PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABERABA                                                 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO        ...
Alcançando esse objetivo com a realização de produção dos pareceres técnicos paraA Portaria Nº 159/2011, Matriz Curricular...
2. Acompanhar, monitorar e avaliar o desempenho das instituições que   atendem à Educação Infantil.A ação para alcançar es...
Através do atendimento às turmas de Educação Infantil noCampo por meio de construções de propostas pedagógicas(Projetos   ...
então a ser oficina de contação de histórias para crianças, tendo iniciado no IIsemestre 2012.                            ...
e Desenvolvimento Psicomotor da Criança e II Oficina - Produção de Recursopara Subsidiar a Prática Pedagógica. Nosso objet...
com toda comunidade escolar zelar e conservar para uso contínuo.                                 QUANTITATIVO DE LIVROS DI...
Os momentos de alimentação acontecem de modo a contribuirpara a conquista da autonomia das crianças?Os professores fazem r...
QUANTO A ORGANIZAÇÃO DA HIGIENIZAÇÃO DA CRIANÇA: Os espaços para a higienização das crianças, assim como todos os outros, ...
CRONOGRANA ANUAL DE ENCONTROS FORMATIVOS TEMÁTICAS                                                PERÍODO          PÚBLICO...
realização de tais formações. Consideramos de extrema importância e urgência aaquisição desses materiais, pela secretaria....
I Oficina: Movimento e Desenvolvimento Psicomotor da CriançaEquipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012   P...
II Oficina: Produção de Recurso para subsidiar a Prática PedagógicaEquipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2...
Entrega de brinquedos no primeiro semestre de 2012           Entrega de livros de literatura infantil em 14/11/12Equipe Té...
Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012   Página15
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Memorial Educação Infantil do Município de Itaberaba-BA - 2012.Claudinéia Barbosa

5.123 visualizações

Publicada em

Expressa a missão de acompanhar as instituições no desenvolvimento de suas ações e contribuir com a formação dos profissionais, buscando garantir a qualidade do atendimento na Educação Infantil.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.123
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Memorial Educação Infantil do Município de Itaberaba-BA - 2012.Claudinéia Barbosa

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABERABA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FUNDO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CNPJ 14806058/0001-31 MEMORIAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL Equipe Técnica de Apoio Pedagógico Deise Mari Azevedo de Oliveira Valéria Rocha de Oliveira de Queiroz Claudinéia da Silva Barbosa.JUSTIFICATIVAConsiderando as metas estabelecidas no Plano de Ação para Educação Infantil em2012, o qual expressou como missão, acompanhar as instituições nodesenvolvimento de suas ações garantido a qualidade nas socializações das criançasperpassando pelo conhecimento de mundo e por sua formação social e pessoal.Projetamos então, ações partindo da visão, constituir espaços onde aindissociabilidade entre cuidar e educar reconheça as crianças enquanto sujeitoshistóricos e de direitos que, nas interações, relações e práticas cotidianas quevivenciam, constroem sua identidade pessoal e coletiva, brinca, imagina, fantasia,deseja, aprende, observa, experimenta, narra, questiona e constrói sentidos sobre anatureza e a sociedade, produzindo cultura. Assim esse pensar buscou validar umatendimento de qualidade à primeira etapa de Educação Básica, a Educação Infantilno município de Itaberaba.OBJETIVOS E AÇÕES DESENVOLVIDAS1. Normatizar o trabalho na Educação Infantil do Município de Itaberaba, reelaborando e criando documentos necessários ao segmento conforme legislação específica.
