ÉPOCA DE SEMEADURA VERÃO INVERNO<br />Gustavo Pereira Avila<br />Mestrando Agronomia/Fitotecnia<br />
Introdução<br /><ul><li> Época de semeadura</li></ul>                                       Rendimento da soja<br />      ...
<ul><li>Duração do ciclo</li></ul>Semeaduras anteriores a novembro: ciclo mais longo<br />Semeaduras posteriores: ciclo ma...
Temperaturas altas: florescimento precoce, ciclo curto, plantas com porte baixo
Temperaturas baixas: florescimento tardio, ciclo longo, plantas maiores
Temperatura adequada para a semeadura: 25ºC
Temperaturas inferiores a 18ºC e superiores a 40ºC:</li></ul>     redução nos índices de germinação e emergência<br />    ...
<ul><li>UMIDADE
 Escolha da época de semeadura</li></ul>Evitar períodos de baixa precipitação durante estádios críticos<br /><ul><li>Germi...
Floração – Enchimento de grãos
Semeadura em solos secos: processo de germinação lento, expondo as sementes às pragas e microrganismos do solo</li></ul>  ...
<ul><li>FOTOPERÍODO
Sensibilidade ao fotoperíodo
Regiões com menores latitudes ou semeadura tardia</li></ul>                       maior comprimento do dia, florescimento ...
<ul><li>Regiões Norte e Nordeste</li></ul>Maranhão - no sul, novembro a 15 de dezembro; no norte, janeiro.<br />Pará - no ...
<ul><li>Regiões Sul e Sudeste</li></ul>                      Maiores produtividades<br />Segunda quinzena de outubro e do ...
Efeito sobre a produção<br />TABELA 1. Valores médios da produtividade de grãos (kg ha-1) em cinco cultivares de soja, ins...
TABELA 2. Rendimento médio das sementes, em kg.ha-1, de cinco cultivares de soja, em cinco épocas de semeadura. Maringá, P...
TABELA 3: Produção de grãos (kg.ha-1), em função do cultivar e da época de semeadura em Gurupi, TO.<br />
Efeito sobre as características agronômicas<br /><ul><li>Altura de planta
Altura de inserção da primeira vagem
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Epoca de Semeadura Verão Inverno Apresentação Soja

5.750 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.750
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
180
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Epoca de Semeadura Verão Inverno Apresentação Soja

