SlideShare uma empresa Scribd logo

Monografia

Este documento discute a formação de professores para o uso de mídias digitais nas escolas de Paraíso do Tocantins. Ele descreve um curso de capacitação tecnológica para professores que teve sucessos como o domínio do computador e uso de blogs, mas também desafios como a carga horária extensa. Conclui que a formação continuada de professores é importante para promover práticas inovadoras que melhorem a qualidade do ensino.

1 de 13
Baixar para ler offline
Apresentação da Monografia Curso: Tecnologias em Educação PUC/Rio Cursista: Auta Fernandes Costa
Tema:    apropriação das mídias por professores da rede pública de ensino de Paraíso do Tocantins  e  aplicabilidade no trabalho pedagógico Curso de Especialização: Tecnologias em Educação - PUC/Rio Cursista:  Auta Fernandes Costa Mediadora:  Lucimeri Ricas Orientador:  Gustavo Felipe Miranda
Apresentação
TEMA Planejamento de Formação dos Professores para o uso das Mídias. TIPO DE TRABALHO   Relato de Experiência
RESUMO    Este trabalho aborda a formação tecnológica do professor e a aplicabilidade das mídias de forma efetiva na prática pedagógica nas escolas estaduais de Paraíso do Tocantins. Objetiva compreender aspectos importantes do uso das mídias digitais no contexto escolar como ferramenta de ensino e aprendizagem; como também a importância da formação tecnológica do professor. Trata-se compreender a importância das Tecnologias da Informação e Comunicação na aprendizagem escolar; discutir a formação tecnológica do educador e conhecer possibilidades de uso das mídias na educação. Nesse contexto: como preparar o professor a apropriar-se do uso das tecnologias da informação e da comunicação para atuarem em sala de aula? Repensando o papel da mídia no mundo contemporâneo e o papel da escola nos dias atuais, buscou-se focar o educador através da formação continuada para que se atinja a aprendizagem do aluno.
INTRODUÇÃO   A integração dos recursos tecnológicos nos processos de aprendizagem constitui um fator de inovação pedagógica, oportunizando novas formas de trabalho dentro da escola. Inúmeras são as possibilidades de uso das mídias por professores e alunos no ambiente escolar. A exemplo do computador e a exploração da internet pelos alunos, dependem da mediação do professor, e hoje, esse uso se limita pela não formação tecnológica do educador. É fundamental que primeiramente os professores e equipe pedagógica estejam devidamente preparados para uma real eficácia ao uso das tecnologias.  A intenção é discorrer sobre o Planejamento de Formação dos Professores para o uso das Mídias e relatar a experiência ora vivenciada pelo Núcleo de Tecnologia Educacional através do curso  Tecnologias na Educação: ensinando e aprendendo com as TIC.
O intuito é evidenciar o trabalho do professor cursista enfatizando o uso dos recursos tecnológicos no ambiente escolar e compreender aspectos importantes do uso das mídias digitais como ferramenta de ensino e aprendizagem, bem como a importância da formação tecnológica do professor neste processo. Neste prisma questiona-se como preparar o professor a apropriar-se do uso das tecnologias da informação e da comunicação para atuarem em sala de aula?    O aspecto geral do curso é fazer com que o professor conheça o potencial dos recursos tecnológicos disponíveis na escola e com isso venha a descobrir novos caminhos, novas estratégias de dinamizar sua aula e contribuir com formas diferentes de aprendizagem para seus alunos. Nessa perspectiva, é indispensável a organização do trabalho didático, onde o professor procure conciliar o tempo para o trabalho escolar e para sua formação em serviço.
DESENVOLVIMENTO    A experiência ora relatada destaca a formação tecnológica de professores e o processo de ensino e aprendizagem como ação sócio-histórico-cultural, em consonância com o desenvolvimento tecnológico articulado no âmbito escolar embasado na idéias de Lev Semynovich Vygotsky, Paulo Reglus Neves Freire, José Armando Valente, José Manuel Moran, Maria Elizabeth de Almeida, entre outros.   O trabalho se deu pela participação de professores das escolas  estaduais de Paraíso do Tocantins, no curso de capacitação tecnológica a distância oferecido pelo MEC e acompanhado pelo Núcleo de Tecnologia Educacional. Processou-se por várias etapas, tendo como ponto de partida a divulgação nas escolas, a formação da turma por nível de conhecimento tecnológico, pelos encontros presenciais com a presença do tutor, pelo estudo à distância, pela interatividade da turma no ambiente virtual e pelos trabalhos produzidos pelos cursistas.
Neste contexto destacam-se as ações de sucesso e as dificuldades encontradas por parte dos cursistas. Das ações de sucesso:   O domínio da técnica de manuseio do computador;  O uso da ferramenta blog no trabalho pedagógico;  Aprendizagem em rede e o uso da internet como fonte de pesquisa;  Aulas inovadas com o uso das mídias;  Maior acesso nos sites educativos, bem como o portal do professor. Das dificuldades:  Carga horária extensa de trabalho;   Perfil tecnológico inadequado para este curso;  Falta de adequação de estudo à distância;  Pouca participação nos encontros presenciais;   Aplicou-se aos cursistas o memorial reflexivo para coleta de informações sobre o trabalho com as tecnologias na escola em função do curso.
CONCLUSÕES    A aprendizagem focada neste trabalho é vista como um processo contínuo de comportamento, de atitudes, de construção e reconstrução de idéias e conceitos, bem como a interação com o meio e pela dinâmica da relação com diferentes recursos que estão disponíveis ao nosso redor e na possibilidade de aprendizagem pelas conexões e convergências com o uso das mídias. O  Núcleo de Tecnologia Educacional como ambiente de aprendizagem, vem contribuindo cotidianamente para a formação tecnológica do educador. Portanto, a educação continuada nos ambientes virtuais de aprendizagens, ora vista como formação tecnológica do professor é algo que vem aumentar as chances do educador desenvolver um trabalho com práticas inovadoras e promover uma maior qualidade no ensino. Faz-se necessário a organização do trabalho didático.
Que a escola insira no seu  PPP  ações que evidencie o trabalho com as mídias no ambiente escolar, que a equipe gestora oportunize aos professores a participação nas formações continuadas em tecnologias, que a equipe escolar busque adequar-se para o estudo à distância, que o professor procure conciliar o tempo para o trabalho escolar e para sua formação em serviço. É importante também que o professor faça uma parceria com o aluno, que busquem e planejem juntos, pois ambos estão incluídos no mesmo processo de construção do conhecimento e quanto ao meu trabalho, pretendo continuar desenvolvendo o meu papel de multiplicadora e contribuir com a formação tecnológica de outros professores e compartilhar cada vez mais os conhecimentos ora adquiridos através dos cursos e formações continuadas dos quais venho participando .  .
 