  2. 2. Alcançando esse objetivo com a realização de produção dos pareceres técnicos paraA Portaria Nº 159/2011, Matriz Curricular 2010 – Educação Infantil; com a Revisãodas Diretrizes Curriculares para a Educação Infantil; também a adaptação dosIndicadores da Qualidade na Educação Infantil (INDIQUE), formatando dimensões deacordo com a faixa etária do público atendido em nosso município, bem como aorganização dos Diários de Classe, instrumentalizando avaliação deste segmentoem rede. PERIODO DE REVISÃO E ORGANIZAÇÃO DIRETRIZES CURRICULARES* FEVEREIRO À ABRIL/2012 INDIQUE* FEVEREIRO/2012 DIÁRIOS DE CLASSE FEVEREIRO À MARÇO/2012 QUANTITATIVO: DIÁRIO PARA EDUCAÇÃO INFANTIL TURMAS NA ZONA URBANA TURMAS CAMPO 73 17* Foi distribuída uma cópia das Diretrizes Curriculares para cada profissional da EducaçãoInfantil, e encaminhada para o e-mail dos Coordenadores Pedagógicos para imprimirem eanexarem aos arquivos de documentos das instituições. Todas as instituições receberamtambém uma cópia do Indique.Pontuando as dificuldades encontradas para a realização desse trabalho com adocumentação específica, destacamos a redução do número de páginas para aimpressão do Diário de Classe, implicando em corte das páginas relativas aosrelatórios descritivos, bem como as de orientação que respaldam o trabalho deacompanhamento do professor, competências e habilidades de cada eixo doconhecimento, que foram suprimidas.Assim, sinalizamos a necessidade de ampliar o número de páginas na reimpressãodesse Diário, contemplando as faltas acima citadas. Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página 2
  3. 3. 2. Acompanhar, monitorar e avaliar o desempenho das instituições que atendem à Educação Infantil.A ação para alcançar esse objetivo foi primeiro, a sistematização da Ficha paraMonitoramento e Acompanhamento da Ação Institucional (FMAAI) comoinstrumento de registros das visitas; reuniões para atendimento das necessidades dasinstituições em caráter pedagógico e administrativo, dialogando com asCoordenações Pedagógica e Gestão para fazerem as devidas intervenções; QUANTITATIVO DE VISITAS DE ACOMPANHAMENTO E MONITORAMENTO ITENS DA FICHA Nº DE VISITAS OBSERVAÇÃO DO COTIDIANO ESCOLAR - ROTINA 10 ACOMPANHAMENTO DE AÇÃO DO COORDENADOR (AC) 11 OBSERVAÇÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA – GESTÃO DE AULA 16 RELAÇÃO DO PROFESSOR COM AS CRIANÇAS E POSTURA DO 09 EDUCADORNo tocante ao monitoramento, acompanhamento e avaliação das instituiçõespontuamos a diminuição da logística do transporte como um fator dificultador paracumprimento do nosso cronograma de visitas.3. Adequar os espaços para atender as crianças em todas as suasnecessidades.Considerando os processos de construção e adequação dos espaços físicos dasinstituições, é possível afirmar que este atendimento se deu de forma parcial, tendoiniciado em 2012 com a previsão de conclusão ao final do primeiro semestre de 2013,a construção de três Proinfância e uma unidade para atender o ciclo infância comrecursos próprios de nosso município. Ocorreu em algumas unidades da Zona Rural eUrbana adaptações na estrutura física na tentativa de adequarem-se aos padrõesapresentados pelo INDIQUE.4. Fortalecer a identidade cultural respeitando a diversidade. Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página 3
  4. 4. Através do atendimento às turmas de Educação Infantil noCampo por meio de construções de propostas pedagógicas(Projetos periódicos) contemplando às necessidadesespecíficas do público alvo as crianças, também asnecessidades de formação de professores ecoordenadores. Quanto às Instituições de Educação Infantil Figura 1- Capa do Projeto Me Reconheço Brincandona Zona Urbana, por meio de suas coordenaçõespedagógicas, foram orientadas pela equipe técnica á desenvolver propostaspedagógicas direcionadas a seu público (crianças de 03 a 05 anos) considerando osProjetos Institucionais apresentados por esta Secretaria. NECESSIDADES ESPECÍFICAS DAS INSTITUIÇÕES DO CAMPO PROPOSTAS PEDAGÓGICAS PERÍODOS DE MAIO À JUNHO – 