Nome completo:
Fernando Affonso Collor de
Mello
Nascimento: 12/08/1949
Rio de Janeiro
Atualmente: Senador de
Alagoas desde...
 Embora seja carioca, passou a infância e a
juventude transitando entre as cidades de Maceió,
Rio de Janeiro e Brasília p...
 Collor vem de uma família com tradição política,
concluiu o estudo secundário em Brasília, em
1968, e cursou economia na...
 Candidatou-se à presidência da República em
1989 pelo PRN (Partido da Reconstrução
Nacional) e derrotou Luís Inácio Lula...
 Collor se elegeu em 1989 com mais de 35
milhões de votos, e, aos 41 anos, tornou-se o
mais jovem presidente da história ...
 Plano Collor I previa:
 Volta do Cruzeiro como moeda;
 Congelamento de preços e salários;
 Bloqueio de contas corrent...
 O governo Collor também deu início às
privatizações das estatais e à redução das
tarifas alfandegárias. Com produtos
imp...
 Ou impugnação de mandato é um termo que
denomina o processo de cassação de mandato do
chefe do poder executivo pelo cong...
 Apresentadas por Pedro Collor, denunciando
a existência do Esquema PC, que envolviam
extorsão, suborno, fraude eleitoral...
 Em setembro de 1992, a Câmara dos
Deputados aceitou o pedido de
impeachment;
 Collor teve seus direitos políticos cassa...
 Collor tentou concorrer à prefeitura de São Paulo
nas eleições de 2000. Foi impedido pelo TSE
(Tribunal Superior Eleitor...
Nome completo:
Itamar Augusto Cautiero
Franco
Nascimento: 28/06/1930 -
Salvador
Falecimento: 02/07/2011 -
São Paulo
Mandat...
 Órfão de pai, que morreu de malária antes
de seu nascimento, viveu uma infância pobre
em Juiz de Fora, Minas Gerais, aju...
 Itamar Franco assumiu a presidência após o
Impeachment de Fernando Collor de Mello de
forma interina entre outubro e dez...
 Sua administração foi marcada pelo
lançamento do Plano Real, em 1º de março
de 1994. Estabelecido pelo então ministro da...
 Plano Real.
 Visava criar uma unidade real de valor (URV)
para todos os produtos, desvinculada da
moeda vigente, o Cruz...
 Após deixar a Presidência da República, Itamar
Franco tornou-se embaixador do Brasil em
Portugal e, posteriormente, ocup...
 Itamar morreu em 2 de julho de 2011, aos 81
anos, em São Paulo, em decorrência de um
acidente vascular cerebral. Ele est...
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Fernando Collor e Itamar Franco
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fernando Collor e Itamar Franco

536 visualizações

Publicada em

Um pouco sobre a história de dois presidentes do Brasil...
Fernando Collor e o escandaloso Impeachment...
Itamar Franco e o Plano Real..
aqui você vai conhecer e descobrir algumas coisas que talvez não sabia...
Espero que gostem!

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
536
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fernando Collor e Itamar Franco

