Introdução aos estudos históricos

1.587 visualizações

Publicada em

Pra galera do Terceirulto, slide de Edilene.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.587
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução aos estudos históricos

  1. 1. Colégio Olimpo’s COC Disciplina: História Profª:Edilene
  2. 2. <ul><li>Os diversos sentidos da palavra História </li></ul><ul><li>A História enquanto ciência </li></ul><ul><li>As fontes históricas </li></ul><ul><li>A importância dos estudos históricos- Processo histórico </li></ul>
  3. 3. <ul><li>“ O processo histórico deve ser entendido como a evolução ou seqüência dos vários sistemas organizados pelo homem ao longo de sua existência, ou melhor, toda a produção cultural da humanidade” </li></ul><ul><li>Fonte: http:// www.internas.cocemsuacasa.com.br </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Divisão da História Ocidental </li></ul>
  5. 5. Modos de produção <ul><li>Primitivo: Característico das sociedades caçadoras- coletoras; </li></ul><ul><li>- Nomadismo </li></ul><ul><li>Ruptura- Ocorreu com o aumento populacio- nal, necessidade de se produzir mais alimentos, mudando o modo de produção e o surgimento da propriedade privada, do Estado controlado por um chefe. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>b) Asiático: Servidão coletiva; </li></ul><ul><li>As terras, os produtos e escravos pertenciam ao Estado; </li></ul><ul><li>- Apropriação do excedente pela nobreza; </li></ul><ul><li>- Poder despótico; </li></ul><ul><li>- Sociedade estamental; </li></ul><ul><li>- Influência da religião em vários segmentos da vida humana </li></ul><ul><li>Civilizações do Oriente Médio e Próximo (Egito, Mesopotâmia, Fenícia, Palestina, Pérsia), Índia, China e América Pré -Colombiana) </li></ul>
  7. 7. <ul><li>c) Escravista: Propriedade privada </li></ul><ul><li>Escravismo </li></ul><ul><li>Grécia e Roma </li></ul><ul><li>Ruptura: Crise do escravismo </li></ul><ul><li>d) Feudal: Economia auto-suficiente, fechada, rural; </li></ul><ul><li>- Sociedade estamental, imóvel; </li></ul><ul><li>- Poder político descentralizado e forte influência </li></ul><ul><li>da Igreja Católica, consequências da conjuntura e estrutura da produção feudal </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Ruptura: Crise e ruptura do sistema feudal; </li></ul><ul><li>Advento da burguesia </li></ul><ul><li>Enfraquecimento do poder da Igreja Católica </li></ul><ul><li>e) Capitalista: sociedade dividida em classes; </li></ul><ul><li>- Transformações na maneira de produzir; </li></ul><ul><li>- Proletariado X burguesia; </li></ul><ul><li>- Revolução Industrial </li></ul>
  9. 9. <ul><li>f) Socialista: Antagonismos advindos do modo de produção capitalista; </li></ul><ul><li>- Eliminação da propriedade privada; </li></ul><ul><li>- Ditadura do proletariado; </li></ul><ul><li>- Revolução Russa; </li></ul><ul><li>- Ruptura: Fim da URSS </li></ul>

×