Apresentação: Contratos de Trabalho - 7 Pecados

1.483 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre elaboração de contratos trabalhistas de maneira lúdica, com analogia aos 7 Pecados Capitais - voltados aos profissionais e estudantes de RH.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.483
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação: Contratos de Trabalho - 7 Pecados

  1. 1. Contrato de tempo parcial:Como o próprio nome já diz, trata-se de partedo tempo dedicado às suas atividades, entãopodemos considerar aquela jornada cujaduração não exceda 25 horas semanais. Asconseqüências de utilização do trabalho emtempo parcial são definidas em contrato com oobjetivo de impedir o aumento do trabalhoprecárioIRA – Por maior que seja a vontade de solicitarhoras extras e por mais indignação, ira ouansiedade em solicitar que seu empregado parttime extrapole seu horário regulamentado,domine esta IRA e não abuse deste direito. Oempregado de tempo parcial não pode fazerhora extra. Acalme esta ira e siga o contrato
  2. 2. Termo de confidencialidade: Aparece para assegurar exatamenteos dados que não poderão ser mencionados edeve vir englobando tudo o que serásigiloso, desde atos bem simples e cotidianosda empresa até atos mais complexos .VAIDADE – Por mais tentador que possaparecer em deixar que a sua empresa se gabede possuir determinadas marcas, tecnologiasou informações: Previna-se.Não se deixe levar pela vaidade e ignore que asinformações cruciais da sua empresa podem edevem estar resguardadas sob o termo daconfidencialidade.
  3. 3. O contrato de trabalho do aprendiz éaquele em que é assegurado ao maior de14 e menor de 24 anos, um melhordesenvolvimento profissional desde cedopor meio da sua inscrição em programa deformação-técnica como: SENAI, SENAC, SESIentre outros.INVEJA - A empresa deve saber controlar oímpeto do jovem aprendiz e estimular seucrescimento e sua sede por conhecimento,mas sem deixar aflorar em momento alguma inveja que pode transformar o processode competição em algo destrutivo
  4. 4. Contrato de safra :É aquele que tem sua duraçãodependente de variações estacionaisdas atividades agrárias, compreendidoentre o preparo do solo para o cultivoe a colheita. Na hipótese doempregador explorar várias culturascomo soja, cana-de-açúcar ou laranja,para cada uma deve ser firmado umcontrato próprio.GULA - é um pecado que deve serponderado no fechamento de um contratode safra. Há empregadores que incluemtópicos a respeito, permitindo ocolaborador que também se beneficie doproduto em questão. Há outros que pornão ser permitido, acaba por ter o seucontrato reincidido. Então,atenção!
  5. 5. CONTRATO POR TEMPO DETERMINADO:Data de inicio e termino pré-determinadaLimite de tempo para o contrato é de doisanos, mas pode ser prorrogado.No final do contrato, não e necessário cumprir aviso prévio e indenização de 40% do FGTS.Caso a empresa queira readmitir umfuncionário é obrigatório o intervalo de 6meses entre o término do contrato e um novopor prazo determinado.PREGUIÇA - Nos casos de contratodeterminado é importantíssimo se manteratento, pois um descuido com o prazo éalgo que não pode acontecer por queacarreta perdas à instituição, uma vez queo contrato determinado foi realizado paradiminuir custos.
  6. 6. O empregado doméstico não desenvolve trabalho aproveitado pelo patrão com o fim de lucro. Os serviços prestados são sem a menor sombra de dúvida, de natureza econômica, pois sua intenção, por parte do empregado, é o ganho. Os serviços domésticos não constituem fator de produção para quem deles se utiliza, mas, unicamente, para quem os presta.AVAREZA - Uma empregada domésticaque presta seus serviços de naturezanão lucrativa, a pessoa física ou afamília em âmbito residencial nãopoderá exercer o trabalho domésticoem uma empresa.
  7. 7. * O contrato por prazoindeterminado é o mais comumdentre todos os outros modelos decontrato,como o próprio nome dizessa modalidade não estipula otérmino das atividades. LUXÚRIA – Impulsividade desenfreada, o prazer pelo excesso. Por tratar-se de um contrato por tempo indeterminado, isso pode fazer com que o empregador sinta-se como um “dono” deste colaborador. Neste caso é preciso que haja cautela por parte do empregador para que essa sensação de posse, não se torne um assédio moral, e um futuro assédio sexual.
  8. 8. “Se eu tivesse que começar tudo de novo, a única coisa que eu iria mudar era aprender a ler um contrato direito.” (Ozzy Osbourne)Contrato de Trabalho

×