Desenvolvimento Sustentável em Governança  de Redes Sociais e Organizacionais  Aluno: June Alisson Westarb Cruz
Apresentação da Proposta
PROBLEMA DE PESQUISA Qual a relação entre os estados de configuração estrutural, estados de governança e estados de desenv...
OBJETIVO GERAL Identificar a relação entre os estados de configuração estrutural, estados de governança e estados de desen...
PERGUNTAS NORTEADORAS <ul><li>Qual a dinâmica temporal da estrutura da Rede proposta nos  </li></ul><ul><li>períodos de 20...
OBJETIVOS ESPECÍFICOS <ul><li>Qual a dinâmica temporal da estrutura da Rede proposta nos períodos de 2007 a 2011 e a qual ...
Problema de Pesquisa e Objetivo Geral Pergunta norteadora Pergunta norteadora Pergunta norteadora 8 Objetivos específicos ...
SÉRIE TEMPORAL DO ESTUDO Estrutura Governança Desenvolvimento Estrutura Estrutura Estrutura Estrutura Governança Desenvolv...
Abordagem Teórica
ESTRUTURA ABORDAGEM TEÓRICA Redes Governança D. Sustentável Estrutura Estratégia Momento e Princípio Desenvolvimento Suste...
ESTRUTURA ABORDAGEM TEÓRICA Redes Estrutura <ul><li>Contexto Geral de Redes </li></ul><ul><li>Tipologia de Redes  (Abordag...
ESTRUTURA ABORDAGEM TEÓRICA <ul><li>Contexto Geral de Governança </li></ul><ul><li>Tipologia de Governança </li></ul><ul><...
ESTRUTURA ABORDAGEM TEÓRICA <ul><li>Contexto Geral de Desenvolvimento </li></ul><ul><li>Dimensões de Desenvolvimento </li>...
Metodologia Proposta
ESTRUTURA DELINEAMENTO DA PESQUISA Trata-se de uma proposta de pesquisa exploratória e descritiva, sendo sua tipologia de ...
ESTRUTURA FORMAS DE COLETA DE DADOS 1) Pesquisa bibliográfica; 2) Análise documental; 3) Questionário; 4) Entrevista Semi-...
FORMAS DE ANÁLISE DOS DADOS 1) Análise de Redes Socias (Sistema UCINET); 2) Análise de Conteúdo (Sistema Atlas.ti); 3) Aná...
ETAPAS SUGERIDAS
DESDOBRAMENTO OPERACIONAL DAS ETAPAS 1) Objetivo Específico 2) Forma de Coleta de dados 3) Amostra Pretendida 4) Forma de ...
PRIMEIRA ETAPA <ul><li>SÉRIE DE ANÁLISE:  2007 a 2011 </li></ul><ul><li>FORMA DE COLETA:  Análise Documental, Observação D...
SEGUNDA ETAPA <ul><li>SÉRIE DE ANÁLISE:  2007 e 2011 </li></ul><ul><li>FORMA DE COLETA:  Entrevista semi-estruturada, Anál...
TERCEIRA ETAPA <ul><li>SÉRIE DE ANÁLISE:  2007 e 2011 </li></ul><ul><li>FORMA DE COLETA:  Entrevista semi-estruturada, Aná...
MODELO DE ANÁLISE PROPOSTO
DESCRIÇÃO DO MODELO O modelo é estruturado por três definições constitutivas, que se apresentam aplicadas a qualquer eleme...
PRESPECTIVA DE ESTADO O Estado prescede a perspectiva de “condição” e “situação” de determinado elemento em seu “tempo”, q...
ESTADOS DO MODELO Estabilidade:  o estado de estabilidade demonstra o momento do desenvolvimento atual do objeto de estudo...
ESTADOS DO MODELO Resposta:  o estado de resposta preconiza a necessidade de alteração de um determinado elemento identifi...
MUDANÇA ENTRE ESTADOS A mudança entre os estados (estável, pressão e resposta) de desenvolvimento prescedem a teoria Quânt...
AMBIENTES PROPOSTOS Cada um dos estados previstos é relacionado em dois ambientes distintos: ambiente interno e externo.  ...
AMBIENTES PROPOSTOS Ambiente externo:  o ambiente externo é representado por ações, recursos, políticas, setores, dados ec...