05 SEMANAS GOSTOSURAS E COMILANÇA! DE JULHO À SETEMBRO – 12 SEMANAS CADÊ A ÁGUA DE OUTUBRO À DEZEMBRO – 11 SEMANAS ME RECONHEÇO BRINCANDOConsiderando o depoimento dos coordenadores que por sua vez, respaldados pelasfalas de seus professores, afirmam que o resultado desses projetos tem sido positivo,pois, tem atingido a compreensão das crianças de forma muito significativa.Entendemos que estes resultados são possíveis através do diálogo coletivo dosCoordenadores que atuam na Educação Infantil no Campo junto a esta equipe,somando suas vivências para a sistematização de propostas.5. Mediar as atividades sócio-educativas.Para atender a este objetivo foi pensado o Projeto TantoCanto, Tanto Conto... (TCTC), para ser desenvolvidodurante o I semestre de 2012. Este projeto passou a serintegrado ao projeto Institucional Arte Educação, lançadopela Secretaria Municipal de Educação (SMED), passando Figura 2. Oficina Tanto Canto, Tanto Conto... Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página 4
  5. 5. então a ser oficina de contação de histórias para crianças, tendo iniciado no IIsemestre 2012. Visava contribuir sensivelmente para o desenvolvimento da expressividade, para fruição da imaginação e da criatividade dos pequenos; à medida que buscava atender um desejo das instituições na voz de seus professores entre outrosFigura 3. Bonecas Beijinho Doce profissionais de existir um projeto dessa natureza. Com uma(Valéria Rocha) e Lis (ClaudinéiaBarbosa) contando história. logística que atendia a 08 das 14 instituições de EducaçãoInfantil da Zona Urbana. Se esbarrou na dificuldade de transporte diário e adequadopara transportar todos os elementos do cenário, que eram relativamente grandes,devido ao interesse visual das crianças. Inicialmente, também houve dificuldadequanto à aquisição de materiais para a construção de tais elementos. Contudo,mesmo este projeto tem uma breve duração no seu formato inicial de contato diretocom as crianças, ele foi muito marcante para as mesmas, que sempre comentamsobre a experiência vivida, desejando revivê-la. QUANTITATIVO DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS QUE ESTAVAM PREVISTAS Nº DE INSTITUIÇÕES HISTÓRIAS Nº DE CONTAÇÃO CONTEMPLADAS 10 08 120 QUANTITATIVO DE CONTAÇÃO DAS HISTÓRIAS QUE PUDERAM SER REALIZADAS 1-O CABRA-CABREZ 08 12 2-O MACACO E O RABO 08 2As Técnicas mediadoras da Oficina Tanto Canto TantoConto, foram convidadas pela Secretária, a redimensionar aoficina de modo que atendessem aos docentes, oferecendo-a como formação para estes. Assim a Equipe Técnicaimplementou o Plano de Ação para o trabalho técnico da Figura 4. Jogos de aquecimentoEducação Infantil, organizando um cronograma de formação na I Oficina.para os professores ampliando-o, incluindo o redimensionamento da Oficina TantoCanto, Tanto, Conto... Planejaram e realizaram no II semestre: I Oficina - Movimento Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página 5
  6. 6. e Desenvolvimento Psicomotor da Criança e II Oficina - Produção de Recursopara Subsidiar a Prática Pedagógica. Nosso objetivo amplo foi considerar diversas práticas que caracterizam o universo da Educação Infantil refletindo sobre o sentido e funções atribuídos ao movimento no cotidiano das Creches e Pré-Escolas. Sentimos que foi alcançado com êxito, tanto nas reflexões sobre a importância do trabalho com considerando a psicomotricidade, quanto naFigura 5. Produção de baú elivrão na II Oficina. participação dos Professores e Coordenadores, falando desuas experiências discutindo os papeis e lugar do adulto no contexto do brincar.Assim também consideramos as participações, os relatos, as curiosidades, aexpressividade e a criatividade dos Professores durante a II oficina de produção derecurso. Percebemos que estes, saiam com expressiva satisfação ao levarem aprodução para compartilharem com os colegas e crianças nas suas instituições.Contemplando também esse objetivo, ocorreu no primeirosemestre de 2012 a entrega dos brinquedos e jogoseducativos, solicitados pela Equipe