Créditos ,[object Object],[object Object]

Recomendados

Auta monografia apresentacao-1
Auta monografia apresentacao-1Auta monografia apresentacao-1
Auta monografia apresentacao-1rositalima
 
PROJETO DE PESQUISA - EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CEFET - RJ- UFF - Prof. Noe Assunção
PROJETO DE PESQUISA - EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CEFET - RJ- UFF - Prof. Noe AssunçãoPROJETO DE PESQUISA - EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CEFET - RJ- UFF - Prof. Noe Assunção
PROJETO DE PESQUISA - EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CEFET - RJ- UFF - Prof. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
As tecnologias no cotidiano escolar possibilidades de __articular o trabalh...
As tecnologias no cotidiano   escolar possibilidades de __articular o trabalh...As tecnologias no cotidiano   escolar possibilidades de __articular o trabalh...
As tecnologias no cotidiano escolar possibilidades de __articular o trabalh...Mayke Machado
 
Slides monografia mídias_O PROFESSOR E AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNIC...
Slides monografia mídias_O PROFESSOR E AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNIC...Slides monografia mídias_O PROFESSOR E AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNIC...
Slides monografia mídias_O PROFESSOR E AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNIC...Janaina Silveira
 
Projeto Mídias na Educação
Projeto Mídias na EducaçãoProjeto Mídias na Educação
Projeto Mídias na Educaçãogepoteriko
 
Slaide ead 2011 ad1
Slaide ead 2011 ad1Slaide ead 2011 ad1
Slaide ead 2011 ad1cederjbueno
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O ensino de Língua Portuguesa e as TIC
O ensino de Língua Portuguesa e as TICO ensino de Língua Portuguesa e as TIC
O ensino de Língua Portuguesa e as TICEdilaniajati
 
