Santos Carmelitas

7.313 visualizações

Publicada em

Pequeno resumo da vida dos Santos Carmelitas

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.313
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6.771
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Santos Carmelitas

  1. 1. AUTOMÁTICO C/ SOMAUTOMÁ aaacarmelitas/2011 1
  2. 2. Santa Teresa de Jesus dos AndesDia Festivo: 13 de JulhoOrigem: Santiago do Chile (1900-1920)Resumo: Seu nome de baptismo era JuanaFernández Solar. Desde a adolescência viveufascinada pela figura de Jesus. Entrou para omosteiro das carmelitas descalças de "LosAndes", no dia 7 de Maio de 1919, com onome de Teresa de Jesus. Morreu aosdezanove anos de idade, depois de ter feitoprofissão religiosa antes de completar onoviciado, em vista do perigo de morte. Pelo Papa João Paulo II foi proposta comomodelo para a Juventude. É a primeira flor de santidade da naçãochilena e do Carmelo da América Latina. aaacarmelitas/2011
  3. 3. Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein)Dia Festivo: 9 de AgostoOrigem: Breslau – Alemanha (1891-1942)Resumo: Foi uma filósofa e teóloga alemã. Deorigem judia, converteu-se posteriormente aocatolicismo, tornando-se carmelita descalça.Em 1922, recebeu o baptismo Católico e, em1933, entrou para o Carmelo de Colónia. MorreuMártir em 9.08.1942, nos fornos crematórios deAuschwitz, oferecendo seu holocausto pelo povode Israel.Apaixonada pesquisadora da verdade, através deaprofundados estudos de Filosofia, encontrou-amediante a autobiografia de Santa Teresa deJesus.Primeira mulher a defender uma tese de Filosofiana Alemanha, foi discípula e depois assistente deEdmund Husserl, o fundador da fenomenologia.Mulher de inteligência e cultura singulares, deixoumuitos escritos de alta doutrina e de profundaespiritualidade. aaacarmelitas/2011
  4. 4. Santa Maria Maravilhas de JesusDia Festivo: 11 de DezembroOrigem: Madrid – Espanha (1891-1974)Resumo: Entrou na Congregação das CarmelitasDescalças e, movida por uma inspiração divina,fundou um Carmelo no “Cerro de los Ángeles”,junto do monumento do Coração de Jesus.Fundou ainda mais 8 em Espanha e um na Índia.Deu sempre primazia à oração e à imolação.Tinha verdadeira paixão e zelo pela glória deDeus e pela salvação das almas. A partir daclausura, e vivendo uma vida pobre, socorreu osnecessitados, fomentando iniciativas apostólicas eobras sociais.Ajudou de modo particular a sua Ordem, ossacerdotes e diversas congregações religiosas.Morreu com 83 anos no mosteiro de La Aldehuela(Madrid) no dia 11 de Dezembro de 1974. Foicanonizada no dia 4 de Maio de 2003 por JoãoPaulo II. aaacarmelitas/2011
  5. 5. Santa Teresa do Menino JesusDia Festivo: 1 de Outubro - Origem: Alençon - França (1873-1897)Resumo: Teresa de Lisieux, Doutora da Igreja é conhecida também porSanta Teresinha. Nascida Marie Françoise Thérèse Martin, muitofranzina e doente. Era a mais jovem de 9 filhos. Ficou órfã aos 5 anos.Mudou-se para Lisieux onde foi criada por uma tia e duas das irmãs maisvelhas. Quando as irmãs se tornaram Carmelitas enclausuradas, Teresapediu para ser aceite no Carmelo mas foi-lhe negado porque tinha apenas15 anos. Teresinha foi então a Roma, conseguiu chegar junto ao Papa epediu-lhe de tal forma que ordenou que fosse aceite nos CarmelitasDescalços. Serviu algum tempo como noviça serviçal de uma irmãtuberculosa até esta morrer e foi