Unificação Italiana

970 visualizações

Publicada em

UNIFICAÇÃO ITALIANA

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
970
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
610
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Unificação Italiana

  1. 1. PROF. BIDU
  2. 2. - Sardenha Piemonte; - Modena; - Parma; - Veneza; - Toscana; - Lombardia; - Duas Sicílias; - Estados Pontifícios; Península Itálica:
  3. 3. NO SÉC. XIX • Após a realização do Congresso de Viena (1814-1815) e a formação de um novo mapa político europeu, o território italiano foi dividido em oito Estados independentes, alguns deles sendo, inclusive, controlados pela Áustria. Com o fim de fazer a Itália voltar aos seus tempos de glória, surgiram diversos movimentos nacionalistas independentes, os quais tinham o objetivo comum de libertar o território italiano da dominação estrangeira.
  4. 4. • Nesse sentido, as primeiras tentativas foram feitas em 1831 pela organização Jovem Itália e seu líder Giuseppe Mazzini. Tratava-se de confrontos militares contra as forças austríacas na região. Embora os revolucionários tenham tido algumas importantes vitórias, não resistiram ao poder militar da Áustria.
  5. 5. • Mesmo assim, o movimento liderado por Giuseppe Mazzini foi importante para o crescimento do nacionalismo italiano e para o surgimento de outras manifestações. Uma das mais significativas foi liderada pelo próprio rei de um dos reinos italianos, o Reino Sardo-Piemontês, o qual buscou o apoio da França na luta contra a Áustria, que acabou derrotada e obrigada a entregar a Lombardia e os ducados de Parma, Módena e Toscana.
  6. 6. CAMISAS VERMELHAS • Simultaneamente a essas disputas ocorria outro confronto nacionalista na região sul da Itália, pelo controle do Reino das Duas Silícias. Liderados por Giuseppe Garibaldi, os voluntários, conhecidos como camisas vermelhas, tiveram sucesso na tentativa de libertação de tal região.
  7. 7. • Após todas estas conquistas, restavam apenas as cidades de Veneza e Roma para serem anexadas. Veneza foi incorporada em 1866, graças ao apoio da Prússia em outra guerra contra a Áustria. Já Roma foi anexada em 1870 com a ajuda de tropas francesas, tendo passado a ser, inclusive, a capital da Itália.
  8. 8. - Ao anexar ROMA, e transformá-la em capital da Itália, o Estado italiano assume as terras que eram da Igreja Católica. - O Papa Pio IX se declara “prisioneiro” dos italianos. - Mussolini, assina em 1929, o TRATADO de LATRÃO, que concede o território do Vaticano a Igreja Católica, o reconhecendo como independente da Itália. Questão Romana

×