OPLAN DESIGN GRÁFICO     ESPAÇO EXPOSITIVO-ESCULTURA E ARTE     UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA     FAUeD- DESIGN- ATÊL...
1TITULO
OPLAN   A SUPERFÍCIE       ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO       ESCULTURA E ARTE
2PAINÉISEXTERNOS
O       A SUPERFÍCIEPLAN       ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO       ESCULTURA E ARTE
2PAINÉISNTERNOS
2                                      s/ título, 1985 - Aço, 110 x 250 x 250 cm                                          ...
PAINÉIS 3INFORMATIVO
1                                                   2                                                                     ...
4PANFLETOS
1                                      ERRAPLANO        A SUPERFÍCIE        ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO    ESCULTURA E ARTE
2                                      ASTROPLANO        A SUPERFÍCIE        ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO    ESCULTURA E ARTE
3                                      EISMANNPLANO        A SUPERFÍCIE        ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO    ESCULTURA E ...
5PUBLICIDADE
OPLAN 15 A 19 DEUBERLÂNDIA, BLOCO 5R     EM UNIVERSIDADE FEDERAL DE                                ABRIL     A SUPERFÍCIE ...
Apresentação propostas design grafico grupo  ana beatriz- fiama- leticia
Apresentação propostas design grafico grupo  ana beatriz- fiama- leticia
Apresentação propostas design grafico grupo  ana beatriz- fiama- leticia
Apresentação propostas design grafico grupo  ana beatriz- fiama- leticia
Apresentação propostas design grafico grupo  ana beatriz- fiama- leticia
Apresentação propostas design grafico grupo  ana beatriz- fiama- leticia
Apresentação propostas design grafico grupo  ana beatriz- fiama- leticia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação propostas design grafico grupo ana beatriz- fiama- leticia

161 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
161
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação propostas design grafico grupo ana beatriz- fiama- leticia

  1. 1. OPLAN DESIGN GRÁFICO ESPAÇO EXPOSITIVO-ESCULTURA E ARTE UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FAUeD- DESIGN- ATÊLIE PLÁSTICA- LUÍS EDUARDO ANA BEATRIZ- FIAMA KAUARI- LETICIA VASCONCELOS
  2. 2. 1TITULO
  3. 3. OPLAN A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE
  4. 4. 2PAINÉISEXTERNOS
  5. 5. O A SUPERFÍCIEPLAN ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE
  6. 6. 2PAINÉISNTERNOS
  7. 7. 2 s/ título, 1985 - Aço, 110 x 250 x 250 cm Coleção MAC/USP 3 Janela em 3 pontos - 2000 4 Amarelo - 2002 88 x 116 x 15 cm FRANZ WEISMANN WALTERCIO CALDASAMILCAR DE CASRTO Sem título- Praça da Sé Formas, 1987 Formato cego -1982 Aço e Pintura Automotiva Paseo de las Américas, em Punta del Este Amílcar de Castro (8/6/1920- Participou de várias mostras nacionais e 22/11/2002) nasce em Paraisópolis e Nasceu no Rio de Janeiro em 1946. No internacionais de arte construtiva nos início dos anos 1960, Waltércio Caldas estuda desenho e pintura no decorrer anos 60 a 80 e de outras coletivas no de oito anos, de 1942 a 1950, em Belo se interessa pela arte e passa a exterior, como as Bienais de Veneza: freqüentar exposições no Rio de Horizonte. Começa a expor seus 32ª/1964 e 36ª/1972, esta com Salas trabalhos em 1959, primeiro no Museu Janeiro. Estuda com Ivan Serpa, no Especiais e grandes esculturas nos Museu de Arte Moderna do Rio de de Arte Moderna do Rio de Janeiro e, jardins; e a 11ª Bienal de Escultura ao Ar em seguida, no Belvedere da Sé, em Janeiro – MAM/RJ, a partir de 1964. Na Livre do Museu de Middelheim, em década de 1970 editou a revista Salvador. Em 1960, ganha o primeiro Antuérpia, Bélgica. Figurou em várias prêmio na categoria escultura do 15º Malasartes e lecionou artes e Bienais de São Paulo, com Sala Especial, na percepção visual no Instituto Villa- Salão do Museu de Belas-Artes de Belo 8ª/1965 e participação na Sala Especial Horizonte. Participa, no mesmo ano, da Lobos. Começou a expor em 1973. Nesta “Em Busca da Essência”, na 19ª/1987. mesma década, fez algumas exposições Exposição Internacional de Arte Obras sua figuram em Museus, Concreta, em Zurique, na Suíça. A individuais nos principais museus do Instituições Culturais, coleções país. Na década de 1980, fez exposições partir de então, adota o particulares, edifícios empresariais. neoconcretismo e passa a criar as individuais nas mais importantes Suas peças de grandes formatos podem galerias brasileiras. Hoje é considerado esculturas de ferro e aço recortados ser encontradas em espaços públicos de em formato geométrico que o tornam um dos artistas de maior renome do várias cidades do Brasil. Brasil, com exposições feitas em conhecido. Escultor, desenhista e diagramador mineiro. Um dos maiores diversos países do mundo. expoentes do neoconcretismo
  8. 8. PAINÉIS 3INFORMATIVO
  9. 9. 1 2 3RICHARD SERRA AMILCAR DE CASRTO FRANZ WEISMANN TO LIFT - ANO 1967 91X200X152,4 CM, BORRACHA VULCANIZADA MOMA, NOVA YORK SEM TÍTULOE DOBRA EM AÇO1999 - ANO CORTEN 180X90X0,8 CM, CORTE QUADRADO EM TORÇÃO NO ESPAÇO CASA DE CULTURA LAURA ALVIM, IPANEMA - RIO DE JANEIRO ANO - 1985 / 200X160X220 CM, AÇO PINTADO CASA DE CULTURA LAURA ALVIM, IPANEMA - RIO DE JANEIRO
  10. 10. 4PANFLETOS
  11. 11. 1 ERRAPLANO A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE
  12. 12. 2 ASTROPLANO A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE
  13. 13. 3 EISMANNPLANO A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE
  14. 14. 5PUBLICIDADE
  15. 15. OPLAN 15 A 19 DEUBERLÂNDIA, BLOCO 5R EM UNIVERSIDADE FEDERAL DE ABRIL A SUPERFÍCIE ENQUANTO RECURSO EXPRESSIVO ESCULTURA E ARTE

×