Antologia dia pai

532 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
532
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
107
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Antologia dia pai

  1. 1. Antologia possível…. <br />19 de Março <br />Dia do pai<br />
  2. 2. Pai…<br />Pai desde pequeno que me ajudas<br />Foste aquele que me criou<br />Sempre soubeste o melhor para mim<br />e eu sempre gostarei de ti…<br />Mas agora no teu dia <br />devo dizer <br />és o melhor pai<br />que eu poderia ter!<br />Por isso quero-te agradecer<br />Por tudo o que fizeste<br />E agora posso dizer <br />Que Pai melhor que tu não<br />pode haver!<br /> Sérgio Moreira 8º D<br />
  3. 3. Pai és aquele que sempre me dá a mão quando eu preciso<br />Fazes de tudo para o meu bem…<br />Pai nunca dizes sim a tudo<br />Mas só quando é seguro!<br />Pai em ti posso confiar<br />Contigo posso desabafar…<br />Estás sempre ao meu lado <br />Percebes-me até quando fico calada!<br />Pai nunca te quero perder<br />Pai para onde vou, tu vens comigo<br />Pai foste e sempre serás o meu melhor Amigo<br />Pai é Pai e não é preciso dizer mais nada!<br />Liliana Sá do 8 ºD<br />Pai …<br />
  4. 4. Meu Pai<br />Pai,Obrigada pela companhiaObrigada pelo direito à vidaObrigada pelo sorriso <br />Pai,Obrigada por reclamarObrigada por me escutarObrigada por me ensinar<br />Pai,Obrigada por não me deixar sóObrigada por ser meu amigoObrigada, pois partiste,<br />Mas não me abandonasteApenas mudastePara a morada dos anjos celestiaisObrigada, Meu pai!Luiza Maria da Silva Pinto Moura<br />Poema seleccionado por Ana Pinto 8 ºD<br />
  5. 5. Ter um Pai! É ter na vida <br />Uma luz por entre escolhos<br />É ter dois olhos no mundo<br />Que vêem pelos nossos olhos!<br />Ter um Pai! Um coração<br />Que apenas amor encerra<br />E ver Deus, num mundo vil, <br />E ter os céus cá na terra!<br />Ter um Pai! Nunca se perde <br />Aquela santa afeição<br />Sempre a mesmo quer um folho<br />Seja um santo ou um ladrão;<br />Talvez maior, sendo infame<br />O filho que é desprezado<br />Pelo mundo: pois um Pai<br />Perdoa ao mais desgraçado! <br />Ter um Pai! Um santo orgulhoso<br />Pró coração que lhe quer <br />Um orgulho que não cabe<br />Num coração de mulher!<br />Embora ele seja imenso<br />Vogando pelo ideal<br />O coração que me deste<br />O Pai bondoso é leal!<br />Ter um Pai! Doce poema <br />Dum sonho bendito e santo<br />Nestas letras pequeninas<br />Astros dum céu todo encantado!<br />Ter um Pai! Os orfãozinhos <br />Não conhecem este amor <br />Por mo fazer conhecer<br />Bendito seja o senhor! <br />Florbela Espanca poema seleccionadopor Ana,Bruna,Daniel,Joana Maia ,Joana Ferreira,Luís e Sara do 8º D <br />
  6. 6. Pai<br />Pai foste tu que me<br />ensinaste metade do que sei <br />Foste tu que me <br />ajudas-te quando precisei,<br />Por isso o meu obrigado<br />sincero e carinhoso!<br />Pai sem ti o mundo não tem cor<br />Não tem o som alegre da vida!<br />Não tem nada porque tu és<br />o brilho e a minha alegria!<br />Pai és muito importante para mim<br />Sejas lá como fores és o meu pai<br />e eu amo-te<br />como és!<br />Fátima Fernandes do 8 ªD<br />
  7. 7. A ti Pai,<br />Com muito carinho<br />Hoje saúdo em ânsia de amor.<br /> E quero dizer-te muito baixinho,<br />Que sinto o calor <br />Da tua mão.<br />A vida que dominas<br />E me ensinas<br />Sem desilusão,<br />Como quem sente <br />A palpitar<br />O coração,<br />A mergulhar <br />Na oração<br />Ao Deus do Céu,<br />Com a gratidão <br />Pelo pai que me deu<br />E me segura a minha mão<br />Para não cair<br />Na vastidão<br />Da incerteza,<br />Na derrocada<br />E destruição<br />Pelo nada.<br />Alegre e contigo a meu lado,<br />Nada receio <br />Tudo vencerei<br />E lutarei,<br />Com afinco e animado,<br />Por aquilo anseio.<br />Não te arrependas de me ouvir;<br />Dá-me a tua mão firme e segura<br />Olha por mim, não me deixes cair<br />No lamaçal desta vida dura <br />Não te canses de sempre me atender<br />Este grito que, do íntimo, me sai <br />E eu ao Bom Deus vou agradecer<br />O homem que Ele me deu e é meu Pai<br />ROSA MATEUS poema seleccionado por Bruno e João Castro do 8ºD <br />
  8. 8. Pai ,sem ti…<br />Sou um grito na noite.<br />Pai, sem ti…<br />Não tenho salvação.<br />Pai, sem ti …<br />Meu futuro é negro <br />Pai ,sem ti …<br />Falta-me esperança.<br />Pai ,sem ti…<br />Não tenho amor nem fé.<br /> Pai, sem ti …<br />Não vejo o caminho.<br />Pai ,sem ti…<br />Sou triste ao despertar.<br />Pai ,sem ti …<br />Meu coração chora.<br />Pai, sem ti…<br />Não sou ninguém<br />Pai, escuta-me …<br />Salva-me…<br />Pai, peço-te …<br />Guia-me e dá-me esperança.<br />Pai ,contigo sou feliz <br />E em teus braços quero - me abrigar.<br /> Raquel Matos (Encarregada de Educação do aluno Diogo 8ºD)<br />
  9. 9. Para todos os pais….<br /> pelos alunos do 8ºD <br />21 de Março de 2011<br />

×