Prefeitura Municipal de São José de Ribamar                              CNPJ n.º 06.351.514/0001-78                    CO...
www.pciconcursos.com.br
Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de RibamarLíngua Portuguesa                                        ...
Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar06                                                       ...
Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar08                                                       ...
Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar13                                                       ...
Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de RibamarNoções de Informática                                    ...
Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de RibamarConhecimentos Específicos                                ...
Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar24                                                       ...
Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar26                                                       ...
Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar     29                                                  ...
Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar33                                                       ...
Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar37                                                       ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

8 auditor fiscal de tributos municipais - 2011 - nivel - superior

976 visualizações

Publicada em

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
976
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

8 auditor fiscal de tributos municipais - 2011 - nivel - superior

  1. 1. Prefeitura Municipal de São José de Ribamar CNPJ n.º 06.351.514/0001-78 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DE RIBAMAR-MA EDITAL Nº 001, DE 11/05/2011 PROVA DE CONHECIMENTOS Auditor Fiscal de Tributos MunicipaisINSTRUÇÕES• Verifique se este caderno contém 40 questões, sendo 15 de Língua Portuguesa, 05 de Noções de Informática e 20 de Conhecimentos Específicos.• Verifique na Folha de Respostas se o seu nome e o número do documento de identificação estão corretos.• Em cada questão, você deve assinalar somente uma das alternativas e na forma correta, conforme indicação ao lado.• Será anulada a questão que contiver emenda, • Ao final da prova, devolva ao fiscal de sala a rasura ou, ainda, a que apresentar mais de Folha de Respostas assinada no local indicado. uma alternativa assinalada na Folha de • Os 2 (dois) últimos candidatos de cada sala só Respostas. poderão ser liberados juntos.• Ao marcar a alternativa correta na Folha de Respostas, use caneta esferográfica de tinta preta, ponta grossa. Boa prova! A duração total da prova é de 4 horas. Esse tempo inclui a marcação da Folha de Respostas. Você só poderá levar o Caderno de Provas após transcorridas 3h (três horas) do início das provas. NOME INSCRIÇÃO DATA / HORÁRIO FUNDAÇÃO SOUSÂNDRADE DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DA UFMA - FSADU Cód. Prova GABARITO: WWW.FSADU.ORG.BR www.pciconcursos.com.br 02
  2. 2. www.pciconcursos.com.br
  3. 3. Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de RibamarLíngua Portuguesa 03 A linguagem artística utiliza, muitas vezes, figuras deLeia o texto A e responda às questões de 01 a 03. linguagem para dar maior destaque a várias expressões. No texto A, o verso E o desfecho final. contém uma figura de linguagem denominada: TEXTO A a) silepse de gênero.[...] b) hipérbato.Ela é minha orgia c) anacoluto.Meu quitute d) silepse de número.Insaciável apetite e) pleonasmo.numa ceia de Natal.Ela é minha bela 04Meu brinquedo Assinale a opção que contém ERRO na concordânciaMinha certeza, meu medo verbal.É meu céu e meu mal. a) Eu não caibo mais nas roupas que cabia.Ela é o meu vício b) Fazem vinte anos que não te vejo.E dependência c) Ao certo, faz quatro meses que morreu o assassinoIncansável paciência mais temido desta região.E o desfecho final. d) Aquele jogador namora uma atriz muito conhecida. e) Virei vê-lo pela manhã.Minha meta, minha metadeMinha seta, minha saudadeMinha diva, meu divã Leia o texto B e responda às questões de 05 a 07.Minha manhã, meu amanhã.