AGEUSPIGravação realizada em 07 de novembro de 2012Curso GEPI – Gerenciamento e Execução deProjetos de Inovação em Empresa...
A	  contribuição	  da	  FAPESP	  para	  a	    pesquisa	  para	  inovação	                             2
FAPESP	  –	  legislação	  •  1947:	  Cons8tuição	  Paulista,	  Art.	  123	  	        –  "O	  amparo	  à	  pesquisa	  cien8...
Agências	  de	  fomento	  à	  pesquisa	  em	  SP	     2008	                                                           1995...
Os	  programas	  de	  apoio	  à	  pesquisa	                 para	  inovação	  •  PIPE	  •  PITE	  •  PAPI/NUPLITEC	       ...
Pesquisa	  Inova8va	  na	  Pequena	                  Empresa:	  PIPE	  •  Lançado	  em	  1997	  •  Obje8vo	      –  Apoiar...
Pesquisa	  Inova8va	  na	  Pequena	                 Empresa:	  PIPE	  •  Pesquisa	  na	  pequena	  empresa	     –  Potenci...
Pesquisa	  Inova8va	  na	  Pequena	                Empresa:	  PIPE	                               FASE	  I	  •  Estudo	  d...
Pesquisa	  Inova8va	  na	  Pequena	                                       Empresa:	  PIPE	                                ...
Pesquisa	  Inova8va	  na	  Pequena	                 Empresa:	  PIPE	                           FASE	  III	  •  Desenvolvim...
PIPE:	  Pesquisa	  em	  Pequenas	  Empresas	  1001	             projetos;	  1	  por	  semana	  em	  2010	  © C.H. Brito Cr...
Parceria	  para	  Inovação	  Tecnológica:	                          PITE	  •  Lançado	  em	  1995	  •  Obje8vo	     –  Fin...
Parceria	  para	  Inovação	  Tecnológica:	                          PITE	  •  Parceria	  universidades/ins8tutos	  -­‐	  e...
PITE	  Convênio:	  	                    chamadas	  públicas	  conjuntas	  •  FAPESP	  e	  empresa	  estabelecem	  acordo	 ...
PITE	  Convênio	                 Empresa	               R$	  milhões	  FAPESP/VALE	                                  40	  ...
Obrigado!	  	  Até	  a	  próxima	  aula!	  
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mvi 4.2.5 fapesp - recursos financeiros para inovacao -

1.405 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Mvi 4.2.5 fapesp - recursos financeiros para inovacao -

