SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar
essa MAPA? Iremos te ajudar!
Entre em contato
(63) 99129-5554
MAPA - CIÊNCIAS DO AMBIENTE - 54/2023
Olá, estudante! Seja bem-vindo(a) à atividade MAPA da disciplina de Ciências do Ambiente.
A atividade tem como tema a “GESTÃO AMBIENTAL NA INDÚSTRIA DE CERÂMICA
VERMELHA” e está dividida em 4 (quatro) etapas. Inicialmente apresentaremos uma
contextualização sobre a temática da atividade, posteriormente os passos para realização e
as etapas para desenvolvimento de sua atividade. E, por fim, instruções sobre a entrega.
Bom trabalho!
Prof.ª Paula Polastri
Contextualização
Por meio de uma consultoria especializada, você, futuro profissional, e sua equipe, foram
contratados pelo proprietário de uma indústria de cerâmica vermelha, para a elaboração e
implementação da gestão ambiental do seu empreendimento. Dentre os levantamentos a
serem realizados e planos a serem elaborados está o plano de gerenciamento de resíduos
sólidos.
Analisando a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), instituída pela Lei nº
12.305/2010 (BRASIL, 2010), você verificou que em seu artigo 20 versa que, dentre o
conteúdo mínimo do plano de gerenciamento de resíduos sólidos, deve constar a descrição
do empreendimento ou atividade, tal como o diagnóstico dos resíduos sólidos gerados ou
administrados, contendo a origem, o volume e a caracterização dos resíduos.
Nas visitas técnicas, realizadas in loco, foi possível você observar que geração de resíduos
sólidos no processo são decorrentes de perdas por falhas na qualidade do produto. Assim,
por meio de reuniões com o proprietário, você argumentou que a implementação de boas
práticas ambientais não deve ser enxergada como um custo, mas como um fator de
resultado. Isso de forma que a melhoria deve ser contínua e que a adoção de boas práticas
ambientais tem potencial de proporcionar uma série de benefícios, como a redução dos
custos operacionais e a redução da geração de poluentes.
Desenvolvimento
Estudo de caso: gestão ambiental na indústria de cerâmica vermelha.
Nesse contexto, considerando a situação hipotética apresentada, para elaborar a atividade
MAPA desta disciplina, você deve seguir 3 (três) passos e 4 (quatro) etapas, conforme a
seguir:
Passos:
Passo 1. Acessar e baixar o formulário padrão para realizar o MAPA e o modelo de
fluxograma. Baixar o formulário padrão intitulado “Formulário padrão – MAPA Ciências do
Ambiente” e o "modelo de fluxograma da indústria de cerâmica vermelha", que estão
disponíveis no Material da Disciplina dentro do ambiente da disciplina em seu Studeo. Neste
formulário, a atividade MAPA já estará estruturada em tópicos, conforme as etapas de
desenvolvimento solicitadas.
Passo 2. Acessar os materiais de suporte para desenvolvimento de seu MAPA.
Acessar os materiais de apoio como o livro da disciplina e outras leituras que contribuam
para a sua realização, assim como o vídeo explicativo sobre o MAPA, o “guia técnico
ambiental da indústria de cerâmica vermelha” e a "cartilha ambiental da cerâmica
vermelha". Disponibilizamos alguns links importantes para desenvolvimento de sua
atividade:
Guia técnico ambiental da indústria de cerâmica vermelha (FIEMG):
https://www.feam.br/images/stories/3SMRR/guia_ceramica.pdf
Cartilha ambiental da cerâmica vermelha (ANICER/SEBRAE):
https://www.anicer.com.br/wp-
content/uploads/2020/03/CartilhaAmbientalCeramicaVermelha.pdf
Lei nº 12.305/2010: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm
Resolução CONAMA nº 275/2001:
http://conama.mma.gov.br/?option=com_sisconama&task=arquivo.download&id=273
Resolução CONAMA nº 313/2002:
http://conama.mma.gov.br/?option=com_sisconama&task=arquivo.download&id=331
Resolução CONAMA nº 362/2005:
http://conama.mma.gov.br/?option=com_sisconama&task=arquivo.download&id=457
Logística reversa de embalagens vazias de óleo lubrificante usado:
https://www.joguelimpo.org.br
Logística reversa de lâmpadas fluorescentes de vapor de mercúrio: https://reciclus.org.br/
Passo 3. Realizar a atividade MAPA. Depois de baixar o formulário padrão, o modelo de
fluxograma, e acessar os materiais de suporte, em seu formulário você deve apresentar o
que é solicitado nas Etapas de 1 a 4.
Etapas:
