Projeto de articulação os ovos miste

1.593 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.593
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
456
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto de articulação os ovos miste

  1. 1. Os Ovos Misteriosos• Autora: Luísa Ducla Soares• Ilustrações: turmas do 5ºA e 5º B• Valores para a vida: 5º A e 5º B
  2. 2. Era uma vez uma galinha que todosos dias punha um ovo. E todos os dias vinha a dona, comum cestinho, tirar-lho… - Já pus 1000 ovos. Podia ter milfilhos. Mas não tenho por causa degente gulosa! Vou fugir para a mata…
  3. 3. Logo aí tratou de fazer o seuninho, bem confortável… Sentou-se nele e pôs um ovomuito branquinho. Afastou-se em busca de almoço.Demorou-se porque ali tudo eraestranho. Quando voltou, viu o seu ninhocheio de ovos de todos os tamanhose feitios…
  4. 4. - Na minha capoeira tiravam-me os ovos. Aqui oferecem-mos. Mas que sorte!Pedro Pereira - 5º B
  5. 5. O tempo foi passando. Quanto, não sabia, porque nãoaprendera a contar nem se guiava pelocalendário. Até que …Crac! Os primeiros ovosestalaram e de lá saíram…bicharocos todosdiferentes uns dos outros… A mãe galinha ficou muito assustada:
  6. 6. 1. Ai, Mas que filho, 3. Ai, mas que filho.Eu até desmaio! este é de truz!Em vez de ser pinto Em vez de ser pintoé um papagaio é uma avestruz 5. Ai, mas que filho! Diz o meu instinto que este finalmente é mesmo um pinto2. Ai, mas que filho, 4. Ai, mas que filho!Como ele é diferente! Deve vir do Nilo!Em vez de ser pinto Em vez de ser pintoÉ uma serpente é um crocodilo.
  7. 7. Marco e Hugo e Daniel Mendes – 5º A
  8. 8. Mas como podia ela abandoná-los depois de os ter chocado com tanto amor? Que outra mãe havia de tratar deles? Era feliz. Mas vivia num desassossego! Mas ela de todos gostava. De todos cuidava.Rafael -5º B
  9. 9. Tudo parecia correr bem até que apareceu, no bosque, um rapaz que queria levar o frango para o jantar… - Ah, que belo frango!Ana Tomás, Pedro Gomes e Mariana Mendes – 5º B
  10. 10. A galinha, em defesa do filho,ameaçou dar-lhe bicadas nospés…. O rapaz riu-se. Pois , pensava ele, e pensarãovocês, quem tem medo de umagalinha?
  11. 11. Márcia e Afonso – 5º A
  12. 12. - Cocorococó – refilou a galinha, o que quer dizer na sua língua «Não lhe toques, senão pico-te».Pedro Gomes, Ana Tomás e Mariana Mendes – 5ºB
  13. 13. E vieram todos os irmãos a correr acudir ao pinto: Primeiro veio a serpente… - Ai uma serpente! - gritou ele e atirou- se ao lago para lhe escapar!Vanessa -5ºB
  14. 14. A serpente pôs-se a assobiar à suafrente, mostrando os dentes de veneno. Atrás de si os irmãos espreitavam e esperavam a sua vez de agir.
  15. 15. Daniel Mendes, Hugo e Marco – 5º A
  16. 16. Foi a vez do crocodilo avançar de boca aberta.- Ai que este me come! – gritou novamente o rapaz…
  17. 17. Tiago – 5ºA
  18. 18. Então, subiu para a outra margem, mas sempre com o frango debaixo do braço…Mariana Almeida -5º B
  19. 19. Aí estava o papagaio, empoleirado numa árvore: - És ladrão, és ladrão, vou prender-te na prisão ! És ladrão, és ladrão, vou prender-te na prisão! - defendia o papagaio.Tânia– 5º B
