Educação para a Cidadania 1

1.715 visualizações

Publicada em

Course of Formation of Professors in Public Health p Presentation 1.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.715
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Educação para a Cidadania 1

    1. 1. Pós-Graduação stricto sensu em Saúde Pública Metodologias para a Prática Docente em Saúde Pública 1 o encontro presencial Profa. Dra. Elomar Castilho Barilli
    2. 2. Perspectivas da Educação para o futuro
    3. 3. 1500 Professor =técnico com eficiência e eficácia Aluno = elemento para quem o material é preparado . É impedido de criar/ pensar. 1964 Educação individual GADOTTI et all., 2000 Classes abastadas Autoritarismo - professor Aluno = ser passivo Conhecimento - transmissão Exercícios de fixação 1932 383 anos Escolas para todos Professor = facilitador Recursos audiovisuais Instrução programada Ensino individualizado. professor é o educador - direciona a forma de aprendizagem com participação concreta do aluno 1983 Séc. XXI Educação social
    4. 4. teoria prática
    5. 5. Educação para a cidadania
    6. 6. Desafio da educação para a cidadania Aprender a aprender Fomento da pesquisa Opção por estratégias de ensino problematizadoras Desenvolvimento de competências humans e técnicas Aprender a ensinar/ensinar a aprender Formação de professores Tecnologia apoiando a proposta pedagógica Estrutura de suporte acadêmico Aprender e ensinar continuamente Acesso e acessibilidade Políticas públicas Pacto estratégico entre instituição de ensino e organização Investimento em tecnologias de informação e comunicação Programas integrados de aplicação de conhecimentos
    7. 9. <ul><li>Saúde como problema complexo </li></ul><ul><ul><li>Produção social, não simplesmente evento biológico. </li></ul></ul><ul><ul><li>Conceito afirmativo e amplo (não só combater a doença, mas promover a vida com qualidade). </li></ul></ul><ul><li>Trabalho em saúde envolvendo </li></ul><ul><ul><li>Campo interdisciplinar de conhecimentos, e </li></ul></ul><ul><ul><li>Campo intersetorial de práticas . </li></ul></ul>CARVALHO, 2007 apud BARILLI, 2007)
    8. 10. <ul><li>Conceito afirmativo e amplo de saúde </li></ul><ul><ul><li>Ausência de doença x existência de saúde </li></ul></ul><ul><ul><li>Vida sem doença x vida com qualidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Riscos à saúde x chances de vida </li></ul></ul><ul><ul><li>Quantidade de vida x qualidade de vida </li></ul></ul><ul><ul><li>Saúde normativa x saúde sentida (subjetividade) </li></ul></ul><ul><ul><li>Saúde como fim x saúde como capacidade e autonomia. </li></ul></ul><ul><li>Explicação interdisciplinar da saúde-doença </li></ul><ul><ul><li>Ciência objetiva x ciência compreensiva. </li></ul></ul><ul><ul><li>Ciências biomédicas x Ciências da vida </li></ul></ul><ul><ul><li>Social como variável para explicar x Social como determinante para enfrentar </li></ul></ul><ul><ul><li>Doença como realidade-objeto x doença como realidade também subjetiva </li></ul></ul>CARVALHO, 2007 apud BARILLI, 2007)
    9. 11. <ul><li>Explicação interdisciplinar da saúde-doença </li></ul><ul><ul><li>Ciência objetiva x ciência compreensiva. </li></ul></ul><ul><ul><li>Ciências biomédicas x Ciências da vida </li></ul></ul><ul><ul><li>Social como variável para explicar x Social como determinante para enfrentar </li></ul></ul><ul><ul><li>Doença como realidade-objeto x doença como realidade também subjetiva </li></ul></ul>CARVALHO, 2007 apud BARILLI, 2007)
    10. 12. Nova Saúde Pública tradicional <ul><li>Paradigma biom é dico (centrado na doen ç a ) </li></ul><ul><li>Estrutura vertical e normatizada das a ç ões de aten ç ão </li></ul><ul><li>Modelo de capacita ç ão instrutivista (treinamento) </li></ul>CARVALHO, 2007 apud BARILLI, 2007)
    11. 13. <ul><li>Interdisciplinaridade e intersetorialidade. </li></ul><ul><li>Integralidade da atenção, o cuidado à pessoa. </li></ul><ul><li>Promoção da saúde e do auto-cuidado. </li></ul><ul><li>Intervenções assistenciais, sociais e educacionais. </li></ul><ul><li>Descentralização e participação </li></ul>Nova Saúde Pública CARVALHO, 2007 apud BARILLI, 2007)
    12. 14. Cenário profissional da saúde Setor Saúde 5,6 milhões de profissionais
    13. 15. Educação profissional em saúde intencionalidade articulação teoria e prática aprendizagem como forma de transformação formação como elemento para reconfiguração dos desenhos organizacionais educação permanente, como oportunidade organizada de (re)construir conhecimento a partir da problematização sistemática da experiência do trabalho
    14. 16. Reorientação pedagógica Programas de Formação Profissional Reorientação programático-institucional Cursos isolados Programas de formação Formação inicial Formação permanente Alunos isolados Alunos institucionais Profissionais como alunos Instituições como alunas Disciplinas Unidades de aprendizagem Presencial ou a distância Presencial e a distância Instituições formadoras isoladas Rede de Escolas de Governo
    15. 17. O que determina a excelência do practicum cotidiano?
    16. 18. GADOTTI Moacir. Perspectivas atuais da educação . Porto Alegre: Artes Médicas, 2000. DACOREGGIO Marlete dos Santos. Ação docente : uma ação comunicativa, um olhar sobre o ensino superior presencial e a distância. Florianópolis: Edição da Aurora, 2001, 144p. BARILLI Elomar Castilho. Aplicação de Métodos e Técnicas de Realidade Virtual para a formação profissional a distância: uma estudo de caso em Vigilância Alimentar e Nutricional. Tese. Coordenação de Pós-Graduação em Engenharia. Universidade Federal do Rio de Janeiro. Programa de Engenharia Civil., 2007.
    17. 19. 2º encontro presencial: Sala Multimídia EAD/ENSP (104) - Capacitação: 1) Comunidade Virtual e; 2) Ferramentas colaborativas 2. Atividade colaborativa 1: Resenha do livro: DACOREGGIO Marlete dos Santos. Ação docente : uma ação comunicativa, um olhar sobre o ensino superior presencial e a distância. Florianópolis: Edição da Aurora, 2001, 144p. Grupo de 3 alunos Recomenda-se que TODOS leiam o livro. O texto deverá ser elaborado de forma colaborativa com utilização do GOOGLE Docs <ul><li>Recuperar esta apresentação : SLIDESHARE </li></ul>http://www.slideshare.net/barilli <ul><li>a distância </li></ul>acessar o endereço abaixo e fazer download . <ul><li>Fórum: O que determina a excelência do practicum cotidiano? </li></ul>Atividades:

    ×