Etapa 1. Descrição do empreendimento e elaboração do fluxograma do processo
produtivo. Apresentar uma breve descrição sobre o processo produtivo em estudo, e
também, um fluxograma de processo genérico da indústria de cerâmica vermelha,
compreendendo em entradas, atividades e saídas (resíduos sólidos, emissões atmosféricas,
dentre outros aspectos ambientais e produtos). Você poderá utilizar o modelo de fluxograma
que será disponibilizado, assim como o exemplo de fluxograma dos materiais de apoio, no
entanto NÃO poderá ser realizada a cópia das figuras; você deverá criar seu próprio
fluxograma.
Etapa 2. Diagnóstico dos resíduos sólidos. Nesta etapa, apresente pelo menos 3 (três)
dos resíduos sólidos gerados na indústria de cerâmica vermelha, incluindo a sua fonte de
geração (local ou etapa do processo no qual é gerado), classificação conforme a NBR
10004:2004 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), forma de
armazenamento interno e a destinação final ambientalmente adequada. Você pode citar
resíduos sólidos que são gerados no processo produtivo ou não, como, por exemplo, nas
áreas de apoio (refeitório, banheiros, escritórios etc.). Utilize o exemplo do Quadro 1 para
apresentar o seu diagnóstico.
Quadro 1 - Gerenciamento dos resíduos sólidos gerados na indústria de cerâmica vermelha
Fonte: a autora.
Etapa 3. Diagnóstico dos efluentes líquidos e emissões atmosféricas. Nesta etapa,
apresente pelo menos 3 (três) tipos de efluentes líquidos e 3 (três) tipos de emissões
atmosféricas geradas na indústria de cerâmica vermelha, incluindo a sua fonte de geração
(local ou etapa do processo no qual é gerado). Utilize o exemplo do Quadro 2 para
apresentar o seu diagnóstico.
Quadro 2 - Emissões atmosféricas e efluentes líquidos gerados na indústria de cerâmica
vermelha.
Fonte: adaptado de: http://www.feam.br/images/stories/3SMRR/guia_ceramica.pdf. Acesso
em: 1 set. 2023.
Etapa 4. Medidas/ações de controle da poluição. Nesta etapa, de acordo com o
diagnóstico das Etapas 2 e 3, você deverá escolher 3 (três) aspectos ambientais, ou seja, a
geração de um resíduo sólido, de um efluente líquido e de uma emissão atmosférica, e
apresentar pelo menos uma medida mitigadora para cada aspecto ambiental escolhido.
Utilize o exemplo do Quadro 3 para apresentar as suas medidas.
Quadro 3 - Medidas de controle da poluição na indústria de cerâmica vermelha
Fonte: adaptado de: http://www.feam.br/images/stories/3SMRR/guia_ceramica.pdf. Acesso
em: 1 set. 2023.
Instruções para realização da atividade
- É obrigatória a utilização do formulário padrão (template) para a realização do MAPA.
- Esta é uma atividade individual, portanto, trabalhos com plágios, copiados da internet ou
de outros alunos serão zerados.
- O trabalho pode ter quantas páginas você precisar para respondê-lo, desde que siga a sua
estrutura. Formatação exigida para esta atividade: documento Word, Fonte Arial ou Times
New Roman tamanho 12, espaçamento entre linhas 1,5, texto justificado.
- Após inteiramente respondido, você entregará apenas UM ARQUIVO com suas respostas.
O trabalho deve ser enviado para correção pelo seu Studeo em formato de arquivo
doc/docx ou PDF, na forma de anexo no campo de resposta da atividade MAPA. Caso você
utilize OPEN OFFICE ou MAC, transforme o arquivo em PDF para evitar incompatibilidade.
- Coloque um nome simples no seu arquivo para não haver confusão no momento do envio.
- Ao utilizar quaisquer materiais de pesquisa, apresente as referências no final do trabalho
conforme as Normas ABNT NBR 6023:2018.
- Ao final do enunciado desta atividade, aqui, no Studeo, há uma caixa de envio de arquivo.
Basta clicar e selecionar sua atividade ou arrastar o arquivo até a caixa de envio de arquivo.
- Antes de clicar em FINALIZAR, certifique-se de que está tudo certo, pois uma vez
finalizado, você não poderá mais modificar o arquivo. Sugerimos que você clique no link
gerado da sua atividade e faça o download para conferir.
- A qualidade do trabalho será considerada na hora da avaliação, então preencha tudo com
cuidado. Alguns dos critérios de avaliação são a utilização do template; atendimento ao
tema; constituição dos argumentos e organização das ideias; correção gramatical e
atendimento às Normas ABNT.