Artigo certo como é o contato com a tecnologia dos professores na escola
Artigo certo   como é o contato com a tecnologia dos professores na escolaArtigo certo   como é o contato com a tecnologia dos professores na escola
Artigo certo como é o contato com a tecnologia dos professores na escolaLizandra Servino Barroso
 
Projeto tecnologia e educaçao
Projeto tecnologia e educaçaoProjeto tecnologia e educaçao
Projeto tecnologia e educaçaokeilacarlos
 
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa Jamille Rabelo
 
Projeto de Doutoramento
Projeto de DoutoramentoProjeto de Doutoramento
Projeto de DoutoramentoLaura Chagas
 
Tecnologias na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TIC - Manual cursista
Tecnologias na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TIC - Manual cursistaTecnologias na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TIC - Manual cursista
Tecnologias na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TIC - Manual cursistaMarinice Noya
 
Slaide ead 2011ad1
Slaide ead 2011ad1Slaide ead 2011ad1
Slaide ead 2011ad1cederjbueno
 

Mais procurados (10)

Projeto
ProjetoProjeto
Projeto
 
Tecnofilo
TecnofiloTecnofilo
Tecnofilo
 
O ensino de Língua Portuguesa e as TIC
O ensino de Língua Portuguesa e as TICO ensino de Língua Portuguesa e as TIC
O ensino de Língua Portuguesa e as TIC
 
Artigo certo como é o contato com a tecnologia dos professores na escola
Artigo certo   como é o contato com a tecnologia dos professores na escolaArtigo certo   como é o contato com a tecnologia dos professores na escola
Artigo certo como é o contato com a tecnologia dos professores na escola
 
Projeto tecnologia e educaçao
Projeto tecnologia e educaçaoProjeto tecnologia e educaçao
Projeto tecnologia e educaçao
 
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
 
Projeto de Doutoramento
Projeto de DoutoramentoProjeto de Doutoramento
Projeto de Doutoramento
 
Tecnologias na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TIC - Manual cursista
Tecnologias na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TIC - Manual cursistaTecnologias na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TIC - Manual cursista
Tecnologias na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TIC - Manual cursista
 
Monografia
MonografiaMonografia
Monografia
 
Slaide ead 2011ad1
Slaide ead 2011ad1Slaide ead 2011ad1
Slaide ead 2011ad1
 

Destaque

PRESENTACION 3 SEMINARIO DE INFORMATICA
PRESENTACION 3 SEMINARIO DE INFORMATICAPRESENTACION 3 SEMINARIO DE INFORMATICA
PRESENTACION 3 SEMINARIO DE INFORMATICAMELVINORELLANA
 
Alimentos Saudáveis N III A B C
Alimentos Saudáveis N III A B CAlimentos Saudáveis N III A B C
Alimentos Saudáveis N III A B Cmofran
 
Apuntes pcp
Apuntes pcpApuntes pcp
Apuntes pcpj n
 
Workshops para Capacitação de Professores
Workshops para Capacitação de ProfessoresWorkshops para Capacitação de Professores
Workshops para Capacitação de Professoresdevelop
 
Informática Na Actividade FarmacêUtica Piaget Out 2010
Informática Na Actividade FarmacêUtica Piaget Out 2010Informática Na Actividade FarmacêUtica Piaget Out 2010
Informática Na Actividade FarmacêUtica Piaget Out 2010pauloromualdo
 
Demanda ciudadan ajjgobogio
Demanda ciudadan ajjgobogioDemanda ciudadan ajjgobogio
Demanda ciudadan ajjgobogioWSI GC Munoz
 
Esencias florales bach americanas
Esencias florales bach americanasEsencias florales bach americanas
Esencias florales bach americanasOmar Gimenez Palma
 
Daniela e patricia
Daniela e patriciaDaniela e patricia
Daniela e patriciaguest60b7516
 
Sabespfraude2011
Sabespfraude2011Sabespfraude2011
Sabespfraude2011fygf
 
Nota de esclarecimento
Nota de esclarecimentoNota de esclarecimento
Nota de esclarecimentoguesta63c2a
 
Jornal copa 2010
Jornal copa 2010Jornal copa 2010
Jornal copa 2010mofran
 
4.la crisis final del sistema
4.la crisis final del sistema4.la crisis final del sistema
4.la crisis final del sistemaPetrakis
 

