Aula 1 ditadura militar

1.481 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Aula 1 ditadura militar

  1. 1. DITADURA MILITAR (1964-1985)O que foi?Intervenção militar no governo, derrubando um governo eleito democraticamente einstituindo uma ditadura que durou 21 anos.Consequências- Restrição dos direitos civis e políticos- Censura- Repressão política (incluindo a tortura e execução de opositores)- Acentuado desenvolvimento econômico baseado no capital externo- Aumento exorbitante da dívida externa- Aumento da desigualdade social- Falta de liberdade civil e política- retrocesso político para o paísAntecedentes- Militares assumem o poder após a deposição do presidente João Goulart, que haviaassumido o cargo após a renúncia de Jânio Quadros.- João Goulart só assumira após a imposição do regime parlamentarista (limitação depoderes). Após um plebiscito, o regime voltou a ser presidencialista.- João Goulart tentou fazer uma série de reformas sociais (agrária, inclusive),contrariando os interesses do capital externo. Sem maioria no congresso, Goularttentou mobilizar a opinião pública, gerando um conflito de classes no país.- O clima de ingovernabilidade acabou gerando uma instabilidade institucional,culminando com o Golpe, em março de 1964.- A classe média, os industriais e a elite agrária se voltou contra o governo, abrindocaminho para os golpistas.
  2. 2. PERÍODO MILITAR (1964-1985)GOVERNO CASTELO BRANCO (64-67)- Deu início aos atos institucionais- suspendeu os direitos políticos dos cidadãos- cassou parlamentares- dissolveu os partidos políticos- criou o bipartidarismo (Arena (base governista) x MDB (oposição consentida).- fechou o Congresso em 1966- Instituiu uma nova Constituição em 1967GOVERNO COSTA E SILVA (67-69)- imposto pelos militares- enfrentou uma série de greves e protestos sociais- enfrentou as guerrilhas*, que começaram a se formar para enfrentar a ditadura- instituiu o AI-5, que diminuiu ainda mais as liberdades civis e permitiu a ampliação darepressão militar.- deixou o governo por problemas de saúdeJUNTA PROVISÓRIA (agosto-outubro/69)GOVERNO MÉDICI (69-74)- indicado pela Junta Militar- período conhecido como “os anos de chumbo da ditadura”- ampliou a repressão e perseguição militar- período marcado por exílios, torturas, prisões e desaparecimentos- criação de órgãos repressores (DOPS; DOI-CODI)- aumento da censura- época do milagre econômico (crescimento baseado no capital externo)- investimento em infraestrutura- PIB de 12%- aumento da dívida externa- Brasil: ame-o ou deixe-o (eliminação da oposição)GOVERNO GEISEL (1974-79)- fim o milagre econômico- O governo Geisel coincide com o fim do milagre econômico- A crise do petróleo interfere diretamente na queda de investimentos no Brasil- Derrota política do governo nas eleições de 1976 (o MDB conquistou 59% dos votospara o Senado, 48% da Câmara e as prefeituras da maioria das grandes cidades)- Distensão lenta, gradual e segura rumo à redemocratização.- conflito interno no governo: moderados com os militares linha dura
  3. 3. - morte do jornalista Vladimir Herzog e o operário Manoel Fiel Filho.- revogação do AI-5GOVERNO FIGUEIREDO (1979-1985)- aceleração do processo de liberalização- Lei da Anistia (ampla, geral e irrestrita)- volta do pluripartidarismo- Arena – PDSMDB-PMDBPTPDT- enfrentamento do governo contra militares radicais (atentados terroristas (Riocentro)Na área econômica, a atuação do governo foi medíocre, os índices de inflação e arecessão aumentaram drasticamente.- surto inflacionário- recessão- Derrota do movimento Diretas JáNOVA REPÚBLICA (1985-1989)- Tancredo é eleito pelo voto indireto, derrotando Paulo Maluf- Sarney, vice de Tancredo assume o poder- economicamente, destaque para o Plano Cruzado (congelamento de preços)- eleições diretas para presidente, governador e prefeito- manipulação do debate eleitoral de 1989- Collor vence Lula- “Política do silêncio” – varrer as atrocidades para debaixo do tapete

×