Célula Procariótica e Reino Monera Aulas 21 e 30 Prof. Tubão
<ul><li>Reino Monera , primeiras formas de vida (cerca de 3,8 bilhões de anos).  Procariotos unicelulares . </li></ul><ul>...
<ul><li>1-b) Halófitas extremas  : alta salinidade, possuem  bacteriorodopsina  (fotossíntese primitiva). </li></ul><ul><l...
<ul><li>Bactérias </li></ul><ul><li>Importância : Base dos ciclos biogeoquímicos do carbono (decompositoras) e do nitrogên...
<ul><li>As  espiraladas  ou helicoidais, como o vibrião (cólera), o espirilo e a espiroqueta (sífilis).  </li></ul><ul><li...
 
 
<ul><li>Autótrofas: Fotossintetizantes/Qumiossintetizantes. (Podem ser aeróbicas e anaeróbicas): </li></ul>
halófitas - rodopsina Rhizobium Líquens
<ul><li>Heterótrofas: </li></ul><ul><li>Decompositoras (saprófitas), parasitas e mutualistas </li></ul><ul><li>- Aeróbias ...
<ul><li>A  célula bacteriana  e composta por: </li></ul><ul><li>- cápsula gelatinosa (virulência e fixação) </li></ul><ul>...
 
 
Bactérias aeróbias possuem mesossomos (resp. celular)
<ul><li>Reprodução assexuada – divisão binária (a cada 20 minutos) </li></ul>
Reprodução sexuada por conjugação: troca de plasmídios por fímbrias sexuais
Conjugação : Processo de transferência de DNA plasmidial de uma bactéria para outra através de fímbria sexuais. A bactéria...
Esporulaçã o: não é uma forma de reprodução, mas uma forma da bactéria sobreviver em condições adversas. Quando isso ocorr...
Bactéria Doenças Transmissão Bordetella pertussis Coqueluche ou tosse comprida  Vias respiratórias  Clostridium tetani Tét...
<ul><li>Cianobactérias </li></ul><ul><li>Fotossintetizantes  : possuem lamelas com clorofila a (e não bacterioclorofila) e...
<ul><li>Cianobactérias  (antigas cianofíceas ou algas azuis). Vivem entre 0 O C e 74 O C: </li></ul>
Heterocisto: fixação de nitrogênio na água
<ul><li>Reprodução por bipartição, formam colônias e produzem esporos (formas de resistência a mudanças ambientais).  </li...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reino monera 1o. ano obj

2.674 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.674
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reino monera 1o. ano obj

