Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
A QUALIDADE DO PROJETO
DA HABITAÇÃO SOCIAL:
O PAPEL DOS MUNICÍPIOS E DOS ES...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Produção da HIS – PMCMV / PNHU
O papel dos Municípios e Estados
Metodologia...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Soluções arquitetônicas e urbanísticas - PMCMV:
• Produção em massa;
PRODUÇ...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Inserção territorial:
• Empreendimentos construídos na periferia das cidade...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
A construção:
PRODUÇÃO DA HABITAÇÃO SOCIAL
• Sistemas incompatíveis com nec...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Famílias são deslocadas sem a observação de sua inserção social e econômica...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Podemos contribuir para o aprimoramento da solução habitacional?
PRODUÇÃO D...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
GOVERNO
ESTADUAL OU
MUNICIPAL
AGENTE FINANCEIRO
(CAIXA)
EMPREENDIMENTO
HABI...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
METODOLOGIA DE MONITORAMENTO E
AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA
HABITAÇÃO DE INTER...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Chamada MCTI/CNPq/MCIDADES Nº 11/2012
Objetivo:
Monitoramento, Avaliação e ...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Fase 1
Agentes
institucionais
desenvolvimento de projetos
produção
entrega ...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Ferramenta operacional adequada a agentes públicos.
CenterforInternationalF...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
A forma urbana e sua inserção territorial causam impacto nos ecossistemas e...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
SUSTENTABILIDADE
AMBIENTAL
Proteção ecológica e
Agricultura urbana
Infraest...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
FUNCIONALIDADE
HABITABILIDADE
USO SUSTENTATEL DE
RECURSOS NATURAIS
ACESSIBI...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
QUALIDADE CONSTRUTIVA
Profs. Vanda A. G. Zanoni e Márcio Buson
HABITABILIDA...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Princípios
Indicadores
Critérios
INFRAESTRUTURA
VERDE: GESTÃO
D’ÁGUA, DRENA...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
PRINCÍPIOS CRITÉRIOS INDICADORES
FLEXIBILIDADE Adaptabilidade às necessidad...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Exemplo de aplicação da metodologia
QUALIDADE DO PROJETO ARQUITETÔNICO
PRIN...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Mobiliárioaplicado no projeto
paraverificação daqualidade.
Mobiliário dimen...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Exemplo de aplicação da metodologia
10
10 20 30 40 50 60 70 80 90 100
9
9 1...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Critérios de seleção:
•Recorte espacial:
RIDE/DF (Região Integrada de Desen...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Empreendimento Bethel II, Águas Lindas/GO
Bethel II - vista aérea.
N
Locali...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE URBANÍSTICA
Empreendimento Bethel II
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE ARQUITETÔNICA
Empreendimento Bethel II
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE CONSTRUTIVA
Empreendimento Bethel II
INDICADOR...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Setor Habitacional Mangueiral, São Sebastião/DF
• PMCMV Faixas II e III
• 8...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE URBANÍSTICA
Setor Habitacional Mangueiral, São...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE ARQUITETÔNICA
Setor Habitacional Mangueiral, S...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
QUALIDADE CONSTRUTIVA
Setor Habitacional Mangueiral, São Sebastião/DF
INDIC...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Disseminação da Metodologia de Monitoramento e Avaliação
Para a absorção da...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Considerações Finais
Desempenho dos estudos de caso:
• Necessária a simplif...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
Produtos:
1 – Plano de Trabalho;
2 – Elaboração da Metodologia de Monitoram...
Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS
O filme:
•Divulgação e orientação para leigos;
•Instrumento de mobilização ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A qualidade do projeto da habitação social: o papel dos municípios e dos estados

1.576 visualizações

Publicada em

Apresentação da professora da UnB, Cristiane Guinancio.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

A qualidade do projeto da habitação social: o papel dos municípios e dos estados

  1. 1. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS A QUALIDADE DO PROJETO DA HABITAÇÃO SOCIAL: O PAPEL DOS MUNICÍPIOS E DOS ESTADOS Prof. Cristiane Guinancio Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade de Brasília Fórum ABC/FNSHDU 2015 Campinas/SP
  2. 2. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Produção da HIS – PMCMV / PNHU O papel dos Municípios e Estados Metodologia de Monitoramento e Avaliação Aplicação da Metodologia ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO Considerações Finais
  3. 3. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Soluções arquitetônicas e urbanísticas - PMCMV: • Produção em massa; PRODUÇÃO DA HABITAÇÃO SOCIAL • Repetição de modelos arquitetônicos e urbanísticos;
  4. 4. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Inserção territorial: • Empreendimentos construídos na periferia das cidades; PRODUÇÃO DA HABITAÇÃO SOCIAL • Distantes de serviços, oportunidades de trabalho, cultura e lazer. • Impacto ambiental;
  5. 5. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS A construção: PRODUÇÃO DA HABITAÇÃO SOCIAL • Sistemas incompatíveis com necessidades de adequação/ampliação; • Inadequação a características climáticas e culturais; • Indisponibilidade de componentes no mercado local; • Dificuldade de manutenção; • Baixa qualidade construtiva.
  6. 6. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Famílias são deslocadas sem a observação de sua inserção social e econômica prévia. PRODUÇÃO DA HABITAÇÃO SOCIAL
  7. 7. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Podemos contribuir para o aprimoramento da solução habitacional? PRODUÇÃO DA HABITAÇÃO SOCIAL A produção da habitação social tem sido fundamental para o atendimento da demanda. Desafio: Qualificar a produção habitacional diante da necessidade de produção em escala.
  8. 8. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS GOVERNO ESTADUAL OU MUNICIPAL AGENTE FINANCEIRO (CAIXA) EMPREENDIMENTO HABITACIONAL AGENTE IMOBILIÁRIO (EMPRESAS) Elaboração de Projetos Produção (Aquisição de terras) Crédito para produção BENEFICIÁRIO Comercialização (Faixas 2 e 3) Seleção no cadastro (Faixa 1) Termo de adesão + Propostas AGENTES ENVOLVIDOS – PRODUÇÃO DA HIS ( PMCMV - organograma simplificado): Fontes: •Lei nº 11.977, de 7 de julho de 2009, que dispõe sobre o Programa Minha Casa, Minha Vida; • Normativo CAIXA. Disponível em http://www.caixa.gov.br/poder-publico/programas-uniao/habitacao/minha-casa-minha-vida/Paginas/default.aspx Projetos
  9. 9. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS METODOLOGIA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL Equipe: Profs. Cláudia Naves Amorim, Cristiane Guinancio, Elane Ribeiro Peixoto, Liza Andrade, Dr. Márcio Buson, Vanda Zanoni Arqs. Débora Ikeda, Ayla Gresta, Marina Fontes, Marcela Montalvão, Talita Sá Estagiárias da pesquisa: Lara Garcia, Shinelle Hills, Taís Oliveira Estagiários de campo 2013/2015 Uma contribuição: Coordenação: Profs. Cristiane Guinancio, Elane Ribeiro Peixoto, Raquel Naves Blumenschein
  10. 10. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Chamada MCTI/CNPq/MCIDADES Nº 11/2012 Objetivo: Monitoramento, Avaliação e Aprimoramento do PMCMV Tema 1 – Estudos relacionados ao Programa Minha Casa Minha Vida – PMCMV Linhas Temáticas: •Qualidade de Projeto Arquitetônico e Urbanístico e Qualidade Construtiva dos empreendimentos; •Impactos Urbanos e Ambientais dos empreendimentos. Considerações Conceituais: Solução Habitacional: •Resposta a famílias que integram grupos sociais com hábitos e modos de vida diferentes. •A casa integra um espaço que vai da vizinhança à escala da cidade e do território. Âmbitos da pesquisa: •Qualidade Urbanística •Qualidade Arquitetônica •Qualidade Construtiva Duas dimensões: •Da Morada - Casa-processo •Da Inserção no território – Construção da Cidade
  11. 11. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Fase 1 Agentes institucionais desenvolvimento de projetos produção entrega do produto Fase 2 Agentes empresariais Etapa 1 políticas habitacionais Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Fase 3 Usuários Etapa 7 uso, operação e manutenção (pós-ocupação) Etapa 8 final da vida útil de projeto instrumentos das políticas habitacionais: planos, programas, ações e atividades planejamento e concepção Monitoramento e avaliação da qualidade construtiva Monitoramento e avaliação da sustentabilidade e qualidade arquitetônica Monitoramento e avaliação da sustentabilidade e qualidade urbanística CICLO AVALIATIVO Avaliação e monitoramento da provisão habitacional devem ocorrer em todas as etapas, até o final da vida útil prevista em projeto.