Destaque (20)

PRESENTACION 3 SEMINARIO DE INFORMATICA
PRESENTACION 3 SEMINARIO DE INFORMATICAPRESENTACION 3 SEMINARIO DE INFORMATICA
PRESENTACION 3 SEMINARIO DE INFORMATICA
 
Administracion de Sistemas
Administracion de SistemasAdministracion de Sistemas
Administracion de Sistemas
 
Cm3 t es
Cm3 t esCm3 t es
Cm3 t es
 
Alimentos Saudáveis N III A B C
Alimentos Saudáveis N III A B CAlimentos Saudáveis N III A B C
Alimentos Saudáveis N III A B C
 
Cronica wendy
Cronica wendyCronica wendy
Cronica wendy
 
Apuntes pcp
Apuntes pcpApuntes pcp
Apuntes pcp
 
Workshops para Capacitação de Professores
Workshops para Capacitação de ProfessoresWorkshops para Capacitação de Professores
Workshops para Capacitação de Professores
 
Informática Na Actividade FarmacêUtica Piaget Out 2010
Informática Na Actividade FarmacêUtica Piaget Out 2010Informática Na Actividade FarmacêUtica Piaget Out 2010
Informática Na Actividade FarmacêUtica Piaget Out 2010
 
Pintar tapa maleta daño leve vehiculo pequeño
Pintar tapa maleta daño leve vehiculo pequeñoPintar tapa maleta daño leve vehiculo pequeño
Pintar tapa maleta daño leve vehiculo pequeño
 
Planejamento estratégico RC Laranjeiras
Planejamento estratégico RC Laranjeiras Planejamento estratégico RC Laranjeiras
Planejamento estratégico RC Laranjeiras
 
Demanda ciudadan ajjgobogio
Demanda ciudadan ajjgobogioDemanda ciudadan ajjgobogio
Demanda ciudadan ajjgobogio
 
Esencias florales bach americanas
Esencias florales bach americanasEsencias florales bach americanas
Esencias florales bach americanas
 
Que es la red egob social
Que es la red egob socialQue es la red egob social
Que es la red egob social
 
Daniela e patricia
Daniela e patriciaDaniela e patricia
Daniela e patricia
 
Sabespfraude2011
Sabespfraude2011Sabespfraude2011
Sabespfraude2011
 
Herramientas
HerramientasHerramientas
Herramientas
 
Nota de esclarecimento
Nota de esclarecimentoNota de esclarecimento
Nota de esclarecimento
 
Retiro jef 2012
Retiro jef 2012Retiro jef 2012
Retiro jef 2012
 
Jornal copa 2010
Jornal copa 2010Jornal copa 2010
Jornal copa 2010
 
4.la crisis final del sistema
4.la crisis final del sistema4.la crisis final del sistema
4.la crisis final del sistema
 

Semelhante a Monografia

Auta monografia apresentacao-1
Auta monografia apresentacao-1Auta monografia apresentacao-1
Auta monografia apresentacao-1rositalima
 
Projeto E.B.M. SANTA MARIA GORETTI
Projeto E.B.M. SANTA MARIA GORETTIProjeto E.B.M. SANTA MARIA GORETTI
Projeto E.B.M. SANTA MARIA GORETTIEDRIANESANDRABRAZZO
 
Marcia rozane b. pipper
Marcia rozane b. pipperMarcia rozane b. pipper
Marcia rozane b. pipperequipetics
 
LIVRO PROFESSOR INOVADOR 2021_EUGÊNIA AIRES DA ROCHA ok.pdf
LIVRO  PROFESSOR INOVADOR 2021_EUGÊNIA AIRES DA ROCHA ok.pdfLIVRO  PROFESSOR INOVADOR 2021_EUGÊNIA AIRES DA ROCHA ok.pdf
LIVRO PROFESSOR INOVADOR 2021_EUGÊNIA AIRES DA ROCHA ok.pdfSimoneHelenDrumond
 
Modelo poster final
Modelo poster finalModelo poster final
Modelo poster finalanamariadis
 
Vildaine simões taschetto
Vildaine simões taschettoVildaine simões taschetto
Vildaine simões taschettoequipetics
 
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem NevesSantana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem NevesCursoTICs
 