  1. 1. Célula Procariótica e Reino Monera Aulas 21 e 30 Prof. Tubão
  2. 2. <ul><li>Reino Monera , primeiras formas de vida (cerca de 3,8 bilhões de anos). Procariotos unicelulares . </li></ul><ul><li>Archaeobacteria (Archea) </li></ul><ul><li>Classificação Eubacteria </li></ul><ul><li>1- Archea : Primitivas, heterótrofas anaeróbias que vivem em condições extremas : </li></ul><ul><li>1-a) Metanogênicas : anaeróbias estritas (pântanos), decompositoras (reciclagem de lixo) e simbiontes (intestinos de herbívoros). </li></ul>
  3. 3. <ul><li>1-b) Halófitas extremas : alta salinidade, possuem bacteriorodopsina (fotossíntese primitiva). </li></ul><ul><li>1-c) Termófilas extremas : (de 60 O C até 150 o C), quimiossitetizantes (H 2 S , gás sulfídrico), sustentam comunidades submarinas. </li></ul><ul><li>2- Eubactérias ( bactérias modernas ): bactérias atuais (cerca 2,5 bilhõe de anos) e cianobactérias. </li></ul><ul><li>Quanto a nutrição podem ser autótrofas (quimio e fotossintetizantes) e heterótrofas (decompositoras ou sapróvoras e parasitas). </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Bactérias </li></ul><ul><li>Importância : Base dos ciclos biogeoquímicos do carbono (decompositoras) e do nitrogênio (fixadoras, nitrificantes e desnitrificantes). Podem ser em relação ao homem patogênicas ou mutualistas (lactobacilos). </li></ul><ul><li>Indústria de laticínios (queijos, yogurtes), produção de vinagre e de medicamentos. </li></ul><ul><li>Morfologia : </li></ul><ul><li>Cocos : esféricas (gonorréia) formam colônias como os diplococos , duplos (meningite), estreptococos , em fileiras (cáries) e estafilococos, em cachos (furunculose) e as sarcínas , cúbicas, que causa a septicemia. </li></ul><ul><li>Bacilos: cilíndricos, causam a diferia, tétano, tuberculose e o botulismo. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>As espiraladas ou helicoidais, como o vibrião (cólera), o espirilo e a espiroqueta (sífilis). </li></ul><ul><li>Existem bactérias intracelulares, as riquétsias , (febre maculosa e tifo epidêmico) e as clamídias , (linfogranuloma venéreo). </li></ul>
  6. 8. <ul><li>Autótrofas: Fotossintetizantes/Qumiossintetizantes. (Podem ser aeróbicas e anaeróbicas): </li></ul>
  7. 9. halófitas - rodopsina Rhizobium Líquens
  8. 10. <ul><li>Heterótrofas: </li></ul><ul><li>Decompositoras (saprófitas), parasitas e mutualistas </li></ul><ul><li>- Aeróbias obrigatórias (só realizam respiração celular). </li></ul><ul><li>- Aeróbias facultativas (realizam respiração celular e fermentação). </li></ul><ul><li>- Anaeróbias obrigatórias (realizam somente fermentação lática, alcoólica e acética ). Importante na fabricação de laticínios e vinagre. </li></ul>
  9. 11. <ul><li>A célula bacteriana e composta por: </li></ul><ul><li>- cápsula gelatinosa (virulência e fixação) </li></ul><ul><li>- parede celular esquelética (proteção) </li></ul><ul><li>- membrana plasmática (seletividade) </li></ul><ul><li>- fímbrias (fixação e conjugação) </li></ul><ul><li>- flagelos (movimentação) </li></ul><ul><li>-citoplasma (meio interno aquoso) </li></ul><ul><li>- ribossomos (síntese protéica) </li></ul><ul><li>- nucleóide (material genético) </li></ul><ul><li>- mesossomo (respiração celular) </li></ul><ul><li>- Plasmídeos (reprodução sexuada) </li></ul>
  10. 14. Bactérias aeróbias possuem mesossomos (resp. celular)
  11. 15. <ul><li>Reprodução assexuada – divisão binária (a cada 20 minutos) </li></ul>
  12. 16. Reprodução sexuada por conjugação: troca de plasmídios por fímbrias sexuais
  13. 17. Conjugação : Processo de transferência de DNA plasmidial de uma bactéria para outra através de fímbria sexuais. A bactéria que emite a fímbria é denominada doadora, ou macho, enquanto a bactéria que recebe é denominada receptoras, ou fêmeas.
  14. 18. Esporulaçã o: não é uma forma de reprodução, mas uma forma da bactéria sobreviver em condições adversas. Quando isso ocorre o DNA enzimas essenciais ficam guardadas em uma cápsula protetora (esporo).
  15. 19. Bactéria Doenças Transmissão Bordetella pertussis Coqueluche ou tosse comprida Vias respiratórias Clostridium tetani Tétano Contaminação em ferimentos Chlamidia trachomatis Tracoma Objetos pessoais contaminados Rickettsia prowazeki Tifo exantemático Picada de artrópodes Mycobacterium leprae Hanseníase Contato direto Neisseria gonorrheae Gonorréia ou blenorréia Contato sexual Treponema pallidum Sífilis Contato sexual Vibrio cholerae Cólera Contaminação de água ou alimento por fezes Diplococcus pneumoniae Pneumonia Vias respiratórias Mycobacterium tuberculosis Tuberculose Vias respiratórias Corynebacterium diphteriae Difteria Vias respiratórias Pasteurella pestis Peste bubônica Do rato ao homem por picada de pulga Streptococcus pyogenes erisipela Ferimentos causados por fungos Salmonella typhosa Febre tifóide Contaminação de água ou alimento por fezes Neisseria meningitidis Meningite Vias respiratórias
  16. 20. <ul><li>Cianobactérias </li></ul><ul><li>Fotossintetizantes : possuem lamelas com clorofila a (e não bacterioclorofila) e ficoeritrina, ficocianina e carotenóides (pigmentos acessórios). </li></ul><ul><li>São fixadoras de N 2 ( heterocistos) , Produtoras de matéria orgânica (base da cadeia alimentar) em meio aquático, liberam O 2 atmosférico, são formadores de liquens e pioneira nas sucessões ecológicas. </li></ul><ul><li>responsáveis pelo O 2 na atmosfera primitiva, o que possibilitou a camada de Ozônio (O 3 ) </li></ul>
  17. 21. <ul><li>Cianobactérias (antigas cianofíceas ou algas azuis). Vivem entre 0 O C e 74 O C: </li></ul>
  18. 22. Heterocisto: fixação de nitrogênio na água
  19. 23. <ul><li>Reprodução por bipartição, formam colônias e produzem esporos (formas de resistência a mudanças ambientais). </li></ul><ul><li>Liberam toxinas, e quando proliferam em excesso podem contaminar mananciais de água. </li></ul>

×