DIMENSÕES DO MODELO Cada estado e seu ambiente apresentam-se dimensionados nas seguintes perspectivas:  Ambiental,  Econôm...
DESCRIÇÃO DO MODELO Dessa forma um único elemento de estudo pode ser relacionado em mais de um estado sob a perspectiva de...
DESCRIÇÃO DO MODELO Dessa forma um único elemento de estudo pode ser relacionado em mais de um estado sob a perspectiva de...
DESCRIÇÃO DO MODELO
RESULTADOS ESPERADOS Redes Governança D. Sustentável Estrutura 2007 a 2011 Estratégia 2007 e 2011 Momento e Princípio 2007...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desenvolvimento Sustentável em Governança de Redes Sociais e Organizacionais

1.628 visualizações

Publicada em

Por June ao Grupo de Pesquisa Gestão da Informação e do Conhecimento e Inovação do Programa de Pós-Graduação em Administração da Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.628
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desenvolvimento Sustentável em Governança de Redes Sociais e Organizacionais

  1. 1. Desenvolvimento Sustentável em Governança de Redes Sociais e Organizacionais Aluno: June Alisson Westarb Cruz
  2. 2. Apresentação da Proposta
  3. 3. PROBLEMA DE PESQUISA Qual a relação entre os estados de configuração estrutural, estados de governança e estados de desenvolvimento sustentável da Rede de Organizações de Materiais Recicláveis da Grande Curitiba?
  4. 4. OBJETIVO GERAL Identificar a relação entre os estados de configuração estrutural, estados de governança e estados de desenvolvimento sustentável da Rede de Organizações de Materiais Recicláveis da Grande Curitiba
  5. 5. PERGUNTAS NORTEADORAS <ul><li>Qual a dinâmica temporal da estrutura da Rede proposta nos </li></ul><ul><li>períodos de 2007 a 2011 e a qual tipo de Rede ela se enquadra? </li></ul><ul><li>2) Qual a dinâmica temporal da Governança da Rede nos períodos </li></ul><ul><li>de 2007 e 2011 e a qual tipo de governança ela se enquadra? </li></ul><ul><li>3) Qual a relação das ações da Rede proposta e sua forma de </li></ul><ul><li>Governança com a proposição de desenvolvimento sustentável em </li></ul><ul><li>suas dimensões? </li></ul>
  6. 6. OBJETIVOS ESPECÍFICOS <ul><li>Qual a dinâmica temporal da estrutura da Rede proposta nos períodos de 2007 a 2011 e a qual tipo de Rede ela se enquadra? </li></ul><ul><li>8 Objetivos – Definições constitutivas e operacionais </li></ul><ul><li>2) Qual a dinâmica temporal da Governança da Rede nos períodos de 2007 e 2011 e a qual tipo de governança ela se enquadra? </li></ul><ul><li>4 Objetivos – Definições constitutivas e operacionais </li></ul><ul><li>3) Qual a relação das ações da Rede proposta e sua forma de </li></ul><ul><li>Governança com a proposição de desenvolvimento sustentável em </li></ul><ul><li>suas dimensões? </li></ul><ul><li>4 Objetivos – Definições constitutivas e operacionais </li></ul>
  7. 7. Problema de Pesquisa e Objetivo Geral Pergunta norteadora Pergunta norteadora Pergunta norteadora 8 Objetivos específicos Definições Operacionais Definições Constitutivas 4 Objetivos específicos Definições Operacionais Definições Constitutivas 4 Objetivos específicos Definições Operacionais Definições Constitutivas Redes Governança Des. Sustentável Desenvolvimento Sustentável, Governança e Redes ORGANIZAÇÃO DA PROPOSTA
  8. 8. SÉRIE TEMPORAL DO ESTUDO Estrutura Governança Desenvolvimento Estrutura Estrutura Estrutura Estrutura Governança Desenvolvimento 2007 2008 2009 2010 2011
  9. 9. Abordagem Teórica
  10. 10. ESTRUTURA ABORDAGEM TEÓRICA Redes Governança D. Sustentável Estrutura Estratégia Momento e Princípio Desenvolvimento Sustentável em Governança de Redes
