Proposta espaço expositivo 5 R

159 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
159
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
65
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Proposta espaço expositivo 5 R

  1. 1. PLANO - A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE. UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA - UFU Partindo do construtivismo que prega por formas FAUeD- Design -Atêlie Plástica- Professor: Luís Eduardo geométricas e puras o desconstrutivismo pega essa Alunas: Ana Beatriz/ Fiama Kauari/ Leticia Vasconcelos forma monta, remonta, desconstrói, transforma e, como os construtivistas, ainda considera a simplicidade de tais formas como sendo a essência de INTRODUÇÃO suas obras, a partir disso podemos dizer que os planos elaborados e projetados para a exposição abrangem A exposição Plano, a superfície enquanto recurso essa ideia. Isso se deve ao fato de que os planos expressivo, tem como função mostrar a interação de sofrem interferências de diversas maneiras, por obras artísticas com planos, em nosso caso, serem planos dobráveis inspirados nas obras de inspirada no trabalho do escultor Franz Weissmann Weissmann. que é caracterizado pela substituição do volume pelo plano, ou melhor, pela valorização do espaço e não da Em outras palavras, seria como dizer que para sentir o massa, além de utilizar diferentes formas, algumas que uma obra de arte, ou no nosso caso, a exposição identificadas como fios, cubos, diagonais, planos, quer realmente lhe transmitir, fosse preciso que os fitas, entre outros. A partir disso, o espaço foi pensado excessos fossem retirados e o essencial lhe causasse para expor obras de grandes artistas, como Amilcar uma inquietação, despertando uma curiosidade, uma de Castro, Eduardo Sued, Hélio Oiticica, Franz vontade diferente de querer saber, descobrir. Weissmann, Richard Serra e Waltercio Caldas. O projeto foi organizado de forma que o observador não possa ter a compreensão total do espaço ao CONCEITO chegar à exposição. Ele tem uma noção breve do que esta por vim, porém é necessário caminhar pelo todo A exposição é constituída por elementos planares, que para compreender a lógica da organização espacial. tendem a delimitar setores, e integrá-los aos objetos. Fato pensado para induzir o observador a ver toda a Os planos utilizados são trabalhados com elementos mostra. A impossibilidade de entendimento imediato da poética weissmanniana, onde a dobra e a torção se deve ao fato assimétrico em que estão dispostos os são fundamentais. planos que circundam o ambiente.
  2. 2. PLANO - A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE. Os planos tem uma forte relação com formas PROGRAMA escultóricas abstratas, mas diferente das esculturas tradicionais, pois o processo utilizado é a dobra e A exposição está disposta de modo que quando o torção, são cinco grandes planos, cada um com uma observador entra no local ele está em um hall onde há forma diferente. espaço para debates, apresentações, projeções de Essa valorização da superfície enquanto dado estético vídeos sobre a mostra e um coffee break. Seguindo leva, por sua vez, à exploração de cores, como é um adiante ele já está no espaço propicio para a espaço para apresentação de obras de arte foi exposição dos artistas, que estão delimitados pelos escolhida a cor vermelha, que faz parte da paleta de planos e logo a esquerda de quem entra nesse cores utilizadas por Franz Weissmann, e a escolha do ambiente encontra-se uma bancada em cinza em suas diferentes tonalidades para contrastar. nanotecnologia para consulta digital. O vermelho proporciona mais forca expressiva e dinâmica, além de unir os elementos e os planos entre si dando continuidade ao espaço. A espacialidade ambígua é definidos por planos, CONCLUSÃO totalmente assimétricos. A circulação é feita através dos planos que guiam o observador, mas não há uma O trabalho projetado com inspiração em Franz ordem a ser seguida, porém eles te induzem a circular Weissmann busca através dos planos delimitarem no seu entorno, eles são ergonomicamente projetados espaços, buscando separar as obras dos artistas da para que as pessoas possam ter uma relação entre mostra e apresentá-los de forma simples e coesa. O eles e as obras expostas ao seu redor. projeto esta em fase de estudos e poderá sofrer modificações até a fase de execução.
  3. 3. PLANO - A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE. LOCALIZAÇÃO IMPLANTAÇÃO BLOCO VISTO DA RUA
  4. 4. PLANO - A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE. 4,70 m 9,29 m 2,00 m 5,10 m 5,44 m 3,66 m 6,16 m 2,92 m 2,90 m ,46 m PLANTA- ESC.: 1:100
  5. 5. PLANO - A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE. 1,99 m 1,77 m 2,30 m 1,06 m VISTA LATERAL ESQUERDA- ESC.: 1:100 VISTA FRONTAL - ESC.: 1:1001,69 m,86 m VISTA LATERAL ESQUERDA - ESC.: 1:100
  6. 6. PLANO - A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE. PERSPECTIVAS
  7. 7. PLANO - A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE. PERSPECTIVAS
  8. 8. PLANO - A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE. DESIGN GRÁFICO

×