São João do Polêsine - Nadiane Feldkercher
São João do Polêsine - Nadiane FeldkercherSão João do Polêsine - Nadiane Feldkercher
São João do Polêsine - Nadiane FeldkercherCursoTICs
 
Adriana ApresentaçãOartigo
Adriana   ApresentaçãOartigoAdriana   ApresentaçãOartigo
Adriana ApresentaçãOartigoAdriana Sitta
 
Forma qim teresa_tic_educa2012
Forma qim teresa_tic_educa2012Forma qim teresa_tic_educa2012
Forma qim teresa_tic_educa2012Teresa Vasconcelos
 

Semelhante a Monografia (20)

Auta monografia apresentacao-1
Auta monografia apresentacao-1Auta monografia apresentacao-1
Auta monografia apresentacao-1
 
Projeto
ProjetoProjeto
Projeto
 
Projeto
ProjetoProjeto
Projeto
 
Projeto
ProjetoProjeto
Projeto
 
Projeto E.B.M. SANTA MARIA GORETTI
Projeto E.B.M. SANTA MARIA GORETTIProjeto E.B.M. SANTA MARIA GORETTI
Projeto E.B.M. SANTA MARIA GORETTI
 
Marcia rozane b. pipper
Marcia rozane b. pipperMarcia rozane b. pipper
Marcia rozane b. pipper
 
LIVRO PROFESSOR INOVADOR 2021_EUGÊNIA AIRES DA ROCHA ok.pdf
LIVRO  PROFESSOR INOVADOR 2021_EUGÊNIA AIRES DA ROCHA ok.pdfLIVRO  PROFESSOR INOVADOR 2021_EUGÊNIA AIRES DA ROCHA ok.pdf
LIVRO PROFESSOR INOVADOR 2021_EUGÊNIA AIRES DA ROCHA ok.pdf
 
Apresentação da monografia uft
Apresentação da monografia   uftApresentação da monografia   uft
Apresentação da monografia uft
 
Modelo poster final
Modelo poster finalModelo poster final
Modelo poster final
 
Vildaine simões taschetto
Vildaine simões taschettoVildaine simões taschetto
Vildaine simões taschetto
 
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem NevesSantana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
 
1381 8
1381 81381 8
1381 8
 
Memorial reflexivo
Memorial reflexivoMemorial reflexivo
Memorial reflexivo
 
Projetocarauari
ProjetocarauariProjetocarauari
Projetocarauari
 
São João do Polêsine - Nadiane Feldkercher
São João do Polêsine - Nadiane FeldkercherSão João do Polêsine - Nadiane Feldkercher
São João do Polêsine - Nadiane Feldkercher
 
Adriana ApresentaçãOartigo
Adriana   ApresentaçãOartigoAdriana   ApresentaçãOartigo
Adriana ApresentaçãOartigo
 
Forma qim teresa_tic_educa2012
Forma qim teresa_tic_educa2012Forma qim teresa_tic_educa2012
Forma qim teresa_tic_educa2012
 
Memorial reflexivo
Memorial reflexivoMemorial reflexivo
Memorial reflexivo
 
Artigo7780
Artigo7780Artigo7780
Artigo7780
 
Maria Celia
Maria CeliaMaria Celia
Maria Celia
 

Mais de Auta Fernandes Costa

Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaPropostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaAuta Fernandes Costa
 
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaPropostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaAuta Fernandes Costa
 
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaPropostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaAuta Fernandes Costa
 
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaPropostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaAuta Fernandes Costa
 
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaPropostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaAuta Fernandes Costa
 
Monografia tecnologias em educação - puc rio
Monografia   tecnologias em educação - puc rioMonografia   tecnologias em educação - puc rio
Monografia tecnologias em educação - puc rioAuta Fernandes Costa
 
Monografia tecnologias em educação - puc rio
Monografia   tecnologias em educação - puc rioMonografia   tecnologias em educação - puc rio
Monografia tecnologias em educação - puc rioAuta Fernandes Costa
 

Mais de Auta Fernandes Costa (20)

Homenagem 1º semestre 2011
Homenagem   1º semestre 2011Homenagem   1º semestre 2011
Homenagem 1º semestre 2011
 
Homenagem 1º semestre 2011
Homenagem   1º semestre 2011Homenagem   1º semestre 2011
Homenagem 1º semestre 2011
 
