O adjetivo

1.019 visualizações

Publicada em

O adjetivo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.019
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
306
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O adjetivo

  1. 1. Classes de palavras: o adjetivo Porto Editora
  2. 2. O adjetivo O adjetivo é uma classe aberta de palavras, pois é constituída por um número ilimitado de palavras à qual se podem acrescentar constantemente novos vocábulos. Porto Editora
  3. 3. Quais são as subclasses dos adjetivos? qualificativo relacional numeral Porto Editora
  4. 4. O adjetivo qualificativo O adjetivo qualificativo exprime uma qualidade ou atributo do nome. Geralmente, surge depois do nome, embora também possa surgir antes dele. Exs.: A equipa obteve resultados espetaculares. Aquele pobre homem não teve sorte nenhuma. Porto Editora
  5. 5. O adjetivo relacional O adjetivo relacional deriva de um nome e expressa propriedades ligadas ao nome. Coloca-se sempre depois do nome. Portugal > portuguesa (= relativa ou pertencente a Portugal) Ex.: A corrida foi ganha por uma equipa portuguesa. Porto Editora
  6. 6. O adjetivo numeral O adjetivo numeral indica a ordem de um elemento relativamente a outros. Geralmente, surge antes do nome. Ex.: O primeiro ciclista a chegar foi o da camisola amarela. Porto Editora
  7. 7. Variação em género Como se designam os adjetivos que têm apenas uma forma para o feminino e para o masculino? São adjetivos uniformes. Exs.: Ele é um homem inteligente. Ela é uma mulher inteligente. Porto Editora
  8. 8. Como se designam os adjetivos que têm uma forma para o feminino e outra para o masculino? São adjetivos biformes. Exs.: O meu tio é muito rico. A minha tia é muito rica. Porto Editora
  9. 9. Variação em número Para o número também há adjetivos uniformes e biformes. Para o género, há adjetivos uniformes e biformes. E para o número? Porto Editora
  10. 10. Variação em número • São uniformes os adjetivos que têm apenas uma forma para o singular e para o plural. Exs.: Este é um exercício simples. Estes exercícios são simples. Aquela criança é piegas. Aquelas crianças são piegas. • São biformes os adjetivos que têm uma forma para o singular e outra para o plural. Exs.: Que rapaz tão afável. Que rapazes tão afáveis. Hoje sinto-me mesmo feliz. Nós estamos muito felizes. Porto Editora
  11. 11. Os adjetivos podem variar em grau. grau normal grau comparativo grau superlativo Porto Editora Variação em grau
  12. 12. No grau normal, o adjetivo expressa simplesmente a qualidade de um nome, não o relacionando com outro(s). Ex.: A televisão é fina. Porto Editora Grau normal
  13. 13. O grau comparativo estabelece o confronto de qualidades de um nome com as de outro(s) e pode ser: • de inferioridade: Ex.: Esta televisão é menos fina (do) que a de minha casa. • de igualdade: Ex.: Esta televisão é tão fina como/quanto a de minha casa. • de superioridade: Ex.: Esta televisão é mais fina (do) que a de minha casa. Porto Editora Grau comparativo
  14. 14. O grau superlativo apresenta as qualidades do nome num grau elevado. O grau superlativo pode ser: • relativo • absoluto Porto Editora Grau superlativo
  15. 15. Grau superlativo relativo • de inferioridade: Ex.: Esta televisão é a menos fina de todas. • de superioridade: Ex.: Esta televisão é a mais fina de todas. Grau superlativo absoluto • sintético: Ex.: Esta televisão é finíssima. • analítico: Ex.: Esta televisão é muito fina. Porto Editora
  16. 16. Adjetivo Em síntese: Subclasses qualificativo relacional numeral Variação em género uniforme biforme Variação em número uniforme biforme Porto Editora
  17. 17. Variação em grau Em síntese: Grau normal Grau comparativo de inferioridade de igualdade de superioridade Grau superlativo relativo de superioridade de inferioridade absoluto sintético analítico Porto Editora

×