Crise Financeira de 1929

5.769 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.769
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
759
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
173
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Crise Financeira de 1929

  1. 1. A crise de 1929: A Crise do Capitalismo Prof. Carlos Bidu
  2. 2. crédito Restrição ao ________ Aumento . preços _______ de stocks e baixa de ______ Aumento do desemprego __________________ Diminuição <ul><li>▪ __________ do consumo provocado pela: </li></ul><ul><ul><li> Saturação dos mercados internos; </li></ul></ul><ul><ul><li> Diminuição das exportações devido à recu-peração económica da Europa. </li></ul></ul>_____ do poder de compra __________ dos lucros Diminuição Baixa Crise Social ___________ do stock das empresas CRISE DE SUPERPRODUÇÃO Diminuição dos preços Crise Bolsista ______ do preço das acções Crash na Bolsa de Wall Street Falência de bancos Crise Bancária Exigência do pagamento das dívidas Deflação Depressão Económica A CRISE AMERICANA DE 1929 ▪ Superprodução (na agricultura e na indústria). ▪ Especulação bolsista (o valor das acções é superior ao lucro real das empresas). Maior Oferta do que Procura Acumulação Falência de empresas Diminuição do consumo Queda
  3. 3. Primeira Guerra <ul><li>Centro das finanças mundiais foram transferidas para os EUA </li></ul><ul><li>Enquanto as dívidas internacionais da Europa aumentavam ,os EUA tornavam-se os maiores credores do mundo. </li></ul><ul><li>Dependiam menos do comércio exterior ; não estavam tão integrados ao contexto mundial;tinham inclinações protecionista; não se alinhavam entre os partidários do livre comércio. </li></ul>
  4. 4. Fim dos anos 1920 <ul><li>Plena euforia econômica </li></ul><ul><li>A agricultura, tida como a mais mecanizada do mundo, inundava de alimentos os mercados interno e externo. </li></ul><ul><li>As industrias funcionavam a todo vapor, transformando as pessoas comuns, principalmente as de classe média em consumidoras compulsivas </li></ul>
  5. 5. Superprodução <ul><li>Produziram mais do que a capacidade de consumir </li></ul><ul><li>Concentração os investimentos dentro do próprio país, diminuição de emprestimos </li></ul><ul><li>Dificuldades dos países europeus em exportar mercadorias para os EUA devido às tarifas protecionistas </li></ul><ul><li>Diminuição das importações norte americanas </li></ul><ul><li>Atraso nos pagamentos das dívidas </li></ul>
  6. 6. Quebra da bolsa <ul><li>Quando a oferta é maior que a procura os preços tendem a cair </li></ul><ul><li>Aumentou a venda de ações e diminuiu a compra </li></ul><ul><li>Ações: títulos de propriedade, negociáveis e representativos de uma fração do capital de uma empresa do tipo sociedade anônima </li></ul>
  7. 7. O “ciclo vicioso” da crise Falência dos Bancos Fim do crédito Desemprego Falência das empresas Diminuição do consumo Diminuição da procura Falência das empresas
  8. 8. Crash de Wall Street <ul><li>Falta de emprestimos </li></ul><ul><li>Redução de investimento e consumo </li></ul><ul><li>Recessão do comércio em países industrializados </li></ul><ul><li>Aumento de oferta nos países produtores de alimentos e matérias –primas </li></ul><ul><li>Colapso total nos preços </li></ul>
  9. 9. Iniciativas <ul><li>Deflação:ação de diminuir o excesso de papel moeda em circulação </li></ul><ul><li>Desvalorização da moeda </li></ul><ul><li>Adoção de medidas restritivas sobre o comércio e o capital </li></ul><ul><li>Não pagamento de dívidas internacionais </li></ul>
  10. 10. Depressão mundial <ul><li>Desemprego maciço </li></ul><ul><li>Fome </li></ul><ul><li>Miséria </li></ul><ul><li>Ressentimentos nacionais(rondando novamente a Europa) </li></ul><ul><li>Alguns países onde a democracia estava mais fragilizada, as pressões conseguiram levar ao poder regimes políticos fascistas ou muito próximo ao fascismo. </li></ul>
  11. 11. As regras do jogo <ul><li>Políticas econômicas tem como objetivos: o pleno emprego, a estabilidade de preços, o crescimento econômico e o equilíbrio no balanço de pagamentos. As consequencias seriam aumentar a riqueza nacional e promover o bem estar da população </li></ul>
  12. 12. Deve-se evitar : <ul><li>O desemprego por suas consequências sociais e por causa da diminuição da produção e do consumo </li></ul><ul><li>A inflação, pois reduz o poder aquisitivo da moeda, que coincide com a alta geral dos preços </li></ul><ul><li>Excesso de importações sobre as exportações, desequilibrio que reduz a renda nacional e o nível de empregos </li></ul>
  13. 13. AS RESPOSTAS À CRISE: A INTERVENÇÃO DO ESTADO NA ECONOMIA diminuir o desemprego para aumentar o poder de compra e, como tal, o consumo. Estados Unidos da América Objectivos: Medidas:  concessão de indemnizações aos agricultores que reduziram as suas áreas de cultivo a fim de diminuírem a produção;  concessão de créditos agrícolas para pagamento de dívidas;  fixação dos níveis de produção e dos preços de venda ao público;  criação de legislação para controlar a actividade da Bolsa e dos Bancos;  realização de grandes obras públicas (barragens, canais, escolas, estradas, pontes, caminhos-de-ferro…) para combater o desemprego;  diminuição do horário de trabalho para 40 horas semanais; O presidente dos E.U.A., Franklin Roosevelt, incrementou, a partir de inícios de 1933, uma nova política económica, o New Deal (Nova Distribuição), que defendia o intervencionismo do Estado na economia baseada nas teorias do economicista inglês John Keynes.
  14. 14. Resultados:  estabelecimento do salário mínimo nacional;  criação do Welfare State (Estado Providência) ou segurança social: subsídios de desemprego, de doença, de velhice e de invalidez.  diminuição do desemprego (baixou cerca de 50% entre 1933 e 1937);  aumento da produção industrial;  recuperação da economia e reforço do poder do Estado (proteccionista).
  15. 15. União Soviética <ul><li>Enquanto a maioria dos países buscavam de recompor da depressão a URSS entrava numa fase de industrialização rápida e intensa </li></ul><ul><li>Planos qüinqüenais: estipulavam, o que produzir, como produzir e como distribuir. </li></ul><ul><li>A planificação e não o mercado, visava satisfazer as necessidades da sociedade. </li></ul>
  16. 16. Uma fila de desempregados espera a distribuição de comida por uma instituição de caridade.
  17. 19. Oferta de trabalho por 1 dólar por semana (1930).
  18. 22. “ Sopa dos pobres”.
  19. 23. “ Sopa dos pobres”.
  20. 24. “ Hoovervilles”. Eram bairros-de-lata e foram assim chamados por ironia ao presidente Herbert Hoover
  21. 25. “ Hoovervilles”.
  22. 26. Marcha contra o desemprego (Inglaterra).
  23. 27. Utilização do café como combustível (Brasil).
  24. 28. Franclin Delano Roosevelt , candidato do Partido Democrata, foi eleito Presidente em 1933.

×