  11. 11. ESTRUTURA ABORDAGEM TEÓRICA Redes Estrutura <ul><li>Contexto Geral de Redes </li></ul><ul><li>Tipologia de Redes (Abordagem multidisciplinar) </li></ul><ul><li>Implementação e Evolução de Redes (dinâmicas) </li></ul><ul><li>Limitação Explicativa de Redes </li></ul>
  12. 12. ESTRUTURA ABORDAGEM TEÓRICA <ul><li>Contexto Geral de Governança </li></ul><ul><li>Tipologia de Governança </li></ul><ul><li>Governança como Estratégia </li></ul><ul><li>Governança em Redes </li></ul>Governança Estratégia
  13. 13. ESTRUTURA ABORDAGEM TEÓRICA <ul><li>Contexto Geral de Desenvolvimento </li></ul><ul><li>Dimensões de Desenvolvimento </li></ul><ul><li>Desenvolvimento como Desempenho </li></ul>D. Sustentável Momento e Princípio
  14. 14. Metodologia Proposta
  15. 15. ESTRUTURA DELINEAMENTO DA PESQUISA Trata-se de uma proposta de pesquisa exploratória e descritiva, sendo sua tipologia de estudo de caso em uma série temporal, com pesquisa bibliográfica, documental, de campo e de levantamento. Como forma de coleta de dados, pretende se utilizar a aplicação de questionários, entrevistas semi-estruturadas, análises em documentos e relatórios, além da participação do pesquisador em fóruns, reuniões e congressos da Rede de Organizações de Materiais Recicláveis. A proposta tem caráter qualitativo e quantitativo, utilizando a série histórica do mapeamento da Estrutura da Rede nos períodos de 2007, 2008 e 2009, 2010 e 2011, o mapeamento e análise das práticas de governança nos períodos de 2007 e 2011 e suas relações de sustentabilidade.
  16. 16. ESTRUTURA FORMAS DE COLETA DE DADOS 1) Pesquisa bibliográfica; 2) Análise documental; 3) Questionário; 4) Entrevista Semi-estruturada; 5) Observação direta; 6) Longitudinal Tipo Painel.
  17. 17. FORMAS DE ANÁLISE DOS DADOS 1) Análise de Redes Socias (Sistema UCINET); 2) Análise de Conteúdo (Sistema Atlas.ti); 3) Análises Descritivas.
  18. 18. ETAPAS SUGERIDAS
  19. 19. DESDOBRAMENTO OPERACIONAL DAS ETAPAS 1) Objetivo Específico 2) Forma de Coleta de dados 3) Amostra Pretendida 4) Forma de Análise dos dados 5) Resultado Esperado
  20. 20. PRIMEIRA ETAPA <ul><li>SÉRIE DE ANÁLISE: 2007 a 2011 </li></ul><ul><li>FORMA DE COLETA: Análise Documental, Observação Direta, Entrevista e questionário de indicação </li></ul><ul><li>MÉTODO DE ANÁLISE: Análise de Redes, Análise de Conteúdo e Análise Descritiva. </li></ul><ul><li>RESULTADO ESPERADO: Mapeamento da Estrutura na série temporal (Estado de Estrutura de Redes) </li></ul>
  21. 21. SEGUNDA ETAPA <ul><li>SÉRIE DE ANÁLISE: 2007 e 2011 </li></ul><ul><li>FORMA DE COLETA: Entrevista semi-estruturada, Análise Documental, Questionário e Observação Direta. </li></ul><ul><li>MÉTODO DE ANÁLISE: Análise de Conteúdo e Análise Descritiva. </li></ul><ul><li>RESULTADO ESPERADO: Mapeamento da Forma e Prática de Governança na série proposta (Estado de Governança). </li></ul>
  22. 22. TERCEIRA ETAPA <ul><li>SÉRIE DE ANÁLISE: 2007 e 2011 </li></ul><ul><li>FORMA DE COLETA: Entrevista semi-estruturada, Análise Documental e Questionário. </li></ul><ul><li>MÉTODO DE ANÁLISE: Análise de Conteúdo e Análise Descritiva. </li></ul><ul><li>RESULTADO ESPERADO: Mapeamento do Estado de Desenvolvimento Sustentável por meio do modelo proposto. </li></ul>
  23. 23. MODELO DE ANÁLISE PROPOSTO
  24. 24. DESCRIÇÃO DO MODELO O modelo é estruturado por três definições constitutivas, que se apresentam aplicadas a qualquer elemento da organização, seja ele oriundo da estrutura, da forma de gestão ou do setor, sendo separados em: 1) Estado; 2) Ambiente; 3) Dimensão.
