De Sevilha a Valladolid• Córdova• Toledo• Medina Del Campo• Tordesilhas• Valladolid• Deixar Sevilha Pelo Atlântico Sul
Fernão de Magalhães viajou porque o reiPortuguês D.Manuel I recusou os seus pedidos depromoção, que tinham sido vários.
Magalhães foi a Sevilha para apresentar o seu projeto ao imperador Carlos V. oseu objetivo era chegar às Molucas pelo Ocid...
Poucos meses depois de ter chegado a Sevilha, a vida deMagalhães sofreu uma reviravolta. Após ter saído abatido ehumilhado...
Fica a 140 km de Sevilha e pouco mudou na volumetria dos edifícios, no aspecto dasfachadas, na dimensão das ruelas, nos fi...
A mesquita foi construída durante a segundametade do século VIII e é um dos maisimpressionantes edifícios religiosos daHum...
Em Toledo, onde a figura do cardeal Cisneros reúne na mesma divida de gratidão acidade, Cadilhe declara que não gosta muit...
Em Medina Del Campo, onde Juan de Aranda informa Magalhães e Faleiro dapróxima audiência com Carlos V, comove-se com o mus...
Em Tordesilhas, Cadilhe quase foi multado por estacionar o carro na ruaonde ia passar, nessa mesma tarde, a evocação do co...
Nenhum cosmógrafo louco ou escravo oriental lhe fazem companhia, masleva na mesma um globo terrestre consigo. Guardado na ...
Sevilha é uma cidade com ladrões, vigaristas,mendigos, despojados e aventureiros de todo o lado,mas é ai que estão os melh...
• Catarina Mártires nº 6• Débora Silva nº 8• Inês Rebelo nº 15
Nos passos de magalhães   grupo 7 10ºc
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Nos passos de magalhães grupo 7 10ºc

563 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
563
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
153
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nos passos de magalhães grupo 7 10ºc

  1. 1. De Sevilha a Valladolid• Córdova• Toledo• Medina Del Campo• Tordesilhas• Valladolid• Deixar Sevilha Pelo Atlântico Sul
  2. 2. Fernão de Magalhães viajou porque o reiPortuguês D.Manuel I recusou os seus pedidos depromoção, que tinham sido vários.
  3. 3. Magalhães foi a Sevilha para apresentar o seu projeto ao imperador Carlos V. oseu objetivo era chegar às Molucas pelo Ocidente , por mares não reservadosaos portugueses no Tratado de Tordesilhas e provar que as ilhas das especiariasse situavam no hemisfério castelhano.
  4. 4. Poucos meses depois de ter chegado a Sevilha, a vida deMagalhães sofreu uma reviravolta. Após ter saído abatido ehumilhado de Portugal, estava agora feliz e ativo em Espanha.Em 20 de Janeiro de 1518, três meses depois de ter chegado aSevilha, Magalhães, na sua viagem para Valladolid, passa porCórdova, Almadén, Toledo, Avila, Medina Del Campo e porTordesilhas.
  5. 5. Fica a 140 km de Sevilha e pouco mudou na volumetria dos edifícios, no aspecto dasfachadas, na dimensão das ruelas, nos fios da teia que aglutina o espaço urbano, e nopróprio acesso à cidade através da ponte romana desde a época de Magalhães. Córdova éum milagre do correr nos séculos, e o coração desse milagre pulsa no interior da suamesquita-catedral.
  6. 6. A mesquita foi construída durante a segundametade do século VIII e é um dos maisimpressionantes edifícios religiosos daHumanidade.Tem 850 colunas que dividem e multiplicam ointerior do edifício; estas foram construídas commateriais vindos de todas as partes e épocas domundo conhecidas até então.As colunas servem para decorar e são muitas paratentar repetir o infinito dentro de quatro paredes.Mesquita
  7. 7. Em Toledo, onde a figura do cardeal Cisneros reúne na mesma divida de gratidão acidade, Cadilhe declara que não gosta muito de centros históricos mortos.
  8. 8. Em Medina Del Campo, onde Juan de Aranda informa Magalhães e Faleiro dapróxima audiência com Carlos V, comove-se com o museu do Palácio de Testamentário,onde Isabel, A Católica, redigiu o seu testamento indicando o neto como herdeiro dacoroa.
  9. 9. Em Tordesilhas, Cadilhe quase foi multado por estacionar o carro na ruaonde ia passar, nessa mesma tarde, a evocação do cortejo histórico quecelebrou a chegada de D.Joana à sua nova e derradeira residência.A explicação que o salvou foi que ele passou para ver o palácio, onde foiassassinado o tratado.
  10. 10. Nenhum cosmógrafo louco ou escravo oriental lhe fazem companhia, masleva na mesma um globo terrestre consigo. Guardado na memória, assinalaas etapas de uma iminente volta a um mundo que ainda está por desenhar emedir.
  11. 11. Sevilha é uma cidade com ladrões, vigaristas,mendigos, despojados e aventureiros de todo o lado,mas é ai que estão os melhores marinheiros e artesãosde artigos náuticos, os mais bem fornecidos dosarmazéns de víveres , a maior oferta de mão-de-obra, omais amplo mercado fornecedor das ferramentas queforjaram a Época dos Descobrimentos.Magalhães está pronto para a sua aventuraa, tem carta-branca de Carlos V para quase todas as decisõespráticas, desde a compra das cinco embarcações daarmada ao tipo de quinquilharias que poderão servirpara impressionar selvagenso
  12. 12. • Catarina Mártires nº 6• Débora Silva nº 8• Inês Rebelo nº 15

×