Homenagem 1º semestre 2011
Homenagem   1º semestre 2011Homenagem   1º semestre 2011
Homenagem 1º semestre 2011
 
Lei do sistema de ensino
Lei do sistema de ensinoLei do sistema de ensino
Lei do sistema de ensino
 
Lei do sistema de ensino
Lei do sistema de ensinoLei do sistema de ensino
Lei do sistema de ensino
 
Apresentação barrolandia
Apresentação barrolandiaApresentação barrolandia
Apresentação barrolandia
 
Cursos do eproinfo para 2011
Cursos do eproinfo para 2011Cursos do eproinfo para 2011
Cursos do eproinfo para 2011
 
Cursos do eproinfo para 2011
Cursos do eproinfo para 2011Cursos do eproinfo para 2011
Cursos do eproinfo para 2011
 
Cursos do eproinfo para 2011
Cursos do eproinfo para 2011Cursos do eproinfo para 2011
Cursos do eproinfo para 2011
 
Cursos do eproinfo para 2011
Cursos do eproinfo para 2011Cursos do eproinfo para 2011
Cursos do eproinfo para 2011
 
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaPropostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
 
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaPropostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
 
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaPropostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
 
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaPropostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
 
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aulaPropostas de utilização do vídeo na sala de aula
Propostas de utilização do vídeo na sala de aula
 
Monografia tecnologias em educação - puc rio
Monografia   tecnologias em educação - puc rioMonografia   tecnologias em educação - puc rio
Monografia tecnologias em educação - puc rio
 
Monografia tecnologias em educação - puc rio
Monografia   tecnologias em educação - puc rioMonografia   tecnologias em educação - puc rio
Monografia tecnologias em educação - puc rio
 
Monografia
MonografiaMonografia
Monografia
 
Monografia
MonografiaMonografia
Monografia
 
Memorial reflexivo
Memorial reflexivoMemorial reflexivo
Memorial reflexivo
 

Último

Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...
Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...
Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...azulassessoriaacadem3
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...Prime Assessoria
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...azulassessoriaacadem3
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...Prime Assessoria
 
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Prime Assessoria
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Prime Assessoria
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...excellenceeducaciona
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...excellenceeducaciona
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...
Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...
Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
 