Mais conteúdo relacionado

Mais de azulassessoriaacadem3

Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...azulassessoriaacadem3
 
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...azulassessoriaacadem3
 
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...azulassessoriaacadem3
 
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...azulassessoriaacadem3
 
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:azulassessoriaacadem3
 
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:azulassessoriaacadem3
 
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...azulassessoriaacadem3
 
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...azulassessoriaacadem3
 
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...azulassessoriaacadem3
 
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...azulassessoriaacadem3
 
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.azulassessoriaacadem3
 
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.azulassessoriaacadem3
 
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?azulassessoriaacadem3
 
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 

Mais de azulassessoriaacadem3 (20)

Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
 
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
 
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
 
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
 
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
 
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
 
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
 
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
 
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
 
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
 
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
 
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
 
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
 
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
2. Avalie a postura do pastor Epafrodito na condução do conflito, apresente p...
 
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
 
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
1. Classifique a natureza do conflito entre Loide e Sintique.
 
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
 
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
5. Em caso de sentença condenatória do Estado agressor, quais as penas?
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 

Último

cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 

Último (20)

cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 

Gestão ambiental na indústria de cerâmica

  • 1. Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar essa MAPA? Iremos te ajudar! Entre em contato (63) 99129-5554 MAPA - CIÊNCIAS DO AMBIENTE - 54/2023 Olá, estudante! Seja bem-vindo(a) à atividade MAPA da disciplina de Ciências do Ambiente. A atividade tem como tema a “GESTÃO AMBIENTAL NA INDÚSTRIA DE CERÂMICA VERMELHA” e está dividida em 4 (quatro) etapas. Inicialmente apresentaremos uma contextualização sobre a temática da atividade, posteriormente os passos para realização e as etapas para desenvolvimento de sua atividade. E, por fim, instruções sobre a entrega. Bom trabalho! Prof.ª Paula Polastri Contextualização Por meio de uma consultoria especializada, você, futuro profissional, e sua equipe, foram contratados pelo proprietário de uma indústria de cerâmica vermelha, para a elaboração e implementação da gestão ambiental do seu empreendimento. Dentre os levantamentos a serem realizados e planos a serem elaborados está o plano de gerenciamento de resíduos sólidos.
