ATUALIDADES E SOCIOLOGIA (01) - JORNAL MUNDO 2015

3.020 visualizações

Publicada em

ATUALIDADES E SOCIOLOGIA (01) - JORNAL MUNDO 2015

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.020
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.050
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
63
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ATUALIDADES E SOCIOLOGIA (01) - JORNAL MUNDO 2015

  1. 1. JORNAL MUNDO 2015 (01) PROF. BIDU
  2. 2. GLOBALIZAÇÃO 2
  3. 3. • O termo globalização designa um fenômeno de abertura das economias e das respectivas fronteiras em resultado do acentuado crescimento das trocas internacionais de mercadorias, da intensificação dos movimentos de capitais, da circulação de pessoas, do conhecimento e da informação, proporcionados quer pelo desenvolvimento dos transportes e das comunicações, quer pela crescente abertura das fronteiras ao comércio internacional. guiadicas.com
  4. 4. • No final da década de 1980 que o termo globalização começa a ser utilizado, designando não apenas a mundialização da economia, mas também o intercâmbio cultural e a interdependência social e política ao nível mundial.
  5. 5. Este pode ser um retrato da globalização
  6. 6. https://www.youtube.com/watch?v=7qFiGMSnNjw
  7. 7. Algumas das principais características da Globalização 1) mundialização da economia; 2) fragmentação das atividades produtivas nos diferentes territórios e continentes; 3) desconcentração do aparelho estatal; 4) expansão de um direito paralelo ao Estado; 5) internacionalização do Estado; e, 6) desterritorialização e reogarnização do espaço de produção. cienciasociologia.blogspot.com
  8. 8. Com a economia mundial globalizada, a tendência comercial é a formação de blocos econômicos. Estes são criados com a finalidade de facilitar o comércio entre os países membros. Adotam redução ou isenção de impostos ou de tarifas alfandegárias e buscam soluções em comum para problemas comerciais. Essa união se chama "Blocos econômicos". Acontece por interesses mútuos e pela possibilidade de crescimento em grupo. Esse crescimento passou a ser bem visto porque logo se percebeu que, por mais forte que fosse uma economia, ela não poderia competir de igual para igual com grupos de economias juntas e unidas entre si.
  9. 9. http://blocos-economicos.info/http://blocos-economicos.info/
  10. 10. A União Europeia
  11. 11. A Europa pós- guerra
  12. 12. • Finda a guerra, a Europa encontrava-se em escombros: pontes, estradas, indústrias e cidades destruídas e arruinadas. • Havia ainda a forte sensação de perda e de vazio nas pessoas, pois suas casas, seus empregos e seus parentes haviam desaparecido.
  13. 13. PLANOS • Para fazer frente ao “perigo vermelho”, o governo norte- americano lançou a Doutrina Truman e, para fazer frente à questão econômica, ele lançou o Plano Marshall, que alocou para a Europa bilhões de dólares entre 1948 e 1952. • Foi neste contexto que, em 1947, o general Marshall, chefe do Estado-Maior do Exército norte-americano, enfatizou a necessidade de se elaborar um plano de reconstrução da Europa. •
  14. 14. Os blocos econômicos • A reconstrução europeia possibilitou a integração econômica por meio da formação de blocos econômicos, cujo principal objetivo foi a uniformização das taxas alfandegárias entre os países-membros.
  15. 15. • O primeiro bloco econômico surgiu em 1948 com a união entre Bélgica, Holanda e Luxemburgo: o Benelux. • Em seguida, surgiram: • Ceca: Comunidade Europeia do Carvão e do Aço, composta por Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Itália, França e Alemanha Ocidental • Euratom: Comunidade Europeia de Energia Atômica • MCE: Mercado Comum Europeu, inicialmente conhecido como a Europa dos Seis: Alemanha Ocidental, Itália, França, Holanda, Luxemburgo e Bélgica, criado em 1957, no Tratado de Roma.
  16. 16. A União Europeia
