SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
HIP HOP
Música / Grafite / Dança
• O Hip Hop é um movimento cultural iniciado no final da década de
  1960 nas áreas centrais de comunidades jamaicanas, latinas e
  afro-americanas da cidade de Nova Yorque nos Estados Unidos
  como forma de reação aos conflitos sociais e à violência sofrida
  pelas classes menos favorecidas da sociedade humana.
• É uma espécie de cultura das ruas um movimento de
  reinvindicação de espaço e voz das periferias, traduzindo nas
  letras questionadoras e agressivas, no ritmo forte e intenso e nas
  imagens grafitadas pelos muros das cidades.
• R&B ou Rhythm and Blues –
  Se aplica em qualquer forma
  de música pop por artistas
  negros.
• Artistas como Beyoncé,
  Bruno Mars, B.o.B e Alicia
  Keys fazem parte do gênero
  de música R&B.
• Rap - Rhithm And Poesy, no
  português Ritmo & Poesia.
  Poesia feita através de rimas
• Caracterizado por rimas
  criticando problemas políticos
  e econômicos.
• É um dos pilares da cultura
  Hip Hop.
• Um dos grupos mais
  conhecido no Brasil são os
  Racionais Mc’s.
• Free Stille - O Free Stille é uma batalha
  de rimas improvisadas por MC’s. Dois
  rivais, um microfone, e uma batida
  pesada. Um contra o outro. Num espaço
  de tempo com direito a empate e
  prorrogação. O melhor nos versos ganha.
• Beat Box – O termo beat box (que, a partir
  do inglês, significa literalmente caixa de
  batida). Refere-se a percussão vocal do
  hip-hop. Consiste na arte em reproduzir
  sons de bateria com a voz, boca e
  cavidade nasal. Também envolve o canto,
  imitação vocal de efeitos de DJs,
  simulação de cornetas, cordas e outros
  instrumentos musicais, além de outros
  efeitos sonoros.
• É uma expressão plástica ou manifestação artística em locais
  públicos. Sendo considerado por muitos uma forma de arte
  diferente, ao contrario do “picho” que têm função de apenas deixar
  a sua marca, o grafite é usado por muitos como forma de
  expressão e denúncia. O grafite representa desenhos, apelidos ou
  mensagens. Feitas com spray, rolinho e pincel em muros ou
  paredes. Muito se discutiu sobre a procedência do grafite com o
  vandalismo e a pichação, hoje é considerado uma das grandes
  artes contemporâneas, entretanto, os principais artistas
  comprovam que já foram pichadores.
•   Graffiti Tag – Assinaturas feitas a base de spray,
    quando utilizadas negativas podem ser
    consideradas “pichação”. É também visto no
    formato de frases que complementam um desenho.
•   Graffiti Throw-up – Elaborado de forma rápida sem
    detalhes na estética, á base de só duas a três
    cores.
•   Graffiti Piece – Suas letras e desenhos apresentam
    um tom de mais liberdade com mais cores. Ao
    contrário do throw-up, suas letras e desenhos
    apresentam um tom de estética mais apurado.
•   Graffiti 3D – Um dos mais sofisticados estilos do grafite, conhecido por letras e
    desenhos tridimensionais.
•   Break - Nasce como forma de protesto
    contra a guerra no Vietnã e defendendo
    jovens, mortos ou debilitados por ela. Os
    primeiros B-Boys dançavam
    simbolizando soldados norte-americanos
    que voltavam deficientes das batalhas ou
    representavam algum objeto de
    destruição, como por exemplo, o giro de
    cabeça simboliza um helicóptero.
    Movimentos que vão desde mímicas a
    acrobacias olímpicas e encenações de
    lutas marciais. A dança é inspirada nos
    movimentos de guerra.
• Locking – Esse estilo se
  caracteriza por vários
  movimentos de braços
  combinando com quadris e
  pernas. Originado da dança
  Funk, estilo popularizado pelo
  James Brown.
• Popping – Caracterizada pela
  improvisação de passos de
  acordo com a batida da
  música.
• Up Rocking – Consiste em
  simular uma luta, muitas
  gangues aderiram o estilo
  nos anos 70 como uma
  forma amigável de resolver
  as suas diferenças.
• Freestyle – Mistura de
  todos os outros estilos,
  onde os movimentos
  variam.
• Iniciou-se em São Paulo na década de 80, precisamente na estação de
  Metrô São Bento e na Rua 25 de Maio no centro da capital as primeiras
  manifestações. O hip hop vai além de rimas coordenadas e entretenimento.
  Em anos de amadurecimento, hoje podemos dizer que é uma cultura
  infundida na criação de opinião com base em experiências práticas,
  repassadas de igual pra igual. De um lado conservadores se limitam
  dizendo que o movimento influencia a criminalidade. Do outro o rap, por
  exemplo, apresenta alternativas de arte e profissão através da música em
  locais onde o Estado dificilmente chega com uma política de educação e
  formação. Hoje o movimento trabalha com núcleos de aprendizagem
  educacionais, oficinas, centros de inserção de jovens ao mercado de
  trabalho e blocos culturais.
Thaide e Dj Hum   Nelson Triunfo   Racionais Mc’s
• Grupo: Amanda Dantas, Beatriz Ferreira, Dayane Nascimento e Eduarda Maria.