[...] TEXTO B Lenine. Meu amanhã. IN.: http://letras.terra.com.br/lenine/83606/. Com franqueza, não me animo a dizer que você não Acesso em 23/05/2011. vá. Eu, que sempre andei no rumo de minhas venetas, e tantas vezes troquei o sossego de uma casa pelo assanhamento triste dos ventos da vagabundagem, eu01 não direi que fique.No verso “Minha manhã, meu amanhã” as palavras Em minhas andanças, eu quase nunca soube semanhã e amanhã constituem-se exemplos de: estava fugindo de alguma coisa ou caçando outra. Você talvez esteja fugindo de si mesma, e a si mesmaa) ambiguidade. caçando; nesta brincadeira boba passamos todos, osb) sinonímia. inquietos, a maior parte da vida — e às vezes reparamos que é ela que se vai, está sempre indo, ec) antonímia. nós (às vezes) estamos apenas quietos, vazios,d) paronímia. parados, ficando. Assim estou eu.e) neologismo. A viajante. Rubem Braga. IN: http://www.releituras.com/rubembraga_mae.asp. Acesso em 23/05/2011.02Assinale a opção cujas palavras são formadas pelomesmo processo. 05 O termo destacado em “reparamos que é ela que sea) incansável, insaciável vai”, terceiro parágrafo, refere-se a:b) meta, amanhãc) dependência, brinquedo a) coisa.d) incansável, metade b) si mesma.e) brinquedo, incansável c) vida. d) brincadeira. e) outra.Auditor Fiscal de Tributos Municipais 1 www.pciconcursos.com.br
  4. 4. Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar06 O texto C é referência para responder às questões deLeia o trecho a seguir e as proposições sobre as 08 a 13.relações linguísticas apontadas. TEXTO C“... nesta brincadeira boba passamos todos, os Cara presidente,inquietos, a maior parte da vida — e às vezes Não foi a senhora que inventou essa história dereparamos que é ela que se vai...” sediar a Copa do Mundo. Foi o Outro. Ele é que era, e continua sendo, louco por futebol. Ele é que criou na I. nesta é um pronome catafórico, elemento coesivo cabeça um Brasil tão grande e influente que terminaria no texto. com a crise do programa nuclear do Irã, arbitraria a II. os inquietos retoma e nomeia os seres expressos paz, entre árabes e israelenses, ganharia um assento anteriormente pelo termo todos. permanente no Conselho de Segurança da ONU e, para encerrar, como a última firula do artilheiro antesIII. A expressão às vezes recebe crase por causa da de fazer o gol, sediaria o Mundial de 2014. A senhora, regência do verbo reparar. ao contrário, e mil desculpas se for engano, aparenta se aborrecer mortalmente diante de um jogo de futebol.Está CORRETO o que se afirma, apenas, em: Também não é crível, simplesmente não cabe no seu perfil, que acredite no mesmo Brasil fantasioso doa) II e III. Outro. Se deu a entender que sim, isso ocorreu apenasb) III. no período eleitoral, em que, como no Carnaval, tudo éc) II. permitido. “Falo, falo, e não digo o essencial”, escrevia Nelsond) I e II. Rodrigues. O essencial é o seguinte: por que nãoe) I. desistir? Não seria a primeira vez. A Colômbia, escolhida para sediar a Copa de 1986, jogou a toalha três anos antes, e o torneio mudou para o México. [...]07 [...]Assinale a opção cujo termo ou expressão em “Falo, falo e não digo o essencial.” O essencial destadestaque possui a mesma função sintática que a missiva, senhora presidente, é sugerir-lhe umaexpressão destacada em “Com franqueza, não me estratégia. Se lhe parece humilhante desistir assim, naanimo a dizer que você não vá.” lata, a sugestão é a seguinte: brigue com a Fifa. Enfrente-a. Como o mundo inteiro sabe, a Fifa não éa) “Você talvez esteja fugindo de si mesma, e a si flor que se cheire. É uma entidade tão milionária, tão mesma caçando...” abusada no uso de seus poderes, quanto são milionários e abusados seus dirigentes. Pega bemb) “Em minhas andanças, eu quase nunca soube se enfrentá-los. Brigue para que reduzam suas incontáveis estava fugindo...” exigências. Que aceitem a reforma de estádiosc) “... nesta brincadeira boba passamos todos, os existentes em vez de pedirem tantos novos. Que inquietos, a maior parte da vida...” assumam parte das despesas. A Fifa está com a cordad) “... eu não direi que fique.” no pescoço tanto quanto a senhora. Na melhor das hipóteses, eles romperão com o Brasil e partirão parae) “... e nós (às vezes) estamos apenas quietos...” uma alternativa de emergência. [...] Revista Veja 4 de maio, 2011.Auditor Fiscal de Tributos Municipais 2 www.pciconcursos.com.br