  1. 1. Nome completo: Fernando Affonso Collor de Mello Nascimento: 12/08/1949 Rio de Janeiro Atualmente: Senador de Alagoas desde 2007 Mandato Presidencial: 15 de março de 1990 a 2 de outubro de 1992 É um político, economista, jornalista, empresário e escritor brasileiro.
  2. 2.  Embora seja carioca, passou a infância e a juventude transitando entre as cidades de Maceió, Rio de Janeiro e Brasília porque seu pai era político.  No Rio de Janeiro, Fernando Collor de Mello concluiu seus estudos secundários e graduou-se em Corte e Costura pela União Pioneira da Integração Social – Faculdades Integradas.  Porém, em seguida, foi para o Nordeste trabalhar como estagiário no Jornal do Brasil e como corretor de valores.  Em Maceió, dirigiu o jornal Gazeta de Alagoas e, em 1973, assumiu os negócios da família com as Organizações Arnon de Mello. Fernando Collor de Mello foi presidente também do clube de futebol CSA, de Alagoas.
  3. 3.  Collor vem de uma família com tradição política, concluiu o estudo secundário em Brasília, em 1968, e cursou economia na Universidade de Brasília.  Iniciou sua carreira política como prefeito nomeado de Maceió em 1979 e, três anos depois, foi eleito deputado federal pelo PDS (Partido Democrático Social).  Em 1986, ganhou a eleição para governar Alagoas pelo PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro). Durante sua gestão, ganhou popularidade nacional como o "caçador de marajás", devido à repercussão de seu programa de combate à corrupção de funcionários públicos que recebiam salários milionários.
  4. 4.  Candidatou-se à presidência da República em 1989 pelo PRN (Partido da Reconstrução Nacional) e derrotou Luís Inácio Lula da Silva, do PT (Partido dos Trabalhadores), no segundo turno das primeiras eleições diretas para presidente do Brasil.  Assumiu o cargo adotando medidas econômicas drásticas e impopulares, como o bloqueio dos saldos das contas bancárias de pessoas físicas e jurídicas.
  5. 5.  Collor se elegeu em 1989 com mais de 35 milhões de votos, e, aos 41 anos, tornou-se o mais jovem presidente da história do país. Ele assumiu o governo em um cenário de hiperinflação.  Foi o responsável pela introdução do Neoliberalismo no país.  Sua primeira medida na Presidência foi pôr em prática um plano de Reconstrução Nacional, dividido em planos Collor I e II.
  6. 6.  Plano Collor I previa:  Volta do Cruzeiro como moeda;  Congelamento de preços e salários;  Bloqueio de contas correntes e poupanças no prazo de 18 meses;  Demissão de funcionários e diminuição de órgãos públicos.  Trabalhadores, empresários, foram surpreendidos com o confisco em suas contas bancárias. O governo chegou a bloquear em moeda nacional o equivalente a oitenta bilhões de dólares.
  7. 7.  O governo Collor também deu início às privatizações das estatais e à redução das tarifas alfandegárias. Com produtos importados a preços menores, a indústria nacional percebeu a necessidade de se modernizar e correr atrás do prejuízo.  Seis meses após o primeiro pacote econômico, Collor lançou um segundo plano, o Collor II, que também previa a diminuição da inflação e outros cortes orçamentários. Mas, novamente, não obteve êxito e só fez aumentar o descontentamento da população.  A gestão de Collor foi marcada por uma série de escândalos e suspeitas de corrupção
  8. 8.  Ou impugnação de mandato é um termo que denomina o processo de cassação de mandato do chefe do poder executivo pelo congresso nacional, pelas assembleias estaduais ou pelas câmaras municipais.  A denúncia válida pode ser por crime comum, crime de responsabilidade, abuso de poder, desrespeito às normas constitucionais ou violação de direitos pétreos previstos na constituição. A punição varia de país para país.  No Brasil o procedimento de impeachment é regulado pela lei 1 079/50, que, em seu artigo 2º, estabelece atualmente o período máximo de cassação em cinco anos.
  9. 9.  Apresentadas por Pedro Collor, denunciando a existência do Esquema PC, que envolviam extorsão, suborno, fraude eleitoral, proteção de empresários, sonegação e evasão ilegal de divisas;  Lavagem de dinheiro feita pelo tesoureiro da campanha, Paulo César Farias, através das empresas como o Brasil-Jet, do pagamento de despesas da casa da Dinda- mansão de Collor em Brasília.
  10. 10.  Em setembro de 1992, a Câmara dos Deputados aceitou o pedido de impeachment;  Collor teve seus direitos políticos cassados por oito anos;  Ele também foi processado por crime de “formação de quadrilha”, pelo qual foi absorvido mais tarde.
  11. 11.  Collor tentou concorrer à prefeitura de São Paulo nas eleições de 2000. Foi impedido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).  De volta à vida política, disputou, nas eleições de 2002, o governo de Alagoas, mas foi derrotado pelo então governador, Ronaldo Lessa (PSB).  Quatro anos mais tarde, no entanto, elegeu-se como senador pelo Estado, conquistando um mandato de oito anos.  Em 4 de março de 2009, tornou-se presidente da Comissão de Infraestrutura do Senado Federal.
  12. 12. Nome completo: Itamar Augusto Cautiero Franco Nascimento: 28/06/1930 - Salvador Falecimento: 02/07/2011 - São Paulo Mandato presidencial: 2 de outubro de 1992 a 1 de janeiro de 1995 Foi um político e engenheiro civil brasileiro.
  13. 13.  Órfão de pai, que morreu de malária antes de seu nascimento, viveu uma infância pobre em Juiz de Fora, Minas Gerais, ajudando a mãe a entregar marmitas.  Formou-se em engenharia e eletrotécnica pela Escola de Engenharia de Juiz de Fora, em 1955. Ingressou na política pelo MDB (Movimento Democrático Brasileiro), partido pelo qual foi eleito prefeito da cidade em 1966 e 1972 e senador por Minas Gerais em 1974 e 1982.
  14. 14.  Itamar Franco assumiu a presidência após o Impeachment de Fernando Collor de Mello de forma interina entre outubro e dezembro de 92, e em caráter definitivo em 29 de dezembro de 1992.  O Brasil vivia um dos momentos mais difíceis de sua história: recessão prolongada, inflação aguda e crônica, desemprego, etc. Em meio a todos esses problemas e o recém Impeachment de Fernando Collor de Mello, os brasileiros se encontravam em uma situação de descrença geral nas instituições e de baixa auto-estima.
  15. 15.  Sua administração foi marcada pelo lançamento do Plano Real, em 1º de março de 1994. Estabelecido pelo então ministro da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso, o plano promoveu a queda da inflação, e no primeiro trimestre de 1994, a atividade econômica cresceu em proporções comparáveis apenas ao início da década de 1980, verificando-se um grande aumento do consumo, apesar da manutenção das altas taxas de juros.
  16. 16.  Plano Real.  Visava criar uma unidade real de valor (URV) para todos os produtos, desvinculada da moeda vigente, o Cruzeiro Real.  Desta forma, cada URV correspondia a US$1. Posteriormente a URV veio a ser denominada “Real”, a nova moeda brasileira.  O Plano Real foi eficiente, já que proporcionou o aumento do poder de compra dos brasileiros e o controle da inflação.
  17. 17.  Após deixar a Presidência da República, Itamar Franco tornou-se embaixador do Brasil em Portugal e, posteriormente, ocupou o mesmo posto na OEA (Organização dos Estados Americanos), em Washington (EUA).  Retornou ao país para disputar o governo de Minas Gerais, em 1998. Eleito, governou o Estado de 1999 a 2002. Nesse período, o mineiro inicia uma cruzada contra Fernando Henrique Cardoso e passa, de Minas Gerais, a criticar o governo federal. Sua gestão foi marcada por imbróglios contra FHC.  Em 2006, tentou uma vaga para disputar o Senado pelo PMDB, mas foi novamente preterido pelo partido, que escolheu Newton Cardoso.
  18. 18.  Itamar morreu em 2 de julho de 2011, aos 81 anos, em São Paulo, em decorrência de um acidente vascular cerebral. Ele estava internado desde o dia 21 de maio, quando foi diagnosticado com leucemia.

×