SlideShare uma empresa Scribd logo

Química analítica - exercícios (obtido da internet)

Lista de exercícios sobre química quantitativa

1 de 6
Baixar para ler offline
QUÍMICA ANALÍTICA
Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que
é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo. (Confúcio) 1
LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE GRAVIMETRIA, VOLUMETRIA DE
NEUTRALIZAÇÃO, VOLUMETRIA DE COMPLEXAÇÃO, OXIDAÇÃO-
REDUÇÃO E PRECIPITAÇÃO
1. Dentre as vária vantagens da análise gravimétrica em relação a análise volumétrica em química
analítica podemos citar que:
a. Apresenta-se como um método muito sensível (pode determinar quantidades muito
pequenas de amostra na ordem de microgramas);
b. Na análise gravimétrica utiliza-se equipamentos simples e de baixo custo, como balança,
béquer, mufla, etc.
c. Na análise gravimétrica o sólido formado não precisa ser secado
d. Não acumula erros em suas passagens
e. Não acumula erros em suas passagens
2. Em uma padronização de solução de EDTA a partir uma solução p adrão de cálcio de 0,2000 M ,
foram necessários 30,00 mL da sol. EDTA para atingir o ponto final . Considerando que foram
usados 15,00 mL da solução de cálcio, qual a concentração da solução de EDTA em mol/L? (R:
0,1M)
3. As reações de formação de complexos apresentam diversas utilidades em química analítica, mas sua
aplicação clássica está nas titulações complexométricas.Com relação a essas reações é correto
afirmar que:
a. Um íon metálico reage com um ligante adequado para formar um complexo;
b. O ponto de equivalência não é determinado por um indicador;
c. O reagente titulante usual é o permanganato de potássio;
d. Trata-se de uma reação de óxido-redução;
e. É empregada na determinação de ânions.
4. Na determinação do teor de água oxigenada utilizando-se permanganato de potássio previamente
padronizado, o indicador empregado deve ser:
a. Fenolftaleína
b. Nitrato de prata
c. Permanganato de potássio
d. Azul de metileno
e. Alaranjado de metila
5. A determinação do ponto final em uma reação de complexação pode ser determinado:
a. Apenas visualmente com o uso de indicadores de metais;
b. Através de métodos instrumentais e visuais com o uso de indicadores de metais;
c. Apenas através de métodos instrumentais;
d. Utilizando-se apenas um indicador ácido-base;
QUÍMICA ANALÍTICA
Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que
é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo. (Confúcio) 2
e. Utilizando-se o Permanganato de potássio.
6. Na determinação do teor de Cloretos pelo método de Mohr, pode-se afirmar que:
a. O íon Cl-
é precipitado da forma de AgCl
b. Não emprega-se indicador
c. O ácido crômico é empregado com indicador
d. A solução de Nitrato de Prata não precisa estar padronizada
e. A fenolfatléina é usada como indicador
7. Um indicador de adsorção é um composto orgânico que tende a ser adsorvido sobre a supeerfície de
um sólido em uma titulação de precipitação. Verifica-se o uso deste no método de determinação de:
a. Halogênios pelo método de Fajans
b. Halogênios pelo método de Mohr
c. Halogênios pelo método de Volhard
d. Sulfatos pelo método de Mohr
e. Metais
8. O Cromato de sódio pode servir como indicador para as determinações argentométricas de íons
cloretos, brometo e cianeto por meio da reação com íons prata para formar um precipitado
Ag2CrO4 de cor:
a. Branco
b. Vermelho tijolo
c. Amarelo
d. Verde
e. Marrom
9. Na argentometria o titulante empregado é o:
a. Permanganato de potássio
b. Cromato de potássio
c. Nitrato de prata
d. Tiossulfato de sódio
e. Cloreto de sódio
10. A substância KMnO4 é conhecido titulante usado na volumetria de óxido-redução . Qual é o
indicador visual típico usado na permanganimetria ?
a. Fenolftaleína
b. KMnO4
c. HCl
d. Vermelho de metila
e. EDTA
QUÍMICA ANALÍTICA
Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que
é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo. (Confúcio) 3
11. Quais seriam as limitações de aplicações da volumetria de óxido -redução ?
a. não analisar altas concentrações de substâncias , por exemplo 1 a 10 %
b. não analisar agentes redutores e agentes oxidantes
c. não analisar amostras coloridas e concentrações muito abaixo de 1 mg/L
d. não analisar KMnO4 , H2O2 , K2Cr2O7
e. não analisar fenol , Antipyrine , cafeína
12. Quais aplicações possíveis da volumetria de complexação utilizando EDTA como titulante?
a. nitrato , brometo e sulfato
b. sódio
c. potássio e prata
d. cálcio , zinco , magnésio e outros 40 a 50 elementos metálicos
e. todos elementos da tabela periódica
13. Quais compostos abaixo são tradicionalmente analisados pela Argentometria ?
a. iodeto , cloreto e brometo
b. ácidos sulfúrico , clorídrico e nítrico
c. hidróxidos de sódio , lítio e potássio
d. prata , sódio e potássio
e. nenhuma das respostas anteriores
14. Uma análise volumétrica de cálcio realizada em triplicata de uma amostra de soro sanguíneo, de um
paciente que acreditava estar sofrendo de hipertireoidismo, produziu os seguintes dados : meq de
Ca/L : 3,15; 3,25; 3,26. O limite de confiança (IC), a 95%, para a média dos dados considerando um
desvio padrão (σ) de 0,056 meq de Ca/L é igual a :
Dados : t=4,30 X= média dos valores
IC = X ± U onde U = t.σ
√n
(Resposta: 3,22 ± 0,06 meq)
15. Quais substâncias são tipicamente analisadas por volumetria utilizando como titulante o EDTA?
a. HCl e NaOH
b. Cl -
e I –
c. Iodo e tiossulfato
d. Sódio e potássio
e. Cálcio e zinco
QUÍMICA ANALÍTICA
Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que
é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo. (Confúcio) 4
16. Alguns laboratórios de controle de qualidade ainda trabalham com o conceito de fator do titulante.
Qual é o fator de NaOH , sabendo que o valor esperado era de 0,2 M e o valor obtido na
padronização foi 0,2100 M?
a. 0,952
b. 1,050
c. 0,0420
d. 0,2100
e. nenhuma das respostas anteriores
17. Qual a relação que deve existir entre o volume do ponto final indicado visualmente pelo indicador e o
volume do ponto de equivalência teórico?
a. Quanto mais distante melhor , pois diminui o erro da titulação;
b. Quanto maior o volume do ponto final for do teórico é melhor , pois é certeza que mudou de
cor;
c. Quanto mais próximo melhor , pois diminui o erro da titulação;
d. O volume do ponto final deve ser a metade do volume do ponto de equivalência;
e. Nenhuma das respostas anteriores
18. Quais dos compostos abaixo são considerados padrão primário?
a. Biftalato de potássio e nitrato de prata;
b. Nitrato de prata e cloreto de sódio;
c. Ácido clorídrico e hidróxido de sódio;
d. Biftalato de potássio e cloreto de sódio;
e. Nenhuma das respostas anteriores.
19. A exatidão de uma medição se refere:
a. Repetitividade das medições com relação a média
b. Reprodutibilidade das medições com relação a média
c. Aplicação de tratamento estatístico com relação a um valor declarado verdadeiro
d. Médias geométricas das medições
e. Média aritmética das medições
20. Para análise da concentração de uma solução de HCl foi necessária titulação com NaOH e
fenolftaleína como indicador . Sabendo que foram necessários 20,00 mL de NaOH 0,1000 N para
neutralizar 10,00 mL de solução do ácido , qual a concentração de HCl em g/L? (Dado : 36,5 g/mol)
a. 73,0
b. 0,73
c. 0,2
d. 0,05
e. 7,30
QUÍMICA ANALÍTICA
Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que
é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo. (Confúcio) 5
21. Quais características são desejáveis que um padrão primário apresente? O padrão primário vai
conferir melhor exatidão ou precisão à análise? Exemplo de padrão primário?
a. alta pureza, estabilidade; exatidão; NaOH
b. alta pureza, estabilidade; precisão; NaOH
c. alta pureza, instabilidade; precisão; biftalato de potássio
d. alta pureza, estabilidade; exatidão; biftalato de potássio
e. alta pureza, higroscópico; exatidão; biftalato de potássio
22. O hidróxido de sódio não pode ser considerado um padrão primário porque:
a. possui elevada massa molar
b. é muito higroscópico
c. é muito difícil de ser adquirido comercialmente
d. não pode ser padronizado
e. é muito custoso, tornando-se a sua utilização muito seletiva
23. Durante a padronização de uma solução de NaOH 0,1 Mol/l foram consumidos 20,0 ml dessa solução
e utilizado como padrão primário 0,380 g de biftalato de potássio. Sabendo-se que essa reação ocorre
na proporção de 1:1 em termos de quantidade de matéria (mol) qual é a concentração real do
hidróxido de sódio? (Dados: M = n/ V(L) n= m(g)/MM MMBFK=204,2 g/mol.)
a. 0,0900 mol/l
b. 0,0930 mol/l
c. 0,9800 mol/l
d. 0,9990 mol/l
e. 0,9290 mol/l
24. Considerando que 50,0mL de NaCl 0,100M são titulados com solução de AgNO3 0,100M. Calcular
os valores da [Ag+
] e o pAg da solução quando os seguintes volumes de uma solução de AgNO3 são
adicionados:
a. 0
b. 25,0mL (R: [Ag+
] = 4,69.10-9
e pAg = 8,33)
c. 50,0mL (R: [Ag+
] = 1,25.10-5
e pAg = 4,90)
d. 75,0mL (R: [Ag+
] = 2,00.10-2
e pAg = 1,70)
25. 10,00mL de NaCl 0,1M foi titulada com AgNO3 de molaridade teórica igual a 0,1M. Calcule a
molaridade real do AgNO3 e o fator de correção, dado que o volume gasto na titulação foi de
11,0mL. (R = Mreal = 0,091; fc = 0,91)
26. Para determinar a porcentagem de prata em uma liga, um analista dissolve uma amostra de 0,750g da
liga em ácido nítrico. Isto causa a dissolução da prata como íon Ag+. A solução é diluída com água e
QUÍMICA ANALÍTICA
Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que
é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo. (Confúcio) 6
titulada com uma solução 0 150M de KSCN. É formado um precipitado, segundo a reação (já
balanceada):
Ag+
(aq) + SCN-
(aq) → AgSCN(s)
O analista descobre que são necessários 41,7cm3
da solução de KSCN para a titulação. Qual a
porcentagem em massa de prata na liga? (R= 89,96%)
27. Um estudante determina a porcentagem em massa de Cl-
em uma mistura pesando 0,400g de
amostra, dissolvendo-a em 20,0mL de água destilada e titulando com 15,6mL de solução 0,120M de
AgNO3. Qual a porcentagem em massa de Cl- na mistura? (R = 16,59%)
28. Um volume de 16,42mL de solução de 0,1327M de KMnO4 é necessária para oxidar 20,00mL de
solução de FeSO4 em meio ácido. Qual é a concentração de solução de FeSO4 na solução? (obs:
reação já balanceada)
5Fe2+
+ MnO4
-
+ 8H+
→ Mn2+
+ 5Fe3+
+ 4H2O
(R= 0,545M)
29. Qual o volume (mL) de uma solução 0,206M de HI são necessários p/ reduzir 22,5mL de uma
solução 0,374M de KMnO4 de acordo com a seguinte reação:
10HI + 2KMnO4 + 3H2SO4 → 5I2 + 2MnSO4 + K2SO4 + 8H2O
(R=204,24mL)
30. Na determinação da dureza de uma amostra de água adotou-se o seguinte procedimento: transferiu-se
50,00mL de uma amostra para um erlenmeyer de 250mL, adicionou-se 1mL de solução tampão pH =
10 e uma pequena quantidade de indicador negro de eriocromo T e titulou-se com EDTA 0,01M.
Dado que o volume gasto do titulante foi de 5,0mL, calcule a dureza desta amostra de água (em ppm
de CaCO3) (R = 100ppm)

