SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Baixar para ler offline
O Totalitarismo Europeu Aygres Cardoso Camila Gomes  Gustavo Campelo  Jéssica Carvalho  Mariana Lindenberg 3M4
Totalitarismo pode ser definido como um regime no qual um único indivíduo domina todo o Estado, tomando para si todos os tipos de poderes existentes.
 O termo "totalitário" foi inventado por Benito Mussolini (ditador italiano) na década de 1920 para significar: "Tudo no estado, nada fora do estado, nada contra o estado" .
O totalitarismo foi algo presente no contexto do pós-guerra, tendo como suas expressões máximas o Nazismo de Adolf Hitler, na Alemanha; o Fascismo de Mussolini, na Itália; e o Stalinismo de Josef Stalin, na União Soviética. 
“Qualquer homem que dispõe de poder é levado a abusar desse poder; irá até onde encontrar limites”. O Espírito das Leis-Montesquieu
O totalitarismo se encarrega totalmente do indivíduo e abole as fronteiras entre o político e o social.
Ditadura é considerada geralmente como sinônimo de totalitarismo, pois significa o poder absoluto de um homem ou de um grupo que concentra em si todos os poderes.  Entretanto, em que pese a semelhança entre os dois sistemas, ditaduras têm caráter mais político, permitindo um determinado grau de liberdade social, como a religiosa, a artística, etc., desde que essa liberdade não afronte o poder do ditador. 
Características dos Regimes Totalitarios
Ideologia Oficial Criação e propagação de crenças transformadas em “verdades absolutas”,das quais ninguém pode duvidar. Qualquer contestação a essas “verdades”,como por exemplo questionar a crença nazista na “superioridade racial” alemã seria classificada como crime de traição.
Terror Policial A existência de um sistema de controlo policial terrorista que é dirigido não só contra inimigos declarados, mas também arbitrariamente para certas classes da população, com uma polícia secreta que utiliza a psicologia científica.
Partido Único de Massa  Partido Centralizado No regime totalitário existe a tendência de um partido único, para o exercício de um monopólio ideológico. Para os totalitaristas, a existência de múltiplas organizações partidárias prejudicaria o empenho de toda a nação em direção a um único caminho.
Outras Características dos Regimes Totalitários
Realidade Econômica da Europa no Pós-Guerra O Estado assumia o controle de todos os bens e fontes de recursos existentes por meio da administração de empresas estatais. Colocando o Estado como líder máximo e direto do progresso material da nação.
Podemos destacar também, a ênfase dada pelos regimes totalitaristas na indústria de base, bélica e de tecnologia, setores estratégicos em casos de uma guerra, por exemplo.  O desenvolvimento dessas duas áreas seria de grande importância para que os demais setores da economia pudessem prosperar economicamente.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
 
Os regimes totalitários
Os regimes totalitáriosOs regimes totalitários
Os regimes totalitários
 
Fascismo trabalho de história 9ºe
Fascismo trabalho de história 9ºeFascismo trabalho de história 9ºe
Fascismo trabalho de história 9ºe
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
Fascismo e Fascistas
Fascismo e FascistasFascismo e Fascistas
Fascismo e Fascistas
 
O Tempo Das Ditaduras
O Tempo Das DitadurasO Tempo Das Ditaduras
O Tempo Das Ditaduras
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
 
Atividade nazismo
Atividade nazismoAtividade nazismo
Atividade nazismo
 
Nazifascismo
Nazifascismo Nazifascismo
Nazifascismo
 
O Avanço do Fascismo no Brasil
O Avanço do Fascismo no BrasilO Avanço do Fascismo no Brasil
O Avanço do Fascismo no Brasil
 
Princípios do nazismo
Princípios do nazismoPrincípios do nazismo
Princípios do nazismo
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Facismo, Franquismo e Nazismo
Facismo, Franquismo e NazismoFacismo, Franquismo e Nazismo
Facismo, Franquismo e Nazismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Iluminismo disma
Iluminismo dismaIluminismo disma
Iluminismo disma
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 

Destaque

Mercury Hedge Final
Mercury Hedge FinalMercury Hedge Final
Mercury Hedge FinalCIG S.A.
 
