Metas de Vida

20.431 visualizações

Publicada em

Life Coaching in Portuguese (pt-BR). Life Goals.

  • Seja o primeiro a comentar

Metas de Vida

  1. 1. <ul><li>Metas de Vida </li></ul>Por Antonio Azevedo http://antonioazevedo.blogspot.com
  2. 2. Planejamento de Vida <ul><li>MISSÃO, OBJETIVOS </li></ul><ul><li>E METAS </li></ul>“ QUEM NÃO SABE O QUE QUER NÃO CHEGA A LUGAR NENHUM”
  3. 3. MISSÃO <ul><li>É FUNDAMENTAL </li></ul><ul><li>TER SEMPRE </li></ul><ul><li>UMA MISSÃO </li></ul><ul><li>E NÃO UMA MISSÃO </li></ul><ul><li>PARA SEMPRE </li></ul>“ A felicidade é a concretização progressiva de um ideal ou de uma meta que valha a pena.” Earl Nightingale
  4. 4. <ul><li>Foco na satisfação pessoal e não em algo objetivo externo </li></ul><ul><li>Habilidades e Vocações essenciais (pontos fortes e a desenvolver) </li></ul><ul><li>Critérios claros, realistas e flexíveis (capazes de adaptar ao meio) </li></ul><ul><li>Ecologia e Congruência – linhas de conduta </li></ul>Missão “ O segredo do sucesso são apenas duas coisas: saber exatamente o que se quer. A maioria das pessoas nunca chega a tomar essa decisão. Em segundo lugar, se determinar o preço que terá que pagar para obter o que quer e começar a pagá-lo antes, e não depois de conquistá-lo.” H.L.Hunt
  5. 5. Propósitos <ul><li>São compromissos que nós nos impomos no sentindo de cumprir a nossa Missão. São as grandes áreas de atuação e os objetivos genéricos, e a sua correlação. </li></ul>“ A maior necessidade dos seres humanos é a de uma sensação de significado e propósito na vida.” Viktor Frankl, fundador da logoterapia Objetivos Os Objetivos são os estados, situações, resultados, atitudes, comportamentos e ambientes que pretendemos atingir. São qualitativos, e não quantitativos.
  6. 6. Metas <ul><li>Direcionais onde se deve chegar. </li></ul><ul><li>Temporais: quanto tempo para alcançá-los. </li></ul><ul><li>Utilitários: a quem irá beneficiar. </li></ul><ul><li>Político: como atingir os objetivos. </li></ul><ul><li>Decisórios: quem irá tomar decisões. </li></ul><ul><li>Motivacionais: quais as origens psíquicas. </li></ul><ul><li>Operacionais: o que deve ser feito. </li></ul>Quantificação dos Objetivos e alinhados com eles; Metas são ações específicas e tangíveis; Expressas em números; Referentes a determinados períodos e prazos.
  7. 7. Porquê as pessoas não escrevem suas metas? <ul><li>Não consideram importante; </li></ul><ul><li>Não sabem como fazer; </li></ul><ul><li>Tem medo do fracasso; </li></ul><ul><li>Tem medo da rejeição. </li></ul>
  8. 8. Metas Escritas <ul><li>Não é importante </li></ul>Pesquisa em Harvard entre 1979 e 1989: Pergunta à formandos: “você estabeleceu metas claras e por escrito para o seu futuro e fez planos para concretizá-las?”. Apenas 3% tinham feito metas e planos para alcançar estas metas. 13% tinham metas, mas não tinham planos e não as tinham escrito. E 84% não tinham metas específicas , apenas terminar o ano letivo e curtir o verão. Dez anos depois (1989): Os 13% que tinham metas não escritas estavam ganhando, em média, o dobro dos 84% dos que não tinham meta alguma. E os 3% dos que tinham metas e planos claros, por escrito ao deixarem Harvard estavam ganhando, em média, dez vezes mais do que os outros 97% juntos.
  9. 9. Metas Escritas <ul><li>Como fazer </li></ul>S M A R T Specific Mensurable Attainable Relevant Time-Based Específico (o quê, onde, quando, como, quanto, com quem, com quais recursos) Mensurável (Evidências sensoriais) Alcançável (realístico, pró-ativo) Relevante (alinhado com a Identidade, a Missão e Ecologia Pessoal) Temporal
  10. 10. Metas Escritas <ul><li>Medo do fracasso </li></ul>Crenças psicológicas sobre limitação pessoal Baixo nível de tolerância à frustração (cultura hedonista). Miopia de perspectiva futura (viver em um padrão mais baixo do que pode alcançar pode ser menos incerto e menos dolorido, à curto prazo mas é mais dolorido, à longo prazo).
  11. 11. Metas Escritas <ul><li>Medo da rejeição </li></ul>Dependência da avaliação e de críticas dos outros ou não contar com pessoas que lhe apoiem. Muita gente não busca seus sonhos não por temer o fracasso pessoal, mas sim a crítica de outras pessoas.
  12. 13. Emoções Negativas Raiva, ressentimento, inveja, ciúme, inferioridade... Como enfrentar? Reduzindo à uma quantidade razoável: a auto-justificação; a racionalização e desculpas; a hipersensibilidade à opinião alheia; e assumindo a própria responsabilidade pela vida “ As emoções positivas conferem poder, as emoções negativas tiram poder” Gary Zukav
  13. 17. Viva no Presente, com o Foco no Futuro e Aprenda com o Passado Lista de Sonhos Prioridades Visão Positiva Locus de Controle Interno Foco no Presente “ Nós superestimamos aquilo que somos capazes de fazer em um ano. Mas subestimamos muito aquilo que somos capazes de fazer em cinco anos” Peter Drucker
  14. 18. Matriz da Motivação
  15. 24. Sobre o autor <ul><li>Antonio Azevedo é Coach, </li></ul><ul><li>Consultor de Empresas e Instrutor </li></ul><ul><li>em cursos de Liderança, </li></ul><ul><li>Resolução de Conflitos, Motivação, Comunicação Interna, Criatividade, Reuniões Eficientes e outros temas. . </li></ul><ul><li>Certificado como Trainer em PNL e </li></ul><ul><li>habilitado em Hipnose. Trabalha com PNL desde 1990, </li></ul><ul><li>no Rio de Janeiro. </li></ul><ul><ul><li>Visite o site </li></ul></ul><ul><ul><li>http://antonioazevedo.blogspot.com </li></ul></ul>

×