Vicissitudes do BC | Comentários Diários de Economia e Negócios

136 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
136
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vicissitudes do BC | Comentários Diários de Economia e Negócios

  1. 1. Vicissitudes do BC | Comentários Diários de Economia eNegócios26 de Abril de 2013A ata da última reunião do Copom, divulgada na quinta-feira, traz pouca informação novapara o cenário prospectivo de juros, servindo mais para explicar o início do ciclo de aperto,sem sinalizar empenho com seu tamanho integral. Em outras palavras, as alterações no seutom são pró-elevações de juros; entretanto, apesar disso, elas mantêm o aperto totalcondicional ao cenário de atividade externa, que afeta o crescimento do PIB doméstico, e deinflação.Dessa forma, nós entendemos que justificar alterações de cenário para o ciclo total de altaem função da comunicação da ata significa construir a realidade a partir dos próprios desejos.Em outras palavras, os otimistas com inflação podem “descobrir” nas entrelinhas dodocumento e na falta de novidades mais contundentes um suposto ciclo de alta de “nomáximo” 100 pontos-base; já aqueles que veem riscos de elevada inflação futura, como nós,preferem levar um pouco mais a sério os alertas sobre inflação incorporados ao documento,mantendo aberta a possibilidade de um ciclo maior. No nosso caso, mantemos a estimativa deelevação total da Selic em 150 pb, alertando para a possibilidade de aceleração da alta daSelic de 25 para 50 pontos-base na próxima reunião do Copom. Se não, vejamos:Cenário externo. Apesar da ênfase no último comunicado, quando as incertezasprincipalmente externas recomendavam cautela, o colegiado preferiu manter inalterada suaexpectativa de “atividade global moderada”, optando por incluir o argumento de que eladeverá seguir “tendência de intensificação ao longo do horizonte relevante” (parágrafo 23). Aavaliação não é consensual, considerando que “parte do Comitê, no entanto, pondera queestá em curso uma reavaliação do crescimento global”, fato que justificou alguns votos afavor da estabilidade do juro básico (parágrafo 29). Ou seja, esperemos as cenas dos próximoscapítulos do filme: “O Cenário Externo, o Crescimento do PIB Brasileiro e os Efeitos Sobre aInflação Doméstica: Parte 2.576”.Cenário doméstico. É maior a confiança do BC na recuperação da economia, principalmenteporque o nível de utilização da capacidade instalada da industria subiu razoavelmente nosúltimos oito meses, principalmente a partir de novembro (o Copom já não tinha visto issoantes?). Na visão do BC, o grau de utilização abaixo das máximas mais recentes ancorava oPIB abaixo do seu potencial e contribuía para a contenção da aceleração da inflação. Nomesmo sentido, a política fiscal tornou a ser avaliada como expansionista, o que contrastacom a premissa adotada no último relatório de inflação (superávit primário de 3,1% do PIB até2014). A redução do superávit primário efetivo em relação à meta pressiona positivamente ademanda doméstica e, em um contexto de “limitações no campo da oferta” (parágrafo 24) -ou seja, a economia está em pleno emprego -, ela tende a ampliar a inflação no longo prazo eo nível futuro de preços.Assim, a perspectiva inflacionária permanece desconfortável (o que não deveria ser novidadealguma): o nível de inflação e a sua dispersão permanecem elevados, contribuindo para a suapersistência; mais interessante, a ata minimiza seu componente sazonal, o que reforça anecessidade de uma resposta monetária mais efetiva e eficaz. Como não poderia deixar deser (se existe apreço remanescente pelo sistema de metas de inflação), o “julgamento detodos os membros do Copom é convergente no que se refere à necessidade de uma ação depolítica monetária destinada a neutralizar riscos que se apresentam no cenário prospectivopara a inflação, notadamente para o próximo ano” (parágrafo 29 e grifo nosso).