Recomendados

Cromatografia gasosa
Cromatografia gasosaCromatografia gasosa
Cromatografia gasosaGramile Meira
 
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo II
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo IIRelatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo II
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo IIErica Souza
 
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)Sarah Ornellas
 
Estudo do ferro, cobalto e cobre
Estudo do ferro, cobalto e cobreEstudo do ferro, cobalto e cobre
Estudo do ferro, cobalto e cobreLucas Valente
 
Identificação dos cátions Cu2+ e Bi3+
Identificação dos cátions Cu2+ e Bi3+Identificação dos cátions Cu2+ e Bi3+
Identificação dos cátions Cu2+ e Bi3+Gabriela Begalli
 
áCidos, bases, sais e óxidos aula 06
áCidos, bases, sais e  óxidos aula 06áCidos, bases, sais e  óxidos aula 06
áCidos, bases, sais e óxidos aula 06Cleiton Visoli
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lab 1. identificação dos íons sódio, potássio e amônia. lab 2. teste de lab...
Lab 1. identificação dos íons sódio, potássio e amônia.   lab 2. teste de lab...Lab 1. identificação dos íons sódio, potássio e amônia.   lab 2. teste de lab...
Lab 1. identificação dos íons sódio, potássio e amônia. lab 2. teste de lab...John Adson Ferreira
 
Simetria da molecula diclorometano
Simetria da molecula diclorometanoSimetria da molecula diclorometano
Simetria da molecula diclorometanoGabriela Begalli
 
Componentes óticos em espectroscopia
Componentes óticos em espectroscopiaComponentes óticos em espectroscopia
Componentes óticos em espectroscopiadiegoarica
 
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidosCapítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidosIgor Brant
 
química inorganica de coordenação nomenclatura
química inorganica de coordenação nomenclaturaquímica inorganica de coordenação nomenclatura
química inorganica de coordenação nomenclaturaFERNANDO DE SOUZA
 
Trabalho de Mineralogia - Bauxita
Trabalho de Mineralogia - BauxitaTrabalho de Mineralogia - Bauxita
Trabalho de Mineralogia - BauxitaThiago Meira
 
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometriaRelatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometriaFernanda Borges de Souza
 
Padronização de HCl e teor de NaOH
Padronização de HCl e teor de NaOHPadronização de HCl e teor de NaOH
Padronização de HCl e teor de NaOHRodrigo Henrique
 