  20. 20. Logo atrás de si o moço começou a ouvir passos: primeiro distantes, depois cada vez mais próximos. A grande velocidade. Era a avestruz a correr atrás dele, tentando proteger a família. Apavorado, pensando que um policia o estava a perseguir, o rapaz largou a ave e só parou, esbaforido, na aldeia. Às costas da sua irmã avestruz, o frango voltou para casa são e salvo…Mariana Almeida, Tânia e Vanessa – 5ª B
  21. 21. Felizes, por terem conseguidovencer o rapaz, voltaram para casa. E alegres pensavam: - A união faz a força.
  22. 22. Beatriz Damásio, Beatriz Ferreira e Mónica – 5º B
  23. 23. Para festejar, a galinha juntou todos os filhos e fez-lhes um bolo com vários andares:- Um tinha milho para o frango- Outro, peixe para o crocodilo- Outro fruta para o papagaio- Outro, ratos para a serpente…- E por cima, a enfeitar, sete berlindes, um martelo e vinte pregos, porque a avestruz só gostava de pitéus extravagantes…
  24. 24. Daniel Santos e Ruben – com a Colaboração de todos os colegas do 5º ano
  25. 25. •Depois do jantar, os filhos fizeram uma roda à volta da galinha e puseram-se a cantar:
  26. 26. • Somos todos irmãos,• Somos todos diferentes: • Há uns que têm bico, • Outros têm dentes,• Há uns que têm escamas, • Outros que têm asas, • Na terra e na água • Fazemos nossas casas.
  27. 27. - Eu só tenho pescoço.-Eu voo pelo ar.-Eu nado a quatro patas.-Eu cá gosto de andar.
  28. 28. Somos todos diferentes,mas todos queremos bem à boa da galinha que é a nossa mãe.
  29. 29. FIM
  30. 30. Valores para a Vida:O que aprendemos com esta história?
  31. 31. 1. Ganância•A dona da galinha queria os ovos todos para si.
  32. 32. 2. Dádiva - Aceitação•“Na minha capoeira tiravam-me os ovos, aqui oferecem-mos. Que sorte!”
  33. 33. 3 – Amor maternal/ Sacrifício/ Responsabilidade• A mãe tomou conta e todos os animais que nasceram, apesar de serem diferentes do seu pinto, porque eles eram bebés e não tinham mais ninguém que cuidasse deles.
  34. 34. 4. Preocupação/Cuidado/Carinho• Apesar de não conseguir voar como o papagaio, não saber nadar como o crocodilo, não poder entrar nos buracos como a cobra, ter dificuldade em encontrar petiscos para a avestruz, ela cuidava de todos da mesma maneira e a todos dava atenção e amor.
  35. 35. 5. Orgulho•Apesar das diferenças que os seus filhos apresentavam, ela mostrou-os a todos e dizia:•“- Olhem a minha ninhada! É tão variada, é tão engraçada!”
  36. 36. 6 – Amor Fraternal/União • Quando o rapaz atacou o pinto, toda a familia se juntou para proteger e defender o irmão. • Apesar de serem diferentes, gostavam muitos uns dos outros e ajudavam-se quando era necessário.
  37. 37. 7 – Amizade e Alegria• Para festejar, a galinha fez um bolo com vários andares. Felizes por estarem de novo juntos e de boa saúde, eles cantaram e dançaram numa roda à volta da sua mãe.
  38. 38. Valores para a VidaAlunos responsáveis pela sua descoberta:- Beatriz Damásio, Beatriz Ferreira e Mónica – 5º B- Bruno Cortez; Beatriz Santos eVasco Gama. – 5ºA
  39. 39. • Turmas envolvidas: 5ºA e 5ºB• Atividade de articulação: Estudo Acompanhado;Biblioteca Escolar; Ciências da Natureza; LínguaPortuguesa; Formação Cívica; Educação Moral eReligiosa Católica .• Centra-se nas orientações do Projeto de Educação paraa Saúde.• Colaboração na construção de materiais: EducaçãoEspecial.

×