  17. 17. OBJETIVO: • Os objetivos da União Europeia (UE) são a formação de um mercado único, com um sistema financeiro e bancário único, e a unificação da legislação trabalhista e de imigração.
  18. 18. • Em 1999, o euro substituiu as moedas nacionais dos países-membros e a UE colocou em prática a unificação da política externa de defesa, realizando as primeiras intervenções militares, no Congo e na Macedônia, com o envio de “Forças de Paz”.
  19. 19. • Chefes de Estado e de governo de 25 países assinaram em 29/10/2004, a primeira Constituição da UE.
  20. 20. A União Europeia
  21. 21. FUNDAMENTALISMOS
  22. 22. CONCEITO Designa-se assim todo e qualquer movimento religioso, de qualquer que seja a religião, que tende a interpretar a realidade de hoje através dos olhos de antigos preceitos religiosos e que renega os valores da modernidade. Para o fundamentalista o fiel deve seguir à risca as páginas dos textos sagrados da sua religião. As Escrituras (sejam elas a Bíblia, o Talmude, o Corão, ou o Hadith dos hindús) foram traçadas por Deus, logo devem ser interpretadas como a Sua vontade. Naturalmente que os fundamentalistas não aceitam o criticismo, isto é, o movimento intelectual teológico moderno (pelo menos desde Spionza para cá) que diz que elas, as palavras sagradas, devem ser interpretadas de acordo com a época e as circunstâncias em que foram escritas e que abrigam uma enorme distância da realidade atual.
  23. 23. • Inquisição – Tribunal do Santo Ofício : Era um tribunal destinado a defender a fé católica: vigiava, perseguia e condenava aqueles que fossem suspeitos de praticar outras religiões. Exercia também forte vigilância sobre os comportamentos dos fieis e censurava toda a produção cultural e condenava as inovações cientificas. Se julgados culpados eram torturados até confessar o ‘crime’ e as penas variavam de prisão temporária até morte na fogueira em praça publica. Catolicismo
  24. 24. • As cruzadas foram tropas ocidentais enviadas à Palestina para recuperarem a liberdade de acesso dos cristãos à Jerusalém. A guerra pela Terra Santa, que durou do século XI ao XIV, foi iniciada logo após o domínio dos turcos sobre esta região considerada sagrada para os cristãos. Após domínio da região, os turcos passaram impedir ferozmente a peregrinação dos europeus, através da captura e do assassinato de muitos peregrinos que visitavam o local unicamente pela fé.
  25. 25. Quem é Jesus para as religiões ? http://www.youtube.com/watch?v=4IPLnWyrq6c
  26. 26. TERRORISMO
  27. 27. O terrorismo é o nome dado a protestos violentos realizados por grupos ou indivíduos que objetivam transformar ordens do governo, bem como o próprio governo, por meio do pânico, gerando decisões precipitadas e radicais. Acredita-se que atos terroristas são financiados por pessoas bem sucedidas que simpatizam com o movimento, por pessoas ligadas ao governo que tentam secretamente destruir algo e ainda pessoas envolvidas com o tráfico de drogas. Os terroristas utilizam explosivos, gases nocivos, vírus, bactérias, materiais radioativos, armamentos atômicos e ainda sequestros e assassinatos.
  28. 28. O que é o terrorismo? • O terrorismo é a forma escolhida por certas organizações para alcançarem os os seus objetivos políticos. Consiste em atos de violência física e/ou psicológica imprevisíveis, cometidos contra Estados, indivíduos, grupos precisos e/ou massas anónimas de modo a instalar um ambiente de medo generalizado.
  29. 29. As ações terroristas podem ser de diversas naturezas: • Atentados com Bombas; • Desvio de aviões e navios; • Atos de sabotagem; • Sequestros e assassinatos de políticos, militares e funcionários.
  30. 30. TEM ÁGUA AI???
  31. 31. https://www.youtube.com/watch?v=TQipDQGAaA0
  32. 32. http://super.abril.com.br/blogs/ideias-verdes/dez- filmes-para-voce-entender-mais-sobre-meio- ambiente/ http://www.projetoamazonia.com.br/2014/1 0/10-filmes-sobre-sustentabilidade-e-meio- ambiente/
  33. 33. ATÉ A PRÓXIMA!!!!!!!!! PROF. CARLOS BIDU WWW.HISREL.BLOGSPOT.COM

×