  12. 12. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Ferramenta operacional adequada a agentes públicos. CenterforInternationalForestryResearch (CIFOR) – Apropriação de definições concebidas para o manejo florestal. Princípio Verdade ou lei fundamental, basepara a reflexão ou ação. Critério Padrão pelo qual uma situação éavaliada. Indicador Variável utilizada para inferir o status de um Critério Verificador Dados que apuram a especificidade dos Indicadores. Processo + Produto Monitoramento e Avaliação do Processo (Projeto) e do Produto. METODOLOGIA:
  13. 13. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS A forma urbana e sua inserção territorial causam impacto nos ecossistemas e no modo de vida das pessoas. UNHABITAT 2009 CERTIFICAÇÕES AMBIENTAIS PRINCÍPIOS DE SUSTENTABILDADE DIMENSÕES MORFOLÓGICAS ESTUDOS PRÉVIOS Estudos de Impactos Ambientais – EIA-RIMA Estudo Prévio de Impacto de Vizinhança (EIV) Agenda Verde e Agenda Marrom Certificações que contemplam a qualidade de projeto: Aqua Bairro e Selo Casa Azul/CAIXA Andrade, 2005 - mobilidade sustentável, revitalização urbana e sentido de vizinhança, energia solar, adensamento urbano, economia local, tratamento de esgoto, gestão integrada da água, proteção ecológica, drenagem, política dos 3 R’s. Grupo DIMPO, FAU-UnB – respostas a expectativas sociais: bioclimática, sociológica, econômico-financeira, expressivo-simbólica, funcional, topoceptiva. SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE URBANÍSTICA Prof. Liza Andrade e Arq. Natália Lemos
  14. 14. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL Proteção ecológica e Agricultura urbana Infraestrutura verde Conforto ambiental Promoção dos sistemas alternativos de energia e diminuição da pegada ecológica Saúde Redução, reutilização e reciclagem de resíduos Urbanidade Comunidade com sentido de vizinhança Moradias adequadas Mobilidade e transporte sustentáveis Adensamento urbano Dinâmica urbana Desenvolvimento da economia local em centros de bairros Revitalização urbana Legibilidade e orientabilidade Identificabilidade Afetividade e simbologia SUSTENTABILIDADE SOCIAL SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA SUSTENTABILIDADE CULTURAL E AFETIVA SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE URBANÍSTICA Prof. Liza Andrade e Arq. Natália Lemos
  15. 15. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS FUNCIONALIDADE HABITABILIDADE USO SUSTENTATEL DE RECURSOS NATURAIS ACESSIBILIDADE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO FLEXIBILIDADE Individualização da moradia por aspectos distributivos e acréscimo de espaço. (PAIVA, 2000) (PALERMO, 2007) e NBR 15575/2013: Edificações Habitacionais - Desempenho. Segurança do usuário, conforto ambiental e salubridade. NBR 15575/2013: Edificações Habitacionais – Desempenho; RTQ-R (Regulamento Técnico da Qualidade-Eficiência Energética de Edificações Residenciais); NBR 15.220–3 Desempenho Térmico/HIS; Selo Casa Azul/CAIXA Aportes energéticos que sustentam o edifício. Selo Casa Azul /CAIXA NBR9050/2004: Acessibilidade a edificações Selo Casa Azul /CAIXA Qualidade do ponto de vista do usuário. (Garvin, 1992) SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE ARQUITETÔNICA Profs. Cristiane Guinancio, Elane Ribeiro Peixoto e Arq. Débora Félix Rodrigues