  • 2. Analisando a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), instituída pela Lei nº 12.305/2010 (BRASIL, 2010), você verificou que em seu artigo 20 versa que, dentre o conteúdo mínimo do plano de gerenciamento de resíduos sólidos, deve constar a descrição do empreendimento ou atividade, tal como o diagnóstico dos resíduos sólidos gerados ou administrados, contendo a origem, o volume e a caracterização dos resíduos. Nas visitas técnicas, realizadas in loco, foi possível você observar que geração de resíduos sólidos no processo são decorrentes de perdas por falhas na qualidade do produto. Assim, por meio de reuniões com o proprietário, você argumentou que a implementação de boas práticas ambientais não deve ser enxergada como um custo, mas como um fator de resultado. Isso de forma que a melhoria deve ser contínua e que a adoção de boas práticas ambientais tem potencial de proporcionar uma série de benefícios, como a redução dos custos operacionais e a redução da geração de poluentes. Desenvolvimento Estudo de caso: gestão ambiental na indústria de cerâmica vermelha. Nesse contexto, considerando a situação hipotética apresentada, para elaborar a atividade MAPA desta disciplina, você deve seguir 3 (três) passos e 4 (quatro) etapas, conforme a seguir: Passos: Passo 1. Acessar e baixar o formulário padrão para realizar o MAPA e o modelo de fluxograma. Baixar o formulário padrão intitulado “Formulário padrão – MAPA Ciências do Ambiente” e o "modelo de fluxograma da indústria de cerâmica vermelha", que estão disponíveis no Material da Disciplina dentro do ambiente da disciplina em seu Studeo. Neste formulário, a atividade MAPA já estará estruturada em tópicos, conforme as etapas de desenvolvimento solicitadas. Passo 2. Acessar os materiais de suporte para desenvolvimento de seu MAPA. Acessar os materiais de apoio como o livro da disciplina e outras leituras que contribuam para a sua realização, assim como o vídeo explicativo sobre o MAPA, o “guia técnico ambiental da indústria de cerâmica vermelha” e a "cartilha ambiental da cerâmica vermelha". Disponibilizamos alguns links importantes para desenvolvimento de sua atividade: Guia técnico ambiental da indústria de cerâmica vermelha (FIEMG): https://www.feam.br/images/stories/3SMRR/guia_ceramica.pdf Cartilha ambiental da cerâmica vermelha (ANICER/SEBRAE): https://www.anicer.com.br/wp- content/uploads/2020/03/CartilhaAmbientalCeramicaVermelha.pdf Lei nº 12.305/2010: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm Resolução CONAMA nº 275/2001: http://conama.mma.gov.br/?option=com_sisconama&task=arquivo.download&id=273 Resolução CONAMA nº 313/2002: http://conama.mma.gov.br/?option=com_sisconama&task=arquivo.download&id=331 Resolução CONAMA nº 362/2005: http://conama.mma.gov.br/?option=com_sisconama&task=arquivo.download&id=457 Logística reversa de embalagens vazias de óleo lubrificante usado: https://www.joguelimpo.org.br
  • 3. Logística reversa de lâmpadas fluorescentes de vapor de mercúrio: https://reciclus.org.br/ Passo 3. Realizar a atividade MAPA. Depois de baixar o formulário padrão, o modelo de fluxograma, e acessar os materiais de suporte, em seu formulário você deve apresentar o que é solicitado nas Etapas de 1 a 4. Etapas: Etapa 1. Descrição do empreendimento e elaboração do fluxograma do processo produtivo. Apresentar uma breve descrição sobre o processo produtivo em estudo, e também, um fluxograma de processo genérico da indústria de cerâmica vermelha, compreendendo em entradas, atividades e saídas (resíduos sólidos, emissões atmosféricas, dentre outros aspectos ambientais e produtos). Você poderá utilizar o modelo de fluxograma que será disponibilizado, assim como o exemplo de fluxograma dos materiais de apoio, no entanto NÃO poderá ser realizada a cópia