Que grande abóbora mimi!

5.053 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.053
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
610
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
118
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Que grande abóbora mimi!

  1. 1. Título do livro:Que Grande Abóbora Mimi! Escritora: Valerie Thomas Ilustrador: Korky Paul Tradutora: Helena Rafael Editora: Gradiva Júnior
  2. 2. Escritora: Valerie Thomas Valerie Thomas nasceu na Austrália. Foi professora. Viaja muito, mas não de vassoura… Já teve um gato preto como o Rogério que na versão inglesa se chama Wilbur.
  3. 3. Ilustrador: KORKY PAUL Korky Paul nasceu no Zimbabwe em 1951. Depois de terminar o curso de Belas Artes trabalhou três anos numa agência de publicidade.
  4. 4. A Mimi comia muitos legumes.Gostava de brócolos, couve-flor,repolho e nabos.E também de ervilhas, cenouras,feijões, batatas e espinafres.
  5. 5. E adorava abóbora!Adorava sopa de abóbora, tartede abóbora e sconesde abóbora com sementes deabóbora por cima.Mas do que ela gostava maisera abóbora assada.O Rogério, o gato preto daMimi,Também gostava de sopa deabóbora.Sobretudo se tivessemuitas natas…
  6. 6. Todos os sábados de manhã,a Mimi saltava para a vassoura,o Rogério saltava parao ombro da Mimi,e voavam os dois até ao mercadopara comprar legumes.Era muito simples.
  7. 7. Voltar para casa é que nãoera assim tão simples.Era difícil manter o equilíbrio numavassoura com um gato, e abóborase muitos outros legumes.Uuups! E lá começavam achover couves-de-bruxelas etomates sobre o mercado.Splat! Squelch!
  8. 8. - Com mil vassouras! – exclamoua Mimi.E de repente teve uma boa ideia.-Vou cultivar os meus próprioslegumes – decidiu.A Mimi cavou então um canteiroNo seu jardim.O Rogério ajudou.
  9. 9. Plantou muitos, muitos legumes.Regou as plantas e arrancou aservas daninhas.O Rogério ajudou.
  10. 10. Mas as plantas cresciam muitodevagar.E quando finalmente cresciam,as lagartas e os coelhoscomiam-nas.-Oh, céus! – queixou-se a Mimi.– É muito difícil ter uma horta.Vou experimentar um feitiçopara ajudar as plantas a crescermais depressa.Agitou a varinha mágica, gritou:
  11. 11. …e não aconteceu nada.-Que maçada! – disse a Mimi.– Não funcionou. Vouconsultar o Grande Livro dosFeitiços.Mas a Mimi tinha entradodentro de casa cedo demais.Lá fora, o feitiço começou afazer efeito.
  12. 12. Dentro de casa ficou tudomuito escuro.-Desculpa, Rogério – disse aMimi.- Não te vi. Está tão escuroaqui dentro!Deve vir aí uma tempestade.
  13. 13. Olhou pela janela.Não vinha lá nenhumatempestade.Era a horta da Mimi.As plantas estavam a crescer tãodepressa que já tapavam todas asjanelas.-É melhor ir lá fora quebrar ofeitiço – observou a Mimi.Mas não era possível abrir a porta:havia um enorme repolho aimpedir a passagem.
  14. 14. A Mimi subiu as escadas a correr,trepou para a janela da casa debanho e escorregou por um pé defeijão gigante.
  15. 15. O Rogério escorregou logo aseguir.«Isto é divertido», pensou ele.Até dar de focinho com umalagarta gigante.- Iaaauu!
  16. 16. Tudo estava enorme,gigantesco e assombroso nahorta da Mimi!O pé de feijão crescia emdireção às nuvens.Os repolhos eram grandescomo vacas.Os coelhos eram maiores quevacas.Uma abobreira gigantescacercava toda a casa da Mimi.
  17. 17. E ali mesmo, no meio do telhado,estava uma enormeabóbora.-Oh, não! – exclamou a Mimi. – Aabóbora vai esmagar a minhacasa!Agitou a sua varinha mágica.Mas no momento em quegritava…
  18. 18. CRÁS!…a abóbora gigante caiu nomeio do chão.O enorme e assombroso jardimda Mimi voltou a ser como antes.
  19. 19. A Mimi recortou uma entrada atéao interior da abóbora.Fez tartes de abóbora, scones deabóbora, sopa de abóbora comnatas para o Rogério e umenorme prato de abóboraassada.Mas ainda sobrava imensaabóbora.
  20. 20. A Mimi decidiu então pôr um avisono portão: ABÓBORA GRÁTIS Sirvam-seAs pessoas começaram a aparecercom panelas, cestos e até carrinhosde mão.A abóbora ficou rapidamente vazia.
  21. 21. «O que é que eu vou fazer com acasca da abóbora?», pensouentão a Mimi.«Daria uma boa casa, mas eu játenho uma casa.Uma vez uma das minhasamigas transformou a abóboranuma carruagem. Mas isso foipara uma ocasião especial…E os cavalos podiam tornar-seum problema.»
  22. 22. Foi nessa altura que a Mimiteve uma excelente ideia.-Boa! – disse ela. – Éprecisamente com isso quese parece. É claro!Agitou a varinha mágica,bateu com o pé no chão,gritou
  23. 23. e no jardim da Mimi apareceu umluzidio helicóptero cor de laranja.
  24. 24. Agora, quando a Mimi e oRogério vão ao mercado,a Mimi pode comprartodas as abóboras quequer.
  25. 25. E voltar para casa numhelicóptero é muito, muitodivertido!
  26. 26. Novidade:O Novo livro vem com as guardas ilustradas por criançasportuguesas – alunos da EB1 José Jorge Letria em Cascais.
  27. 27. BIBLIOGRAFIA:http://www.winnie-the-witch.com/flash.phphttp://pt-br.facebook.com/pages/Gradiva-Publica%C3%A7%C3%B5es-SA/218028718210072#!/photo.php?fbid=290226454323631&set=a.218037081542569.64771.218028718210072&type=1&theaterhttp://www.boasnoticias.pt/noticias_Crian%C3%A7as-lusas-ilustram-edi%C3%A7%C3%A3o-mundial-de-livro-infantil_8383.htmlhttp://www.slideshare.net/escuela54/biografia-escritorahttp://www.korkypaul.com/bio.htmlhttp://www.gradiva.pt/?q=C/BOOKSSHOW/6785
  28. 28. PowerPoint produzido a partir da digitalização das imagens do livro epesquisa de informação na Internet, por: Ana Mª M. Fortuna

×