QUÍM. ORG.- Classificação de cadeias carbônicas
QUÍM. ORG.- Classificação de cadeias carbônicasQUÍM. ORG.- Classificação de cadeias carbônicas
QUÍM. ORG.- Classificação de cadeias carbônicasProfessor Maurício Monteiro
 
Relatório - complexometria determinação de cálcio e da dureza da água
Relatório - complexometria determinação de cálcio e da dureza da água Relatório - complexometria determinação de cálcio e da dureza da água
Relatório - complexometria determinação de cálcio e da dureza da água Fernanda Borges de Souza
 
75755565 relatorio-8-determinacao-do-ferro-numa-agua-natural-por-espectrofoto...
75755565 relatorio-8-determinacao-do-ferro-numa-agua-natural-por-espectrofoto...75755565 relatorio-8-determinacao-do-ferro-numa-agua-natural-por-espectrofoto...
75755565 relatorio-8-determinacao-do-ferro-numa-agua-natural-por-espectrofoto...AlaydeSimedo
 

Mais procurados (20)

Lab 1. identificação dos íons sódio, potássio e amônia. lab 2. teste de lab...
Lab 1. identificação dos íons sódio, potássio e amônia.   lab 2. teste de lab...Lab 1. identificação dos íons sódio, potássio e amônia.   lab 2. teste de lab...
Lab 1. identificação dos íons sódio, potássio e amônia. lab 2. teste de lab...
 
Slides ácidos e bases
Slides ácidos e basesSlides ácidos e bases
Slides ácidos e bases
 
Simetria da molecula diclorometano
Simetria da molecula diclorometanoSimetria da molecula diclorometano
Simetria da molecula diclorometano
 
Componentes óticos em espectroscopia
Componentes óticos em espectroscopiaComponentes óticos em espectroscopia
Componentes óticos em espectroscopia
 
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidosCapítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
 
química inorganica de coordenação nomenclatura
química inorganica de coordenação nomenclaturaquímica inorganica de coordenação nomenclatura
química inorganica de coordenação nomenclatura
 
Quimica Geral Lista 02
Quimica Geral Lista 02Quimica Geral Lista 02
Quimica Geral Lista 02
 
Trabalho de Mineralogia - Bauxita
Trabalho de Mineralogia - BauxitaTrabalho de Mineralogia - Bauxita
Trabalho de Mineralogia - Bauxita
 
Aula cations e anions via umida
Aula cations e anions via umidaAula cations e anions via umida
Aula cations e anions via umida
 
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometriaRelatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
 
Coeficiente partição (4)
Coeficiente partição (4)Coeficiente partição (4)
Coeficiente partição (4)
 
Padronização de HCl e teor de NaOH
Padronização de HCl e teor de NaOHPadronização de HCl e teor de NaOH
Padronização de HCl e teor de NaOH
 
Condutometria relatorio
Condutometria   relatorioCondutometria   relatorio
Condutometria relatorio
 
Bingoquimica
BingoquimicaBingoquimica
Bingoquimica
 
QUÍM. ORG.- Classificação de cadeias carbônicas
QUÍM. ORG.- Classificação de cadeias carbônicasQUÍM. ORG.- Classificação de cadeias carbônicas
QUÍM. ORG.- Classificação de cadeias carbônicas
 
Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
 
Relatório - complexometria determinação de cálcio e da dureza da água
Relatório - complexometria determinação de cálcio e da dureza da água Relatório - complexometria determinação de cálcio e da dureza da água
Relatório - complexometria determinação de cálcio e da dureza da água
 
Oxi reducao
Oxi reducaoOxi reducao
Oxi reducao
 
Relatorio de adsorção1 (1)
Relatorio de adsorção1 (1)Relatorio de adsorção1 (1)
Relatorio de adsorção1 (1)
 
75755565 relatorio-8-determinacao-do-ferro-numa-agua-natural-por-espectrofoto...
75755565 relatorio-8-determinacao-do-ferro-numa-agua-natural-por-espectrofoto...75755565 relatorio-8-determinacao-do-ferro-numa-agua-natural-por-espectrofoto...
75755565 relatorio-8-determinacao-do-ferro-numa-agua-natural-por-espectrofoto...
 

