Mentiroso!
Componentes: Jordana, Letícia, Luísa, Maiara
Lugar onde se passa
• Numa empresa de montagem de robôs, provavelmente na
Terra.
Personagens:
• Alfred Lanning: matemático e diretor da empresa.
• Peter Bogert: matemático que queria ser o futuro diretor...
• “– Eis aqui os fatos, em resumo. Produzimos um cérebro
positrônico de tipo supostamente comum, mas ele possui a
notável ...
• “Se o boato a respeito de um robô capaz de ler pensamentos
se espalhar antes que consigamos anunciar que o fenômeno
está...
• “O robô conversou comigo do modo mais lógico e sensato que
seja possível imaginar. Somente quando estávamos quase
chegan...
• “– Tenho trinta e oito anos, se contarmos apenas a idade
cronológica; mas quanto ao modo de encarar a vida, sou uma
velh...
• “Na verdade, este nosso problema requer recursos
matemáticos mais profundos. Mas ele é muito teimoso. Ashe
murmurou, son...
• “– Quero falar com Herbie. Ele não pode ter dito uma coisa
como essa. Você está jogando alto, Bogert, mas vou
desmascara...
• “– Um robô não pode fazer mal a um ser humano ou, por
omissão, permitir que um ser humano sofra algum mal.
• – Muito bem...
• “– Deve contar, mas se o fizer, magoará, de modo que não
deve contar; mas se não contar
• magoará, de modo que deve cont...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mentiroso!

327 visualizações

Publicada em

Atividade de aula de Sociologia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
327
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
168
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mentiroso!

  1. 1. Mentiroso! Componentes: Jordana, Letícia, Luísa, Maiara
  2. 2. Lugar onde se passa • Numa empresa de montagem de robôs, provavelmente na Terra.
  3. 3. Personagens: • Alfred Lanning: matemático e diretor da empresa. • Peter Bogert: matemático que queria ser o futuro diretor da empresa. • Milton Ashe: técnico encarregado de verificar como o robô foi feito para descobrir o erro. • Susan Calvin: robopsicóloga. • Herbie: robô que lia pensamentos, era conhecido também como RB-34.
  4. 4. • “– Eis aqui os fatos, em resumo. Produzimos um cérebro positrônico de tipo supostamente comum, mas ele possui a notável qualidade de ser capaz de ler nossos pensamentos, o que significa que está sintonizado para captar nossas ondas mentais.”
  5. 5. • “Se o boato a respeito de um robô capaz de ler pensamentos se espalhar antes que consigamos anunciar que o fenômeno está inteiramente sob controle, os setores contrários à fabricação de robôs teriam uma arma poderosa.”
  6. 6. • “O robô conversou comigo do modo mais lógico e sensato que seja possível imaginar. Somente quando estávamos quase chegando à sala de testes foi que me dei conta de que não dissera uma só palavra.”
  7. 7. • “– Tenho trinta e oito anos, se contarmos apenas a idade cronológica; mas quanto ao modo de encarar a vida, sou uma velha encarquilhada de sessenta anos. Afinal, para que acha que sou psicóloga?”
  8. 8. • “Na verdade, este nosso problema requer recursos matemáticos mais profundos. Mas ele é muito teimoso. Ashe murmurou, sonolento: • – Por que não perguntam a Herbie e resolvem tudo de uma vez por todas?”
  9. 9. • “– Quero falar com Herbie. Ele não pode ter dito uma coisa como essa. Você está jogando alto, Bogert, mas vou desmascarar o seu blefe. Venha comigo.”
  10. 10. • “– Um robô não pode fazer mal a um ser humano ou, por omissão, permitir que um ser humano sofra algum mal. • – Muito bem recitado – rosnou Susan Calvin. -Mas que espécie de mal? • – Ora... qualquer espécie.”
  11. 11. • “– Deve contar, mas se o fizer, magoará, de modo que não deve contar; mas se não contar • magoará, de modo que deve contar...”

×