Literatura inglesa i 4a aula 03 de setembro

2.290 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.290
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
382
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
136
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Literatura inglesa i 4a aula 03 de setembro

  1. 1. Prof. Adriana Sales Zardini Literatura Inglesa 1 Aula 04
  2. 2. Período compreendido entre os anos de 1066 a 1500. Marcado pela: - chegada dos Normandos - produção de Geoffrey Chaucer
  3. 3. A chegada dos Normandos - Quando os Normandos conquistaram a Inglaterra, em 1066, o país sofreu algumas transformações. - Nesse período o inglês e o francês eram as línguas faladas no território. - Apesar de muitas pessoas serem bilíngues, o Inglês ainda era a língua oficial.
  4. 4. Características do período - Nessa época o francês exerceu grande influência na língua Inglesa. - Alguns dialetos celtas e normandos também influenciaram a língua. - Com a integração das línguas normandas ao inglês, a língua sofreu grandes mudanças estruturais, passando a ser chamada de Old English para Middle English. Como os anglo-normandos não vingaram, o inglês se manteve como língua oficial. - Chaucer é o autor mais famoso da época, com destaque para a obra: The Canterbury Tales
  5. 5. Características do período - Os normandos na Inglaterra criaram uma literatura que não era nem uma coisa nem outra – nem uma autêntica literatura inglesa nem uma autêntica literatura francesa. - Como estavam distantes da França, vivendo na Inglaterra, acabaram perdendo o francês puro e a flexibilidade da língua. - Além disso, os anglo-saxões que tentaram usar a língua dos normandos, não foram muito foram muito hábeis. Dando lugar ao latin, que passou a ser dominante.
  6. 6. O rei Artur
  7. 7. O rei Artur - Figuras históricas começaram a aparecer nos textos latinos da Inglaterra, logo depois da conquista Normanda. - Um herói, bem maior que qualquer outro da Grécia ou Roma, emerge na figura de Rei Artur. - Interessante observar que Rei Artur pertence à mitologia de uam raça – os galeses ou antênticos bretões – que os anglo-saxões expulsaram da Inglaterra e os normandos, invadindo suas fronteiras, esmagaram com mão de ferro.
  8. 8. O rei Artur - O mito do Rei Artur continua forte como antes, como podemos observar em adaptações para o cinema e a TV.
  9. 9. Robin Hood - Surge também como mito – mas não tão poderoso quanto Artur. Com seus seguidores – os fora da lei, que não aceitaram o domínio normando, vivendo nas florestas da Inglaterra.
  10. 10. The Canterbury Tales
  11. 11. Os contos de Canterbury - The Canterbury Tales (Os Contos da Cantuária, ou Os Contos de Canterbury, em inglês) é uma coleção de histórias (duas delas em prosa, e outras vinte e duas em verso) escritas a partir de 1387 por Geoffrey Chaucer, considerado um dos consolidadores da língua inglesa.
  12. 12. Os contos de Canterbury - Na obra, cada conto é narrado por um peregrino de um grupo que realiza uma viagem desde Southwark (Londres) à Catedral de Cantuária para visitar o túmulo de São Thomas Becket. A estrutura geral é inspirada no Decamerão, de Boccaccio.
  13. 13. Os contos de Canterbury - A coleção de personagens dos Contos da Cantuária é muito rica, com representantes de todas as classes sociais, e os temas são igualmente variados. Os contos são recheados de acontecimentos curiosos, passagens pitorescas, citações clássicas, ensinamentos morais, relacionados à vida e aos costumes do século XIV na Inglaterra. - Escrita em inglês médio, a obra foi importante na consolidação deste idioma como língua literária em substituição ao francês e ao latim, ainda utilizados na época de Chaucer em preferência ao inglês.
  14. 14. Os contos de Canterbury Versão original: Whan that Aprille with his shoures swote The droghte of Marche hath perced to the rote Versão em inglês moderno: When April with his sweet showers has struck to the roots the dryness of March… Tradução livre em português: Quando abril, com suas doces chuvas, atingiu as raízes da secura de março…
  15. 15. Várias adaptações - Desenho animado - Versão moderna - Áudio livro (em inglês) - Descrição detalhada (em inglês)
  16. 16. Referências • As contribuições de Chaucer para a literatura e a história - http://www.revistafenix.pro.br/PDF11/Dossie.artigo.3_Marcia.Maria.de.Medeir os.pdf • Os contos de Cantebury – versão em língua portuguesa, tradução de Paulo Vizioli http://www.dle.ufms.br/daniel/literature/Os_Contos_de_Cantuaria.pdf • UFGRS – versão em português - http://www.ufrgs.br/proin/versao_1/chaucer/index03.html • Tradução para inglês moderno • http://libri.freenfo.net/3/3024013.html • Outro fontes (em inglês) http://machias.edu/faculty/necastro/chaucer/ct/

×