  5. 5. Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar08 10O texto, caracterizado pelo próprio autor como missiva, Sobre o trecho em que o emissor leva o “Outro” àpermite identificar por meio das marcas linguísticas: categoria de artilheiro, pode-se afirmar CORRETAMENTE que o contexto só NÃO permitea) uma intenção crítico-tendenciosa sustentada por entender que firula corresponde a: estratégias sociocomunicativas que envolvem emissor/destinatário ou autor/leitor. a) malabarismo.b) um objetivo de prestar informações em uma b) rodeio. perspectiva de distanciamento formal e protocolar c) labuta. entre emissor/destinatário, quebrando a intimidade entre autor/leitor. d) floreio.c) uma posição doutrinária em que o emissor e) manha. aconselha o destinatário, sem conotações, deixando ao leitor o papel exclusivo de observador. 11d) um propósito de conjecturar fatos sem teor argumentativo, o que enfraquece a mensagem, Examine o trecho a seguir, sem perder de vista que ele comprometendo a relação autor/leitor ou é uma transcrição do texto C. emissor/destinatário. “Também não é crível, simplesmente não cabe no seue) uma motivação humorística em que se misturam perfil, que acredite no mesmo Brasil fantasioso do concepções pessoais e informações soltas com Outro.” falta de nexos para indicar relações que possam aproximar emissor/destinatário ou autor/leitor no Com relação a aspectos linguísticos e léxico- processo da articulação dos sentidos. semânticos desse trecho, de acordo com a norma padrão e o contexto, identifique a alternativa CORRETA.09 a) A palavra Também, nesse caso, tem o sentido deConsiderando o texto e a temática por ele suscitada, apenas.julgue o que se encontra nos itens a respeito dos b) É inadmissível que se coloque a preposição deaspectos discursivos. antes da palavra que. c) O verbo caber está empregado como intransitivo, I. A expressão jogou a toalha, no segundo no sentido de modelar. parágrafo, empregada literalmente, denota a ideia d) A palavra crível é um advérbio de dois gêneros, de perseverança. invariável em número, podendo ser substituída pelo II. Os vocábulos arbitraria e artilheiro, no primeiro advérbio verossímil. parágrafo, integram o campo léxico-semântico e) Pode-se colocar o pronome se após a palavra que pertinente ao eixo temático, e caracterizam sem causar incoerência contextual nem coesão relações metafóricas que inviabilizam inferências e inadequada. deduções.III. A expressão mil desculpas, no primeiro parágrafo, constitui uma hipérbole que antecipa com 12 extravagância uma possível refutação. A respeito do emprego da preposição, conforme asIV. O emprego de é que, no primeiro parágrafo, realça normas gramaticais e a coerência textual, indique a a ideia discursiva, não constituindo termo sintático, alternativa CORRETA. conforme o padrão da língua. a) Em e o torneio mudou para o México, noPode-se afirmar que apenas estão CORRETOS: segundo parágrafo, é coerente a troca da preposição para pela preposição em que junto aoa) I e III. artigo o (em+o) constituirá a contração no, resguardando o contexto.b) I e II. b) A retirada da preposição presente na passagemc) II e III. criou na cabeça um Brasil, no primeiro parágrafo,d) I e IV. não causa transgressão gramatical nem incoerênciae) III e IV. discursiva. c) Em arbitraria a paz, no primeiro parágrafo, o uso da preposição a é obrigatório, razão por que deveria ser colocado um acento indicativo de crase. d) A preposição a antes do verbo entender, no último período do primeiro parágrafo, é exigida pelo emprego do verbo dar. e) A preposição a em Não seria a primeira vez, no segundo parágrafo, é exigência do verbo transitivo direto.Auditor Fiscal de Tributos Municipais 3 www.pciconcursos.com.br
  6. 6. Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar13 15A língua é um código que exige aprendizagem e Panorama —Veja essa, da revista Veja, de 4 de maioobediência a regras e às possibilidades de emprego de 2011 — cita uma frase seguida de observaçãoquanto à variação e unidade. Conforme a intenção do crítica conforme se lê abaixo:locutor e o tipo de texto, pode ser usada comcriatividade, sem a exploração do que é errado por falta “O meu governo está diuturnamente, e atéde conhecimento do que se chama adequação. noturnamente, atento a todas as pressões inflacionárias, venham de onde vier.”Com relação ao último parágrafo da “missiva”,(texto C), o autor, para produzir um efeito de DILMA ROUSSEFF, presidente da República,expressividade, explorou estilisticamente vários prometendo atacar a inflação easpectos da língua, por exemplo: nocauteando a língua portuguesa. 1. metáforas e coloquialismos como na lata, não é Levando em consideração a frase citada e a flor que se cheire, Pega bem e corda no observação referente, julgue os itens a seguir. pescoço. 