contagiada. Por ordem da madresuperiora, Madre Agnes (sua irmã) começou a escrever as suasexperiências místicas. O resultado foi um livro chamado a "Historia deuma Alma", uma das biografias mais lidas no mundo moderno. É uma santa muito popular e seu encanto e simplicidade são adoradospor todos os que lêem sua obra, que retrata seu tempo no convento comalegria e simplicidade de criança, numa época em que as irmãs viviamenclausuradas, quase não falavam. Uma vida de privações, jejunsextremos mesmo sendo tuberculosa, vomitando sangue por vezes. Mastudo encarava como dádiva de Cristo e com uma, inexplicável alegria. Emsonho almoça com Maria e Jesus, sendo uma das passagens mais lindasde suas experiências místicas.O anuncio de sua morte provocou um imediato interesse mundial.Começou a ser chamada a "Santa do Pequeno Caminho". Foi declaradapadroeira das missões no estrangeiro, em 1927 e em 1944 foi declaradaPadroeira da França em conjunto com Santa Joana d’Arc. aaacarmelitas/2011
  6. 6. Santo Henrique de Ossó e CervillóDia Festivo: 27 de JaneiroOrigem: Vinebre – Espanha (1840-1895)Resumo: Aos 14 anos perdeu sua mãe, vitima do cólera.Esta perda, despertou-lhe o desejo de ser sacerdote. Foiordenado aos 27 anos.Profundamente movido pela experiência de ser criaturaamada e acompanhada por Deus e pelo desejo detransmitir a outras pessoas a importância de “Conhecer ee amar Jesus” desenvolveu uma série de actividades,especialmente pelos mais fracos.Sua vida toda foi a confirmação do desejo de ser ministro,apóstolo e missionário. Desde muito jovem aproximou-sede Santa Teresa, através da leitura de seus escritos.Cativado pela sua vida e ensinamentos, tornou-se umincansável propagador da sua doutrina, despertando nosseus leitores e seguidores admiração e amor. aaacarmelitas/2011
  7. 7. S. Rafael KalinowskiDia Festivo: 9 de NovembroOrigem: Vilna – Polónia (1835-1907)Resumo: Sendo militar, foi deportado para aSibéria e obrigado a trabalhos forçadosdurante dez anos. Ingressou na Ordem dosCarmelitas Descalços, em 1877, sendoordenado sacerdote em 1882.Distinguiu-se pelo zelo da unidade da Igrejae pelo apostolado infatigável do Sacramentoda Penitência e direcção espiritual. Restauroua Ordem na Polónia, governando-a.Faleceu em Wadowice, no ano de 1907. Foibeatificado e canonizado pelo Papa JoãoPaulo II. aaacarmelitas/2011
  8. 8. Santa Joaquina de VedrunaDia Festivo: 22 de MaioOrigem: Barcelona - Espanha (1783-1854)Resumo: Fundadora da Congregação das Irmãs Carmelitasda Caridade de Vedruna.Educada em ambiente familiar profundamente cristão.Sentiu-se, desde muito jovem, atraída por Deus. Casadacom Teodoro de Mas, amaram-se muito e dedicaram-se,com alegria, à educação dos 9 filhos.Ficou viúva muito cedo. Então entregou o melhor de simesma a seus filhos, aos doentes e pobres de Vic,decidindo viver como religiosa, na pobreza e na oração.Criados os filhos, pensou ter chegado o momento de sededicar à vida monástica. Então, por circunstânciasprovidenciais, decidiu fundar uma congregação religiosa,para "abraçar as necessidades dos povos, cuidando dosdoentes e educando meninas", como ela dizia.Reuniu então algumas jovens e, em 26.02.1826, iniciou umnovo modo de vida religiosa, entregue ao serviço dasclasses populares. Crianças, jovens, marginalizados edoentes, encontraram nela e no seu grupo, a resposta àssuas necessidades.Morreu deixando estabelecidas numerosas comunidadesque, herdeiras de seu carisma, dão continuidade à sua obrana Igreja. aaacarmelitas/2011