Destaque

Resolução comentada de exercícios de química analítica.docx
Resolução comentada de exercícios de química analítica.docxResolução comentada de exercícios de química analítica.docx
Resolução comentada de exercícios de química analítica.docxRômulo Alexandrino Silva
 
Relatório - Volumetria de Precipitação
Relatório - Volumetria de PrecipitaçãoRelatório - Volumetria de Precipitação
Relatório - Volumetria de PrecipitaçãoDhion Meyg Fernandes
 
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa SalvaterraWender Gomes
 
Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4
Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4
Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4Ivys Antônio
 
Texto nº 3 Volumetria de Neutralização
Texto nº 3   Volumetria de NeutralizaçãoTexto nº 3   Volumetria de Neutralização
Texto nº 3 Volumetria de NeutralizaçãoMarta Pinheiro
 
Titulação ácido base
Titulação ácido baseTitulação ácido base
Titulação ácido baseMarco Bumba
 
03.Titulação ácido base
03.Titulação ácido base03.Titulação ácido base
03.Titulação ácido baseDiego Lima
 
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do VinagreRelatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do VinagreDhion Meyg Fernandes
 

Destaque (11)

Resolução comentada de exercícios de química analítica.docx
Resolução comentada de exercícios de química analítica.docxResolução comentada de exercícios de química analítica.docx
Resolução comentada de exercícios de química analítica.docx
 
Relatório - Volumetria de Precipitação
Relatório - Volumetria de PrecipitaçãoRelatório - Volumetria de Precipitação
Relatório - Volumetria de Precipitação
 
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
 
Titulaã§ã£O
Titulaã§ã£OTitulaã§ã£O
Titulaã§ã£O
 
Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4
Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4
Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4
 
7 titulacoes
7  titulacoes7  titulacoes
7 titulacoes
 
Texto nº 3 Volumetria de Neutralização
Texto nº 3   Volumetria de NeutralizaçãoTexto nº 3   Volumetria de Neutralização
Texto nº 3 Volumetria de Neutralização
 
Titulação ácido base
Titulação ácido baseTitulação ácido base
Titulação ácido base
 
03.Titulação ácido base
03.Titulação ácido base03.Titulação ácido base
03.Titulação ácido base
 
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do VinagreRelatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
 
Princípios de neuroanatomia
Princípios de neuroanatomiaPrincípios de neuroanatomia
Princípios de neuroanatomia
 

Semelhante a Química analítica - exercícios (obtido da internet)

Relatório - complexometria determinação de zinco e de magnésio com edta
Relatório - complexometria determinação de zinco e de magnésio com edtaRelatório - complexometria determinação de zinco e de magnésio com edta
Relatório - complexometria determinação de zinco e de magnésio com edtaFernanda Borges de Souza
 
Relatorio 3 leite de magnésia
Relatorio 3  leite de magnésiaRelatorio 3  leite de magnésia
Relatorio 3 leite de magnésiaDianna Grandal
 
Relatório experimento 11 e 12 - volumetria de neutralização.docx
Relatório experimento 11 e 12 - volumetria de neutralização.docxRelatório experimento 11 e 12 - volumetria de neutralização.docx
Relatório experimento 11 e 12 - volumetria de neutralização.docxFernanda Borges de Souza
 
DETERMINAÇÃO ELETROANALÍTICA CROMATOGRÁFICA DO CORANTE SOLVENTE AZUL 14 EM AM...
DETERMINAÇÃO ELETROANALÍTICA CROMATOGRÁFICA DO CORANTE SOLVENTE AZUL 14 EM AM...DETERMINAÇÃO ELETROANALÍTICA CROMATOGRÁFICA DO CORANTE SOLVENTE AZUL 14 EM AM...
DETERMINAÇÃO ELETROANALÍTICA CROMATOGRÁFICA DO CORANTE SOLVENTE AZUL 14 EM AM...Alex Junior
 
Lista 4 titulacao_tq
Lista 4 titulacao_tqLista 4 titulacao_tq
Lista 4 titulacao_tqDebora Alvim
 
Livro quimica analítica teorica_final
Livro quimica analítica teorica_finalLivro quimica analítica teorica_final
Livro quimica analítica teorica_finalJuliana Moraes
 
Relatório - volumetria de óxido-redução iodometria
Relatório - volumetria de óxido-redução iodometriaRelatório - volumetria de óxido-redução iodometria
Relatório - volumetria de óxido-redução iodometriaFernanda Borges de Souza
 
Exame de-quimica-up -2009
Exame de-quimica-up -2009Exame de-quimica-up -2009
Exame de-quimica-up -2009Antonio Matusse
 

Semelhante a Química analítica - exercícios (obtido da internet) (20)

Relatorio analitica ii_04
Relatorio analitica ii_04Relatorio analitica ii_04
Relatorio analitica ii_04
 
Volumetria de neutralizacao
Volumetria de neutralizacaoVolumetria de neutralizacao
Volumetria de neutralizacao
 
Relatório - complexometria determinação de zinco e de magnésio com edta
Relatório - complexometria determinação de zinco e de magnésio com edtaRelatório - complexometria determinação de zinco e de magnésio com edta
Relatório - complexometria determinação de zinco e de magnésio com edta
 
Determinação de-cloretos
Determinação de-cloretosDeterminação de-cloretos
Determinação de-cloretos
 
Aula 28042015
Aula 28042015Aula 28042015
Aula 28042015
 
Relatorio 3 leite de magnésia
Relatorio 3  leite de magnésiaRelatorio 3  leite de magnésia
Relatorio 3 leite de magnésia
 