2. repetição de palavra, para obter um tom enfático: I. Em e nocauteando a língua portuguesa, há uma Falo, falo e não digo o essencial. alusão a forte equívoco de ordem léxico-semântica 3. um uso coloquial, ou informal, do pronome oblíquo: na construção da mensagem citada. Enfrente-a. II. O indevido emprego da palavra onde no plano 4. uso estilístico de flexão da pessoa verbal do modo sintático da norma padrão, assim como as imperativo, constituindo equívoco de ordem transgressões de regência verbal, fazem um gramatical em Brigue. ataque decisivo à língua portuguesa. III. Há um adequado paralelismo semântico, semPode-se afirmar que está CORRETO o que se falhas de significados básicos na frase citada pelaexemplifica apenas em: revista, no emprego das palavras terminadas em -mente, portanto essa construção está fora doa) 3. nocaute.b) 1, 2 e 3 . IV. A frase destacada pela revista não estác) 2 e 4. plenamente respaldada pela recomendaçãod) 4. gramatical: “usando-se em uma frase mais de um advérbio terminado em -mente só o último devee) 1 e 2. receber esse sufixo; intentando-se ênfase, porém, cada advérbio poderá vir com esse sufixo desde que sejam considerados a seleção e ajuste dos14 itens lexicais, de modo adequado”, portanto aDe acordo com a gramática normativa, na língua língua portuguesa, na mensagem citada, recebeuportuguesa a concordância consiste em se adaptar a uma pancada.palavra determinante ao gênero, número e pessoa dapalavra determinada. Conclui-se que está CORRETO apenas o que se afirma em:A partir da concepção acima, pode-se dizer que NÃOhá erro de concordância nominal na alternativa: a) I e II. b) III.a) Desse modo, elas só pensam em si mesmas. c) I e IV.b) Não adianta dizer que ele está quites com seus d) II e IV. débitos. e) IV.c) Anexo seguem as fotos dos estádios.d) Saíram do bolso do contribuinte bastante impostos.e) Seriam necessário essas reivindicações tão óbvias?Auditor Fiscal de Tributos Municipais 4 www.pciconcursos.com.br
  7. 7. Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de RibamarNoções de Informática 19 Para a execução das tarefas: Selecionar Tudo,16 Espaçamento duplo entre linhas, Abrir, Salvar,A lixeira do Windows é um dos recursos mais Espaçamento 1.5 entre linhas, no MS Word, deverãoimportantes, pois permite recuperar arquivos apagados. ser utilizadas, respectivamente, as seguintes teclas deCom relação a esse recurso, podemos afirmar: atalho:a) Nem sempre é possível recuperar os arquivos que a) Ctrl + T, Ctrl + 2, Ctrl + A, Shift + F12, Ctrl + 5. estão na lixeira. b) Ctrl + T, Ctrl + 2, Ctrl + N, Ctrl + F12, Ctrl + 5.b) Para excluir um arquivo, usamos a combinação de c) Ctrl + T, Ctrl + 2, Ctrl + A, Shift + B, Ctrl + 5. teclas shift + Del, mas ao apagar o arquivo, ele não d) Ctrl + T, Ctrl + 2, Ctrl + N, Ctrl + B, Ctrl + 1. envia para a lixeira.c) Quando efetuamos a operação de esvaziar a lixeira, e) Ctrl + T, Ctrl + 2, Ctrl + O, Shit + F12, Ctrl + 1. o Windows restaura os arquivos aos locais de origem.d) Quando apagamos o arquivo usando a tecla Del, 20 ele não envia para a lixeira, somente envia para a Com relação ao Spam, julgue as afirmativas. lixeira se for apagado, usando o botão direito do mouse, na opção apagar. I. Somente é considerado Spam quando o envio ée) Uma grande vantagem da lixeira, é que ela não feito utilizando os campos Co e Cco. possui limite de armazenamento ou capacidade. II. As listas de discussões não praticam Spam quando enviam mensagens aos seus assinantes.17 III. Não é considerado Spam quando o envio é feito através de Spywares, Malwares ou similares.Com relação ao uso de pendrives: IV. Spam é o envio de e-mails para pessoas sem a I. É recomendável sempre desconectar o pendrive, autorização das mesmas, seja de forma manual ou no caso do Windows, através da opção remover automática. dispositivo, sob o risco de queimar ou perder arquivos contidos nele. São VERDADEIRAS apenasII. No Windows, existe a possibilidade de proteger um a) I e II. pendrive para impedir a gravação de arquivos nele, impedindo que seja infectado por vírus. b) I e III.III. Podemos ter uma única partição no pendrive. c) II e III. d) II e IV.IV. Existe ainda a possibilidade de atribuir uma letra que desejarmos ao pendrive, bem como o nome ao e) III e IV. mesmo.Das afirmativas acima, são VERDADEIRAS apenas:a) II e III.b) I e III.c) I e IV.d) I e II.e) III e IV.18O recurso executar do menu iniciar do Windows émuito flexível. Marque a opção que NÃO pode serrealizada através do executar do Windows.a) Abrir uma pasta do computador digitando o caminho da mesma.b) Executar um programa simplesmente digitando o seu nome.c) Abrir um documento do Word, digitando o nome do arquivo.d) Acessar um site digitando a URL completa do mesmo.e) Acessar as pastas compartilhadas de um computador, simplesmente digitando o seu IP.Auditor Fiscal de Tributos Municipais 5 www.pciconcursos.com.br