  9. 9. Santa Teresa Margarida RediDia Festivo: 1 de SetembroOrigem: Arezzo - Itália (1747-1770)Resumo: Santa Teresa Margarida Redi do SagradoCoração de Jesus, é pouco conhecida fora doCarmelo. Entrou nos Carmelitas Descalços deFlorença no dia 1.9.1764. Enriquecida com asingular experiência contemplativa da expressão doApóstolo S. João «Deus é amor», sentiu ochamamento ao silêncio e à vida oculta pelocaminho do amor e da imolação de si mesma.Consumou a sua vocação e confirmou-a com oheróico exercício da caridade fraterna, vivendo comgrande amor ao Sagrado Coração de Jesus. Viveu toda a vida com o lema "Escondida comCristo em Deus". O Bem-Aventurado Papa Pio XI,que a canonizou em 1934, referiu-se a ela nestestermos: "Santa Margarida, ardendo de amor divino,apareceu com uma vida mais de anjo que decriatura humana, servindo de ajuda a muitas almaspara a consecução da virtude". aaacarmelitas/2011
  10. 10. Santa Maria Madalena di PazziDia Festivo: 25 de MaioOrigem: Florença – Itália (1566-1607)Resumo: Foi uma religiosa mística carmelita e nobreitaliana.Educada piedosamente, cedo demonstrou umsentido profundo da presença de Deus, amor ardenteà Eucaristia e forte inclinação para a penitência. Aos16 anos foi admitida no Mosteiro de Sta Maria dosAnjos da sua cidade. A uma intensa vida espiritualaliou a observância dos votos religiosos e levou umavida escondida de oração e abnegação. Pedia incessantemente pela reforma da IgrejaCatólica, e dirigiu as suas irmãs no caminho daperfeição. Indizíveis sofrimentos físicos e duraprovação espiritual puseram à prova sua paciência.Morreu enriquecida por Deus com graçasextraordinárias. O seu corpo encontra-se incorrupto. aaacarmelitas/2011
  11. 11. S. João da CruzDia Festivo: 14 de DezembroOrigem: Fontiveros - Ávila - Espanha (1542-1591)Resumo: Pertencia a uma família rica de Toledo. Por ter casado comuma jovem de classe “inferior”, foi deserdado pelos pais e tornou-setecelão. Em 1548, a família muda-se para Arévalo. Em 1551 vai paraMedina del Campo, onde estuda numa escola de crianças pobres.Por mérito, torna-se empregado do director do Hospital de Medinadel Campo. Estuda Humanidades com os Jesuítas. Ingressou naOrdem do Carmo aos 21 anos de idade, com o nome de Frei Joãode São Matias. Queria ser irmão leigo, mas a Ordem não o permitiu.Faz a profissão religiosa e estuda em Salamanca. Em 1567 ordena-se sacerdote. No entanto, ficou desiludido pelo relaxamento da vidamonástica nos Conventos Carmelitas e tenta passar para a Ordemdos Cartuxos, ordem muito austera.Ainda em 1567 encontra-se com Santa Teresa de Ávila, que lhe falasobre o projecto de estender a Reforma da Ordem também aospadres, surgindo posteriormente os carmelitas descalços. O jovemde apenas 25 anos de idade aceitou o desafio. Mudou o nome paraJoão da Cruz. Em 1568, juntamente com Frei António de JesusHerédia, inicia a Reforma. O desejo de voltar à mística religiosa dodeserto custou ao santo fundador maus tratos físicos e difamações.Em 1577 esteve preso oito meses em Toledo. Nessas trevasacendeu-se-lhe a chama de sua poesia espiritual. "Padecer e depoismorrer" era o lema do autor da "Noite escura da alma", da "Subidaao Monte Carmelo", do "Cântico Espiritual" e da "Chama de amorviva". aaacarmelitas/2011
