Arte no Egito Antigo

12.978 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Arte no Egito Antigo

  1. 1. ARTE
  2. 2. <ul><li>A arte egípcia era monumental e de grande beleza e está ligada à religião, ou seja, ao culto dos deuses e dos mortos. </li></ul>
  3. 3. Arquitectura <ul><li>A crença na imortalidade levou os egípcios a construírem imponentes túmulos: As Pirâmides </li></ul>
  4. 4. Túmulos <ul><li>Os primeiros foram escavados no solo e protegidos por uma construção de tijolos de terra seca : a mastaba . Esta elevava-se por cima da câmara funerária, decorada com cenas da vida do defunto, na qual ficava a urna do faraó ou de um grande senhor. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>O arquitecto Imotep , em 2650 a.C construiu uma pirâmide em pedra para o Faraó de Djoser. </li></ul><ul><li>Era uma sobreposição de mastabas, ou pirâmide de degraus. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>As pirâmides mais célebres ficam, no planalto de Guiza : Khufu (Quéops), a do seu filho Khafré (Quéfren) e a do seu neto Menkaur (Miquerinos). Junto desta pirâmide localiza-se a grande esfinge, talhada na rocha. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>A esfinge de Gizé fica neste complexo. É a maior de todas do Egipto. Tem 73 metros de comprimento e 20 de altura. Foi talhada directamente na rocha, no reinado de Khafré. O seu rosto tem os traços do faraó, toucado com menés e simboliza a força e a potência. Guarda a entrada da sepultura do rei. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>A zona funerária compõe-se , também, de pequenas pirâmides que guardam os restos mortais das esposas dos faraós. Possui, também, mastabas que guardam as múmias dos nobres e dos grandes sacerdotes. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>As pirâmides eram sempre construídas na margem esquerda do Nilo e geralmente perto deste para facilitar o transporte dos materiais. </li></ul><ul><li>Os arquitectos, os sacerdotes, astrónomos e geómetras, delimitavam o local propício que os operários iriam aplanar. </li></ul>
  10. 11. HIPOGEUS – Túmulos escavados na rocha
  11. 12. <ul><li>Templo mortuário da rainha Hatshepsut, em Deir el-Bahari – Associa um pilão e um pátio a um santuário escavado na falésia </li></ul>
  12. 14. <ul><li>O Hipogeu de de Tutankhamon, descoberto em 1922, foi encontrado praticamente intacto. No seu interior encontravam-se jóias valiosas, material de escrita, instrumentos musicais, roupas e muitas mais coisas. </li></ul>
  13. 17. <ul><li>A múmia estava encerrada em vários sarcófagos, uns dentro dos outros. O último era de ouro maciço, pesando 110 quilos. O rosto de Tutankhamon estava coberto com uma lindíssima máscara de ouro, pasta de vidro e lápis-lazúli. </li></ul>
  14. 18.   TEMPLOS
  15. 20. <ul><li>O templo de Luxor é constituído por gigantescas colunas, tem à entrada duas grandiosas estátuas de Ramsés II. </li></ul>
  16. 21. <ul><li>Esquema de um templo. </li></ul><ul><li>Este inclui um lago. </li></ul>
  17. 24. Templo de Ramsés II em Abu Simbel
  18. 25. <ul><li>Como o Templo ia ser submerso com a construção da barragem de Assuão foi cortado ( tinha sido construído na pedra do lugar) e reconstruído mais longe do rio. </li></ul>
  19. 26. ESCULTURA
  20. 28. <ul><li>Toda a escultura egípcia obedece à lei da frontalidade </li></ul>
  21. 29. O BAIXO RELEVO <ul><li>A arte egípcia emprega o baixo relevo normal no qual se escava o fundo à volta das figuras e o baixo relevo escavado. Os egípcios observaram que num país, onde a luminosidade é intensa os pormenores do baixo relevo normal sobressaíam mal. </li></ul>
  22. 30. <ul><li>Ptolomeu entre duas deusas </li></ul><ul><li>Setoiu I e Hórus (baixo relevo escavado de Abydos) </li></ul>
  23. 31. PINTURA
  24. 32. <ul><li>Grande parte da pintura egípcia encontra-se nas paredes dos túmulos. Representam aspectos da vida quotidiana ou cenas religiosas </li></ul><ul><li>Obedece a regras fixas: a cabeça , as pernas e os pés aparecem de perfil; o olho e o tronco de frente – é a lei da frontalidade. </li></ul>
  25. 33. AS ARTES DECORATIVAS <ul><li>Fundidores </li></ul>
  26. 35. Nas artes decorativas destaca-se o trabalho de ourivesaria, como comprovam as inúmeras peças encontradas nos túmulos.
  27. 36. DIVERSÕES <ul><li>Música e dança </li></ul>
  28. 40. PIRÂMIDE DE DJÓSER
  29. 41. ESFINGE DE DJOSÉR
  30. 42. COMPLEXO DE GIZÉ
  31. 43. PIRÂMIDE DE QUÉOPS
  32. 44. PIRÂMIDE DE QUÉOPS
  33. 45. PIRÂMIDE DE QUÉOPS
  34. 46. PIRÂMIDE DE QUÉFREN
  35. 47. ESFINGE DE QUÉFREN
  36. 48. PIRÂMIDE DE MIQUERINOS

×