Boletim Informativo
Boletim InformativoBoletim Informativo
Boletim InformativoSccpgui
 
Inovação e Empreendedorismo
Inovação e EmpreendedorismoInovação e Empreendedorismo
Inovação e EmpreendedorismoLuis Buchelli
 
Analise de conteudo_sonia santos
Analise de conteudo_sonia santosAnalise de conteudo_sonia santos
Analise de conteudo_sonia santosSónia Santos
 
La formación según Acto Seguido
La formación según Acto SeguidoLa formación según Acto Seguido
La formación según Acto SeguidoACTO_SEGUIDO
 
Química dos alimentos 9º A_CNEC
Química dos alimentos 9º A_CNECQuímica dos alimentos 9º A_CNEC
Química dos alimentos 9º A_CNECFabiano Araujo
 
Glenn Caron Resume Aug 2016
Glenn Caron Resume Aug 2016Glenn Caron Resume Aug 2016
Glenn Caron Resume Aug 2016Glenn Caron
 
Reputacion, Medios Sociales Y Web 2.0
Reputacion, Medios Sociales Y Web 2.0Reputacion, Medios Sociales Y Web 2.0
Reputacion, Medios Sociales Y Web 2.0Rodolfo Salazar
 
Conversaciones con el consumidor conectado
Conversaciones con el consumidor conectadoConversaciones con el consumidor conectado
Conversaciones con el consumidor conectadoRodolfo Salazar
 
Internet y Redes Sociales para Iglesias
Internet y Redes Sociales para IglesiasInternet y Redes Sociales para Iglesias
Internet y Redes Sociales para IglesiasRodolfo Salazar
 
Negocios y Seguros en la era conectada
Negocios y Seguros en la era conectadaNegocios y Seguros en la era conectada
Negocios y Seguros en la era conectadaRodolfo Salazar
 
Projeto semear
Projeto semearProjeto semear
Projeto semearRenathynha
 
Transcriçao entrevista sónia santos
Transcriçao entrevista sónia santosTranscriçao entrevista sónia santos
Transcriçao entrevista sónia santosSónia Santos
 

Destaque (20)

Mercury Hedge Final
Mercury Hedge FinalMercury Hedge Final
Mercury Hedge Final
 
Boletim Informativo
Boletim InformativoBoletim Informativo
Boletim Informativo
 
Inovação e Empreendedorismo
Inovação e EmpreendedorismoInovação e Empreendedorismo
Inovação e Empreendedorismo
 
Analise de conteudo_sonia santos
Analise de conteudo_sonia santosAnalise de conteudo_sonia santos
Analise de conteudo_sonia santos
 
Aula7impress
Aula7impressAula7impress
Aula7impress
 
La formación según Acto Seguido
La formación según Acto SeguidoLa formación según Acto Seguido
La formación según Acto Seguido
 
Química dos alimentos 9º A_CNEC
Química dos alimentos 9º A_CNECQuímica dos alimentos 9º A_CNEC
Química dos alimentos 9º A_CNEC
 
Glenn Caron Resume Aug 2016
Glenn Caron Resume Aug 2016Glenn Caron Resume Aug 2016
Glenn Caron Resume Aug 2016
 
Reputacion, Medios Sociales Y Web 2.0
Reputacion, Medios Sociales Y Web 2.0Reputacion, Medios Sociales Y Web 2.0
Reputacion, Medios Sociales Y Web 2.0
 
Conversaciones con el consumidor conectado
Conversaciones con el consumidor conectadoConversaciones con el consumidor conectado
Conversaciones con el consumidor conectado
 
Internet y Redes Sociales para Iglesias
Internet y Redes Sociales para IglesiasInternet y Redes Sociales para Iglesias
Internet y Redes Sociales para Iglesias
 
Diaris de pràctiques
Diaris de pràctiquesDiaris de pràctiques
Diaris de pràctiques
 
Halo 3
Halo 3Halo 3
Halo 3
 
impressão
impressãoimpressão
impressão
 
Negocios y Seguros en la era conectada
Negocios y Seguros en la era conectadaNegocios y Seguros en la era conectada
Negocios y Seguros en la era conectada
 
algo sobre windows
algo sobre windowsalgo sobre windows
algo sobre windows
 
Projeto semear
Projeto semearProjeto semear
Projeto semear
 
Slide fer
Slide ferSlide fer
Slide fer
 
Transcriçao entrevista sónia santos
Transcriçao entrevista sónia santosTranscriçao entrevista sónia santos
Transcriçao entrevista sónia santos
 
Clima
ClimaClima
Clima
 

Semelhante a O Totalitarismo Europeu: Ideologia, Terror e Partido Único

Semelhante a O Totalitarismo Europeu: Ideologia, Terror e Partido Único (20)

Regimes de Exterma-direita
Regimes de Exterma-direitaRegimes de Exterma-direita
Regimes de Exterma-direita
 
Estados Totalitários (anti-liberais)
Estados Totalitários (anti-liberais)Estados Totalitários (anti-liberais)
Estados Totalitários (anti-liberais)
 