Relatório experimento 11 e 12 - volumetria de neutralização.docx
Relatório experimento 11 e 12 - volumetria de neutralização.docxRelatório experimento 11 e 12 - volumetria de neutralização.docx
Relatório experimento 11 e 12 - volumetria de neutralização.docx
 
DETERMINAÇÃO ELETROANALÍTICA CROMATOGRÁFICA DO CORANTE SOLVENTE AZUL 14 EM AM...
DETERMINAÇÃO ELETROANALÍTICA CROMATOGRÁFICA DO CORANTE SOLVENTE AZUL 14 EM AM...DETERMINAÇÃO ELETROANALÍTICA CROMATOGRÁFICA DO CORANTE SOLVENTE AZUL 14 EM AM...
DETERMINAÇÃO ELETROANALÍTICA CROMATOGRÁFICA DO CORANTE SOLVENTE AZUL 14 EM AM...
 
Lista 4 titulacao_tq
Lista 4 titulacao_tqLista 4 titulacao_tq
Lista 4 titulacao_tq
 
DETERMINAÇÃO DE ÁLCALIS NAS CINZAS
DETERMINAÇÃO DE ÁLCALIS NAS CINZAS DETERMINAÇÃO DE ÁLCALIS NAS CINZAS
DETERMINAÇÃO DE ÁLCALIS NAS CINZAS
 
Puc02q
Puc02qPuc02q
Puc02q
 
Livro quimica analítica teorica_final
Livro quimica analítica teorica_finalLivro quimica analítica teorica_final
Livro quimica analítica teorica_final
 
Livro qa teorica_final
Livro qa teorica_finalLivro qa teorica_final
Livro qa teorica_final
 
Qualitativa apostila
Qualitativa apostilaQualitativa apostila
Qualitativa apostila
 
Semianrio
Semianrio Semianrio
Semianrio
 
Relatório - volumetria de óxido-redução iodometria
Relatório - volumetria de óxido-redução iodometriaRelatório - volumetria de óxido-redução iodometria
Relatório - volumetria de óxido-redução iodometria
 
Resultados titulação
Resultados titulaçãoResultados titulação
Resultados titulação
 
Apoio 2ªsuplementar
Apoio 2ªsuplementarApoio 2ªsuplementar
Apoio 2ªsuplementar
 
Apoio 2ªsuplementar
Apoio 2ªsuplementarApoio 2ªsuplementar
Apoio 2ªsuplementar
 
Exame de-quimica-up -2009
Exame de-quimica-up -2009Exame de-quimica-up -2009
Exame de-quimica-up -2009
 

Último

1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdfCuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdfsuplementocultural1
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdfJanielleCristina1
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 

Último (20)

1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdfCuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 

Química analítica - exercícios (obtido da internet)