  25. 25. PRESPECTIVA DE ESTADO O Estado prescede a perspectiva de “condição” e “situação” de determinado elemento em seu “tempo”, que pode ser interpretado por três momentos diferentes: Estado estável, de pressão e de resposta, observe a seguir o contexto geral de cada um dos Estados do modelo:
  26. 26. ESTADOS DO MODELO Estabilidade: o estado de estabilidade demonstra o momento do desenvolvimento atual do objeto de estudo, evidenciando o estado de normalidade acerca do elemento ou da dinâmica (rotina) do mercado, sociedade, grupo, rede social e organizacional, entre outros. Pressão: o estado de pressão preconiza a alteração do estado de estabilidade, passando a ser considerado fora da normalidade, gerando uma necessidade de resposta ou até sendo fruto da alteração de um elemento do estado de resposta.
  27. 27. ESTADOS DO MODELO Resposta: o estado de resposta preconiza a necessidade de alteração de um determinado elemento identificado como estado de pressão, podendo estabelecer a normalidade do atual elemento, gerando novas tendências, comportamentos, controles, estratégias, entre outros, que podem gerar novos estados de pressão.
  28. 28. MUDANÇA ENTRE ESTADOS A mudança entre os estados (estável, pressão e resposta) de desenvolvimento prescedem a teoria Quântica, que se relaciona por meio da mudança de vários elementos ao mesmo tempo, resolvendo as “forças opostas” uma de cada vez (MINTZBERG, et al, 2000, p. 230), e essas (forças opostas) se relacionam uma cadeia de alterações, possibilitando um elemento ser considerado no estado de estabilidade sob o enfoque ambiental e pressão sob o foco econômico, entre outras variáveis (MILLER; FRIESEN, 1980).
  29. 29. AMBIENTES PROPOSTOS Cada um dos estados previstos é relacionado em dois ambientes distintos: ambiente interno e externo. Ambiente interno: o ambiente interno é representado pelas ações, recursos, relações, políticas, negócios, objetivos de origem interna aos interessados diretos e participantes da rede, como exemplo podemos destacar: poder de oferta de materiais; capacidade instalada de armazenamento e distribuição de materiais; remuneração gerada aos integrantes da rede; entre outros.
  30. 30. AMBIENTES PROPOSTOS Ambiente externo: o ambiente externo é representado por ações, recursos, políticas, setores, dados econômicos e mercados externos aos participantes da rede, como exemplo podemos destacar: relação de câmbio; nível de inflação; crescimento médio do setor; comportamento e consumo relacionados indiretamente a atividade da rede; salário mínimo; regulamentações e regulações diversas; aspectos legais; aspectos contábeis; estabelecimento de novos produtos e tendências, entre outros.
  31. 31. DIMENSÕES DO MODELO Cada estado e seu ambiente apresentam-se dimensionados nas seguintes perspectivas: Ambiental, Econômica, Social, Institucional.
  32. 32. DESCRIÇÃO DO MODELO Dessa forma um único elemento de estudo pode ser relacionado em mais de um estado sob a perspectiva de mais de uma dimensão sob um único tipo de ambiente, e as ações resultantes do estimulo de alteração desse elemento em determinado estado, pode ser dimensionado sob uma perspectiva de estado e dimensão, gerando uma alteração de estado em outra dimensão. O elemento é caracterizado pelo objeto de análise, sendo representado por bens, direitos,obrigações, comportamentos, entre outros.
  33. 33. DESCRIÇÃO DO MODELO Dessa forma um único elemento de estudo pode ser relacionado em mais de um estado sob a perspectiva de mais de uma dimensão sob um único tipo de ambiente, e as ações resultantes do estimulo de alteração desse elemento em determinado estado, pode ser dimensionado sob uma perspectiva de estado e dimensão, gerando uma alteração de estado em outra dimensão. O elemento é caracterizado pelo objeto de análise, sendo representado por bens, direitos,obrigações, comportamentos, entre outros.
  34. 34. DESCRIÇÃO DO MODELO
  35. 35. RESULTADOS ESPERADOS Redes Governança D. Sustentável Estrutura 2007 a 2011 Estratégia 2007 e 2011 Momento e Princípio 2007 e 2011 Identificar relação dos estados de rede, estados de governança e estado de desenvolvimento.

×