  12. 12. Santa Teresa de Jesus (Teresa d’Ávila)Dia Festivo: 15 de OutubroOrigem: Ávila – Espanha (1515-1582)Resumo: Carmelita e escritora espanhola doséculo XVI, famosa pela reforma que realizouna Ordem Carmelita, marcou época por seustalentos pessoais, mas sobretudo por sua vidade oração. É reconhecida como a mestrainsuperável da oração. Seus escritos são deuma simplicidade narrativa, cheios de vida egraça. Sua linguagem é directa e convida osque a lêem a iniciarem-se no caminho daoração cristã. A oração mais famosa que se lheatribui, é:“Nada te perturbe, nada te assuste, tudopassa. Deus, porém, não muda; compaciência tudo se alcança. Quem possuiDeus, nada lhe falta. Só deus basta.Foi proclamada Doutora da Igreja pelo PapaPaulo VI. aaacarmelitas/2011
  13. 13. São Nuno de Santa MariaDia Festivo: 6 de NovembroOrigem: Cernache do Bonjardim (1360-1431)Resumo: Nobre e guerreiro português doséculo XIV que desempenhou um papelfundamental na crise de 1383-1385, ondePortugal jogou a sua independência contraCastela.Camões, faz referência ao Condestável nadamenos que 14 vezes em «Os Lusíadas»,chamando-lhe o "forte Nuno“.Após a morte da sua mulher, tornou-secarmelita (entrou na Ordem em 1423, noConvento do Carmo, que mandara construircomo cumprimento de um voto). Toma onome de Irmão Nuno de Santa Maria. Aípermanece até à morte, ocorrida em 1 deNovembro de 1431, com 71 anos. aaacarmelitas/2011
  14. 14. São Pedro TomásDia Festivo: 8 de JaneiroOrigem: Périgord – Famagusta – França(1305-1366)Resumo: Foi Procurador Geral da Ordem doCarmo na corte do Papa Clemente VI, emAvinhão. Em 1354 foi nomeado bispo de Pattie Lipari. Foi legado papal junto a reis eimperadores para consolidar a paz entre elese promover a união com as Igrejas Orientais.Foi arcebispo em Creta (1363) e PatriarcaLatino de Constantinopla (1364).Os seus esforços pela unidade da Igrejafazem deste santo do século XIV umprecursor do ecumenismo. aaacarmelitas/2011
  15. 15. Santo André CorsiniDia Festivo: 9 de JaneiroOrigem: Florença - Itália (1301-1374)Resumo: Os pais fizeram tudo para o educar bem. Mas, comapenas 15 anos, dava-lhes muito trabalho e decepções. A mãecontou-lhe um sonho em que o via como lobo que ao entrar naigreja se transformava em cordeiro. Então ele foi à igreja. Aos pésde uma imagem de Nossa Senhora ele orou, orou e a graçaaconteceu. Retomou seus valores, começou uma caminhada deconversão e pediu ao provincial carmelita para entrar para a vidareligiosa.Esteve ao serviço dos doentes, dos pobres, nos trabalhos maissimples. Também saía para mendigar para as necessidades de suacomunidade. Foi humilhado, mas sempre centrado em Cristo.Mas Deus tinha mais para ele. Foi ordenado padre e depois Bispo.De início, não aceitou e fugiu para a Cartuxa de Florença onde seescondeu. Não sabendo dele foi escolhido um outro para ser bispo,pela necessidade. Mas um anjo, uma criança, apareceu no meio dopovo indicando onde ele estava. Apareceu-lhe também uma criançadizendo que não devia temer, porque Deus estava com ele e aVirgem Maria estaria presente em todos os momentos. Foi por essaconfiança no amor de Deus que assumiu o episcopado e foi umsanto bispo. Até que em 1373, no dia de Natal, Nª Srª apareceu-lhee disse-lhe que o seu fim estava próximo. No dia da Epifania doSenhor faleceu. aaacarmelitas/2011