  • 1. QUÍMICA ANALÍTICA Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo. (Confúcio) 1 LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE GRAVIMETRIA, VOLUMETRIA DE NEUTRALIZAÇÃO, VOLUMETRIA DE COMPLEXAÇÃO, OXIDAÇÃO- REDUÇÃO E PRECIPITAÇÃO 1. Dentre as vária vantagens da análise gravimétrica em relação a análise volumétrica em química analítica podemos citar que: a. Apresenta-se como um método muito sensível (pode determinar quantidades muito pequenas de amostra na ordem de microgramas); b. Na análise gravimétrica utiliza-se equipamentos simples e de baixo custo, como balança, béquer, mufla, etc. c. Na análise gravimétrica o sólido formado não precisa ser secado d. Não acumula erros em suas passagens e. Não acumula erros em suas passagens 2. Em uma padronização de solução de EDTA a partir uma solução p adrão de cálcio de 0,2000 M , foram necessários 30,00 mL da sol. EDTA para atingir o ponto final . Considerando que foram usados 15,00 mL da solução de cálcio, qual a concentração da solução de EDTA em mol/L? (R: 0,1M) 3. As reações de formação de complexos apresentam diversas utilidades em química analítica, mas sua aplicação clássica está nas titulações complexométricas.Com relação a essas reações é correto afirmar que: a. Um íon metálico reage com um ligante adequado para formar um complexo; b. O ponto de equivalência não é determinado por um indicador; c. O reagente titulante usual é o permanganato de potássio; d. Trata-se de uma reação de óxido-redução; e. É empregada na determinação de ânions. 4. Na determinação do teor de água oxigenada utilizando-se permanganato de potássio previamente padronizado, o indicador empregado deve ser: a. Fenolftaleína b. Nitrato de prata c. Permanganato de potássio d. Azul de metileno e. Alaranjado de metila 5. A determinação do ponto final em uma reação de complexação pode ser determinado: a. Apenas visualmente com o uso de indicadores de metais; b. Através de métodos instrumentais e visuais com o uso de indicadores de metais; c. Apenas através de métodos instrumentais; d. Utilizando-se apenas um indicador ácido-base;
  • 2. QUÍMICA ANALÍTICA Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo. (Confúcio) 2 e. Utilizando-se o Permanganato de potássio. 6. Na determinação do teor de Cloretos pelo método de Mohr, pode-se afirmar que: a. O íon Cl- é precipitado da forma de AgCl b. Não emprega-se indicador c. O ácido crômico é empregado com indicador d. A solução de Nitrato de Prata não precisa estar padronizada e. A fenolfatléina é usada como indicador 7. Um indicador de adsorção é um composto orgânico que tende a ser adsorvido sobre a supeerfície de um sólido em uma titulação de precipitação. Verifica-se o uso deste no método de determinação de: a. Halogênios pelo método de Fajans b. Halogênios pelo método de Mohr c. Halogênios pelo método de Volhard d. Sulfatos pelo método de Mohr e. Metais 8. O Cromato de sódio pode servir como indicador para as determinações argentométricas de íons cloretos, brometo e cianeto por meio da reação com íons prata para formar um precipitado Ag2CrO4 de cor: a. Branco b. Vermelho tijolo c. Amarelo d. Verde e. Marrom 9. Na argentometria o titulante empregado é o: a. Permanganato de potássio b. Cromato de potássio c. Nitrato de prata d. Tiossulfato de sódio e. Cloreto de sódio 10. A substância KMnO4 é conhecido titulante usado na volumetria de óxido-redução . Qual é o indicador visual típico usado na permanganimetria ? a. Fenolftaleína b. KMnO4 c. HCl d. Vermelho de metila e. EDTA
  • 3. QUÍMICA ANALÍTICA Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo. (Confúcio) 3 11. Quais seriam as limitações de aplicações da volumetria de óxido -redução ? a. não analisar altas concentrações de substâncias , por exemplo 1 a 10 % b. não analisar agentes redutores e agentes oxidantes c. não analisar amostras coloridas e concentrações muito abaixo de 1 mg/L d. não analisar KMnO4 , H2O2 , K2Cr2O7 e. não analisar fenol , Antipyrine , cafeína 12. Quais aplicações possíveis da volumetria de complexação utilizando EDTA como titulante? a. nitrato , brometo e sulfato b. sódio c. potássio e prata d. cálcio , zinco , magnésio e outros 40 a 50 elementos metálicos e. todos elementos da tabela periódica 13. Quais compostos abaixo são tradicionalmente analisados pela Argentometria ? a. iodeto , cloreto e brometo b. ácidos sulfúrico , clorídrico e nítrico c. hidróxidos de sódio , lítio e potássio d. prata , sódio e potássio e. nenhuma das respostas anteriores 14. Uma análise volumétrica de cálcio realizada em triplicata de uma amostra de soro sanguíneo, de um paciente que acreditava estar sofrendo de hipertireoidismo, produziu os seguintes dados : meq de Ca/L : 3,15; 3,25; 3,26. O limite de confiança (IC), a 95%, para a média dos dados considerando um desvio padrão (σ) de 0,056 meq de Ca/L é igual a : Dados : t=4,30 X= média dos valores IC = X ± U onde U = t.σ √n (Resposta: 3,22 ± 0,06 meq) 15. Quais substâncias são tipicamente analisadas por volumetria utilizando como titulante o EDTA? a. HCl e NaOH b. Cl - e I – c. Iodo e tiossulfato d. Sódio e potássio e. Cálcio e zinco