  8. 8. Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de RibamarConhecimentos Específicos 22 Ao realizar uma auditoria no estoque da Comercial São José de Ribamar Ltda., empresa que trabalha com a21 comercialização de um produto único, o auditorDas opções abaixo, apenas uma é completamente constatou que o saldo final do estoque escriturado napertinente. Assinale-a. contabilidade era de R$ 11.714,29.a) A primazia da essência sobre a forma encontra-se A empresa avalia seu estoque pelo método da média estampada no Princípio da Prudência, impondo ponderada móvel e estabelece seu preço de venda estimativas razoáveis sempre que houver considerando uma margem de lucro de 40% sobre o incertezas de diferentes graus. preço de custo, atualizado a cada nova movimentação do estoque.b) O Princípio da Entidade reconhece o patrimônio Segundo as anotações dos papéis de trabalho do como objeto de estudo da contabilidade e firma a auditor, no período a que se refere a auditoria, foram autonomia patrimonial tornando biunívoca a relação realizadas as operações de compra e venda abaixo patrimônio e entidade. destacadas, e o estoque do início do período erac) O Princípio da Materialidade diz respeito ao fato de formado por 20 unidades ao custo total de R$ 4.000,00. as demonstrações contábeis não se ocuparem de cifras insignificantes, sem afastar, contudo, a Compras confiabilidade e a prudência. Data Unidades Valor Total (R$)d) Segundo o Princípio da Continuidade, o patrimônio da entidade, tanto na sua composição qualitativa 02/11/2010 20 6.000,00 quanto quantitativa, é influenciado pelas condições 25/11/2010 30 10.500,00 de vida definida ou provável da entidade.e) Os Princípios do Registro pelo Valor Original e da Vendas Atualização Monetária são compatíveis entre si, cabendo ao segundo, no entanto, a alteração dos Data Unidades Valor Total (R$) valores intrínsecos dos bens e direitos com base 07/11/2010 10 3.500,00 em indexadores que reflitam a variação de preços. 18/11/2010 20 7.000,00 Desconsiderando incidências tributárias sobre as operações de compra/venda do estoque, é verdadeiro afirmar que os cálculos realizados pelo auditor apontarão que o saldo contábil do estoque final está: a) errado em R$ 1.285,71, pois o correto é R$ 13.000,00. b) correto. c) errado em R$ 285,71, pois o correto é R$ 12.000,00. d) errado em R$ 575,71, pois o correto é R$ 12.290,00. e) errado em R$ 714,29, pois o correto é R$ 11.000,00. 23 Todo trabalho de auditoria deve ser previamente planejado, para que se possa definir a amplitude do trabalho a ser realizado de acordo com as diretrizes estabelecidas pela administração. Por sua vez, a execução dos trabalhos de auditoria inclui a aplicação de testes e, quando estes visam a obtenção de evidência quanto à suficiência, exatidão e validade dos dados produzidos pelos sistemas de informações da entidade, denominam-se Testes a) De Observância. b) Objetivos. c) Substantivos. d) De Conferência. e) Correlatos.Auditor Fiscal de Tributos Municipais 6 www.pciconcursos.com.br
  9. 9. Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar24 25Regra geral, as auditorias das disponibilidades A omissão de vendas, ou seja, a não contabilizaçãoassumem importância extraordinária em razão de os proposital e habitual de parte das vendas e seusalcances, desvios e desfalques estarem diretamente respectivos recebimentos, resulta na existência derelacionados com os dinheiros disponíveis, bem como recursos financeiros não contabilizados, conhecidopelo fato de os dinheiros estarem envolvidos em um como “Caixa 2”. No entanto, quando uma empresa seenorme número de operações cotidianas nas utiliza de tal expediente, é necessário que outrasempresas. operações não sejam também contabilizadas, de modoCom base no exposto, analise as assertivas abaixo e a evitar que a conta caixa apresente saldo credor, oassinale a alternativa que contempla apenas objetivos que evidenciaria a fraude. Desse modo, o auditor devedas auditorias de disponibilidades. sempre estar atento a possíveis manipulações que se destinam a encobrir as insuficiências escriturais do saldo do caixa. I. Certificar-se de que a empresa esteja aplicando adequadamente suas disponibilidades. Com relação ao fato acima relatado, assinale a opção em que todas as operações descritas representam, em II. Apurar se realmente existem todas as potencial, manipulações que se destinam a encobrir as disponibilidades mencionadas no balanço. insuficiências escriturais do caixa.III. Assegurar-se da existência de todas as disponibilidades que deveriam existir. a) Não contabilização de parte das despesas e