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 

Monografia

  • 1. Apresentação da Monografia Curso: Tecnologias em Educação PUC/Rio Cursista: Auta Fernandes Costa
  • 2. Tema: apropriação das mídias por professores da rede pública de ensino de Paraíso do Tocantins e aplicabilidade no trabalho pedagógico Curso de Especialização: Tecnologias em Educação - PUC/Rio Cursista: Auta Fernandes Costa Mediadora: Lucimeri Ricas Orientador: Gustavo Felipe Miranda
  • 4. TEMA Planejamento de Formação dos Professores para o uso das Mídias. TIPO DE TRABALHO Relato de Experiência
  • 5. RESUMO Este trabalho aborda a formação tecnológica do professor e a aplicabilidade das mídias de forma efetiva na prática pedagógica nas escolas estaduais de Paraíso do Tocantins. Objetiva compreender aspectos importantes do uso das mídias digitais no contexto escolar como ferramenta de ensino e aprendizagem; como também a importância da formação tecnológica do professor. Trata-se compreender a importância das Tecnologias da Informação e Comunicação na aprendizagem escolar; discutir a formação tecnológica do educador e conhecer possibilidades de uso das mídias na educação. Nesse contexto: como preparar o professor a apropriar-se do uso das tecnologias da informação e da comunicação para atuarem em sala de aula? Repensando o papel da mídia no mundo contemporâneo e o papel da escola nos dias atuais, buscou-se focar o educador através da formação continuada para que se atinja a aprendizagem do aluno.
  • 6. INTRODUÇÃO A integração dos recursos tecnológicos nos processos de aprendizagem constitui um fator de inovação pedagógica, oportunizando novas formas de trabalho dentro da escola. Inúmeras são as possibilidades de uso das mídias por professores e alunos no ambiente escolar. A exemplo do computador e a exploração da internet pelos alunos, dependem da mediação do professor, e hoje, esse uso se limita pela não formação tecnológica do educador. É fundamental que primeiramente os professores e equipe pedagógica estejam devidamente preparados para uma real eficácia ao uso das tecnologias. A intenção é discorrer sobre o Planejamento de Formação dos Professores para o uso das Mídias e relatar a experiência ora vivenciada pelo Núcleo de Tecnologia Educacional através do curso Tecnologias na Educação: ensinando e aprendendo com as TIC.
  • 7. O intuito é evidenciar o trabalho do professor cursista enfatizando o uso dos recursos tecnológicos no ambiente escolar e compreender aspectos importantes do uso das mídias digitais como ferramenta de ensino e aprendizagem, bem como a importância da formação tecnológica do professor neste processo. Neste prisma questiona-se como preparar o professor a apropriar-se do uso das tecnologias da informação e da comunicação para atuarem em sala de aula? O aspecto geral do curso é fazer com que o professor conheça o potencial dos recursos tecnológicos disponíveis na escola e com isso venha a descobrir novos caminhos, novas estratégias de dinamizar sua aula e contribuir com formas diferentes de aprendizagem para seus alunos. Nessa perspectiva, é indispensável a organização do trabalho didático, onde o professor procure conciliar o tempo para o trabalho escolar e para sua formação em serviço.
  • 8. DESENVOLVIMENTO A experiência ora relatada destaca a formação tecnológica de professores e o processo de ensino e aprendizagem como ação sócio-histórico-cultural, em consonância com o desenvolvimento tecnológico articulado no âmbito escolar embasado na idéias de Lev Semynovich Vygotsky, Paulo Reglus Neves Freire, José Armando Valente, José Manuel Moran, Maria Elizabeth de Almeida, entre outros. O trabalho se deu pela participação de professores das escolas estaduais de Paraíso do Tocantins, no curso de capacitação tecnológica a distância oferecido pelo MEC e acompanhado pelo Núcleo de Tecnologia Educacional. Processou-se por várias etapas, tendo como ponto de partida a divulgação nas escolas, a formação da turma por nível de conhecimento tecnológico, pelos encontros presenciais com a presença do tutor, pelo estudo à distância, pela interatividade da turma no ambiente virtual e pelos trabalhos produzidos pelos cursistas.
  • 9. Neste contexto destacam-se as ações de sucesso e as dificuldades encontradas por parte dos cursistas. Das ações de sucesso: O domínio da técnica de manuseio do computador; O uso da ferramenta blog no trabalho pedagógico; Aprendizagem em rede e o uso da internet como fonte de pesquisa; Aulas inovadas com o uso das mídias; Maior acesso nos sites educativos, bem como o portal do professor. Das dificuldades: Carga horária extensa de trabalho; Perfil tecnológico inadequado para este curso; Falta de adequação de estudo à distância; Pouca participação nos encontros presenciais; Aplicou-se aos cursistas o memorial reflexivo para coleta de informações sobre o trabalho com as tecnologias na escola em função do curso.
  • 10. CONCLUSÕES A aprendizagem focada neste trabalho é vista como um processo contínuo de comportamento, de atitudes, de construção e reconstrução de idéias e conceitos, bem como a interação com o meio e pela dinâmica da relação com diferentes recursos que estão disponíveis ao nosso redor e na possibilidade de aprendizagem pelas conexões e convergências com o uso das mídias. O Núcleo de Tecnologia Educacional como ambiente de aprendizagem, vem contribuindo cotidianamente para a formação tecnológica do educador. Portanto, a educação continuada nos ambientes virtuais de aprendizagens, ora vista como formação tecnológica do professor é algo que vem aumentar as chances do educador desenvolver um trabalho com práticas inovadoras e promover uma maior qualidade no ensino. Faz-se necessário a organização do trabalho didático.
  • 11. Que a escola insira no seu PPP ações que evidencie o trabalho com as mídias no ambiente escolar, que a equipe gestora oportunize aos professores a participação nas formações continuadas em tecnologias, que a equipe escolar busque adequar-se para o estudo à distância, que o professor procure conciliar o tempo para o trabalho escolar e para sua formação em serviço. É importante também que o professor faça uma parceria com o aluno, que busquem e planejem juntos, pois ambos estão incluídos no mesmo processo de construção do conhecimento e quanto ao meu trabalho, pretendo continuar desenvolvendo o meu papel de multiplicadora e contribuir com a formação tecnológica de outros professores e compartilhar cada vez mais os conhecimentos ora adquiridos através dos cursos e formações continuadas dos quais venho participando . .
  • 12.  
  • 13.