  16. 16. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS QUALIDADE CONSTRUTIVA Profs. Vanda A. G. Zanoni e Márcio Buson HABITABILIDADE SUSTENTABILIDADE CONSTRUTIVA RESPONSABILIDADE EMPRESARIAL COM A QUALIDADE CONSTRUTIVA SATISFAÇÃO DO USUÁRIO COM A QUALIDADE CONSTRUTIVA SEGURANÇA DA UNIDADE HABITACIONAL FORMOSO; INO, 2003 (Inovação, gestão da qualidade & produtividade ). PICCHI, 1993 (Sistemas de Qualidade) ROMÉRO; ORNSTEIN, 2003 (Avaliação Pós-Ocupação) ABIKO; ORNSTEIN, 2002 (Inserção Urbana e APO da Habitação de Interesse Social) ABNT NBR 15575-1: Edificações habitacionais – Desempenho, 2013. ABNT NBR 15575-1: Edificações habitacionais – Desempenho, 2013. THOMAZ, E.; DEL MAR, C. P. Desempenho de edificações habitacionais: guia orientativo para atendimento à norma ABNT NBR 15575/2013
  17. 17. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Princípios Indicadores Critérios INFRAESTRUTURA VERDE: GESTÃO D’ÁGUA, DRENAGEM NATURAL E TRATAMENTO DE ESGOTO ALTERNATIVO Desempenho eficiente do ciclo da água no solo urbano Equilíbrio entre vazões de cheias, altas e vazões de seca Desenho urbano adequado ao terreno natural Provimento da ecoeficiência e biodiversidade Presença de sistemas naturais para retenção de águas pluviais Respeito à condição natural dos cursos d’água perenes e intermitentes e recuperação de córregos Respeito à topografia e aos córregos como limites entre bairros Tratamento ecológico e reaproveitamento de águas cinzas(chuveiros, máquinas de lavar) para usos não potáveis. ESTRUTURAÇÃO DA METODOLOGIA Ex: Sustentabilidade Ambiental
  18. 18. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS PRINCÍPIOS CRITÉRIOS INDICADORES FLEXIBILIDADE Adaptabilidade às necessidades do usuário Possibilidade de alteração de usos e expansão FUNCIONALIDADE Atendimento às principais necessidades humanas Existência e correto dimensionamento dos ambientes segundo a norma de desempenho. HABITABILIDADE Instalações prediais adequadas Existência de sistema domiciliar de abastecimento de água, energia elétrica e gás, coleta de esgoto, escoamento de águas pluviais e segurança contra incêndio Conforto ambiental satisfatório Adequada utilização de estratégias de condicionamento térmico passivo, orientação e proteção solar de ambientes e composição dos elementos construtivos. Adequado desenho e dimensionamento das aberturas e especificação de dispositivos para ventilação e iluminação conforme RTQ-R. Estanqueidade a umidade Adequada impermeabilização de componentes construtivos, escoamento e proteção contra infiltração de água em áreas molhadas e cobertura. USO SUSTENTÁVEL DE RECURSOS NATURAIS Eficiência de consumo de energia e água Especificação de componentes ecnomizaores de energia e água e medição individualizada Sistemas alternativos economizadores de energia e recursos naturais ACESSIBILIDADE Atendimento das exigências da Norma Técnica Brasileira NBR 9050 para o total das unidades Corretos Dimensionamentos de Elementos Construtivos e Sinalização SATISFAÇÃO DO USUÁRIO Efetividade da Concepção de Projeto Satisfação do usuário com a adequação da moradia Satisfação do usuário com a dimensão estética da moradia A FERRAMENTA OPERACIONAL: Ex: qualidade arquitetônica
  19. 19. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Exemplo de aplicação da metodologia QUALIDADE DO PROJETO ARQUITETÔNICO PRINCÍPIOS CRITÉRIOS INDICADORES FLEXIBILIDADE Adaptabilidade às necessidades do usuário Possibilidade de alteração de usos e expansão VERIFICADORES Cômodos neutros S N N A Previsão de espaço de trabalho S N N A Independência entre vedação e estrutura S N N A Cobertura permite ampliação S N N A Ampliação sem prejuizo da iluminação e ventilação natural dos ambientes internos S N N A Fossa e sumidouro dimensionados prevendo-se ampliação da unidade habitacional - ANEXO TABELA DE DIMENSIONAMENTO DE FOSSA S N N A Previsão de novos circuitos elétricos S N N A Previsão de ampliação da capacidade de armazenamento de água potável S N N A Manual de utilização da habitação com alternativas de expansão da unidade habitacional S N N A