  1. 1. ÉPOCA DE SEMEADURA VERÃO INVERNO<br />Gustavo Pereira Avila<br />Mestrando Agronomia/Fitotecnia<br />
  2. 2. Introdução<br /><ul><li> Época de semeadura</li></ul> Rendimento da soja<br /> Instalação da lavoura<br /><ul><li>Fatores climáticos limitantes</li></ul>Temperatura<br />Umidade<br />Fotoperíodo<br />
  3. 3. <ul><li>Duração do ciclo</li></ul>Semeaduras anteriores a novembro: ciclo mais longo<br />Semeaduras posteriores: ciclo mais curto<br /><ul><li>Melhor período para semeadura</li></ul>Meados de OUTUBRO a meados de DEZEMBRO<br /><ul><li>Início de Outubro</li></ul> PERDAS<br /><ul><li>Após meados de Dezembro</li></li></ul><li>Efeitos de fatores ambientais<br /><ul><li>TEMPERATURA
  4. 4. Temperaturas altas: florescimento precoce, ciclo curto, plantas com porte baixo
  5. 5. Temperaturas baixas: florescimento tardio, ciclo longo, plantas maiores
  6. 6. Temperatura adequada para a semeadura: 25ºC
  7. 7. Temperaturas inferiores a 18ºC e superiores a 40ºC:</li></ul> redução nos índices de germinação e emergência<br /> Semeaduras anteriores ou posteriores às indicadas para cada região<br />
  8. 8. <ul><li>UMIDADE
  9. 9. Escolha da época de semeadura</li></ul>Evitar períodos de baixa precipitação durante estádios críticos<br /><ul><li>Germinação – Emergência
  10. 10. Floração – Enchimento de grãos
  11. 11. Semeadura em solos secos: processo de germinação lento, expondo as sementes às pragas e microrganismos do solo</li></ul> Redução do número de plantas desejadas<br />
  12. 12. <ul><li>FOTOPERÍODO
  13. 13. Sensibilidade ao fotoperíodo
  14. 14. Regiões com menores latitudes ou semeadura tardia</li></ul> maior comprimento do dia, florescimento precoce, plantas de porte baixo, menor índice de área foliar<br /> Menor produtividade<br /><ul><li>Período juvenil longo: florescimento tardio, plantas mais altas</li></li></ul><li>Recomendação de melhor época para cada região<br /><ul><li> Região Centro-Oeste</li></ul>20 de outubro a 10 de dezembro<br /> Novembro: maiores produtividades e altura de planta adequada<br />Áreas bem fertilizadas e com alta tecnologia: semeadura até 20 de dezembro<br /> Cultivares de ciclo médio ou semitardio de porte alto<br /> Rondônia e sul de Tocantins<br />
  15. 15. <ul><li>Regiões Norte e Nordeste</li></ul>Maranhão - no sul, novembro a 15 de dezembro; no norte, janeiro.<br />Pará - no sul (Redenção), novembro a 15 de dezembro; no nordeste (Paragominas), 15 de dezembro e janeiro; no noroeste (Santarém), 10 de março a abril.<br />Piauí - no sudoeste (Uruçuí - Bom Jesus), novembro a 15 de dezembro.<br />Tocantins - no norte (Pedro Afonso), novembro a 15 de dezembro.<br />Roraima - na região central (Boa Vista), maio.<br />Bahia – novembro a 15 de dezembro.<br />
  16. 16. <ul><li>Regiões Sul e Sudeste</li></ul> Maiores produtividades<br />Segunda quinzena de outubro e do mês de novembro<br /><ul><li>Centro-norte do Mato Grosso, sul de Goiás e parte das regiões Oeste e Sudoeste do Paraná</li></ul>Solos férteis, condições favoráveis de umidade e temperatura<br />Semeaduras anteriores a meados de outubro: cultivares precoces e de crescimento indeterminado<br /> Cultura em sucessão: milho safrinha<br />
  17. 17. Efeito sobre a produção<br />TABELA 1. Valores médios da produtividade de grãos (kg ha-1) em cinco cultivares de soja, instalados nas épocas de semeadura Ep1 (29/11/2006), Ep2 (14/12/2006), Ep3 (28/12/2006) e Ep4 (12/01/2007), no Oeste da Bahia.<br />
  18. 18. TABELA 2. Rendimento médio das sementes, em kg.ha-1, de cinco cultivares de soja, em cinco épocas de semeadura. Maringá, PR - 1998/99.<br />
  19. 19. TABELA 3: Produção de grãos (kg.ha-1), em função do cultivar e da época de semeadura em Gurupi, TO.<br />
  20. 20. Efeito sobre as características agronômicas<br /><ul><li>Altura de planta
  21. 21. Altura de inserção da primeira vagem
  22. 22. Número de ramificações
  23. 23. Diâmetro do caule
  24. 24. Acamamento
  25. 25. Número total de vagens
  26. 26. Número total de grãos</li></li></ul><li><ul><li>Semeaduras extemporâneas</li></ul> Porte reduzido<br /> Diminuição da altura de inserção da primeira vagem <br /> Dificulta a colheita e diminui a produtividade<br /> Porte alto<br /> Acamamento<br /> Dificulta a colheita<br />
  27. 27. <ul><li>Atraso na semeadura
  28. 28. Antecipa o florescimento
  29. 29. Reduz o ciclo da cultura
  30. 30. Redução da altura das plantas
  31. 31. Redução do número de nós
  32. 32. Redução do número de vagens
  33. 33. Menor produtividade</li></li></ul><li>Época de semeadura de inverno<br /><ul><li>Vantagens</li></ul>Produção de sementes com elevado potencial fisiológico;<br /> maturação e colheita com temperaturas e umidades menores<br />Obtenção de uma segunda safra no mesmo ano;<br />Cobertura vegetal do solo por um período maior;<br />Redução do tempo de armazenamento entre a colheita e a próxima semeadura;<br />
  34. 34. Produtividades baixas compensadas pelo valor agregado às sementes;<br />Renda para o agricultor.<br /><ul><li>Desvantagens</li></ul>O plantio tardio encontra mais esporos do fungo Phakopsorapachyrhizi, causador da ferrugem asiática, no campo, o que torna o controle mais difícil e mais caro;<br />Diminuição do potencial produtivo da soja;<br />
  35. 35. Vazio sanitário<br /><ul><li>Legislação</li></ul> Evitar o surgimento e a propagação da ferrugem asiática da soja nas lavouras<br /><ul><li>Plantio permitido: pesquisas científicas
  36. 36. Objetivos: melhoramento genético, avanço das variedades, avaliação de outras doenças da soja e multiplicação de sementes genéticas</li></li></ul><li><ul><li>Períodos do vazio sanitário no Brasil:</li></ul>MT - 15/06 a 15/09<br />GO - 01/07 a 30/09<br />MS - 01/07 a 30/09<br />TO - 01/07 a 30/09<br />SP - 01/07 a 30/09<br />MG - 01/07 a 30/09<br />MA - 15/08 a 15/10<br />PR - 15/06 a 15/09<br />BA - 15/08 a 15/10<br />RS - não há vazio sanitário (inverno rigoroso)<br />
  37. 37. Considerações finais<br />Época de semeadura é um dos fatores que mais influenciam o rendimento da soja;<br />Semeaduras em épocas inadequadas podem afetar o porte, o ciclo e o rendimento das plantas e aumentar as perdas na colheita;<br />De maneira geral, a melhor época de semeadura se situa entre meados de outubro e meados de dezembro, preferencialmente em novembro;<br />Época de semeadura de inverno possui a principal vantagem de produzir sementes com elevado potencial fisiológico, mas possui o risco de disseminação do fungo causador da ferrugem asiática.<br />
  38. 38. OBRIGADO!<br />avilagustavo@dag.ufla.br<br />

×