  16. 16. Santo Alberto da SicíliaDia Festivo: 7 de AgostoOrigem: - Trapáni - Sicília (…-1307)Resumo: Cedo entrou num convento carmelita da sua terra natal.Em 1296 foi eleito provincial da Sicília. Mais tarde, foi transferidopara Messina, onde morreu.Distinguiu-se como pregador mendicante e pelo seu amor àoração. No século XVI estabeleceu-se que todas as igrejasCarmelitas deveriam ter um altar dedicado a ele. Depois decasada, sua mãe esteve 26 anos sem ter filhos, prometendoconsagrá-los ao Senhor se concebesse. Na sequência de umainvasão de piratas, foi mandado para Messina. Alberto pregou apalavra de Deus em vários lugares da Sícilia.Morreu em Messina. Conta-se que para o fim da polémica entre oclero e o povo sobre qual missa celebrar em tal ocasião,apareceram dois anjos e entoaram o cântico da missa dosconfessores.Alberto foi um dos primeiros santos carmelitas venerado pela suaordem, da qual, mais tarde, foi considerado patrono e protector.Sua imagem é representada tipicamente com um crucifixo entredois ramos de lírio na mão direita. Outras vezes é representadocom Menino Jesus entre os braços, enquanto esmaga o demónioaos pés.Santo Alberto é invocado contra as tempestades, para a cura dasdoenças (especialmente da garganta), nas carestias para exorcizaros possessos e noutras aflições. aaacarmelitas/2011
  17. 17. Santo Ângelo da SicíliaDia Festivo: 5 de MaioOrigem: Jerusalém (1185-1220)Resumo: Também conhecido por Santo Ângelode Licata, localidade da Sicília onde foimartirizado.Está entre os primeiros carmelitas que deixaramo Monte Carmelo para evangelizar .Ele e Santo Alberto da Sicília são consideradoscomo que "pais" da Ordem do Carmo, por seremos primeiros dois santos da Ordem.Na Sicília, há diversos lugares que tem SantoÂngelo como padroeiro, como SantAngeloMuxaro.O povo o invoca nas necessidades e o invocacom muito afecto e ternura. aaacarmelitas/2011
  18. 18. Santo Alberto Patriarca de JerusalémDia Festivo: 17 de SetembroOrigem: - Itália (1149(?) – 1214)Resumo: Foi cónego regular, bispo e patriarca deJerusalém.Estudou teologia e Direito, principalmente Direito Canónico.Depois de concluir os seus estudos, entrou para os CónegosRegulares de Santa Cruz de Mortara (Pavia), onde em 1180foi nomeado prior. Bispo de Bobbio em 1184 e de Vercelli noano seguinte. Mediou os acordos de paz entre Pavia e Milãoem 1194 e entre Parma e Piacenza em 1199.No exercício do seu ministério encarnou sempre o ideal doBom Pastor, tanto pela palavra como pelo exemplo de suavida. Ajudou na fundação da Ordem dos Carmelitas no anode 1209, na mediação das várias disputas entre o Reino deJerusalém e o Reino do Chipre, bem como entre a Ordemdos Templários e o Reino Arménio da Cilícia. No ano de1214, foi convidado a participar no Quarto Concílio deLatrão, mas foi assassinado em São João de Acre.Durante o tempo em que esteve na Terra Santa escreveu aRegra do Carmo, conhecida como Regra Albertina. aaacarmelitas/2011
  19. 19. S. Simão StockDia Festivo: 16 de MaioOrigem: Aylesford - Kent, Inglaterra. (1165-1265)Resumo: Viveu no século XIII e morreu em Bordeaux. Foi PriorGeral da Ordem. Segundo uma tradição, Nª Senhoraapareceu-lhe numa visão e entregou-lhe o escapulário, comosinal de sua protecção. É vastíssima a iconografia a seurespeito.A lenda diz que viveu como eremita no tronco de um carvalho.Era pregador itinerante. Foi à Terra Santa, mas teve que sairquando os muçulmanos começaram a perseguir os cristãos.Voltou a Inglaterra e entrou para a Ordem