  1. 1. AGEUSPIGravação realizada em 07 de novembro de 2012Curso GEPI – Gerenciamento e Execução deProjetos de Inovação em EmpresasMódulo MVI 4.2.5RECURSOS FINANCEIROS PARA A INOVAÇÃO -FapespRedação e locução:Sergio Perussi Filho
  2. 2. A  contribuição  da  FAPESP  para  a   pesquisa  para  inovação   2
  3. 3. FAPESP  –  legislação  •  1947:  Cons8tuição  Paulista,  Art.  123     –  "O  amparo  à  pesquisa  cien8fica  será  propiciado  pelo  Estado,  por  intermédio  de  uma   fundação  organizada  em  moldes  a  serem  estabelecidos  por  lei".  Determinava  ainda:   "Anualmente,  o  Estado  atribuirá  a  essa  fundação,  como  renda  especial  de  sua  priva8va   administração,  a  quan8a  não  inferior  a  meio  por  cento  de  sua  receita  ordinária".    •  1960:  Lei  autoriza  o  Poder  Execu8vo  a  ins8tuir  a  FAPESP  •  1962:  Decreto  40.132  ins8tui  a  FAPESP  •  1989:  Cons8tuição  Estadual     –  Ar8go  271  -­‐  O  Estado  des8nará  o  mínimo  de  um  por  cento  de  sua  receita  tributária  à   Fundação  de  Amparo  à  Pesquisa  do  Estado  de  São  Paulo,  como  renda  de  sua  priva8va   administração,  para  aplicação  em  desenvolvimento  cien8fico  e  tecnológico.     3
  4. 4. Agências  de  fomento  à  pesquisa  em  SP   2008   1995  © C.H. Brito Cruz e Fapesp 4
  5. 5. Os  programas  de  apoio  à  pesquisa   para  inovação  •  PIPE  •  PITE  •  PAPI/NUPLITEC   5
  6. 6. Pesquisa  Inova8va  na  Pequena   Empresa:  PIPE  •  Lançado  em  1997  •  Obje8vo   –  Apoiar  o  desenvolvimento  de  pesquisas  inovadoras,  a   serem  executadas  em  pequenas  empresas  sediadas  no   Estado  de  São  Paulo,  sobre  importantes  problemas  em   ciência  e  tecnologia  que  tenham  alto  potencial  de  retorno   comercial  ou  social   6
  7. 7. Pesquisa  Inova8va  na  Pequena   Empresa:  PIPE  •  Pesquisa  na  pequena  empresa   –  Potencial  de  retorno  comercial   –  Aumento  da  compe88vidade  da  empresa   –  Es8mular  a  criação  de  “cultura  de  inovação  permanente”  •  Condições   –  Não  se  exige  contrapar8da   –  Até  R$  200.000  +  R$  1.000.000  por  projeto   –  Pesquisador  principal  deve  ser  vinculado  à  empresa   7
  8. 8. Pesquisa  Inova8va  na  Pequena   Empresa:  PIPE   FASE  I  •  Estudo  de  viabilidade  •  Recursos  por  projeto  =    R$  2000.000  •  Possibilidade  de  sub-­‐contratar  até  1/3  do   esforço,  inclusive  consultoria  •  Duração  de  9  meses   8
  9. 9. Pesquisa  Inova8va  na  Pequena   Empresa:  PIPE   FASE  II  •  Realização  do  projeto  •  Recursos  até  R$  1.000.000  •  Sub-­‐contratar  até  1/2  do  esforço,  inclusive   consultoria  •  Duração  de  até  2  anos                                                                                                                                                                                   9
  10. 10. Pesquisa  Inova8va  na  Pequena   Empresa:  PIPE   FASE  III  •  Desenvolvimento  e  comercialização  pioneira   do  produto  •  Não  financiada  pela  FAPESP  •  Parcerias  FINEP  (PAPPE),  BNDES  e  Empresas   de  Capital  de  Risco     10
  11. 11. PIPE:  Pesquisa  em  Pequenas  Empresas  1001   projetos;  1  por  semana  em  2010  © C.H. Brito Cruz e Fapesp 11
  12. 12. Parceria  para  Inovação  Tecnológica:   PITE  •  Lançado  em  1995  •  Obje8vo   –  Financiar  projetos  de  pesquisa  em  ins8tuições   acadêmicas  ou  ins8tutos  de  pesquisa,   desenvolvidos  em  cooperação  com  pesquisadores   de  centros  de  pesquisa  de  empresas  localizadas   no  Brasil  ou  no  exterior  e  co-­‐financiados  por  estas   12
  13. 13. Parceria  para  Inovação  Tecnológica:   PITE  •  Parceria  universidades/ins8tutos  -­‐  empresas   –  Pesquisa  desenvolvida  em  parceria   –  FAPESP  financia  a  pesquisa  na  universidade/ins8tuto  a   fundo  perdido  -­‐  20  a  70%   –  Empresa  aporta  contrapar8da  •  Apresentação  de  propostas   –  PITE  Demanda  espontânea  (desde  1995)   –  PITE  Convênio  (desde  2006)   13
  14. 14. PITE  Convênio:     chamadas  públicas  conjuntas  •  FAPESP  e  empresa  estabelecem  acordo  de  cooperação   para  lançar  chamadas  conjuntas   –  Temas  propostos  pela  empresa   –  Pesquisa  exploratória  (adequada  à  Academia)   –  Comitê  gestor  paritário   –  Mérito  avaliado  pela  FAPESP  (incluindo  assessores  indicados   pela  empresa)  •  Embraer,  Natura,  Ouro  Fino,  Oxiteno,  Microsop  Research,   Telefonica,  Dedini,  PadTec,  Ci&T,  Braskem,  Whirlpool,   Sabesp,  Vale,  ETH,  Agilent,  Biolab...   14
  15. 15. PITE  Convênio   Empresa   R$  milhões  FAPESP/VALE   40  FAPESP/SABESP   50  FAPESP/Whirlpool   40  FAPESP/Braskem   50  FAPESP/Dedini   100   15
  16. 16. Obrigado!    Até  a  próxima  aula!  

×