seusIV. Certificar-se de que os procedimentos respectivos pagamentos; antecipação da estabelecidos para recebimentos, pagamentos e contabilização de recebimentos; formação de reposição de fundo de fixo estão sendo observados provisões passivas, tais como férias, 13º salário regularmente. etc.; redução de despesas mediante constituição a V. Apurar a autenticidade das contas e certificar que menor de depreciações. se originam de transações relacionadas a b) Postergação da contabilização de pagamentos; recebimentos à vista. existência de passivos fictícios; não contabilização da aquisição de bens destinados ao ativoa) II, III e V. imobilizado e seus respectivos pagamentos;b) I, II, III e V. existência de falsos suprimentos de caixa,c) I, II e V. geralmente apresentados como empréstimos de partes relacionadas.d) II, III, IV e V. c) Não contabilização de parte de compras dee) II, III e IV. mercadorias e seus respectivos pagamentos; reversão de provisões e aumento de despesas mediante constituição a maior de depreciações; falsos suprimentos de caixa, geralmente apresentados como empréstimos de partes relacionadas. d) Postergação da contabilização de pagamentos; existência de passivos fictícios; existência de ações em tesouraria; redução de despesas mediante constituição a menor de depreciações. e) Postergação da contabilização de pagamentos; existência de ações em tesouraria; formação de provisões passivas, tais como férias, 13º salário etc.; reversão de provisões e redução de despesas mediante constituição a menor de depreciações.Auditor Fiscal de Tributos Municipais 7 www.pciconcursos.com.br
  10. 10. Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar26 28Analise as assertivas abaixo e assinale a opção Com relação às provisões para ajustes de bens eCORRETA. direitos do ativo ao valor de mercado, é pertinente afirmar que a I. Extinção, parcial ou total, de um passivo, por a) reversão de uma provisão no exercício qualquer motivo, sem o concomitante subsequente a sua constituição pode ser desaparecimento de um ativo de valor igual ou contabilmente tratada como uma receita. maior. II. Recebimento de pagamento de terceiros por b) provisão deve ser constituída sempre que o valor serviços que serão prestados pela entidade. de mercado for superior ao custo de aquisição dos ativos.III. Compromisso de pagamento de terceiros em face da investidura na propriedade de bens c) contrapartida da provisão é sempre uma conta anteriormente pertencentes à entidade. retificadora do ativo.IV. Surgimento de um passivo, por qualquer motivo, d) constituição da provisão é facultativa, uma vez que sem o correspondente ativo. é indedutível para efeito de apuração do imposto de V. Diminuição, parcial ou total, de um passivo renda das empresas. mediante antecipação de pagamento a fornecedor. e) constituição da provisão não é aplicável aos ativosVI. Inexistência do valor de um ativo em razão da que representam aplicações em instrumentos transferência de sua propriedade a terceiros. negociáveis em bolsas de valores, uma vez que tais ativos se sujeitam ordinariamente a flutuações dea) Há duas situações que refletem receitas realizadas mercado. e três que refletem despesas incorridas.b) Há duas situações que refletem receitas realizadas e duas que refletem despesas incorridas.c) Há apenas uma situação que reflete a realização de uma receita e apenas uma que reflete a assunção de uma despesa.d) Há três situações que refletem receitas realizadas e três que refletem despesas incorridas.e) Há três situações que refletem receitas realizadas e duas que refletem despesas incorridas.27Em 1º/10/2007, o Estoque Inicial de ProdutosElaborados da Industrial Ribamarense Ltda. era de R$8.200,00 e, nessa mesma data, o seu Estoque Inicialde Produtos em Elaboração era de R$ 6.000,00.No decorrer do mês, o setor produtivo da empresacontabilizou o seguinte: Matéria-Prima utilizada R$ 18.900,00 Mão de Obra Direta alocada R$ 21.300,00 Custos Indiretos de Fabricação R$ 5.200,00Se em 31/10/2007 o Estoque Final de Produtos emElaboração era de R$ 11.500,00 e os Custos dosProdutos Vendidos no período somaram R$ 41.100,00,então a alternativa que apresenta o saldo final doEstoque de Produtos Elaborados é:a) R$ 6.700,00.b) R$ 4.800,00.c) R$ 2.500,00.d) R$ 7.000,00.e) R$ 12.500,00.Auditor Fiscal de Tributos Municipais 8 www.pciconcursos.com.br