  • 4. QUÍMICA ANALÍTICA Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo. (Confúcio) 4 16. Alguns laboratórios de controle de qualidade ainda trabalham com o conceito de fator do titulante. Qual é o fator de NaOH , sabendo que o valor esperado era de 0,2 M e o valor obtido na padronização foi 0,2100 M? a. 0,952 b. 1,050 c. 0,0420 d. 0,2100 e. nenhuma das respostas anteriores 17. Qual a relação que deve existir entre o volume do ponto final indicado visualmente pelo indicador e o volume do ponto de equivalência teórico? a. Quanto mais distante melhor , pois diminui o erro da titulação; b. Quanto maior o volume do ponto final for do teórico é melhor , pois é certeza que mudou de cor; c. Quanto mais próximo melhor , pois diminui o erro da titulação; d. O volume do ponto final deve ser a metade do volume do ponto de equivalência; e. Nenhuma das respostas anteriores 18. Quais dos compostos abaixo são considerados padrão primário? a. Biftalato de potássio e nitrato de prata; b. Nitrato de prata e cloreto de sódio; c. Ácido clorídrico e hidróxido de sódio; d. Biftalato de potássio e cloreto de sódio; e. Nenhuma das respostas anteriores. 19. A exatidão de uma medição se refere: a. Repetitividade das medições com relação a média b. Reprodutibilidade das medições com relação a média c. Aplicação de tratamento estatístico com relação a um valor declarado verdadeiro d. Médias geométricas das medições e. Média aritmética das medições 20. Para análise da concentração de uma solução de HCl foi necessária titulação com NaOH e fenolftaleína como indicador . Sabendo que foram necessários 20,00 mL de NaOH 0,1000 N para neutralizar 10,00 mL de solução do ácido , qual a concentração de HCl em g/L? (Dado : 36,5 g/mol) a. 73,0 b. 0,73 c. 0,2 d. 0,05 e. 7,30
  • 5. QUÍMICA ANALÍTICA Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo. (Confúcio) 5 21. Quais características são desejáveis que um padrão primário apresente? O padrão primário vai conferir melhor exatidão ou precisão à análise? Exemplo de padrão primário? a. alta pureza, estabilidade; exatidão; NaOH b. alta pureza, estabilidade; precisão; NaOH c. alta pureza, instabilidade; precisão; biftalato de potássio d. alta pureza, estabilidade; exatidão; biftalato de potássio e. alta pureza, higroscópico; exatidão; biftalato de potássio 22. O hidróxido de sódio não pode ser considerado um padrão primário porque: a. possui elevada massa molar b. é muito higroscópico c. é muito difícil de ser adquirido comercialmente d. não pode ser padronizado e. é muito custoso, tornando-se a sua utilização muito seletiva 23. Durante a padronização de uma solução de NaOH 0,1 Mol/l foram consumidos 20,0 ml dessa solução e utilizado como padrão primário 0,380 g de biftalato de potássio. Sabendo-se que essa reação ocorre na proporção de 1:1 em termos de quantidade de matéria (mol) qual é a concentração real do hidróxido de sódio? (Dados: M = n/ V(L) n= m(g)/MM MMBFK=204,2 g/mol.) a. 0,0900 mol/l b. 0,0930 mol/l c. 0,9800 mol/l d. 0,9990 mol/l e. 0,9290 mol/l 24. Considerando que 50,0mL de NaCl 0,100M são titulados com solução de AgNO3 0,100M. Calcular os valores da [Ag+ ] e o pAg da solução quando os seguintes volumes de uma solução de AgNO3 são adicionados: a. 0 b. 25,0mL (R: [Ag+ ] = 4,69.10-9 e pAg = 8,33) c. 50,0mL (R: [Ag+ ] = 1,25.10-5 e pAg = 4,90) d. 75,0mL (R: [Ag+ ] = 2,00.10-2 e pAg = 1,70) 25. 10,00mL de NaCl 0,1M foi titulada com AgNO3 de molaridade teórica igual a 0,1M. Calcule a molaridade real do AgNO3 e o fator de correção, dado que o volume gasto na titulação foi de 11,0mL. (R = Mreal = 0,091; fc = 0,91) 26. Para determinar a porcentagem de prata em uma liga, um analista dissolve uma amostra de 0,750g da liga em ácido nítrico. Isto causa a dissolução da prata como íon Ag+. A solução é diluída com água e
  • 6. QUÍMICA ANALÍTICA Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo. (Confúcio) 6 titulada com uma solução 0 150M de KSCN. É formado um precipitado, segundo a reação (já balanceada): Ag+ (aq) + SCN- (aq) → AgSCN(s) O analista descobre que são necessários 41,7cm3 da solução de KSCN para a titulação. Qual a porcentagem em massa de prata na liga? (R= 89,96%) 27. Um estudante determina a porcentagem em massa de Cl- em uma mistura pesando 0,400g de amostra, dissolvendo-a em 20,0mL de água destilada e titulando com 15,6mL de solução 0,120M de AgNO3. Qual a porcentagem em massa de Cl- na mistura? (R = 16,59%) 28. Um volume de 16,42mL de solução de 0,1327M de KMnO4 é necessária para oxidar 20,00mL de solução de FeSO4 em meio ácido. Qual é a concentração de solução de FeSO4 na solução? (obs: reação já balanceada) 5Fe2+ + MnO4 - + 8H+ → Mn2+ + 5Fe3+ + 4H2O (R= 0,545M) 29. Qual o volume (mL) de uma solução 0,206M de HI são necessários p/ reduzir 22,5mL de uma solução 0,374M de KMnO4 de acordo com a seguinte reação: 10HI + 2KMnO4 + 3H2SO4 → 5I2 + 2MnSO4 + K2SO4 + 8H2O (R=204,24mL) 30. Na determinação da dureza de uma amostra de água adotou-se o seguinte procedimento: transferiu-se 50,00mL de uma amostra para um erlenmeyer de 250mL, adicionou-se 1mL de solução tampão pH = 10 e uma pequena quantidade de indicador negro de eriocromo T e titulou-se com EDTA 0,01M. Dado que o volume gasto do titulante foi de 5,0mL, calcule a dureza desta amostra de água (em ppm de CaCO3) (R = 100ppm)