Literatura africana

4.518 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.518
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
286
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Literatura africana

  1. 1. Literatura Africana Baú das historias – Contos Africanos Juliana Dias de Amorim Fernanda Cruz de Carvalho Bruno Salvador de Oliveira 8ª C
  2. 2. Houve um tempo em que todas as histórias pertenciam a Nayme, o Deus do Céu. Ele as guardava em uma caixa de ouro. Ananse, um velhinho pequeno e fraco, desejando comprar as histórias para contar ao povo de sua aldeia, teceu uma teia até o céu. Nayme riu ao vê-lo diante de si. Como ele poderia desejar um tesouro tão precioso? O Deus do Céu impôslhe como pagamento três tarefas dificílimas. O velhinho venceu todos os desafios propostos. Nayme, então, proclamou: (...) minhas histórias pertencem a Ananse e serão chamadas histórias do Homem-Aranha. A leitura desse conto resgata a importância do ato de contar histórias - um ato de troca, uma necessidade inerente ao ser humano -, contar e ouvir histórias, ouvir e ser ouvido. Sinopse do Livro
  3. 3. Autor/Ilustrador (a)
  4. 4. Gail E. Haley Nasceu North Carolina, EUA. Quando criança morou em um bucólico vilarejo rural onde passava grande parte do tempo andando descalça pelos bosques e campos. A fantasia e a realidade eram interligadas no seu mundo, principalmente por estar sempre sozinha. Havia tempo para sonhar, explorar, ler e desenhar. A natureza, a abundante fauna a seu redor, e as fadas, heróis e vilões dos seus livros eram todos igualmente reais para ela. Gail e seu marido, Arnold Haley (escritor muito talentoso para crianças), se interessam por todas as facetas da cultura e do folclore infantis. Também colecionam livros infantis e brinquedos antigos. Estudou Artes Gráficas e Pinturas na Universidade de Virgínia. Gail E. Haley recebeu a medalha Caldecott pelo o livro O Baú da Histórias. Biografia da Autora
  5. 5. CONCLUSÃO  Aprendemos a fazer resenhas descritivas  Interpretar imagens  Nos aprofundamos nas histórias da literatura africana.
  6. 6. CONCLUSÃO  Aprendemos a fazer resenhas descritivas  Interpretar imagens  Nos aprofundamos nas histórias da literatura africana.

×