  11. 11. Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar 29 30Em 1º/09/2005 a Comercial São José descontou Considerando as contas e saldos abaixo apresentados,duplicatas junto ao Banco Meridional S/A, mas uma referente a determinado trimestre do ano de 2010, oduplicata no valor de R$ 3.000,00, com vencimento resultado bruto com vendas obtido no período foi de:para 31/10/2005, não foi liquidada e o banco, naqueladata, a transferiu para cobrança simples. Posteriormente, Contas Saldos (R$)em 30/12/2005, após conseguir um abatimento de 10%no valor da duplicata, o cliente liquidou a dívida junto Custo das Mercadorias Vendidas 82.300,00ao Banco Meridional S/A, pagando naquela Despesas com Vendas 19.100,00oportunidade juros de R$ 90,00. Despesas Financeiras 1.000,00Assim, o registro contábil feito pelo emitente da Despesas Gerais a Administrativas 17.000,00duplicata, relativamente à operação realizadaem 30/12/2005, está corretamente espelhado na Despesas Não-Operacionais 5.700,00opção: Impostos e Contrib. Incidentes s/ Vendas 81.100,00[[a) Diversos Outras Despesas Operacionais 3.500,00 a Diversos Receita de Vendas 258.600,00 Duplicatas a Receber 3.000,00 Receitas Financeiras 1.500,00 Juros Ativos 90,00 3.090,00 Receitas Não-Operacionais 2.900,00 a Abatimentos 300,00 Vendas Canceladas 5.100,00 a Bancos c/ Movimento 2.790,00 3.090,00 a) R$ 171.200,00b) Diversos b) R$ 90.100,00 a Diversos c) R$ 51.000,00 Duplicatas Descontadas 3.000,00 d) R$ 71.000,00 Juros Ativos 90,00 3.090,00 e) R$ 48.200,00 a Bancos c/ Movimento 2.790,00 a Abatimentos Concedidos 300,00 3.090,00 31c) Diversos A edição de resoluções, portarias, instruções e ordens de serviço, editadas com o objetivo de ordenar a a Diversos atuação e delegar atribuições a unidades Bancos c/ Movimento 2.790,00 administrativas subordinadas, constitui faculdade do poder administrativo: Abatimentos Auferidos 300,00 3.090,00 a Duplicatas Descontadas 3.000,00 a) regulamentar. a Juros Ativos 90,00 3.090,00 b) de polícia. c) hierárquico.d) Duplicatas Descontadas 3.000,00 d) disciplinar. a Diversos e) discricionário. a Bancos c/ Movimento 2.790,00 a Abatimentos Auferidos 210,00 3.000,00 32e) Diversos Os impostos que incidem sobre a propriedade territorial rural; as operações de crédito, câmbio e seguro; e a a Diversos transmissão causa mortis ou doação de bens e direitos; Abatimentos Concedidos 300,00 estão afetos, respectivamente, à competência tributária Bancos c/ Movimento 2.790,00 3.090,00 dos entes: a Duplicatas a Receber 3.000,00 a) Municipal, estadual, federal. a Juros Ativos 90,00 3.090,00 b) Municipal, federal, estadual. c) Estadual, municipal, municipal. d) Federal, estadual, federal. e) Federal, federal, estadual.Auditor Fiscal de Tributos Municipais 9 www.pciconcursos.com.br
  12. 12. Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar33 35Pé de Chumbo, motorista de profissão, foi flagrado por Segundo o Código Tributário Nacional, as obrigaçõesagente de trânsito dirigindo além da velocidade tributárias classificam-se em principais ou acessórias.permitida para a via. Por essa razão, além dos pontos Com respeito a esta classificação, analise asna carteira de habilitação, foi obrigado a pagar o afirmativas a seguir:imposto sobre a propriedade de veículos automotores(IPVA) do automóvel que conduzia no momento da I. A obrigação principal surge com a ocorrência doinfração, de propriedade da empresa onde trabalha. fato gerador e extingue-se com o pagamento doNeste contexto, o pagamento do tributo imposto a Pé tributo ou penalidade pecuniária a ela associada.de Chumbo: II. A obrigação acessória corresponde aos juros ea) não afronta princípios tributários, pois qualquer multa por atraso no pagamento de uma obrigação pessoa que causar dano a outra tem o dever de principal. repará-lo; no caso, o Estado sofreu um dano e tem III. A obrigação acessória, quando não cumprida, o direito de exigir reparação por meio da tributação converte-se em principal, pois se transforma no do IPVA. fato gerador de um tributo.b) está plenamente alinhado às normas que IV. O pagamento de multa é exemplo de obrigação regulamentam o IPVA. principal. V. Apesar do nome, a obrigação acessória nãoc) é indevido, pois a obrigação de pagar tributo não acompanha, necessariamente a principal, ou seja, pode decorrer do cometimento de ato ilícito. pode existir a primeira sem que exista a segunda.d) não pode prosperar, pois o motorista já foi penalizado pela perda de pontos na habilitação e A seguir, marque a alternativa que corresponde à não se admite, para a mesma infração, aplicação resposta CORRETA. de sanção administrativa e pecuniária.e) é devido, pois, ao cometer a infração de trânsito, o a) I e IV estão corretas. motorista tornou-se substituto tributário da empresa b) III e V estão corretas. proprietária do veículo. c) II está correta e V está errada. d) Existem quatro afirmativas erradas.34 e) Somente III está errada.Sobre a contribuição de melhoria, analise asafirmativas a seguir, assinalando “F” para as falsas e“V” para as verdadeiras. 