sua profissão? Rio, 25 de setembro de 2013 Poder
  9. 9. Percepção do sujeito do grau de autonomia para tomar decisões no nível da tarefa. Existe macro atribuição que são divididas em grupos de atividades. Essas divisões são o nível da tarefa que é o que vamos avaliar. Coisas que a pessoa precisa realizar. Exemplo como trabalho de autor que tem que decorar mas pode improvisar. O ator de teatro tem um grau maior de autonomia do que o de televisão. O de televisão tem que seguir o roteiro e se mudar pode ter que repetir para seguir o roteiro. Transpondo para um emergência : dois pacientes graves no hospital. Quem decide quem vai ser atendido é a triagem. Cada um que vamos entrevistar vai ter uma percepção no nível da tarefa. Hoje há muitos protocolos que têm que ser seguidos. Há pouca autonomia. Temos que avaliar nos quatro níveis de análise. Perguntas sobre poder intraindividual: 1- Como as normas da sua área influenciam as suas tarefas cotidianas ? Poder interpessoal:
  10. 10. Usar pacientes para nortear a pergunta. Em emergência ocorre muita interferência da família. Grau de autonomia no nível da tarefa mas que tem como personagem ele próprio em relação com seus pacientes. Como a autoridade ( sapiência ou ignorância) do paciente ou da família vai influenciar o trabalho do profissional. Qual grau de sofrimento psíquico isso vai trazer para o profissional. Relate uma situação onde você se posicionou diante de um paciente e sua família. Poder intergrupal: Exemplo: o autor pode colocar cacos em sua fala. Na questão intergrupal pode trazer problemas porque o outro colega autor pode não entender. A mesma ocupação em lócus diferentes têm significados diferentes. Assim como garções que trabalham de forma diferente se for a La carte ou se for self service, ou churrasco. O de churrascaria não recebe reclamações sobre o ponto em que a carne está o a La carte pode receber. Ou seja, a mesma ocupação com situações diferentes dependendo das circunstâncias. Ou seja, na emergência têm enfermeiros que atuam na sala verde e na vermelha. O cotidiano é diferente. Relate uma situação em que a equipe precisou tomar uma decisão.
  11. 11. Essa decisão pode ser fácil ou não. Depende de como a pessoa vai interpretar a situação que esta relatando. Dependendo disso vamos avaliar o sofrimento psíquico. Poder societal Grau de autonomia no nível da tarefa. O que a sociedade pensa sobre isso. Qual a impressão que da sociedade em relação à _____________ que atuam em emergência? Follow up. Se a resposta for monossilábica ou se a pessoa desviou o assunto. Dê um exemplo. Relate uma situação onde isso aconteceu ( composta) Pode-se colocar uma pergunta composta. Ainda não usamos essa pergunta mas vamos usar mais adiante. Limite subjetivo ( outro bloco) O que pode suportar diante das adversidades do trabalho. Rio, 2 de outubro de 2013 Limite subjetivo – jornada de trabalho, os turnos, acúmulo de trabalho. Limite subjetivo intraindividual - percepção interna da pessoa Comente sobre o seu horário de expediente.
  12. 12. Interpessoal: Com relação a colegas de trabalho. Pergunta: Conte uma situação que ocorreu com você e seus colegas de trabalho. Quando se usa conte o transversal vai aparecer. Quando se pergunta de relacionamento a tendência é responder positivamente. Situação adversa tanto pode ser positiva quando negativa. É uma forma de lidar com adversidade. Intergrupal: No dia a dia da emergência ocorrem muitas situações. Como as equipes atuam? Societal – o que a sociedade pensa sobre as situações adversas do seu trabalho? Qual a ideia que a sociedade tem sobre as situações que envolvem a gestão do cuidado? Aula que vem vamos dramatizar o protocolo inteiro. Perguntas elaboradas: FAMILIARIEDADE Intraindividual 1- O que significa ser _____________ para você? Interpessoal 2- Como você acredita que as pessoas do seu convívio percebem a sua atividade profissional? Intergrupal
  13. 13. 3- Como é a atuação entre equipes dentro desta unidade? Societal 4- Como você acredita que a sociedade vê a sua profissão? PODER Intraindividual 5- Como as normas de sua área influenciam suas atividades cotidianas? Interpessoal 6- Relate uma situação onde você se posicionou diante de um paciente e sua família. Intergrupal 7- Relate uma situação em que a equipe precisou tomar uma decisão. Societal 8- Qual a impressão da sociedade em relação à ____________que atuam em emergência? LIMITE SUBJETIVO Intraindividual 9 -Comente sobre o seu horário de expediente. Interpessoal 10 - Conte uma situação que ocorreu com você e seus colegas de trabalho. Intergrupal 11- No dia a dia da emergência ocorrem muitas situações. Como as equipes atuam? Societal
  14. 14. 12- Qual a ideia que a sociedade tem sobre as situações que envolvem a gestão do cuidado? Rio, 10 de setembro de 2013 Título da nossa pesquisa Levantamento de indicadores mensuráveis de penosidade no trabalho em emergência hospitalar. Sub área de investigação – psicologia social Pesquisadora – Maracy Domingues Alves Universidade Estácio de Sá Endereço : Av. Prefeito Dulcídio Cardoso 3 800 Tel : 24323800 Email – maracy.alves@estacio.br Avaliação do risco da pesquisa - mínimo Objetivos – identificar o nível de sofrimento psíquico relacionado às atividades da ocupação. Justificativa – realização de diagnóstico prévio para a criação de intervenções que minimizem o sofrimento psíquico. Procedimentos – entrevista semi – estruturada, de doze perguntas, com base em protocolo a priori definido pela intersecção entre as dimensões familiaridade,
  15. 15. poder e limite subjetivo e os níveis interindividual, interpessoal, intergrupal e societal. Não há riscos e inconveniências Potenciais benefícios – a área de recursos humanos pode minimizar o turn over, absenteísmo, licenças médicas, o sindicato pode se basear nos resultados para a criação de ações preventivas com registradas em convenções coletivas. Informação adicional – não tem por enquanto. Mesmo título de cima Decidir quem entrevistar. Pode ser presencialmente ou por face. O melhor para a entrevista é o facebook. A desvantagem é que a pessoa tende a ser monossilábica. Outra é que a pessoa entrevistada está respondendo a entrevista e fazendo outra coisa no computador. O entrevistado pode fazer isso e não podemos fazer nada mas o entrevistador não pode fazer isso. Tem que estar concentrado no trabalho. Cola com dimensões e níveis. O entrevistado pode demorar pra responder porque está fazendo outra coisa. O face serve para entrevistar mas não para procurar alguém para ser entrevistado. Tem que marcar antes com a pessoa. O presencial precisa do gravador e depois transcrever. Fazer contato com quem vai entrevistar. Na próxima aula já devemos ter algum material. Entrevista de uma vez com todas as perguntas. Até o dia 30 tudo fechado.

×