  2. 2. Ou seja, sugere-se apenas que o ciclo não parou por aqui e o ritmo de elevação da Selic e suaamplitude integral permanecem dependentes dos dados futuros, principalmente da inflaçãoao consumidor (vis-à-vis a atividade econômica). Até agora, no geral, as mudanças nocomunicado não alteram a nossa projeção de elevações de 25pb/reunião até o somatório dasaltas entre maio e dezembro totalizar 125 pontos-base, gerando a Selic igual a 8,75% no finaldo ano (há cinco reuniões do Copom entre maio e dezembro). Vale sublinhar que a falta deconvicção do comitê ainda implica isto. Já a nossa opção por projetar um nível final de Selicem 8,75%, acima do consenso de mercado, responde pela nossa expectativa de IPCA mensal eacumulado em doze meses acima da mediana do mercado ao longo do ano, engendrandoriscos de inflação elevada em 2014 e a possibilidade de continuidade de elevação da Selicainda no primeiro trimestre do ano que vem. Nesse contexto, como mencionamosanteriormente e em linha com os comentários do diretor de política econômica do BC, CarlosHamilton, ontem à tarde, o nosso cenário ainda contempla a eventual aceleração do ritmo deelevação mensal da Selic de 25 para 50 pontos-base, caso a inflação mensal continue rodandoacima da média mensal acima de 0,4% no curto prazo.Marco Antonio MacielEconomista-chefeBanco PineMarco Antonio CarusoEconomistaBanco Pine
  3. 3. DisclaimersEste relatório foi preparado pelo Banco Pine S.A. (“Banco PINE”), instituição financeira validamente existente de acordo com as leis daRepública Federativa do Brasil. PINE Securities USA LLC (“PINE US”), broker-dealer registrada na U.S. Securities and Exchange Commission emembro da Financial Industry Regulatory Authority and the Securities Investor Protection Corporation, está distribuindo este relatório nosEstados Unidos da América. A PINE US é uma afiliada do Banco PINE. A PINE US assume total responsabilidade por este relatório sob a lei dosEstados Unidos da América. Qualquer norte-americano que receber este relatório e desejar efetuar qualquer transação com valores mobiliáriosabordado neste relatório deve fazê-lo com PINE no +1-646-398-6900, 645 Madison Avenue, New York, NY 10022. Qualquer referência ao PINEinclui, também, Banco PINE e PINE US, conforme aplicável.Este relatório é para distribuição apenas nas circunstâncias permitidas pela lei aplicável. Este relatório não é dirigido a você se o PINE forproibido ou restringido por qualquer legislação ou regulamentação em qualquer jurisdição. Você deve se certificar antes da leitura que o PINE épermitido para fornecer este material sobre investimentos pra você no âmbito da legislação e regulamentos aplicáveis.Nada neste relatório constitui indicação de que a estratégia de investimento ou recomendações aqui citadas são adequadas ao perfil dodestinatário ou apropriadas as circunstâncias individuais do destinatário e tampouco constituem uma recomendação pessoal. Este relatóriopossui caráter informativo, não constitui material promocional e não foi produzido como uma solicitação de compra ou venda de qualquer ativoou instrumentos financeiros relacionados em qualquer jurisdição. Os dados que aparecem nos gráficos referem-se ao passado, a rentabilidadeobtida no passado, não representando garantia de rentabilidade futura. Os preços e demais informações contidas neste relatório são críveis edignos de confiança na data de publicação do mesmo e foram obtidas de uma, ou mais, das fontes a seguir descritas: (i) fontes expressas ao ladoda informação; (ii) preço de cotação no principal mercado regulado do valor mobiliário em questão; (iii) fontes públicas confiáveis; ou (iv) basede dados do PINE. Todas as informações aqui contidas foram obtidas de fontes públicas, as quais acreditamos serem confiáveis e de boa fé apartir da data em que este relatório foi emitido. Nenhuma garantia ou declaração, tanto expressa quanto implícita, é provida em relação àexatidão, abrangência ou confiabilidade das informações aqui contidas, com exceção das informações referentes ao PINE, suas subsidiárias eafiliadas. Também não tem o intuito de ser uma declaração completa ou um resumo sobre os ativos, mercados ou estratégias abordadas nodocumento. Em todos os casos, investidores devem conduzir suas próprias investigações e análises antes de proceder ou deixar de procederqualquer ação relacionada aos valores mobiliários analisados neste relatório.O PINE não praticou atividades de formador de mercado de valores mobiliários da companhia objeto, no momento em que este relatório foipublicado. Ademais, o PINE não se responsabiliza assim como não garante que os investidores irão obter lucros. PINE tampouco irá dividirqualquer ganho de investimentos com os investidores assim como não irá aceitar qualquer passivo causado por perdas. Investimentos envolvemriscos e os investidores devem ter prudência ao tomar suas decisões de investimento. O PINE não tem obrigações fiduciárias com os destinatáriosdeste relatório e, ao divulgá-lo, não apresenta capacidade fiduciária. O presente relatório não deve ser considerado pelos