  20. 20. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Mobiliárioaplicado no projeto paraverificação daqualidade. Mobiliário dimensionado de acordo com a NBR 15:575 VERIFICADORESQUALIDADE DO PROJETO ARQUITETÔNICO PRINCÍPIOS CRITÉRIOS INDICADORES FUNCIONALIDADE Atendimento às principais necessidades humanas Existência e correto dimensionamento dos ambientes segundo a norma de desempenho. a.2) Repouso Dormitório 02 pessoas Mobiliário mínimo exigido pela norma * S N NA Espaço de utilização * S N NA Altura mínima de pé direito 2,50 m S N NA Exemplo de aplicação da metodologia
  21. 21. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Exemplo de aplicação da metodologia 10 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 9 9 18 27 36 45 54 63 72 81 90 8 8 16 24 32 40 48 56 64 72 80 7 7 14 21 28 35 42 49 56 63 70 6 6 12 18 24 30 36 42 48 54 60 5 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 4 4 8 12 16 20 24 28 32 36 40 3 3 6 9 12 15 18 21 24 27 30 2 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ocorrência severidade Sample 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 Occurrence rank 4 4 5 5 5 5 5 4 5 6 4 5 5 3 4 4 4 4 6 5 5 5 5 5 5 6 6 5 5 5 6 Severity rank 5 4 5 5 6 6 4 5 5 5 4 5 5 4 4 4 4 5 6 5 5 5 5 6 6 6 6 6 6 7 6 Risk Class - Cracks 20 16 25 25 30 30 20 20 25 30 16 25 25 12 16 16 16 20 36 25 25 25 25 30 30 36 36 30 30 35 36 QUALIDADE CONSTRUTIVA: MATRIZ DE CRITICIDADE - RACHADURAS
  22. 22. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Critérios de seleção: •Recorte espacial: RIDE/DF (Região Integrada de Desenvolvimento Econômico do Distrito Federal). •Recorte Temporal: unidades ocupadas até o ano de 2011. •Recorte por faixa de renda: renda diferenciada. Aplicação em Estudos de Caso: Empreendimentos selecionados: Bethel II, Aguas Lindas/GO Setor Habitacional Mangueiral, São Sebastião/DF
  23. 23. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Empreendimento Bethel II, Águas Lindas/GO Bethel II - vista aérea. N Localização de Águas Lindas de Goiás em relação a Brasília. • PMCMV Faixa I • 287 Unidades Unifamiliares • Lote 250m²
  24. 24. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE URBANÍSTICA Empreendimento Bethel II
  25. 25. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE ARQUITETÔNICA Empreendimento Bethel II
  26. 26. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE CONSTRUTIVA Empreendimento Bethel II INDICADORES AVALIAÇÃO (0 a 100 pontos) 5.1.1 SATISFAÇÃO DO USUÁRIO COM A QUALIDADE CONSTRUTIVA, NA ESCALA DA UNIDADE HABITACIONAL 74,08 5.1.2 PERCEPÇÃO NEGATIVA DO USUÁRIO QUANTO AOS PROBLEMAS OU DEFEITOS EXISTENTES NA CONSTRUÇÃO 42,16 5.1.3 SATISFAÇÃO DO USUÁRIO COM A ADEQUAÇÃO DA MORADIA ÀS NECESSIDADES DA FAMÍLIA 81,20 5.2.1 SATISFAÇÃO DO USUÁRIO COM A DIMENSÃO ESTÉTICA DA MORADIA 95,10 5.3.1 SATISFAÇÃO DO USUÁRIO COM O CONJUNTO HABITACIONAL 83,80 5.4.1 PERCEPÇÃO POSITIVA DO USUÁRIO QUANTO AOS DOCUMENTOS E ESCLARECIMENTOS FORNECIDOS PELA CONSTRUTORA PARA AS AÇÕES DE MANUTENÇÃO 53,75 5.4.2 OPINIÃO DO USUÁRIO QUANTO Á EFETIVIDADE DO SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA DA CONSTRUTORA 19,23 AVALIAÇÃO GLOBAL SATISFAÇÃO DO USUÁRIO COM A QUALIDADE CONSTRUTIVA
  27. 27. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Setor Habitacional Mangueiral, São Sebastião/DF • PMCMV Faixas II e III • 8000 Unidades Habitacionais • Unidade Unifamiliar com 2 dormitórios: 52,77 m² • Unidade Unifamiliar com 3 dormitórios: 67,99 m² • Edifício Multifamiliar, Unidade Habitacional com 46,45 m² Localização em relação ao Plano Piloto.
