Os fundamentos

347 visualizações

Publicada em

Um estudo, profundo sobre os fundamentos, as bases do Evangelho.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os fundamentos

  1. 1. Escola de Ministérios Módulo I Os Fundamentos
  2. 2. Introdução  O que é fundamento? Significa base, alicerce, fundação  Em uma casa não notamos o alicerce, mas ele é a base para toda edificação.  O fundamento é necessário, não podemosEscola de Ministérios Renovo edificar uma boa casa sem alicerce.
  3. 3. Introdução  Importante Necessário  É preciso distinguir com clareza estas duas naturezas das coisas  Coisas Importantes  Coisas que precisamos, boas, tem valor para nós  Coisas NecessáriasEscola de Ministérios Renovo  São coisas absolutamente indispensáveis, que não podem deixar de ser/existir.
  4. 4. Os Fundamentos da Fé Neles apoiamos Toda nossaEscola de Ministérios Renovo FÉ
  5. 5. Os fundamentos são absolutos  Não variam com o tempo  Não se adaptam às situações e/ou necessidades pessoais  Nunca irão mudarEscola de Ministérios Renovo NÃO SE REVOGA ALGO ABSOLUTO
  6. 6. Os fundamentos de Deus  Antes de nos convertermos andávamos por vários caminhos e nos apoiávamos em varias coisas erradas.  Mas quando veio a luz de Deus sobre nossas vidas vemos que não somos tão ruins assim som osEscola de Ministérios Renovo I OR ES P
  7. 7. 1. Deus é o Edificador / Construtor  Ele não vai edificar sobre uma base errada Assim, pois, não sois mais estrangeiros, nem forasteiros, antes sois concidadãos dos santos e membros da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, sendo o próprio Cristo Jesus a principal pedra da esquina; no qual todo o edifício bem ajustadoEscola de Ministérios Renovo cresce para templo santo no Senhor, no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito. Ef 2:19-22
  8. 8. 1. Deus é o Edificador / Construtor Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.Escola de Ministérios Renovo I Co 3:11
  9. 9. 2. Jesus é o único fundamento  Antes de conhecermos Jesus, estávamos firmados em muitas coisas  Dinheiro  Bens  Emprego  Relacionamentos  Etc.Escola de Ministérios Renovo  Mas Deus só vai edificar se o fundamento for Jesus.
  10. 10. 2. Jesus é o único fundamento Do qual muito temos que dizer, de difícil interpretação; porquanto vos fizestes negligentes para ouvir. tardios em Porque, devendo já ser mestres pelo ouvir tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais queEscola de Ministérios Renovo necessitais de leite, e não de sólido mantimento. Hb 5:11-14
  11. 11. 2. Jesus é o único fundamento Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino. Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal. Hb 5:11-14Escola de Ministérios Renovo
  12. 12. O objetivo de Deus Nos tornar mestres, para depois ensinarmosEscola de Ministérios Renovo
  13. 13. 3. As coisas de Deus são simples  É preciso tratar dos assuntos práticos da vidas  Por isso não estamos estudando nenhuma gia E por que me chamais: Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu vos digo? Todo aquele que vem a mim, e ouve as minhas palavras, e as pratica, eu vos mostrarei a quem éEscola de Ministérios Renovo semelhante: Lc 6:46-49
  14. 14. 3. As coisas de Deus são simples É semelhante ao homem que, edificando uma casa, cavou, abriu profunda vala, e pôs os alicerces sobre a rocha; e vindo a enchente, bateu com ímpeto a torrente naquela casa, e não a pôde abalar, porque tinha sido bem edificada.Mas o que ouve e não pratica é semelhante a um homem que edificou uma casa sobre terra, sem alicerces,Escola de Ministérios Renovo na qual bateu com ímpeto a torrente, e logo caiu; e foi grande a ruína daquela casa. Lc 6:46-49
  15. 15. 3. As coisas de Deus são simples  Existem dois tipos de pessoas  Uma que ouve e pratica  Uma que ouve e não pratica  Podemos edificar duas casas idênticas, seguindo a mesma planta, uma com alicerce e outra sem alicerce.  Uma vai prevalecer e outra vai cairEscola de Ministérios Renovo
  16. 16. 3. As coisas de Deus são simples  Cavar é arrancar tudo que é nosso, limpar de nossas vidas tudo que não vem de Deus.  Vamos gastar mais tempo para fazer a casa, mas o resultado será duradouro.  Devemos cavar até chegar na Rocha.  Jesus é a RochaEscola de Ministérios Renovo “O bom caminho continua sendo o mesmo velho caminho de sempre”.
  17. 17. Parábola do Semeador  Mt 13:3-23, Mc 4:2-20, Lc 8:4-15  Uma parábola é uma história, uma narração alegórica que contém algum ensino moral.  Jesus falava por parábolas para mostrar os princípios. “quem tem ouvidos para ouvir ouça”.  Os discípulos e multidão não entendem a parábola.Escola de Ministérios Renovo  Mas os discípulos perguntavam, se expunham a Jesus.
  18. 18. Parábola do Semeador  Jesus quer encontrar corações receptivos e abertos que queriam compreender de fato.  Ouvir  Entendimento superficial , perceber através da audição.  Escutar  Prestar atenção para ouvir, ouvir com entendimento, dar atenção. Tem a mesma raizEscola de Ministérios Renovo de obedecer e auscultar ( medicina )  A compreensão verdadeira é para os discípulos.  Por isso Deus nos chama para ser discípulos.
  19. 19. Parábola do Semeador  A semente é a Palavra de Deus.  O semeador é quem anuncia a Palavra de Deus.  O Solo é aquele que ouve a Palavra.  A semente é boa.  O semeador não é o problema  O problema está no solo.Escola de Ministérios Renovo
  20. 20. Existem quatro possibilidades  À beira do caminho  Ouve de mal grado, não aceita, não chega a se converter, tem o coração duro, então vem o Diabo e rouba a palavra  Mt 13:19, Lc 8:12Escola de Ministérios Renovo 1ª
  21. 21. Existem quatro possibilidades  Em lugares pedregosos  Ouve a palavra fica animado, alegre, mas não cria raiz  Não tem convicção / experiência própria, nem fé em Jesus (no fundamento), tem fé na fé dos outros  Fé de pouca duração, na hora da provação seEscola de Ministérios Renovo desviam por causa do coração volúvel  Mt 13:20, Mc 4:17, Lc 8:13 2ª
  22. 22. Existem quatro possibilidades  Entre os espinhos  Chega quase a frutificar mas não frutifica.  Não limpa a vida e as ervas daninhas sufocam a palavra.  Está divido entre Jesus e si mesmo e fica infrutífero.  Mt 13:22, Mc 4: 18-19 , Lc 8:14, Mt 12:30, 13:22Escola de Ministérios Renovo Mt 6:24 3ª
  23. 23. Existem quatro possibilidades  Em terra boa  Ouve, compreende e obedece porque não é presunçoso, soberbo e acha que já sabe.  A palavra não pode ficar só na mente, ela tem que penetrar no coração para se conservar e dar fruto com perseverança  Mt 13:23, Mc 4:20, Lc 8:15Escola de Ministérios Renovo 4ª
  24. 24. Conclusão  A nossa fé é uma chave poderosa que abre as portas da graça de Deus. “ ... pela graça sois salvos, mediante a fé ...”  E esta fé tem que estar apoiada em algo sólido, firme, absolutoEscola de Ministérios Renovo A pessoa de Jesus Cristo, o Senhor.

×