TOTALITARISMO - HISTÓRIA
TOTALITARISMO - HISTÓRIATOTALITARISMO - HISTÓRIA
TOTALITARISMO - HISTÓRIA
 
Comentário ao nazismo
Comentário ao nazismoComentário ao nazismo
Comentário ao nazismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Slide nazismo
Slide nazismoSlide nazismo
Slide nazismo
 
Periodo Entre Guerras
Periodo Entre Guerras Periodo Entre Guerras
Periodo Entre Guerras
 
Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo
 
Você sabe o que é Fascismo.pdf
Você sabe o que é Fascismo.pdfVocê sabe o que é Fascismo.pdf
Você sabe o que é Fascismo.pdf
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Trabalho Sobre Totalitarismo
Trabalho Sobre TotalitarismoTrabalho Sobre Totalitarismo
Trabalho Sobre Totalitarismo
 
As opções totalitárias - IA
As opções totalitárias - IAAs opções totalitárias - IA
As opções totalitárias - IA
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
A alemanha hitleriana
A alemanha hitlerianaA alemanha hitleriana
A alemanha hitleriana
 
Democracias, ditaduras e cidadania
Democracias, ditaduras e cidadaniaDemocracias, ditaduras e cidadania
Democracias, ditaduras e cidadania
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
31
3131
31
 
31
3131
31
 
Totalitarios
TotalitariosTotalitarios
Totalitarios
 
REGIMES POLÍTICOS 1ª aula
REGIMES POLÍTICOS 1ª aulaREGIMES POLÍTICOS 1ª aula
REGIMES POLÍTICOS 1ª aula
 

O Totalitarismo Europeu: Ideologia, Terror e Partido Único

  • 1. O Totalitarismo Europeu Aygres Cardoso Camila Gomes Gustavo Campelo Jéssica Carvalho Mariana Lindenberg 3M4
  • 2. Totalitarismo pode ser definido como um regime no qual um único indivíduo domina todo o Estado, tomando para si todos os tipos de poderes existentes.
  • 3.  O termo "totalitário" foi inventado por Benito Mussolini (ditador italiano) na década de 1920 para significar: "Tudo no estado, nada fora do estado, nada contra o estado" .
  • 4. O totalitarismo foi algo presente no contexto do pós-guerra, tendo como suas expressões máximas o Nazismo de Adolf Hitler, na Alemanha; o Fascismo de Mussolini, na Itália; e o Stalinismo de Josef Stalin, na União Soviética. 
  • 5. “Qualquer homem que dispõe de poder é levado a abusar desse poder; irá até onde encontrar limites”. O Espírito das Leis-Montesquieu
  • 6. O totalitarismo se encarrega totalmente do indivíduo e abole as fronteiras entre o político e o social.
  • 7. Ditadura é considerada geralmente como sinônimo de totalitarismo, pois significa o poder absoluto de um homem ou de um grupo que concentra em si todos os poderes.  Entretanto, em que pese a semelhança entre os dois sistemas, ditaduras têm caráter mais político, permitindo um determinado grau de liberdade social, como a religiosa, a artística, etc., desde que essa liberdade não afronte o poder do ditador. 
  • 9. Ideologia Oficial Criação e propagação de crenças transformadas em “verdades absolutas”,das quais ninguém pode duvidar. Qualquer contestação a essas “verdades”,como por exemplo questionar a crença nazista na “superioridade racial” alemã seria classificada como crime de traição.
  • 10. Terror Policial A existência de um sistema de controlo policial terrorista que é dirigido não só contra inimigos declarados, mas também arbitrariamente para certas classes da população, com uma polícia secreta que utiliza a psicologia científica.
  • 11. Partido Único de Massa Partido Centralizado No regime totalitário existe a tendência de um partido único, para o exercício de um monopólio ideológico. Para os totalitaristas, a existência de múltiplas organizações partidárias prejudicaria o empenho de toda a nação em direção a um único caminho.
  • 12. Outras Características dos Regimes Totalitários
  • 13. Realidade Econômica da Europa no Pós-Guerra O Estado assumia o controle de todos os bens e fontes de recursos existentes por meio da administração de empresas estatais. Colocando o Estado como líder máximo e direto do progresso material da nação.
  • 14. Podemos destacar também, a ênfase dada pelos regimes totalitaristas na indústria de base, bélica e de tecnologia, setores estratégicos em casos de uma guerra, por exemplo.  O desenvolvimento dessas duas áreas seria de grande importância para que os demais setores da economia pudessem prosperar economicamente.