  28. 28. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE URBANÍSTICA Setor Habitacional Mangueiral, São Sebastião/DF
  29. 29. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE ARQUITETÔNICA Setor Habitacional Mangueiral, São Sebastião/DF
  30. 30. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS QUALIDADE CONSTRUTIVA Setor Habitacional Mangueiral, São Sebastião/DF INDICADORES AVALIAÇÃO (0 a 100 pontos) 5.1.1 SATISFAÇÃO DO USUÁRIO COM A QUALIDADE CONSTRUTIVA, NA ESCALA DA UNIDADE HABITACIONAL 68,34 5.1.2 PERCEPÇÃO NEGATIVA DO USUÁRIO QUANTO AOS PROBLEMAS OU DEFEITOS EXISTENTES NA CONSTRUÇÃO 50,75 5.1.3 SATISFAÇÃO DO USUÁRIO COM A ADEQUAÇÃO DA MORADIA ÀS NECESSIDADES DA FAMÍLIA 88,00 5.2.1 SATISFAÇÃO DO USUÁRIO COM A DIMENSÃO ESTÉTICA DA MORADIA 86,7 5.3.1 SATISFAÇÃO DO USUÁRIO COM O CONJUNTO HABITACIONAL 77,90 5.4.1 PERCEPÇÃO POSITIVA DO USUÁRIO QUANTO AOS DOCUMENTOS E ESCLARECIMENTOS FORNECIDOS PELA CONSTRUTORA PARA AS AÇÕES DE MANUTENÇÃO 85,50 5.4.2 EFETIVIDADE DO SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA DA CONSTRUTORA 87% AVALIAÇÃO GLOBAL SATISFAÇÃO DO USUÁRIO COM A QUALIDADE CONSTRUTIVA
  31. 31. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Disseminação da Metodologia de Monitoramento e Avaliação Para a absorção da metodologia: • Os gestores estaduais e municipais devem conhecer e reconhecer a aplicabilidade e importância de assumirem uma metodologia de monitoramento e avaliação; • As equipes técnicas locais devem ser capacitadas na aplicação e potencial de uso da ferramenta. Etapas para assegurar a absorção da ferramenta: • Publicação da ferramenta • Apresentação da ferramenta aos estados e municípios e respectivas equipes técnicas • Capacitação das equipes técnicas locais
  32. 32. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Considerações Finais Desempenho dos estudos de caso: • Necessária a simplificação da ferramenta proposta - aplicação pelos gestores locais; • Os resultados sinalizam o desempenho deficiente do PMCMV. • Há possíveis limites da metodologia – devem-se à impossibilidade de considerar a complexidade do conjunto de indicadores; • Importância da realimentação do processo de projeto e produção de unidades. Teste da Metodologia: • O compromisso com a sustentabilidade no sentido amplo é imprescindível para habitações de programas em grande escala; • Viabilidade de replicação em diferentes contextos;
  33. 33. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS Produtos: 1 – Plano de Trabalho; 2 – Elaboração da Metodologia de Monitoramento e Avaliação 3 – Teste da Metodologia em Estudos de Caso 4 –Consolidação da Metodologia de Monitoramento e Avaliação 5 – Plano de Disseminação e Implantação da Metodologia 6 – Publicação Final
  34. 34. Qualidade do Projeto da Habitação Social - HIS O filme: •Divulgação e orientação para leigos; •Instrumento de mobilização no processo de capacitação de técnicos locais. Produtos:

×