Técnica / SMED em2011, buscando atender as necessidades de algumasinstituições em relação a estes recursos. Compreendemos Figura 6. Entrega de brinquedos na Creche Gente Miúda.que esta ação não supriu a demanda da rede em suasnecessidades amplitude, mas amenizou a carência, trazendo contribuições.Consideramos ainda, que a solicitação destes recursos foi planejada para atender atrês instituições, porém no período em que chegou e com a ampliação da matrícula aoatendimento nas instituições em 2012, o quantitativo foi redistribuído, contemplandoquatro instituições na zona urbana e duas na zona rural. No segundo semestre deste ano, outra ação que corresponde a este objetivo, foi a entrega dos livros de literatura infantil para instituições que atendem o público infantil. Estes livros foram solicitados no início do segundo semestre de 2011, com o intuito de colaborar para uma rotina mais criativa e prazerosa como sugere a EducaçãoFigura 7. Crianças e Professoras Infantil. Foi também solicitado no ato da entrega que asda Escola Mundo Encantadorecebendo os livros. Diretoras e ou responsáveis assinassem um documento em anexo discriminativo dos títulos, comprometendo-se a junto Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página 6
  7. 7. com toda comunidade escolar zelar e conservar para uso contínuo. QUANTITATIVO DE LIVROS DISTRIBUIDOS INSTITUIÇÕES QUANTIDADE DE TOTAL DE LIVROS TÍTULOS PARA CADA CONTEMPLADAS INSTITUIÇÃO DISTRIBUIDOS 08 47 376Foi gratificante observar a satisfação das Crianças, Professoras eCoordenadoras ao receberam os livros. Ao manusearem comalegria e empolgação. Observamos que alguns Professoresanimados ao escolheram os títulos que iriam utilizar noplanejamento do Projeto Institucional - Diversidade EntrelaçandoSaberes e Identidades. Figura 8. Crianças e Professoras do Centro Infantil Comunitário, também agradecem animados.6. Fiscalizar a qualidade da alimentação, das condições de higiene, conforto e segurança das crianças.Essa ação foi realizada por meio de acompanhamento e monitoramento realizadosnas instituições, tendo como instrumentos de registros e dados a FMAAI comomediador de tal fiscalização. As tabelas abaixo contêm os itens relativos à estaobservação. 4- OBSERVAÇÃO DO COTIDIANO ESCOLAR-Rotina (diz respeito à observação de como a instituição se organiza nas suas atividades de rotina, perpassando a educação e o cuidado das crianças que atende). Data da Data da Data da Data da visita visita visita visita QUANTO A ORGANIZAÇÃO DA ALIMENTAÇÃO: (café, lanche, almoço, janta) As crianças são informadas sobre o cardápio e incentivadas a fazer a refeição? A distribuição da alimentação está acontecendo sob condições adequadas de higiene? Durante as refeições as crianças são orientadas sobre cuidados alimentares básicos? Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página 7
  8. 8. Os momentos de alimentação acontecem de modo a contribuirpara a conquista da autonomia das crianças?Os professores fazem registros sobre esse momento? Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página 8
  9. 9. QUANTO A ORGANIZAÇÃO DA HIGIENIZAÇÃO DA CRIANÇA: Os espaços para a higienização das crianças, assim como todos os outros, estão bem higienizados? As crianças lavam as mãos quando necessário e conta com acompanhamento para essa ação? As crianças são orientadas de como se lava as mãos? As crianças fazem escovação, sendo orientadas em todo processo? A organização para o banho preserva meninos e meninas respeitando suas individualidades? Há diálogo durante o banho ensinando e dando oportunidade das crianças se lavarem? As crianças são incentivadas a cuidar, guardar suas roupas e demais pertences? O banho é prazeroso? As crianças são acompanhadas ao sanitário, sendo orientadas em suas necessidades, para a conquista gradativa da autonomia ao utilizá-lo? A autonomia e condições de higiene estão sendo asseguradas quando a criança necessita beber água? Os professores fazem registros sobre as crianças nos processos de higienização?No contato com as instituições observamos uma dificuldade que foi a realidade detodas as creches (atendimento integral) em garantir para as crianças a janta àssextas-feiras, implicando na liberação das mesmas antes do horário regimentado. Naoportunidade solicitamos a continuidade da qualidade e diversidade da alimentaçãooferecida.7. Realizar formação continuada para os profissionais da Educação Infantil.A Equipe Técnica da Educação Infantil, planejou e realizou encontros formativos,mensalmente com Coordenadores e bimestralmente com Professores Regentes eAuxiliares. Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página 9
  10. 10. CRONOGRANA ANUAL DE ENCONTROS FORMATIVOS TEMÁTICAS PERÍODO PÚBLICO 1- I GRUPO DE ESTUDO: REFLETIR SOBRE A PREPODERÂNCIA 21/03/2012 COORDENADORES DAS DATAS COMEMORATIVAS NO CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO INFANTIL. 2- O DESEJO DA CRIANÇA DE MOVIMENTAR-SE. 02/05/2012 COORDENADORES 3- APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA PEDAGÓGICA DO MUNICÍPIO 15, 16, 17 E COORDENADORES, PARA AS TURMAS DE EDUCAÇÃO INFANTIL AOS DOCENTES, 22/05/2012 PROFESSORES REGENTES E CONSIDERANDO A REVISÃO DAS DIRETRIZES CURRICULARES AUXILIARES 4- AVALIAÇÃO DA PROPOSTA GOSTOSURAS E COMILANÇA E 14/06/2012 COORDENADORES DA CONSTRUÇÃO DO PROJETO CADÊ A ÁGUA? EDUCAÇÃO INFANTIL NO CAMPO 5- APRESENTAÇÃO E PLANEJAMENTO DA PROPOSTA: ESTUDO 04/07/2012 COORDENADORES SOBRE MESTRE VITALINO INCLUINDO-O NO PROJETO INSTITUCIONAL DO 07 DE SETEMBRO. E APRESENTAÇÃO E JUSTIFICATIVA DA OFICINA TANTO CANTO TANTO CONTO. 6- II GRUPO DE ESTUDO: A ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO E 22/08/2012 COORDENADORES TEMPO NA ROTINA DA EDUCAÇÃO INFANTIL. 7- ACORDOS PARA 07 DE SETEMBRO CONSIDERANDO AS 27/08/2012 DIRETORES ESPECIFICIDADES DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL. 8- I OFICINA: MOVIMENTO E DESENVOLVIMENTO 25, 27/09 A COORDENADORES, PSICOMOTOR DA CRIANÇA. 03, PROFESSORES REGENTES E 10/10/2012 AUXILIARES 9- ENCONTRO PARA CONSTRUÇÃO DA PROPOSTA: ME 28/09/2012 COORDENADORES DA RECONHEÇO BRINCANDO. EDUCAÇÃO INFANTIL NO CAMPO 10- II OFICINA: PRODUÇÃO DE RECURSO PARA SUBSIDIAR A 23, 25 E 31/10 COORDENADORES, PRÁTICA PEDAGÓGICA. À 01/11/2012 PROFESSORES REGENTES E AUXILIARES 11- PLANEJAMENTO PARA A FINALIZAÇÃO DO II SEMESTRE DE 07/11/2012 COORDENADORES 2012 E PRÉ-JORNADA 2013. 12- AVALIAÇÃO DA ROTINA E DAS AÇÕES NAS INSTITUIÇÕES 27, 29/11 À COORDENADORES, REALIZADOS EM 2012 E ACORDOS PEDAGÓGICOS PARA 2013.* 05/12/2012 PROFESSORES REGENTES E AUXILIARES*Prevista para realização.Durante as formações a principal dificuldade encontrada foi em relação à logística doevento, pois necessitamos de empréstimo dos equipamentos necessário para a Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página 10
  11. 11. realização de tais formações. Consideramos de extrema importância e urgência aaquisição desses materiais, pela secretaria.Pontuamos como um grande ganho de todas as formações realizadas o fato de terdiscutido o currículo da Educação Infantil com bases teóricas e legais, específicas.Possibilitando aos professores, sugerirem e refletirem sobre a própria prática. Assim,observamos um reconhecimento desses profissionais nesse segmento da educação,valorizando sua autoestima e identidade profissional.ANEXOS: REGISTROS FOTOGRÁFICOS III Encontro com Coordenadores em 02/05/12Apresentação da Diretriz Curricular para Educação Infantil – Revisão 2012 Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página 11
  12. 12. I Oficina: Movimento e Desenvolvimento Psicomotor da CriançaEquipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página12
  13. 13. II Oficina: Produção de Recurso para subsidiar a Prática PedagógicaEquipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página13
  14. 14. Entrega de brinquedos no primeiro semestre de 2012 Entrega de livros de literatura infantil em 14/11/12Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página14
  15. 15. Equipe Técnica da Educação Infantil – Itaberaba – BA. 2012 Página15

×