Carmelita. Viveuvários anos em Roma e no Monte Carmelo.Eleito Superior Geral em 1247, com 82 anos. Ainda comgrande energia ajudou a OC a espalhar-se em Inglaterra e sule oeste da Europa. Fundou diversas casas carmelitas.Reformou a regra da Ordem para incluir os fradesmendicantes, no lugar dos eremitas.Apesar do sucesso, a Ordem estava oprimida por todos oslados inclusive pelo Clero e outras Ordens.Os Carmelitas rezaram à padroeira, dizendo a tradição que,em resposta, ela apareceu a S. Simão trazendo-lhe oescapulário.“Isto será um privilégio para ti e todos os Carmelitas, “disseela” “aquele que morrer com este escapulário será salvo!”. aaacarmelitas/2011
  20. 20. Nª Srª do CarmoDia Festivo: 16 de JulhoOrigem: Mãe de DeusResumo: O título Carmo apareceu com opropósito de relembrar o convento construídoem honra da Santíssima Virgem Maria nosprimeiros séculos do Cristianismo, no MonteCarmelo, em Israel.A principal característica desta invocaçãomariana é apresentar o Escapulário doCarmo, símbolo que representa o acto de seestar ao serviço do Reino de Deus e que trazmuitas indulgências, graças e outrosbenefícios espirituais a quem assume estesinal e esta proposta como seus. aaacarmelitas/2011
  21. 21. Santo EliseuDia Festivo: 14 de JunhoOrigem: (850-800 AC)Resumo: «Elias passou diante de Eliseu e pôs-lhe em cimaa sua capa. Então Eliseu abandonou os bois e seguiu-o,ficando ao seu serviço». Recebeu o espírito de Elias e,entre muitos milagres que fez, curou Naaman da lepra eressuscitou uma criança. Viveu no meio dos filhos dosprofetas e, em nome do Senhor, interveio muitas vezes nosacontecimentos do povo de Israel. Eliseu ("Deus é minhasalvação") é uma figura do século IX antes de Cristo.Conhecemos o nome de seu pai, Safat, originário de AbelMeholah e que sua família era justa.Sua história, quase legendária é às vezes plagiada da deElias. Com a unção de Yehu provocou a queda da dinastiade Ajab. Gozava de grande estima entre os reis Josafá eYoas. Diz-se que inclusive seus próprios ossos operavammilagres.Eliseu aparece na Bíblia quando Elias é arrebatado eherda seu carisma e conclui com o milagre que operoucom o cadáver do profeta já enterrado. aaacarmelitas/2011
  22. 22. Santo EliasDia Festivo: 20 de JulhoOrigem:Resumo: Elias é um dos grandes profetas da Bíblia,na parte do Antigo Testamento, cujo nome significa"Yahweh é Deus" ou "Yahweh é meu Deus", que teránascido na cidade de Tisbé e vivido no tempo rei Acabe da rainha Jezabel, julgando-se que ainda vivia noano 850 a.C., o Profeta de fogo.Segundo a tradição, dos seguidores desse grandeProfeta nasceu a Ordem do Carmo. "Verdadeiramenteígnea [incandescente] foi a sua mente, ígnea a suapalavra, ígnea a sua mão, com que converteu Israel".Com tais palavras, Cornélio, um dos maiores exegetasde todos os tempos, qualifica o Profeta que foiarrebatado ao céu por um carro de fogo para voltar àTerra no fim do mundo. aaacarmelitas/2011
  23. 23. Novembro 2011 (imagens e textos extraídos da Internet e adaptados)http://aaacarmelitas.blogspot.com - @mail: aaacarmelitasgmail.com Músicas: 1 - Ave Maria - Coro Gregoriano da Abadia de Grinbergen – Bélgica; 2, 3, e 4 – Sacha, Agnus Dei e Kyrie - Schola Gregoriana Mediolanensis -Itália; 5 - Rorate Caeli - Monges do Mosteiro de S. Bento - S. Paulo – Brasil 6 - Flos Carmeli - Irmãs Carmelitas da Divina Providência - Belo Horizonte – Brasil aaacarmelitas/2011 23

×