das figuras; você deverá criar seu próprio fluxograma. Etapa 2. Diagnóstico dos resíduos sólidos. Nesta etapa, apresente pelo menos 3 (três) dos resíduos sólidos gerados na indústria de cerâmica vermelha, incluindo a sua fonte de geração (local ou etapa do processo no qual é gerado), classificação conforme a NBR 10004:2004 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), forma de armazenamento interno e a destinação final ambientalmente adequada. Você pode citar resíduos sólidos que são gerados no processo produtivo ou não, como, por exemplo, nas áreas de apoio (refeitório, banheiros, escritórios etc.). Utilize o exemplo do Quadro 1 para apresentar o seu diagnóstico. Quadro 1 - Gerenciamento dos resíduos sólidos gerados na indústria de cerâmica vermelha Fonte: a autora. Etapa 3. Diagnóstico dos efluentes líquidos e emissões atmosféricas. Nesta etapa, apresente pelo menos 3 (três) tipos de efluentes líquidos e 3 (três) tipos de emissões atmosféricas geradas na indústria de cerâmica vermelha, incluindo a sua fonte de geração (local ou etapa do processo no qual é gerado). Utilize o exemplo do Quadro 2 para apresentar o seu diagnóstico.
  • 4. Quadro 2 - Emissões atmosféricas e efluentes líquidos gerados na indústria de cerâmica vermelha. Fonte: adaptado de: http://www.feam.br/images/stories/3SMRR/guia_ceramica.pdf. Acesso em: 1 set. 2023. Etapa 4. Medidas/ações de controle da poluição. Nesta etapa, de acordo com o diagnóstico das Etapas 2 e 3, você deverá escolher 3 (três) aspectos ambientais, ou seja, a geração de um resíduo sólido, de um efluente líquido e de uma emissão atmosférica, e apresentar pelo menos uma medida mitigadora para cada aspecto ambiental escolhido. Utilize o exemplo do Quadro 3 para apresentar as suas medidas. Quadro 3 - Medidas de controle da poluição na indústria de cerâmica vermelha Fonte: adaptado de: http://www.feam.br/images/stories/3SMRR/guia_ceramica.pdf. Acesso em: 1 set. 2023. Instruções para realização da atividade - É obrigatória a utilização do formulário padrão (template) para a realização do MAPA. - Esta é uma atividade individual, portanto, trabalhos com plágios, copiados da internet ou de outros alunos serão zerados. - O trabalho pode ter quantas páginas você precisar para respondê-lo, desde que siga a sua estrutura. Formatação exigida para esta atividade: documento Word, Fonte Arial ou Times New Roman tamanho 12, espaçamento entre linhas 1,5, texto justificado. - Após inteiramente respondido, você entregará apenas UM ARQUIVO com suas respostas. O trabalho deve ser enviado para correção pelo seu Studeo em formato de arquivo doc/docx ou PDF, na forma de anexo no campo de resposta da atividade MAPA. Caso você utilize OPEN OFFICE ou MAC, transforme o arquivo em PDF para evitar incompatibilidade. - Coloque um nome simples no seu arquivo para não haver confusão no momento do envio.
  • 5. - Ao utilizar quaisquer materiais de pesquisa, apresente as referências no final do trabalho conforme as Normas ABNT NBR 6023:2018. - Ao final do enunciado desta atividade, aqui, no Studeo, há uma caixa de envio de arquivo. Basta clicar e selecionar sua atividade ou arrastar o arquivo até a caixa de envio de arquivo. - Antes de clicar em FINALIZAR, certifique-se de que está tudo certo, pois uma vez finalizado, você não poderá mais modificar o arquivo. Sugerimos que você clique no link gerado da sua atividade e faça o download para conferir. - A qualidade do trabalho será considerada na hora da avaliação, então preencha tudo com cuidado. Alguns dos critérios de avaliação são a utilização do template; atendimento ao tema; constituição dos argumentos e organização das ideias; correção gramatical e atendimento às Normas ABNT.