                                                             Obrigado pela atenção! ;*
Hip Hop: Música, Grafite e Dança

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

A história da mpb
A história da mpbA história da mpb
A história da mpb
 
Trabalho Sobre Musica
Trabalho Sobre MusicaTrabalho Sobre Musica
Trabalho Sobre Musica
 
Rap
RapRap
Rap
 
Dança de rua
Dança de ruaDança de rua
Dança de rua
 
História da dança
História da dançaHistória da dança
História da dança
 
Origem do Hip-Hop.pptx
Origem do Hip-Hop.pptxOrigem do Hip-Hop.pptx
Origem do Hip-Hop.pptx
 
Tropicalismo
TropicalismoTropicalismo
Tropicalismo
 
Slide música – estilos e gêneros musicais diversos
Slide música – estilos e gêneros musicais diversosSlide música – estilos e gêneros musicais diversos
Slide música – estilos e gêneros musicais diversos
 
Dança de rua
Dança de ruaDança de rua
Dança de rua
 
Musica
MusicaMusica
Musica
 
Musica brasileira
Musica brasileiraMusica brasileira
Musica brasileira
 
Anos 60, 70 e 80 cultura
Anos 60, 70 e 80 culturaAnos 60, 70 e 80 cultura
Anos 60, 70 e 80 cultura
 
Danças folclóricas
Danças folclóricasDanças folclóricas
Danças folclóricas
 
A História da Música
A História da MúsicaA História da Música
A História da Música
 
Danças Urbanas 2023.pptx
Danças Urbanas 2023.pptxDanças Urbanas 2023.pptx
Danças Urbanas 2023.pptx
 
Samba
SambaSamba
Samba
 
POP MUSIC
POP MUSICPOP MUSIC
POP MUSIC
 
Danças existentes
Danças existentesDanças existentes
Danças existentes
 
Dança de salão.
Dança de salão.Dança de salão.
Dança de salão.
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 

Semelhante a Hip Hop: Música, Grafite e Dança

Semelhante a Hip Hop: Música, Grafite e Dança (20)

Hip Hop
Hip HopHip Hop
Hip Hop
 
Hip Hop
Hip HopHip Hop
Hip Hop
 
Hip Hop Slide4[1]
Hip Hop Slide4[1]Hip Hop Slide4[1]
Hip Hop Slide4[1]
 
H³-HABILIDADES DO HIP HOP
H³-HABILIDADES DO HIP HOPH³-HABILIDADES DO HIP HOP
H³-HABILIDADES DO HIP HOP
 
H³-HABILIDADES DO HIP HOP
H³-HABILIDADES DO HIP HOPH³-HABILIDADES DO HIP HOP
H³-HABILIDADES DO HIP HOP
 
Hip hop filipa e juliana
Hip hop  filipa e juliana Hip hop  filipa e juliana
Hip hop filipa e juliana
 
Manguebeat, funk e hip hop
Manguebeat, funk e hip hopManguebeat, funk e hip hop
Manguebeat, funk e hip hop
 
Hip Hop Slide4[1]
Hip Hop Slide4[1]Hip Hop Slide4[1]
Hip Hop Slide4[1]
 
Rap, o lugar da palavra
Rap, o lugar da palavraRap, o lugar da palavra
Rap, o lugar da palavra
 
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide CarvalhoP rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
 
Apres. rap hip-hop
Apres. rap hip-hopApres. rap hip-hop
Apres. rap hip-hop
 
H³-HABILIDADES DO HIP HOP
H³-HABILIDADES DO HIP HOPH³-HABILIDADES DO HIP HOP
H³-HABILIDADES DO HIP HOP
 
Glossário tribos urbanas
Glossário tribos urbanasGlossário tribos urbanas
Glossário tribos urbanas
 
Hip Hop
Hip HopHip Hop
Hip Hop
 
HIP HOP
HIP HOPHIP HOP
HIP HOP
 
RAP
RAPRAP
RAP
 
Musica urbana
Musica urbana Musica urbana
Musica urbana
 
Música Brasil
Música BrasilMúsica Brasil
Música Brasil
 
Danças Urbanas.pptx
Danças Urbanas.pptxDanças Urbanas.pptx
Danças Urbanas.pptx
 
SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRASEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
 

Último

UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 

Último (20)

UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 

Hip Hop: Música, Grafite e Dança

  • 1. HIP HOP Música / Grafite / Dança
  • 2. • O Hip Hop é um movimento cultural iniciado no final da década de 1960 nas áreas centrais de comunidades jamaicanas, latinas e afro-americanas da cidade de Nova Yorque nos Estados Unidos como forma de reação aos conflitos sociais e à violência sofrida pelas classes menos favorecidas da sociedade humana. • É uma espécie de cultura das ruas um movimento de reinvindicação de espaço e voz das periferias, traduzindo nas letras questionadoras e agressivas, no ritmo forte e intenso e nas imagens grafitadas pelos muros das cidades.
  • 3. • R&B ou Rhythm and Blues – Se aplica em qualquer forma de música pop por artistas negros. • Artistas como Beyoncé, Bruno Mars, B.o.B e Alicia Keys fazem parte do gênero de música R&B.
  • 4. • Rap - Rhithm And Poesy, no português Ritmo & Poesia. Poesia feita através de rimas • Caracterizado por rimas criticando problemas políticos e econômicos. • É um dos pilares da cultura Hip Hop. • Um dos grupos mais conhecido no Brasil são os Racionais Mc’s.
  • 5. • Free Stille - O Free Stille é uma batalha de rimas improvisadas por MC’s. Dois rivais, um microfone, e uma batida pesada. Um contra o outro. Num espaço de tempo com direito a empate e prorrogação. O melhor nos versos ganha. • Beat Box – O termo beat box (que, a partir do inglês, significa literalmente caixa de batida). Refere-se a percussão vocal do hip-hop. Consiste na arte em reproduzir sons de bateria com a voz, boca e cavidade nasal. Também envolve o canto, imitação vocal de efeitos de DJs, simulação de cornetas, cordas e outros instrumentos musicais, além de outros efeitos sonoros.
  • 6. • É uma expressão plástica ou manifestação artística em locais públicos. Sendo considerado por muitos uma forma de arte diferente, ao contrario do “picho” que têm função de apenas deixar a sua marca, o grafite é usado por muitos como forma de expressão e denúncia. O grafite representa desenhos, apelidos ou mensagens. Feitas com spray, rolinho e pincel em muros ou paredes. Muito se discutiu sobre a procedência do grafite com o vandalismo e a pichação, hoje é considerado uma das grandes artes contemporâneas, entretanto, os principais artistas comprovam que já foram pichadores.
  • 7. Graffiti Tag – Assinaturas feitas a base de spray, quando utilizadas negativas podem ser consideradas “pichação”. É também visto no formato de frases que complementam um desenho. • Graffiti Throw-up – Elaborado de forma rápida sem detalhes na estética, á base de só duas a três cores. • Graffiti Piece – Suas letras e desenhos apresentam um tom de mais liberdade com mais cores. Ao contrário do throw-up, suas letras e desenhos apresentam um tom de estética mais apurado.
  • 8. Graffiti 3D – Um dos mais sofisticados estilos do grafite, conhecido por letras e desenhos tridimensionais.
  • 9. Break - Nasce como forma de protesto contra a guerra no Vietnã e defendendo jovens, mortos ou debilitados por ela. Os primeiros B-Boys dançavam simbolizando soldados norte-americanos que voltavam deficientes das batalhas ou representavam algum objeto de destruição, como por exemplo, o giro de cabeça simboliza um helicóptero. Movimentos que vão desde mímicas a acrobacias olímpicas e encenações de lutas marciais. A dança é inspirada nos movimentos de guerra.
  • 10. • Locking – Esse estilo se caracteriza por vários movimentos de braços combinando com quadris e pernas. Originado da dança Funk, estilo popularizado pelo James Brown. • Popping – Caracterizada pela improvisação de passos de acordo com a batida da música.
  • 11. • Up Rocking – Consiste em simular uma luta, muitas gangues aderiram o estilo nos anos 70 como uma forma amigável de resolver as suas diferenças. • Freestyle – Mistura de todos os outros estilos, onde os movimentos variam.
  • 12. • Iniciou-se em São Paulo na década de 80, precisamente na estação de Metrô São Bento e na Rua 25 de Maio no centro da capital as primeiras manifestações. O hip hop vai além de rimas coordenadas e entretenimento. Em anos de amadurecimento, hoje podemos dizer que é uma cultura infundida na criação de opinião com base em experiências práticas, repassadas de igual pra igual. De um lado conservadores se limitam dizendo que o movimento influencia a criminalidade. Do outro o rap, por exemplo, apresenta alternativas de arte e profissão através da música em locais onde o Estado dificilmente chega com uma política de educação e formação. Hoje o movimento trabalha com núcleos de aprendizagem educacionais, oficinas, centros de inserção de jovens ao mercado de trabalho e blocos culturais.
  • 13. Thaide e Dj Hum Nelson Triunfo Racionais Mc’s
  • 14. • Grupo: Amanda Dantas, Beatriz Ferreira, Dayane Nascimento e Eduarda Maria. Obrigado pela atenção! ;*