36 Frente à determinada situação fática ou jurídica (1), a( ) A contribuição de melhoria é tributo vinculado à autoridade competente (2) constitui, extingue ou valorização provocada em imóveis particulares transforma (3) direito ou obrigação visando a alcançar pela realização de obra pública. um resultado específico (4), adotando o procedimento( ) Contribuições de melhoria podem ser instituídas previsto na lei (5). pela União, pelos estados, pelo Distrito Federal, mas não pelos municípios. No parágrafo acima, que relaciona os requisitos dos( ) O fato gerador da contribuição de melhoria não é, atos administrativos, as expressões sublinhadas, meramente, a realização de obra pública, mas a associadas aos números sequenciais entre parênteses, valorização imobiliária decorrente desta ação correspondem, na ordem, aos seguintes elementos: estatal. a) 1 – objeto; 2 – sujeito; 3 – motivo; 4 – forma; 5 –( ) A instituição da contribuição de melhoria, como finalidade. dos demais tributos, deve observar os princípios da legalidade e da irretroatividade. b) 1 – finalidade; 2 – forma; 3 – sujeito; 4 – motivo; 5 –( ) Por conta da prevalência do interesse público, o objeto. valor da contribuição de melhoria a ser pago por c) 1- forma; 2 – finalidade; 3 – objeto; 4 – sujeito; 5 – cada contribuinte não atende a limite individual, motivo. sendo que o limite global do tributo não pode d) 1 – motivo; 2 – forma; 3 – finalidade; 4 – objeto; 5 – ultrapassar 150% do valor orçado para a obra. sujeito. e) 1 – motivo; 2 – sujeito; 3 – objeto; 4 – finalidade; 5 –Marque a opção que corresponde à sequência forma.CORRETA.a) F, F, F, F, V.b) V, V, F, F, V.c) F, F, V, F, F.d) V, F, V, V, F.e) V, V, V, V, FAuditor Fiscal de Tributos Municipais 10 www.pciconcursos.com.br
  13. 13. Concurso Público para Prefeitura Municipal de São José de Ribamar37 40O Estado de “Brazuca”, ente federado da “República de Acerca da limitação ao poder de tributar prevista no art.Brasóvia”, promulgou lei diferenciando alíquotas do 150, VI, a, da Constituição Federal, que proíbe aimposto sobre a circulação de mercadorias e serviços tributação entre os entes federados, conhecida como(ICMS), em função do índice de desenvolvimento imunidade recíproca, é correto afirmar, EXCETO:humano (IDH) do estado onde estas são produzidas,fixando maiores alíquotas aos estados de maior IDH. a) Um particular que adquira imóvel de um ente estatalSe essa diferenciação de alíquotas ocorresse no Brasil, está, por essa razão, imune ao pagamento doesta lei estadual do ICMS provavelmente seria imposto de transferência de bens imóveis devido aodeclarada inconstitucional, por ofensa ao princípio município de situação do bem.tributário da(o): b) A união não pode cobrar imposto sobre a renda e proventos de qualquer natureza de um município.a) Legalidade. c) As autarquias e as fundações públicas, instituídas eb) Não-diferenciação tributária. mantidas pelo poder público, desde que atuandoc) Não-confisco. em suas finalidades essenciais, gozam de imunidade em relação a patrimônio, renda ed) Uniformidade territorial. serviços.e) Anterioridade. d) Um estado federado não pode cobrar IPVA dos automóveis pertencentes à União, emplacados em seu território.38 e) Um município que resolva abrir um supermercadoO atributo do ato administrativo por meio do qual para revenda de alimentos, a preços subsidiados,este se impõe unilateralmente aos particulares, não está, em relação a esta atividade econômica,independentemente de sua concordância, sujeitando- imune à tributação.os ao cumprimento de obrigações, é denominado:a) Tipicidade.b) Veracidade presumida.c) Imperatividade.d) Presunção de legitimidade.e) Auto-executoriedade.39Na interpretação das normas tributárias:a) As normas que tratam da dispensa do cumprimento de obrigação tributária acessória podem ser interpretadas de maneira teleológica.b) A lei que define infrações fiscais, em caso de dúvida, deve sempre ser interpretada da maneira mais favorável ao fisco.c) As leis que suspendem ou excluem o crédito tributário devem ser interpretadas sistematicamente.d) A legislação que outorga isenção deve ser interpretada literalmente.e) A lei fiscal que comina penalidades deve, sempre, ser interpretada da maneira mais favorável ao Estado, por extensão, ao direito tributário, do princípio penal do in dubio pro reo.Auditor Fiscal de Tributos Municipais 11 www.pciconcursos.com.br

×