destinatários comoum substituto para o exercício do seu próprio julgamento. Opiniões, estimativas e projeções expressas aqui constituem o julgamento atual doanalista responsável pelo conteúdo deste relatório na data na qual foi preparada e por isso, está sujeito a mudanças sem aviso e pode diferir ouser contrário a opiniões expressas por outras áreas de negócios ou grupos do PINE e suas afiliadas ou subsidiárias como resultado do uso dediferentes hipóteses e critérios. Preços e disponibilidade de instrumentos financeiros são apenas indicativos e estão sujeitos a mudanças semaviso.A análise contida aqui é baseada em diversas hipóteses. Diferentes hipóteses podem ter resultados substancialmente diferentes. Os analistasresponsáveis pela preparação deste relatório podem interagir com a mesa de operações, mesa de vendas e outros departamentos, com o intuitode reunir, sintetizar e interpretar informações de mercado. O PINE não está sob a obrigação de atualizar ou manter atualizada a informaçãocontida neste relatório. O PINE confia no uso de barreira de informação para controlar o fluxo de informação contida em uma ou mais áreasdentro do PINE, em outras áreas, unidades, grupos e filiadas do PINE. A remuneração do analista responsável pelo relatório é determinada peladireção do departamento de pesquisa e pelos diretores seniores do PINE. A remuneração do analista não é baseada mas pode ser relacionada àsreceitas do PINE como um todo, incluindo área de investimentos, vendas e operações.Os ativos de dívida mencionados neste relatório podem não estar disponíveis para venda em todas as jurisdições ou para certas categorias deinvestidores. Opções, derivativos e futuros não são adequados a todos os investidores e a negociação desses tipos de instrumentos é consideradaarriscada. Hipotecas e ativos lastreados em títulos de crédito podem envolver alto grau de risco e podem ser altamente voláteis em resposta àstaxas de juros ou outras variáveis de mercado. Performance passada não é indicação de resultado futuro. Se um instrumento financeiro é cotadoem uma moeda que não a do investidor, mudanças nas taxas de câmbio podem afetar de forma adversa o valor, o preço ou o retornoproveniente de qualquer ativo mencionado nesse documento e o leitor deve considerar o risco relacionado ao descasamento de moedas.Este relatório não leva em consideração objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades especiais de nenhum investidor emparticular. Investidores devem buscar orientação financeira baseada em suas particularidades antes de tomar qualquer decisão de investimentobaseadas nas informações aqui contidas. Para recomendações de investimento, execução de ordens de negociação ou outras funçõescorrelacionadas, os clientes devem contatar seus representantes de vendas locais. O PINE, suas empresa afiliadas, subsidiárias, seusfuncionários, diretores e agentes não se responsabilizam e não aceitam nenhum passivo oriundo de perda ou prejuízo eventualmente provocadopelo uso de parte ou da integralidade do presente relatório.Qualquer preço apresentado neste relatório possui caráter informativo e não representa avaliação individual do valor de mercado do ativo ououtro instrumento. Não há garantias de que qualquer transação pode ou pôde ter sido efetuada nos preços apresentados neste relatório. Ospreços eventualmente apresentados não necessariamente representam os preços contábeis internos ou os preços teóricos provenientes deavaliação por modelos do PINE e podem estar baseados em premissas específicas. Premissas específicas assumidas pelo PINE ou por terceirospodem ter resultados substancialmente diferentes.Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído por qualquer outra pessoa, parcialmente ou em sua totalidade, sem o prévioconsentimento por escrito do PINE.Informações adicionais acerca dos instrumentos financeiros mencionados nesta apresentação estão disponíveis sob consulta.O PINE e suas afiliadas têm acordos para gerenciar conflitos de interesses que possam surgir entre eles e seus respectivos clientes e entre seusclientes diversos. O PINE e suas afiliadas estão envolvidas em uma gama completa de serviços financeiros e relacionados, incluindo bancário e aprestação de serviços de investimento. Assim, o PINE ou suas afiliadas podem ter um interesse material ou um conflito de interesse em qualquerdos serviços prestados aos clientes pelo PINE ou suas afiliadas. As áreas de negócio dentro do PINE e entre suas afiliadas operamindependentemente uma das outras e restringem o acesso a determinado indivíduo responsável pelo tratamento dos assuntos do cliente adeterminadas áreas da informação, onde este é necessário para gerenciar conflitos de interesses ou interesses materiais.Certificação de AnalistasOs analistas responsáveis pela elaboração deste relatório de análise são certificados e as opiniões aqui expressadas refletem exclusivamente suasopiniões pessoais, sendo que as opiniões sobre qualquer dos emissores ou valores mobiliários analisados neste relatório foram preparadas deforma autônoma e independente.

×